Beleza, publieditorial

Protetor para pele oleosa!

Verão chegou, as temperaturas subiram e meu rosto tá como? Todo oleoso, eeee! Minha pele é normal, mas fica oleosa no verão (tenho muitos cravinhos, principalmente na zona T) e por isso sempre uso produtos formulados para a pele oleosa nessa época do ano. O mais difícil pra mim é encontrar o protetor solar que proteja e ainda segure esse óleo todo no calorão. O que funciona super bem para minha pele é o Anthelios Airlicium, da La Roche-Posay. Ele tem uma super tecnologia de controle inteligente da oleosidade e umidade, o que é super interessante, pois ele age à medida em que a pele precisa, permitindo mantê-la sequinha ao longo do dia todo. Perfeito pra quem sofre com o excesso de brilho!

A marca desenvolveu o Airlicium especialmente para a pele brasileira, e além do controle de oleosidade tem outra coisa que amo: ele traz um efeito ‘blur’ pra pele, disfarçando poros e imperfeições. Isso acontece por conta do efeito óptico de dispersão de luz, o que acho ótimo pra essa época do ano em que a gente usa menos maquiagem (quem aguenta?!). A versão sem cor funciona pra mim como um ótimo primer antes da make!

Conheci a versão com cor de Airlicium há alguns meses por conta da minha dermatologista (aliás, não deixem de consultar um profissional para entender quais as necessidades da sua pele!) e já tinha curtido bastante. Ele é o único protetor com cor que não fica escuro na minha pele!
O Anthelios Airlicium é oil free, sem parabenos, é resistente à água e ainda tem água termal de La Roche-Posay em sua formulação. Dá pra encontrar o produto à venda na Droga RaiaAlguém já testou?

Instagram @chatadegalocha
  • Aquela bancada que já seria bapho por conta dos produtos e ele vai lá e ainda me arranja pincéis cobre pra deixar a gente babando 😍 Bancada linda do @nixonalvarenga, o único que encosta nas minhas sobrancelhas #makeup #beauty
  • Protetor que controla a oleosidade e umidade e ainda tem efeito 'blur' pra pele, para disfarçar poros e imperfeições? O Anthelios Airlicium FPS30 da @larocheposaybr é quase um mix de protetor com primer, perfeito pra usar antes de começar a make! Corre no blog que eu contei mais sobre a minha experiência e como conseguir o seu! www.chatadegalocha.com #protecaosolar #peleoleosa #salvesuapele #skincare #verao | publi
  • Daqui uns dias o tour pelo escritório tá saindo do forno, eeee! Acabamos de gravar 🎉 #homeoffice
  • Pareço tranquila, mas na real tava agarrada na bebê que queria se jogar na piscina funda kkk 💦⛱ #summer #family
  • Teve post no blog falando sobre um dos programas mais gostosos dos nossos dias em Curitiba, o brunch do Nomaa! Tá no chatadegalocha.com 😋 #travel #curitiba
Moda

Que tal uma pochete?


Atenção pra tendência polêmica! A pochete é aquele tipo de acessório que muita gente torce o nariz, mas que tem sido vista cada vez mais em looks bem modernos (e lindos!) mundo afora. Essa pode ser mais uma daquelas tendências diferentonas, que parecem estranhas à primeira vista (alô chinelo slider e flatform!), mas em seguida a gente se apaixona e não para mais de usar, será?! Por isso no post de hoje vim mostrar alguns looks bem interessantes, que vão fazer vocês repensarem a ideia de começar o ano com um novo acessório no look do dia:


O primeiro a se ter em mente é esquecer os modelos esportivos ou aqueles bordados mais rústicos. As novas pochetes têm boa dose de sofisticação, como se fosse uma mini bolsa adaptada para a cintura. A grande vantagem da pochete é que elas são práticas, ótimas pra dias em que a bolsa atrapalharia. A nova pochete funciona como truque de styling, ou seja, ela pode ser usada para marcar a cintura alta e definir a silhueta.

Se você ainda tem um pouco de medo de arriscar, mas gosta da tendência, comece pelas mais básicas e em tons sóbrios. Pochetes da mesma cor da roupa ficam mais discretas (elas ‘somem’!). Se você tem quadris largos e quer disfarçar a dica é usá-la mais perto da cintura para não aumentar a silhueta. Como toda nova tendência, a pochete tem o poder de deixar qualquer look cool e mega fashion. Você usaria?

Youtube @blogchatadegalocha
Site Bacana

Links da semana: referências reais

Estamos (finalmente) vivendo em um tempo em que é cada vez mais aceitável (e maravilhoso) se identificar com quem você é ao invés de seguir modelos padronizados muitas vezes impossíveis de atingir na vida real. E que tal para isso procurar referências no dia a dia com pessoas reais? Eu já escolhi as minhas! Vem ver o que encontrei nos primeiros links do ano!


Por que o coaching mudou minha vida


Sobre não se calar


7 maquiagens do Globo de Ouro para fazer em casa


Por que Ashley Graham é uma ótima inspiração para 2017


Quando você não consegue responder o “eu te amo”


Liquidação: leia antes de comprar


As versões mais em conta dos batons das celebs no Globo de Ouro

América do Sul, Brasil, Gastronomia, Restaurantes, Viagem

Curitiba: o brunch do Nômade no hotel Nomaa

Minha passagem de ano foi bem low profile: fomos para Curitiba ficar com amigos que também têm uma filhinha pequena e assim sair um pouco da rotina. Foi uma viagem legal porque quando eu era pequena fui pra lá com meus pais por um período longo (uns 20 dias) e por isso me lembro muito dos pontos turísticos da cidade. Foi legal voltar com a minha filha e mostrar um pouquinho da cidade pra ela (e lembrar o quanto eu amo Curitiba! Moraria lá fácil!). Nossos amigos também são entusiastas da boa gastronomia (gulosos igual a gente hahaha) e por isso foram dias deliciosos, provando mil coisas gostosas, hahah! Fui a vários lugares legais, mas o que mais marcou foi o brunch no hotel Nomaa.

O Nomaa é um lugar que tem um projeto de decoração lindo, limpo mas aconchegante, queria que a arquiteta fizesse o projeto daqui de casa, kkk!
O brunch acontece no Nômade, que fica no segundo andar. Pedimos as bebidas e eu e Leo fomos de café gelado, que não era bem o que eu esperava, veio tipo um milkshake, não curti. Mas foi assim, a única coisa que não curti do brunch, hahaha! Eles trazem alguns pães, uma porção de batata rústica, carpaccio, queijo e um caldinho de entrada. Tudo é delicioso, mas meus favoritos foram o pão de queijo (atenção pra mineira elogiando o pão de queijo made in Curitiba hein, isso não é pouca coisa kkk) e o caldinho. Nossos amigos alertaram pra gente não se empolgar muito nessa entrada, afinal a gente poderia escolher 9 mini pratos durante o brunch… Mas foi difícil!

Estávamos em quatro e por isso vi todos os pratos do menu. O brunch te valor fixo e você pode escolher quantos pratos quiser dentre os nove oferecidos no menu. As porções são pequenas, eu diria que uns 3 pratos são o número ideal (mas né, cada um sabe o tamanho da sua fome!). Eu pedi três: o Brioche na chapa com ogumelos, panceta e ovo perfeito foi o meu favorito. Queria que existisse versão maxi, porque é muito delicioso!! O brioche maciiiio e amanteigado com o ovinho derretendo e o sabor dos cogumelos e do bacon… HUM!
Também pedi o Mini-hambúguer que estava bem gostoso (e é mini mesmo, super fofo), mas assim, tem pratos mais interessantes, sabe? Eu que sou louca por hambúrguer e cresci o olho quando vi no cardápio, heheh! E por fim, a Salada caprese, que tinha os tomates mais incríveis que já comi (tá, tô exagerando, mas eles explodiam na boca! Nunca tinha visto!). O resto da mesa curtiu muito o steak tartare e o risoto de camarão.

Pra terminar, as sobremesas. Achei todas gostosas, mas foi um exagero nosso pedir depois de tanta comida, heheh! Amei a calda de doce de leite da minha rabanada, e esse farofinha que vem junto dá uma crocância deliciosa pro prato.

Se eu morasse em Curitiba com certeza escolheria comemorar datas especiais no brunch do Nômade. Lugar lindo, comida incrível e atendimento super agradável. Foi uma maneira deliciosa de começar meu 2017 =)

O brunch custa R$125 por pessoa e o Nomaa fica na R. Gutemberg, 168, Batel, Curitiba. Melhor reservar sua mesa para o brunch, o restaurante é pequeno.