Carreira, Moda

Esqueça o terninho: o que usar numa entrevista de emprego

Pensando em tudo que você já leu por aí, qual dessas seria a opção de look ideal para uma entrevista de emprego?

A opção clássica seria a da direita, certo? Clássica, discreta, formal… E totalmente inadequada, caso você esteja interessa, por exemplo, numa vaga na área de comunicação.
Parei para pensar um pouco nisso depois que estive do outro lado da mesa, entrevistando pessoas para trabalharem comigo. Sempre soube que a escolha do que usar num momento assim era importante, e ao longo dos anos que trabahei para outras pessoas (e eu nunca parei muito tempo em um lugar – ou seja, fui bastante entrevistada!), sempre pensava um pouco mais no que usar nesse primeiro contato.
Mas foi ao tentar conhecer um pouco melhor possíveis estagiárias que vi que o que você veste é tão ou mais importante do que você fala! Em poucos minutos, o entrevistador precisa formar uma opinião a seu respeito, e acredite, ele vai analisar cada peça que você estiver usando.
Pensa comigo: você se candidata para trabalhar em uma empresa que fabrica material esportivo. Faz sentido usar algo ultra formal? Ou ainda: você quer trabalhar numa empresa que especifica na vaga que os candidatos devem ter conhecimento na área de moda. Você vai de scarpin de salto médio e bijouteria discreta?

O que quero dizer é que às vezes vale ignorar as “regras” que a gente costuma ler por aí e pensar um pouquinho antes de pegar a calça preta básica. Vale estudar os clientes da empresa, tentar descobrir um pouco mais sobre quem é o encarregado do processo seletivo, como os possíveis futuros colegas se vestem… Enfim, Google tá aí né!?
Dependendo da empresa, você pode até marcar pontos usando uma peça mega tendência, ou causar boa impressão mesmo usando o (juro!) batom vermelho. Dá pra usar um short mais comprido e até tênis, óbvio, dependendo de onde você pretende trabalhar.
Pensa comigo: alguém ia dar bomba numa jornalista da área de beleza se ela aparecesse na entrevista de batom vermelho? Ou uma futura administradora que tente uma vaga numa marca tipicamente carioca vai perder a oportunidade se aparecer de short?

Acho que o ideal é sempre conseguir passar um pouco do que você é através do que você escolhe usar, sendo sua entrevista numa lojinha de skate ou numa multinacional, claro, sendo coerente com o cargo que pretende ocupar.
Agora, uma coisa que acho que não é legal, não importa qual o seu emprego dos sonhos, são peças muito chamativas… Tipo assim, uma Birkin, aquela calça legging incrível de estampa geométrica verde limão ou o maior anel de brilhantes do mundo. É capaz de você ir embora e tudo que o entrevistador lembrar é da sua bolsa absurda, e não é a bolsa que estava procurando emprego, era?

Comentários:
  1. por Lu
    em 12.07.2010 às 23:01

    Aposto que muitas meninas que foram fazer a entrevista, depois de ler esse post, vão ficar cismadas querendo saber o que foi que erraram hahah, uma delas é minha irmã (certeza que ela vai ficar pensando nisso!). Gostei muito do post! Beijos


    Ai, é sempre chato não conseguir uma vaga que a gnt queria, né? Mas mais do que pensar “o que errei”, acho que vale pensar se o perfil era mesmo o que a vaga pedia, se a gente conseguiu se expressar direitinho na entrevista, e claro, tentar fazer diferente da próxima, né? BJ!

  2. por Ana Maria Silva Mendes
    em 12.07.2010 às 23:04

    ADOREIIIIII!!!! PONTO DE VISTA FANTÁSTICO, QUE JAMAIS SAO LISTADOS EM ASSUNTOS DO TIPO. TODO ARTIGO, REPORTAGEM ETC. QUE CITAM O ASSUNTO SEMPRE FALAM A MESMA COISA, DO SOCIAL, DISCRETO E TAL… OTIMOOOO MESMO!

  3. por Marcella
    em 12.07.2010 às 23:11

    Concordo com absolutamente tudo, exceto com a bolsa chiquerrima. Não entendi…

    Acho que o exemplo n foi o melhor, heheh… Eu quis dizer que peças chamativas podem não ser uma boa, porque a pessoa vai embora e o entrevistador vai ficar sempre lembrado da pessoa como “a menina da legging colorida” e não “a estudante de arquitetura da faculdade tal”, por exemplo =D Mas né, tem até quem sustente! BJ!

    • por Bella
      em 13.07.2010 às 11:41

      Ahh tá!! Agora posso concordar completamente de verdade, hehe, beijos Lú.

  4. por Renata
    em 12.07.2010 às 23:11

    interessante :)
    mas acho que aquela calça rasgada já é demais.

  5. por Telma Maciel
    em 12.07.2010 às 23:15

    Concordo! Geralmente eu fico bem receosa com relação a isso, mas daí penso: tenho q ser eu msm: light mas bem vestida e adequada para a função que estou me candidatando.

  6. por Camila Nogueira
    em 12.07.2010 às 23:19

    ótimo post, Lu!

    super concordo!

    duas coisas: votei no make do dia para tds os dias! rs
    e quero te dizer que olho pra vc e lembro da Betty, do Le blog, só que loirinha.. =D

    beijos

  7. [...] This post was mentioned on Twitter by luferreira and others. luferreira said: Novo post: Esqueça o terninho: o que usar numa entrevista de emprego – http://bit.ly/bvRWLq [...]

  8. por Cacau
    em 12.07.2010 às 23:34

    Super concordo, Lú. Mas como minha área é direito, o que me resta é o terninho… hahaha

  9. por Carol Resende
    em 12.07.2010 às 23:38

    Sempre perfeitos os seus posts …

    Esse então … faz qualquer uma pensar !!!

    Obrigada e bjos

  10. por Karina
    em 12.07.2010 às 23:51

    Mto bom o post, mas tb discordo o que foi falado da Birkin, acho um classico super chique!! Na minha opiniao ninguem perderia pontos usando :D

  11. por Izabella Andrade
    em 13.07.2010 às 00:18

    Adorei Lú, achei ótimo ponto de vista, as pessoas tem que ser coerentes com o lugar q trabalham, n existe mais esse pensamento
    de roupa “certinha” não.

  12. por Izabella Andrade
    em 13.07.2010 às 00:21

    Adorei Lú, os tempos mudaram e não existe mais esse tipo de roupa “certinha” p estrevista de emprego, super coerente. E a história da bolsa, eu adorei. hahaha

  13. por Camila
    em 13.07.2010 às 00:30

    Adoreiii o post…

    Tenho uma entrevista na Quarta-feira (13/07).

    Obrigada pelas dicas…

    Bjos

  14. por Ricota Não Derrete
    em 13.07.2010 às 00:34

    eu tinha uma roupa oficial de entrevistas. pra mim ela era o meio termo, entre moderninho e clássico pra não ser pega de surpresa em nenhuma empresa. como fazia publicidade, não tinha muita restrição. agora, em design, ainda não tenho o traje oficial. =) se eu morasse aí ia me candidatar horrores a tua vaga de estágio, tá bom que eu ainda sou uma estudante meio mais ou menos nas habilidades do curso (primeiro período), mas iria mesmo assim.

    triste foi no tempo que eu fazia administração. já fui com roupas bi-zar-ras. umas blusas de lycra totalmente dispensáveis, uns scarpins de bico fino (fantasmas de 2005) mas os concorrentes eram sempre tão ruins que eu passava em todas as entrevistas. era muito mais fácil naquele tempo.

    =*

  15. por camila falabella
    em 13.07.2010 às 00:39

    foi muito bom ler isso aqui hoje.. pena q to vendo só agora a noite.. hoje mesmo fui numa entrevista de emprego.. usando a calça preta básica..
    Na próxima acho que vou mudar um pouco. ótimas dicas!

    visita também o blog da lyvia.
    blogdalyvia.wordpress.com

    abraços

    Nada contra a calça, hein!! heheh… Só acho legal pensar um pouquinho mais sobre o contexto… Tem alguns que ela até fica bem! BJ!

  16. por Luciana
    em 13.07.2010 às 08:30

    Oi,
    Amei o Post! Mas cadê o make do dia?
    Visito seu blog umas 5x ao dia, e já estou com saudades do make!
    Ontem me animei super e fui fazer as sobrancelhas…
    Beijos

    Luciana, vou diminuir a frequência, tá? Seguindo o resultado da enquete =D BJ!

  17. por Fernanda Lima Alves
    em 13.07.2010 às 08:41

    Sou a favor do básico chique, acho ótimo uma chemise meia manga, e uns poucos acessórios para dar um up! bjs.

  18. por pi
    em 13.07.2010 às 08:52

    Se você não estivesse em BH e, sim, em Itaúna, a roupa do entrevistado seria sua última preocupação. Em 4 anos de agência, aqui, se aparecia um currículo razoável, eu já contratava. Não precisava nem saber ligar um Mac. Hoje, importei minha equipe de outras cidades e já até posso me dar ao luxo de escolher, mas, roupa, ainda não é item importante. Importante, para mim, é: não contrato mulher – dão muito trabalho – e não contrato quem estudou na J. Andrade – faculdade lixo!

    • por Gabe
      em 15.07.2010 às 00:12

      Oi, pi.. isso é preconceito! Não se deve jamais considerar pontos discriminatórios em seleção! Torça pra que ng saiba disso..é crime.

  19. por Larissa Rehem
    em 13.07.2010 às 09:00

    Adorei a dica Lu… nunca tinha parado para pensar nisso!

    Beijos!
    Ótimo post!!

  20. por Jowzinha
    em 13.07.2010 às 09:10

    Axei ótimo o post pq
    um dia desses fui a uma entrevista de emprego numa imobiliária e fiquei:
    Meu deus o q eu uso???
    Daí em vez de fazer a dupla camisa de algodão e calça preta,
    saí pesquisando na net o q cabia p aquela área
    e dei de cara com usar um figurino bem clássico e elegante,
    mas q fosse longe do terninho!!!
    Sei q n q eu arrisquei,
    a entrevistadora me adorou!!!

    =**, Jowzinha

  21. por Tati
    em 13.07.2010 às 09:23

    Muito legal o ponto de vista e concordo plenamente!
    E ainda este post chegou em um ótimo momento… tenho entrevista sexta! rs
    Bjos e ótima semana

  22. por Kátia Resende
    em 13.07.2010 às 09:35

    Muito bom o post!

    Gostei das dicas e da parte em que coloca que o essencial é mostrar quem você realmente é.

  23. por Lilian
    em 13.07.2010 às 09:50

    Garota… gosto de você viu. Seu blog tem um tom mais pessoal e menos marketeiro dos que temos visto por ai. Sua vida tem mais a cara das pessoas comuns e não tem aquele tom “olha como sou pop” dos outros blogs. Além disso, voce responde e-mails e isso conta muito. Parabéns, não só por este mas cada post. E continuem com os makes do dia.
    Beijo

    Uai, que bom =DDD Eu sempre tento fazer posts sinceros, que tenham a ver com a minha vida mesmo… Porque não sou especialista em nada, mas já tem 3 anos que tô aqui falando de moda, beleza e etc, ehehhe… Só fico a vontade fazendo isso se deixar bem claro que é tudo minha opinião, sabe? Que bom que vc gosta =D BJ!

    • por Bia Saltarelli
      em 13.07.2010 às 13:50

      LU!
      Sou suspeita pra falar mas concordo em gênero, número e grau com a Lilian!
      Seu blog é um dos poucos “blogs famosos” que não perdeu a identidade e o toque pessoal. Eu leio seus posts e penso assim: “Nossa, isso é realmente a cara da Lu!” ;)
      O que dá pra ver aqui é que você soube evoluir, fazer o blog ficar melhor mas sem perder “a chatisse”! haha
      Adoooro você e o blog! :D
      Bjo!!!

      Obrigada!! É engraçado pq tem algumas leitoras que eu meio que já conheço de nome, hahaha… Vc é uma delas!! Tá sempre por aqui =D BJ!

    • por Rogéria
      em 13.07.2010 às 18:49

      Sou mais uma a concordar com a Lilian e Bia quanto ao seu blog. Parabéns!

  24. por Alice Marques
    em 13.07.2010 às 09:54

    Nossa muito bom esse post, graças a Deus nunca tive muito problema em me vestir para entrevistas, pesquisava a empresa e ia de acordo com o padrao dela e o cargo para o qual estava sendo intrevistada.. mas são otimas as dicas

  25. por Alinne
    em 13.07.2010 às 09:58

    Eu sempre leio reportagens sobre looks para entrevistas de empregos, e a maioria delas traz aquelas dicas padrão de terninho e maquiagem discreta. Você acabou de confirmar minha teoria de que nem sempre um tailleur é garantia de contratação certa!

    beeeeiijos

  26. por Karine
    em 13.07.2010 às 10:13

    Concordo!! mesmo na minha área, que é jurídica e sempre formal, na hora de entrevistar alguém sempre reparo bolsa, sapato, maquiagem etc.. mesmo com a roupa sendo formal prefiro contratar pessoas que ousam um pouco mais nos acessórios, ou até mesmo na roupa, um corte diferente, um tecido, enfim… acho que isso tudo mostra personalidade e inovação, beijos!!

  27. por Loli
    em 13.07.2010 às 10:14

    Concordo que não precisamos sempre estar de terninho e ultra certinhas, mas calça jeans rasgada e short acho exagero, seja qual for a área. Depois de contratada vc pode usar isso se quiser.

    Loli, garanto que a moça de jeans rasgado ia ter mais chance que a de calça preta aqui no escritório!! Depende muito, não dá pra generalizar!

  28. por Bia Saltarelli
    em 13.07.2010 às 10:31

    Oi Lu!
    Adorei o post! Acho a idéia super válida. Ultimamente tô procurando emprego novo…mas tá difíííícil! :(
    Mas aí uma das coisas que tenho me preocupado é justamente com o visual. O problema é que acho que a maior parte das empresas aqui de BH ainda é bem caretinha para essas coisas.
    Mas é como você falou, vale a pena dar uma estudada na empresa e pensar até mesmo na imagem que a empresa projeta para ajudar na escolha da roupa.
    No meu caso, mesmo quando escolho uma roupa mais formal (tipo eu amo blazers!) eu procuro dar um toque pessoal e não usar combinadinho tipo blazer preto, calça preta, camisa branca.
    Procuro optar por blazer boyfriend, calça jeans e blusa básica por baixo.
    Bom, resumindo gostei muiiito do post! Adorei a abordagem diferente e fica a dica né? Às vezes é o detalhe que vai fazer a diferença na hora de conseguir a vaga. :D
    Bjos!!!

  29. por Joyce Terra
    em 13.07.2010 às 10:43

    Muito esclarescedor este post, parabéns!

  30. por Dani
    em 13.07.2010 às 10:55

    O que eu entendi e, concordo, é que não existe uma regra única. Dependendo da empresa e cargo a que se pretende a regra geral pode sofrer variações e permitir inclusive a bolsa chiquérrima e a calça ragada. O importante é ter consciência que vc vai ser avaliado também pela mensagem que sua roupa vai passar.
    Dani.

    Entendeu exatamente o que eu queria passar =D BJ!

  31. por Carolina
    em 13.07.2010 às 10:59

    Parando pra pensar é mega verdade isso,
    acho q muitas vezes você pode até perder a vaga pq eles já estão cansados de camisa social e calça preta..
    isso é uma questão de tempo e que as pessoas aprendam que quando falam “´voce tem que se vestir bem” para uma entrevista ou algo assim não quer dizer camisa branca e calça preta..
    Luu, to sentindo falta do look do dia!!!
    beijos!


    O look camisa branca + calça preta foi exemplo, mas é isso que quis dizer, que não existe uma regra pra essas horas… Tem que analisar o contexto para descobrir o que fica bem na hora da entrevista! BJ!

  32. por Thaylana
    em 13.07.2010 às 11:03

    Adoreiii o posr e concordo plenamente. Temos que ter bom senso principalmenter nessas horas.. mas é necessarios manter a personalidade e se adequar ao que a vaga requer!!!
    Agora só preciso de uma entrevista na área de comunicação (que é o que quero)rsrs.. pra montar meu look!!
    rsrs
    Bjaooo

  33. por Tatiane Cristina
    em 13.07.2010 às 11:08

    Oi Lú….

    Bom, para começar…. adoro seu blog e leio todos os dias!! Sem falta!!
    Adorei suas dicas de como “ir” a entrevista, realmente as pessoas ficam muito ligadas a um “tipo”, como ir vestida de forma social para “impressionar”, e na verdade a forma de se vestir na entrevista tem muito haver com o trabalho que vc esta cobiçando….
    No meu caso é um pouco dificil, a roupa de trabalho pois sou fisioterapeuta e não preciso necessariamente ir de branco todos os dias porque uso jaleco, por cima da roupa…mas não consigo trabalhar de salto, por exemplo, pois ando pra lá, e pra cá sem parar para atender as pessoas… Mesmo não precisando usar barnco sempre é o que resta qdo estou sem muita inspiração e ai vai uma dica ou pedido… vc poderia fazer um post de dicas para as profissionais que necessitam usar o branquinho….
    Ah, tb estou sentindo falta do “look da Lu”… não sei se vc parou devido a confusão do último, mas enquanto várias garotas não gostam… lembre-se que várias, assim como eu, estam aguardando suas dicas… rsrsrsrs

    Beijos

    Tati

    Nossa, roupa branca todo dia deve ser beeeem difícil!! Não tenho certeza se já postei sobre isso, tenho que olhar…! O Look tá em férias, heheh… Por enquanto estou dando um tempo, quem sabe uma hora n volta? BJ!

  34. por CristinaG
    em 13.07.2010 às 11:08

    Nao teremos mais o make do dia ?
    Adorava ….

    beijos

  35. por Pollyana Teixeira
    em 13.07.2010 às 11:31

    Ai, Lu, adoro quando o blog tem mais posts seus do que das colaboradoras… Sei lá, acho seu texto mais completo, com cara de dedicação maior… Não é algo que a gente já leu antes ou parecido com o de outros blogs. É original, é seu, é único. Por isso gosto tanto do seu blog!

    =D Acho que as meninas estão aos poucos pegando o jeito… Muita gente que torcia o nariz já está começando a gostar, e acho que o blog é bem mais completo com elas!! Mas lógico, quando posso, posto atééé!! Heheh… Eu ando bem lotada de trabalho, daí nem sempre posso me dedicar como gostaria..! BJ!

  36. por Caroline
    em 13.07.2010 às 11:46

    Lu é verdade!

    Sou jornalista e entrevistando alguns candidatos para uma vaga de estágio descobri que às vezes fica té inadequado um candidato vestir algo tão formal, principalmente para vagas na área de comunicação!
    Adorei! Bjs.

  37. por Carol
    em 13.07.2010 às 11:50

    Bem legal o post, Lu. Só discordo de quando você diz “Ou uma futura administradora que tente uma vaga numa marca tipicamente carioca vai perder a oportunidade se aparecer de short?”. Minha resposta é vai, muito provavelmente. Ela é uma administradora, não é uma pessoa de moda, e além de tudo está indo para uma entrevista de emprego! Acho engraçado essa noção sobre o lifestyle carioca – que talvez seja dificil entender quando não se vive essa realidade – mas independente disso, as pessoas não vivem de short e havaiana. Sim, aqui o estilo de se vestir é muito mais informal, mas peralá, né! Eu mesma trabalho na área de comunicação, moro no Rio e jamais vi qualquer pessoa ir a uma entrevista (especialmente uma administradora) de short (uma bermuda de alfaiataria tudo bem). Se depois, já contratada, o ambiente da empresa permitir isso, beleza, mas não numa entrevista!

    Ei Carol! Na verdade, eu meio que vivi essa realidade um pouco!! Meu pai morou um tempo no Rio, e sei que quem é de fora tende a exagerar, mas é uma cidade em que as pessoas são mais informais mesmo, né? Sobre a história do short, claro que não pensei num micro short, né? Era bem o da foto! E pensei numa empresa de moda, que normalmente valoriza roupas com informação. Se o short estiver num contexto, continuo achando que vale, hein! BJ!

  38. por Elida
    em 13.07.2010 às 12:00

    Realmente é por ai mesmo! Não é um uniforme (terninho, calça preta e blusa branca) que te dará uma boa imagem.

    Mas o estilo clássico ( conservador, que todas conhecem: sóbrio e sério) pode vir de várias maneiras: clássico romântico (ex: calça alfaiataria ou saia cintura alta clara, e blusa romântica estampada flores miudas e com babadinhos e um oxford), clássico esportivo(calça jeans escura, camisas sobrepostas e aneis marcantes e um clog) ou clássico arrojado (calça pantalona em linho, camisa seda em cor forte e brincos dourados) que dará esse toque pessoal em nós, e se adequará ao perfil da empresa na qual desejamos trabalhar.

    Cuidado também, com aparencia das unhas, cabelos, rosto (makeup) detalhes como a limpeza e estado de conservação de sapatos, bolsas e também bijus (ninguém merece aquela biju desbotada ou torta de velha).

    obs. Outra dica, evitar dedos de fora se não tiver com os pés em dia!

    bjokas,

  39. por Aline Oliveira
    em 13.07.2010 às 12:03

    Infelizmente não posso ter essa “abertura” no trabalho…. Queria poder expor mais da minha personalidade, mas por enquanto nao posso… Trabalho num ambiente suuuppperrr formal… afff

    Quem sabe um dia…

    Lu… vc poderia dar dicar pra quem se interessa por Designer Grafico???

  40. por Rayssa
    em 13.07.2010 às 13:56

    Eu tenho a comprovação disso:
    uma vez fui para uma entrevista de estágio e uma colega de sala também se candidatou. Chegou 20 minutos atrasada, eu pensei: com certeza ela está fora!
    resultado: ela foi contrata – mesmo atrasada – porque o cara achou ela marcante e amou o cabelo dela, que ela pinta de rosa. hahaha
    Lu, como vc acha que eu deveria ousar? Na minha área eu vejo as coisas meio tradicionais, faço negociações internacionais (é um misto de RI e comércio exterior). O que você faria?

  41. por Michellin
    em 13.07.2010 às 13:57

    Seu blog tá cada dia melhor Lu.
    Os ultimos posts então tinham muito a ver com o meu pensamento do dia, hahaha.
    Mas enfim, estudo design de interiores e fiz uma entrevista recente pra estágio a qual não passei.
    Acho que a roupa clássica me quebrou!! :(
    Mas e com relação a currículos? Você, como contratante na área de design, primeiro olharia a configuração do currículo ou isso não conta nada se a pessoa tem conteúdo, mesmo tendo um currículo visualmente básico?
    Não sei se consegui me expressar bem, mas acho que dá pra entender né, rsrsrs.
    bju

  42. por Wanessa Pop
    em 13.07.2010 às 15:20

    Lú, excelente post! Adorei e as dicas foram maravilhosas!
    Ajudou bastante!! Esclareceu duvidas traiçoeiras…
    bj Wanessa

  43. por Camis
    em 13.07.2010 às 15:41

    concordo em partes, rasgado e curto não é legal em entrevista de emprego não… me assustei com aquela imagem de shortinho… aliás acho que nem short comprido vai, deixe para mostrar qualuqer parte da pernoca depois que tiver com o emprego garantido…

    beijosss

  44. por Thais
    em 13.07.2010 às 17:33

    Olá! Bem, eu trabalho numa multinacional e ainda por cima siderúrgica. O uniforme de trabalho não é tão formal, calça jeans e tênis são liberados. Mas, para as mulheres eles NUNCA contratariam uma pessoa, mesmo que fosse pra área de comunicação em roupas despojadas. A roupa é um dos pontos que conta no processo seletivo, ou melhor, a postura que ela traz e o que ela diz sobre a pessoa, então fica complicado! Acho que o ideal é a pessoa tentar conhecer como as pessoas de lá se vestem, se conhece alguém que trabalha lá e coisas do tipo. Sou da área de TI e ela é conhecida por ter nerds esfarrapados que nunca compram roupa. Mas essa esterotipação não existe mais, eles geralmente são muito arrumados e engomadinhos. E é esse perfil que as empresas estão procurando, até mesmo para estágio. Forçar conservadorismo não indicaria para ninguém, mas acho que ninguém seria desclassificado por utilizar uma roupa um pouco mais neutra com um ou outro detalhe mais chamativo (mas que seja condinzente com o estilo dessa pessoa).
    Beijos

  45. por Rita
    em 13.07.2010 às 18:22

    Uma coisa que acho super importante é a pessoa sentir-se bem com a roupa que está usando. Se ela for totalmente vestida com algo que não está acostumada ela pode ficar tão “engessada” que acabará atrapalhando tudo. Acho que o importante é vestir algo confortável, que passe também a idéia que a pessoa se preocupou com a acasião…sem exageros. Menos é sempre mais, como dizem alguns.
    Na minha área a coisa é danada…sou engenheira…só preciso tomar cuidado para não me vestir igual aos meus pares (maioria homens) mas também tenho que fazer o estilo menina mas sem exageros :-)
    Para exercitar tenho acompanhado bastante o blog e estou aderindo bem às dicas dadas.
    Lu, gosto bastante do seu trabalho. Beijos

  46. por Giselle
    em 13.07.2010 às 18:25

    Lu, ótimo post, adorei!

    Será q vc podia me dar sua opinião? Eu acho q eu sempre me saí bem em termos do que vestir nas entrevistas. Agora depois de um ano de estágio na mesma empresa, eu estou procurando outro lugar. Eu estou formando em Arquitetura, e agora o q vem me atormentando é não saber se as empresas q estou investindo querem estagiário para acompanhamento em obra ou não. Porque é muito mancada ir em uma empresa toda arrumadinha, se o cargo tiver contato com obra. Eu trabalhei 1 ano diretamente no barracão da obra, e sei bem oq é isso. Mas o conrário também é mancada: se o trabalho for focado mais no escritório e nos clientes, e eu estiver vestida mais relax, também não fica bem. O q vc acha?

  47. por Roberta
    em 13.07.2010 às 21:30

    o mais engraçado é que sempre que tenho que apresentar um trabalho acabo pensando mais na minha roupa durante a semana do que mesmo no trabalho… na última vez passei uma tarde toda montando um look… meu amor vive falando que acha isso surreal, huahuahuahuahua e eu digo “mas o trabalho eu já sei, só não sei a roupa amor!”

  48. por Larissa
    em 13.07.2010 às 22:36

    concordo com vc.. eu entrevistei alguns estagiários no ano passado e esse ano, e a aparência faz toda a diferença. Só acho que calça rasgada não dá, independente da área! E a maquiagem tbm conta muito: se for um ambiente mais sério e vc for com batom rosa chiclete pega mal.. mas ir com a cara lavada é pior ainda.
    Também não vejo problema na bolsa, ainda mais se for uma bolsa clássica.
    Agora, sabe o que é pior? Quando vc vai numa entrevista e a entrevistadora é mal vestida: já vi gente com calça jeans super baixa, cabelo loiro com raiz vencida, bijouterias horrorosas.. que moral a pessoa quer ter pra selecionar alguém?? medo!!!!

  49. por luciana*
    em 14.07.2010 às 13:13

    olá! você criou os looks no polyvore? porque eu gostei de (quase) tudo naquele informal. posta o link, please? :)

  50. por Rosa Mônica
    em 14.07.2010 às 16:55

    Lu adorei o post. O que mais me chamou atenção foram os relógios, vc sabe qual é a marca, achei lindos!!
    Bjs.

  51. [...] Esqueça o terninho: o que usar em uma entrevista de emprego (Chata de [...]

Post AnteriorPróximo Post