21.08.2014 Lu Ferreira

MAC Alluring Aquatic + make do dia

Em: Assessoria, Batom, Beleza, Blush, Bronzer, MAC, Maquiagem, Sombra

macaquatic
Eu tava louca pra ver de perto essa coleção da MAC, a Alluring Aquatic. O motivo é essa embalagem absurdinha, com os respingos de água – quando vi as fotos promocionais achava que era efeito pra foto, hahah! Mas não, são todas ‘respingadas’ mesmo! E lindas, né, amei esse tom de verde/azul piscina cromado. Recebi quatro ítens: O Extra Dimension Bronzer na cor Aphrodite’s Shell, o batom Mystical, a sombra Fathoms Deep e o blush Sea Me, Hear Me. A coleção tem outrons tons desses ítens e ainda lápis de olhos e boca, gloss, bronzer, esmalte e pincel, além de uma necessaire temática.
macaquatic2

O Extra Dimension Bronzer Aphrodite’s Shell (R$129) é descrito no release como um bronze dourado com toque de brilho, mas ao vivo o gente mal percebe o brilho, é super discreto. A cor é bem suave e por isso acho que funciona melhor em quem tem a pele branquinha ou morena clara, acho que mal deve aparecer na pele negra. Alguém já testou pra tirar a dúvida?

macaquatic3

O blush Sea me Hear Me (R$129) é descrito como um pink claro. Ao vivo achei uma cor muito mais interessante, é terroso, tem um pouco de laranja, rosa queimado, sabe? Ele tem um brilho acetinado, também bem discreto.

macaquatic5

O batom (R$73) é um dos ítens que mais gostei. O Mystical parece escuro na bala, um rosa antigo, talvez, mas não é. Por conta do acabamento ele fica bem mais suave na boca, discreto. E amei muito o efeito dele, cremoso meio brilhante, acho que tem tudo a ver com a coleção aquática.

macaquatic4

Eu só não chamei o batom de favorito por conta dessa sombra! Que sombra perfeitaaaaaa! A minha veio solta da base então estou morrendo de medo de quebrar (alguém sabe como resolver isso? A sombra mesmo, prensada sabe, se descolou do fundo, não foi o potinho dela), porque ela é muito versátil! A Fathoms Deep (R$109) é um azul escuro praticamente grafite, com textura incrível! Usando pincel fofo ela fica suave e fácil de esfumar, com pincel chanfrado mlhado ela vira praticamente um delineador… Muito versátil! Olha aqui embaixo:

macaquatic6

Usei no côncavo, com pincel de esfumar, de leve, e depois fiz o delineado em cima e abaixo dos olhos. Gostei muito! Também usei os outros produtos nessa make: bronzer, blush e batom. Dá pra ver bem o efeito lindo do batom nessas fotos! Não é bonito? Bom pra variar o matte de sempre! Eu não sei vocês, mas sou meio viciada nas coisas, sabe? Tipo gosto de batom matte então nem olho pros outros tipos? Mas fiquei feliz que testei esse, vou fuçar minha gaveta atrás de batons com acabamento parecido!

Alguém já testou os produtos dessa coleção?? O que achou? A Alluring Aquatic está disponível nas lojas físicas e no site da MAC.

Posts Relacionados:

20.08.2014 Lu Ferreira

Chata de Galocha + Studio Design: edite suas fotos no celular com o app e meu novo pack!

Em: Tecnologia

Tinha tempos que não mostrava apps por aqui, né? Vim tirar as teias de aranha por um motivo especial, o lançamento do meu pack dentro do app Studio Design =D
studio1
Vocês conhecem o Studio? O app é um mix de editor de fotos e rede social, onde podemos editar nossas fotos e também ver as criações de quem usa a ferramenta (e até criar em cima delas, usando a função ‘remix’). O Studio funciona com layers, ou seja, camadas de objetos que ajudam na hora de criar um layout mais complexo, sabe? E aí você vai adicionando o que quiser: formas geométricas, cores, textos e, o que eu acho mais legal, frases e desenhos dos packs temáticos, que você pode baixar dentro do app.
studio3
Eles me convidaram a fazer um desses packs, o primeiro em português disponibilizado por eles, e eu tô muito feliz com o resultado, querendo fazer a louca estampando todas as fotos, hahahah! Escolhi frases que tenho vontade de usar e não encontrava em nenhum app (esses mais bonitinhos de edição geralmente são em inglês, né?): “Tudo de bom”, “pé na jaca”, “Bom dia” e até um “beijinho no ombro” tem por lá, hahaha!
studio2
Tanto o app quanto o meu pack são gratuitos, pra baixar é bem fácil: você baixa o Studio e em seguida clica na setinha que fica do lado do botão azul. Ali ficam todos os packs disponíveis, inclusive o meu, “Tudo de Bom por Chata de Galocha”. O Studio Design está disponível para iPhone e Android, e quem baixar me procura por lá, sou @chatadegalocha no Studio também ;D

Posts Relacionados:

20.08.2014 Lu Ferreira

Já conhece a Madina?

Em: Beleza, Iluminador, Maquiagem, Primer

madina
Já conhecem a Madina? Eu também não conhecia, mas fiquei curiosa com um comentário no meu Instagram enquanto estava viajando e não sosseguei enquanto não achei a loja. Madina é uma marca de maquiagem de Milão e o tal comentário citava um post da Vic e um produto diferente, um pó que na verdade era cremoso, uma coisa meio louca, hahaha! E não é que ele existe mesmo?
madina2
Ele chama Crystal Glass Powder e pode ser usado antes ou depois da maquiagem pronta. Serve para segurar a oleosidade e deixar a pele uniforme, e quando perguntei na loja por ele o vendedor também me mostrou a linha de sérums da marca, que eles recomendam que sejam usados junto com o Crystal Powder. Existem 6 sérums, um pra cada tipo de necessidade (escolhi o Radiance, pra deixar a pele mais iluminada, o basicão deles, heheh) e você pinga 3 gotinhas dele no seu Crystal Powder antes de aplicar no rosto, sempre com pincel. Eu já estava convencida a comprar antes mesmo de entrar na loja (#curiosaaa), mas depois que ele aplica em você fica mesmo irresistível, a pele fica maciiiia!
Gostei muito desse combo e depois convenci as meninas que estavam fazendo o curso comigo a irem lá comprar, kkk! O efeito é ótimo, gosto de usar como primer, ele segura bem a oleosidade a o aspecto de pele uniforme dura bastante também. O Crystal Powder custa 20 e poucos euros, o sérum 24.

madina4

E aí que depois de escolher o pó e sérum eu pedi uma sugestão pro vendedor do que comprar, já que não conhecia a marca e queria testar algo novo. Ele me sugeriu o Chick & Shine (18 euros), o iluminador em bastão da marca que é o produto que eles mais vendem. Achei o brilho super bonito (é suave, dá pra ver na foto!) e trouxe pra casa, aí no dia em que voltei lá ele foi contar que os maquiadores gringos fazem estoque, teve um louco que comprou 100 de uma vez! Se é papo de vendedor eu não sei, mas Pat McGrath ama e isso já é um ótimo sinal, né? E como é difícil comprar (só tem tipo 4 lojas da marca na Itália e não vende online) pode fazer sentido, né?

Alguém já conhecia a Madina? Sabe quais outros produtos valem a pena?

Posts Relacionados:

19.08.2014 Lu Ferreira

Restaurantes em Milão – os melhores da minha viagem

Em: Comida, Europa, Itália, Milão, Restaurantes, Viagem

Toda vez que volto de viagem faço um post falando de restaurantes onde estive, e o motivo é que sempre, sempre, sempre pesquiso em blogs antes de ir a algum restaurante em cidade desconhecida. Comer bem é parte importante de uma viagem (eu acho, hehe!) e olhando essas fotos eu posso dizer que comi (muito) bem nessa minha temporada em Milão! Fiquei muitos dias na cidade por conta do curso e por isso mesmo esse é o maior post desse tipo já publicado aqui no blog. Se você está de viagem marcada dá uma olhada:
milano1
Vou começar o meu Top3, os lugares que acho que todo mundo que vai passar nem que seja um dia na cidade deveria ir:

Latte Neve – o melhor gelato! Ir a Itália quer dizer provar muitos gelatos, sempre! No verão então… Eu experimentei pelo menos uns 10 (não estou exagerando!) diferentes e esse foi o meu favorito. Lugar simpático, com atendentes que te apresentam sabores diferentes e não te apressam. Muito simpático o atendente que falou pro Leo experimentar uma variação do pistache deles antes de pedir o comum, que ele já tinha achado delicioso. Eu sempre peço o combo Nocciola (avelã) + fior di latte (leite! Uma variação de creme e baunilha, AMO) e não me arrependi. Suuuuuper cremoso, com fila na porta mesmo tarde da noite, vale a pena! Fica na região do Navigli, não deixe de provar. Custa uns 3 euros, preço médio de qualquer gelato por lá.

Giacomo Ristorante – melhor.restaurante.de.Milão. Esse restaurante foi indicação de uma prima do Leo que mora na Itália, fomos na nossa última noite juntos por lá (é um restaurante caro, mas vale muito!) e é simplesmente O MELHOR! Sabe restaurante tradicional, em que você nem precisa saber o endereço? Pode entrar no táxi e dizer “Giacomo Ristorante per favore”, o taxista sabe onde é. Faça reserva e aproveite a entrada cortesia, uma pizza de aliche que não tem nada a ver com a daqui, deliciosa, tempero perfeito e nada salgada. Pedimos caprese de entrada (dividimos, decisão sábia) e vieram tomates perfeitamente maduros e aquela mozzarella cremosa que a gente só come na Itália.
De prato principal pedi cotoletta alla milanese, a versão original do nosso bife a milanesa. Já tinha comido em outros restaurantes da cidade, e vale dizer que é bem diferente da nossa versão: lá a carne é de vitelo, enorme, fininha, feita na manteiga e vem com o osso. SUPER light, hahaha! Mas esqueça a dieta na Itália, vale a pena! A cotoletta do Giacomo foi a melhor da viagem, e depois dela veio a melhor parte do restaurante: a sobremesa. Façam um favor a vocês mesmos e guardem um espacinho pra sobremesa, porque eu juro que nunca comi nada igual. Eles chegam com um carrinho de madeira cheio de tortas lindinhas e você decide o que comer. Fui de Bomba Giacomo, uma massa folhada com recheio de creme de mascarpone e frutas vermelhas e GENTE… Nossa, não tem igual, provem, por favor. A conta pra duas pessoas com vinho + entrada + pratos + duas sobremesas foi 140 euros.

Fiori Chiari – o melhor aperitivo! Uma tradição milanesa maravilhosa é a do aperitivo, a versão deles do happy hour: no final da tarde (geralmente das 17 até as 21h) você pede um drink e a casa te oferece um aperitivo, uma seleção de petiscos pra você degustar junto do seu drink. O Fiori Chiari fica na rua do mesmo nome em Brera, região lindinha e que me deixou bem em dúvida de onde ir, tudo parecia legal! Mas acertamos: pedimos uma taça de vinho por 9 euros e de aperitivo cada um recebeu um prato com frios, queijo e uma pastinha para comer com o gnocco fritto deles, uma coisinha deliciosa que lembra um pastel fofinho frito (e sem recheio).
milano2
Como o Marangoni fica pertinho do Duomo, conheci vários restaurantes na região, que também é a mais turística da cidade. Todo mundo que vai a Milão conhece o Duomo, e se você quiser comer alguma coisa por ali dá uma olhada nas minhas sugestões:

Juice Bar – Almocei muito nesse restaurante/ lanchonete, que também existe em vários outros endereços da cidade. A comida italiana é maravilhosa, mas gente, muito engordativa! Hahaha! Pra balancear muitas vezes escolhia a opção de salada do Juice Bar, em que você pode escolher 5 ingredientes para complementar a base de folhas deles. Barato (13 euros salada + água) e rápido, opção ótima pros dias de calor.

Charleston – Se você prefere almoçar de verdade enquanto passeia por ali sugiro ir até o Charleston, que fica numa praça paralela ao Corso Vittorio Emanuele, o principal dessa região. A praça é calminha e sentar na varanda é bem gostoso! O restaurante tem opções de todos os tipos (de pizza a frutos do mar) e o atendimento é bem simpático. Os pratos ficam entre 14 e 20 euros e se você der sorte ainda encontra o garçom que fala português (e adora bater papo heheh).

Luini Panzerotti – O Luini é mais ponto turístico do que restaurante, mas não podia deixá-lo de fora da lista. O panzerotti é uma espécie de pastel frito, com massa fofinha e recheio farto… Parece uma massa de sonho porém salgada, sabe? Claro que é delicioso, heheh! O tradicional é recheado com tomate e mozzarella, mas prove as outras opções também! Custa 2,50 e sempre tem fila, mas vale a pena provar. Ah: vale dizer que não existem mesas, você compra e vai comendo na rua ou sentado nas calçadas.

La Rinascente – a La Rinascente é uma loja de departamentos, acredito que a maior da cidade. São muitos andares e no último deles uma espécie de praça de alimentação, com várias opções de restaurantes e o melhor: o terraço com vista para o Duomo. Pra fazer aperitivo ou almoçar é um programa bem gostoso, que vale pela vista. O almoço fica entre 14-20 euros e o aperitivo entre 10-13.

(more…)

Posts Relacionados: