Look da Lu

Look da Lu: short e tênis

Depois de contar ontem alguns dos meus clássicos da moda, eis um look com um dos principais: a camisa branca! Preciso confessar que quando olhei essa foto fiquei na dúvida de onde era a camisa… Tenho tantas e já gravamos esse episódio há tanto tempo que eu tive que abrir o guarda roupa e analisar uma a uma pra descobrir o crédito, hahaha!
O look é super simples, como quase todos nessa temporada de “O Chef e a Chata”: camisa com short estampado (acho uma graça essa estampa!) e tênis. Acho que o cabelo preso e o batom fizeram toda a diferença nesse look, ele ganha acabamento, sabe? Eu tenho mania de usar batons intensos quando acho o look basiquinho, pra mim faz muita diferença!
look5 look4 look3 look2 look1
Tô usando:

Camisa Amaro
Short Zara (vem com o cintinho!)
Tênis Superga
Batom que eu não lembro e tô mal porque achei lindo nas fotos!! Chuto que seja o Fashion Revival da MAC, mas não tenho certeza :(

Instagram @chatadegalocha
    Gastronomia, O Chef e a Chata

    Receita de bacalhoada – O Chef e a Chata

    bacalhau3
    Eu sempre fui aquela menina chata que não comia bacalhau e obrigava a tia a fazer qualquer outra coisa na sexta feira santa. Sempre. Não sou muito fã de peixes em geral e por isso resistia ano após ano, mesmo depois de adulta. Só que é engraçado como gostos mudam, né? Leo é fissurado em bacalhau e um dia estava delirando tanto com um prato (no Trindade, restaurante delicioso aqui) que eu tive que provar. E bem, descobri que bacalhau pode ser gostoso! Confesso que não me acostumei com a ideia de que gosto dele, como vocês vão notar no início do video… Mas no final da gravação comi meu prato todo, a receita do Gui é deliciosa!! Vem ver como fazer:

    Ingredientes:

    1 kg de bacalhau em postas
    15 dentes grandes de alho com casca
    azeite (bastante!)
    1/2 pimentão vermelho
    1/2 pimentão amarelo
    1/2 pimentão verde
    cerca de 30 cebolas pequenas
    cerca de 35 batatas bolinha
    12 azeitonas pretas
    sal
    pimenta do reino

    bacalhau2
    Preparo:

    Costumo comprar bacalhau congelado e dessalgado (poupa trabalho e ele não é tão ressecado)! Mas se o seu não estiver assim, deixe dessalgando na geladeira dois dias antes, trocando a água de 8 em 8 horas. Lave bem as batatas, vamos usar com casca. Retire a casca das cebolinhas. Numa assadeira coloque, intercalando, as batatinhas, cebolinhas e dentes de alho. Os dentes de alho precisam ser inteiros com a casca para não queimar. No final do processo, ao retirar a casca já no prato ele estará suave e cremoso. Cubra isso tudo com bastante azeite e tempere com sal e pimenta do reino. Cubra com papel alumínio e leve para assar por cerca de 1 hora em forno a 180ºC. Retire o alumínio e finque uma faca numa batatinha. Se ela perfurar com facilidade está cozida. Se não estiver, volte ao forno por mais tempo. Coloque os pimentões, as postas de bacalhau, as azeitonas e cubra com mais azeite. Se achar necessário, tempere com mais um pouco de sal e pimenta do reino. Volte ao forno por mais 15 a 20 minutos. Não é necessário mais do que isso pro bacalhau cozinhar. Assim ele fica mais tenro. Sirva bem quente.

    Rendimento: serve 4 pessoas

    bacalhau1

    Se inscreva no canal para assistir aos videos em primeira mão ;D

    Youtube @blogchatadegalocha
    Moda

    Meus clássicos da moda

    Não me lembro qual o post, mas há um tempinho um comentário dava a dica: “Lu, mostra pra gente seus clássicos do guarda roupa!”. Eu achei a ideia bacana principalmente porque não gosto muito de alguns dos clássicos clássicos – hahaha, sabe, os ítens que tudo quanto é livrinho de estilo cita como os clássicos da moda, sabe? Por exemplo: Twin set. Não me vejo usando isso! Pode ser um clássico, super atemporal e etc, mas não combina comigo de jeito nenhum e quando leio isso nessas listas acho meio bobagem ter alguém apontando aquilo como um tem-que-ter, sabe?
    Aí o que eu fiz foi pensar naquelas peças que eu sempre compro. Aquelas que eu sempre reparo nas lojas, que tenho mais de uma no guarda roupa com a mesma função, que uso muuuuito! E cheguei nessa listinha:
    classicos1
    Não contei, mas chuto que tenha 5 blazers pretos no meu armário. Um com manga mais curta, outro mais compridinho, um de tecido molengo, outro bem estruturado… Amo blazer preto e uso demais!! Toda mala de viagem que faço tem um, não importa pra onde eu vá. É que eu acho que ele salva qualquer roupa, sabe? Tipo aqui em cima, tem look jeans com camisetinha e tênis e pá, o blazer deixa tudo lindo. Esfriou de repente? Blazer. Tá frio no avião? Blazer. Surgiu uma reunião surpresa? Qualquer roupa e um blazer preto por cima. AMO.
    classicos3

    O segundo ítem é a camisa. Eu ia dizer camisa branca, nota-se pela escolha de imagens, mas decidi não definir a cor porque amo qualquer camisa, não tenho preconceito. As brancas são as mais fáceis de usar, as que acho mais chics. Combinam com quase toda ocasião, não tem como errar mesmo – essa frase é vazia de tão dita em guias de moda mas nesse caso é verdade. Gosto de usar as minhas com as mangas dobradas ou puxadas, mostrando o pulso. Pra quem tem ombros caídos é o céu, ela deixa o corpo muito mais bonito, estruturado – ela veio do armário masculino, né? Já tive que me policiar para não usar camisas todos os dias, sou apaixonada!
    classicos2

    E aí chega a terceira peça do meu uniforme: o short jeans! Peça super descontraída, melhor ainda se tiver lavagem meio detonadinha. Gosto dos mais soltos, larguinhos, short justo não fica bem em ninguém (ei, opinião minha!). Pra usar com camisa, com camiseta detonadinha, com blusinha romântica, com couro… Com tudo. Inclusive com a camisa e o blazer que eu tanto amo!
    classicos4

    O meu último clássico é um acessório: a bolsa pequena com alça transversal. Meu modelo ideal de bolsa é pequeno sem ser micro, tem alças curtas para levar nas mãos e longas para pendurar nos ombros quando quiser. Tenho várias e pelas imagens vocês conseguem ver um desejo: a Celine Nano, que eu amo até hoje. O modelo é perfeito pra mim, baixinha que preciso criar volume no quadril (para equilibrar a parte de cima grande): o tamanho é proporcional ao meu (pequeno) e a alça longa deixa a bolsa exatamente onde preciso dela.

    Esses são meus clássicos, os ítens que eu amo e compro sempre. São esses os ítens que mais valem minha grana porque sei que vou usar muito. Esse exercício é bem bacana, eu fiquei meio chocada que não consegui definir um sapato, por exemplo! Mas aí concluí que adoro variar os sapatos, cada hora me apaixono por um, não tenho mesmo um estilo favorito. Talvez devesse repensar quando fosse comprar um muito caro, já que não sou fiel a nenhum estilo, né?

    Me conta quais são os seus clássicos! Você já pensou nisso?