Do Outro Lado

Do outro lado: pra não desistir de malhar!

Antes de vir morar na China (e ter que largar tudo, inclusive da ginástica!), eu tive uma personal e não, eu não sou uma pessoa rica que pode pagar absurdos, heheh! Acho que essa é a principal ideia de todo mundo quando ouve falar de personal trainer, né? Que é só para os ricos e famosos hahaha! Mas acredite, não é!

Antes de fazer personal, eu já tinha tentado ir à academia, inclusive academias diferentes. Mesmo sendo sempre perto de casa, não era fácil manter a rotina então eu ia quando dava e geralmente fazia alguma aula ou ficava na esteira/bicicleta. Mas eu não via progresso, achava chato e o pior: eu não gostava de papo de academia, sabe? Lá não era nem de longe o meu local favorito e eu não tinha nada em comum com meus colegas…

Um dia me mudei de apartamento e no prédio novo tinha uma sala de ginástica. Nada muito especial, tinha uma esteira, duas bicicletas, uns pesinhos e uma estação de musculação. O especial de lá foi que uma outra moradora tinha uma professora particular, uma personal trainer.
Como eu achava que não tinha condições de pagar por um serviço tão diferenciado, eu resolvi perguntar para a moça se ela não daria uma aula por mês, faria uma ficha pra mim e me ensinaria os exercícios que eu conseguisse fazer sozinha, que era basicamente a orientação que eu tinha na academia. Sabe o que ela me falou? Não!
Hoje eu vejo como essa resposta foi de quem entende do assunto. Antes, eu tinha escolhido a academia pela localização e porque achava que os equipamentos eram razoáveis, mas eu não tinha percebido que o mais importante sempre é o profissional que orienta e que eu nem tinha me preocupado em perguntar quem eram os professores que davam aula lá. Não estou dizendo que a localização conveniente e bons equipamentos não são importantes, mas só isso não faz ninguém ir animado fazer ginástica, certo? Cabeleireiro, médico, designer a gente escolhe primeiro o profissional, não a tesoura, o bisturi ou o computador, por que com a academia seria diferente?

Ela então me convenceu a começar a malhar com ela duas vezes por semana pra experimentar e eu gostei tanto que finalmente fiquei quase dois anos sem fugir da ginástica! Ter um compromisso só meu com uma outra pessoa me obrigava também a arranjar tempo e disposição que eu não tinha quando fazia na academia e podia faltar sem ninguém perceber.
Pode parecer besteira dizer isso, mas foi o que eu aprendi com ela: que tudo depende de virar um hábito, assim como tomar banho ou escovar os dentes. Assim, finalmente eu consegui ver progresso na ginástica antes de desistir. Além da avaliação física a cada três meses (eu era louca pra fazer logo outra avaliação), era uma sensação ótima quando eu conseguia aumentar os pesos (me achava A forte hahaha), aguentava correr mais tempo na esteira ou melhorava o alongamento e conseguia encostar a mão no chão.

Como eu sou chatinha de galocha (heheh!) eu aproveitava a experiência pra aprender os detalhes, perguntar o nome dos exercícios, pra que músculo funcionavam, que hora tinha que respirar pra render mais, o que comer antes e depois, que tênis comprar… Fora que agora eu podia dar pitaco na música ambiente e tinha alguém que eu gostava pra conversar! Que tal experimentar também?

Comentários:
  1. por Paula Ferraz
    em 12.08.2011 às 12:04

    Coincidência, ou não, estava pensando nisso essa semana!
    =)

  2. por Lu Soares da Rocha
    em 12.08.2011 às 12:05

    Nossa!!! Amei o post! Também sempre achei caro, mas vc me fez dar outra visão pro personal! Vou aproveitar a academia do novo apê e procurar um bom profissional!

    Beijos,
    Lu

    http://www.meemprestaseublush.com.br

  3. por Regiane Ivo
    em 12.08.2011 às 12:19

    Também sempre odiei o ambiente de academia, faz um mês comecei a fazer pilates em estúdio ou seja tenho a instrutora só para mim, estou adorando porque o foco é maior e o rendimento também.
    Bjus

  4. por Ana Paula
    em 12.08.2011 às 12:29

    Realmente faz toda a diferença… Sua historia é muito parecida com a minha… Sempre detestei academia, não curtia o ambiente nem me encaixava muito no perfil… Nunca passava de 2 meses… Só que tenho um problema serio no joelho e musculação é a unica alternativa a operação… Resultado comecei um trabalho com personal pela primeira vez… A diferença é visivel, tanto na frequencia quanto no resultado… E digo mais o que pago hj com personal é o mesmo preço que muitas dessas academias bombadas cobram aqui no Rio. Vale a pena investir…

  5. por Paula Pessoa
    em 12.08.2011 às 12:51

    Olá. Parabéns pela matéria, sou profissional de educação física e é uma satisfação ver uma pessoa que realmente entende e da valor a um bom profissional!

    Parabéns!

    BJUS

  6. por Elaine
    em 12.08.2011 às 12:54

    Oi Tati. Malho com personal há quase 4 anos e concordo com vc. A motivação é outra (bem maior) e os resultados aparecem mais rápidos. De fato não é a forma mais barata de fazer atividade física, mas encaro com um investimento na minha saúde e na minha auto-estima. Bjo

  7. por Pamela Machado
    em 12.08.2011 às 13:25

    Eu também ia à academias e detestava. Detestava o instrutor te olhar uma vez e depois você ter que fazer tudo sozinha sem ter a certeza de que estava fazendo corretamente. Sem contar o “papo de academia” que tu talou, também detestava.
    Hoje, minha saúde pediu exercícios físicos! Só que além da preguiça de ter que sair de casa, eu também trabalho em casa, então a cobrança é dobrada! Mas me animei, contratei uma personal trainer que é minha cliente e é um amor de pssoa! A gente conversa durante as aulas enquanto ela confere minha postura, se estou fazendo os exercícios direitinho… E o mais legais é que nos damos muito bem, isso é ótimo e te motiva a sair de casa a cada dia que tem uma hora marcada na academia.

    Muito legal esse post, Tati. Vou aproveitar a deixa e falar sobre isso um pouquinho no meu blog na semana que vem! ;)

    Beijos!

  8. por Lícia Ide
    em 12.08.2011 às 13:45

    Verdade, um profissional faz uma grande diferença.
    Geralmente eu fazia esteira, bicicleta e só!. (em casa)
    Ai eu comecei a fazer ecademia, e tinha vários personals acompanhando o pessoal..
    Foi bem melhor, e também me animei mais, ja que meu treinador era gatinho hihi.
    Eu não acreditava, mas com certeza um profissinal do lado faz diferença.
    Gostei do post Tati, e obrigado por ter respondido meu email sobre produtos de pele!
    Beijos!

  9. por Maiara Moreira
    em 12.08.2011 às 13:51

    Adorei…sou estudante de Educação Física e me anima horrores quando vejo alguém reconhecendo os profissionais da área!!! Espero que você ache alguém bacana por ai pra que possa voltar logo à atividade…bjo

  10. por MI
    em 12.08.2011 às 13:55

    tudo verdade! tendo um compromisso tudo muda… e a gente se sente mais segura em realizar os movimentos.. sabendo que tá tudo certinho! adorei o post…. bjos!!!!

  11. por Mari Garbes
    em 12.08.2011 às 14:23

    Eu malho com personal tb…não sei malhar sem ela!! heheh
    Realmente…faz toda a diferença :)
    Bjos

  12. por Renata Pires
    em 12.08.2011 às 15:17

    Tatii!! Que saudades dos seus textos!
    AMEI seu diário sobre como você descobriu o exercício físico! Ótimas dicas!! Tb quero um personal, hahaha. Brincadeira, não posso “puxar ferro”, tenho que fazer pilates. O bom é que o pilates é quase com um personal né? As turmas tem no máximo 2 pessoas. Adoro!! :)

    Beijão!!

  13. por Mayra Magalhães
    em 12.08.2011 às 18:06

    O segredo da academia é primeiro gostar pra depois atingir seus objetivos, vestir a roupa e depois decidir se vai ou não, ir sempre com alguém animado (mas de jeito nenhum ficar malhando com a pessoa já que isso te auto prejudica), ir no primeiro momento do dia que você tá livre e sempre pensar nos resultados! E pelo amor de Deus, nunca querer ficar com corpo de panicat em dois meses, é impossível!

  14. por Nayara
    em 12.08.2011 às 20:49

    Oi! Estou pensando em fazer isso.. como mudei de função no meu emprego e a grana melhorou tô vendo se começo.. aqui onde moro tem um studio em que um personal fica com duas pessoas ao mesmo tempo, e é 300 reais por mês duas vezes por semana.. como alguém falou ai num comentário.. é o mesmo que o que as academias bombadas cobram.. O que acho difícil com relação a academia onde moro é que eu conheço muita gente da educação física que quando fez vestibular odiava estudar, não queria fazer nada da vida e ai resolveu fazer algo que gostava.. gostava de malhar, então fez educação física.. e existem muitos cursos particulares bem ruins também.. Daí eu confesso que quando leio nas revistas aquelas perguntas e respostas com profissionais de São Paulo/Rio, quando vejo aquele personal do Fantástico do Zeca Camargo, fico pensando “Poxa, aqui em Brasília é tão difícil né?” Existem bons profissionais, mas geralmente eles já estão super ocupados.. mas vamos confiar nos recém-formados também né? Tenho certeza que muitos devem se preocupar em estudar bastante e em obter muita experiência.. Não estou querendo levantar uma discussão, mas é que malhei super sério em uma academia com aparelhagem ótima por um ano, mudando de série sempre, pedindo instrução e depois acabei parando porque meu joelho só estalava o tempo inteiro e eu fui no ortopedista, fiz exames e realmente estava com uma lesão.. enfim, estou parada há um ano, mas quero voltar firme e forte! Adorei o post! =)

  15. por jucelha
    em 12.08.2011 às 21:25

    adorei td

  16. por Ingrid Feitas
    em 13.08.2011 às 02:44

    Esse ano eu vou ter que começar a malhar (recomendação medica) e não to gostando nada disso, to enrolando para depois do vestibular ..
    Eu sempre odiei esportes, e sem que não vou adorar ir na academia ..

    beijos ;*

  17. por Julia Z Z
    em 13.08.2011 às 12:18

    Adorei o post. Malhar sem orientação e incentivo não dá.

  18. por monica
    em 13.08.2011 às 13:50

    Bom a questão é que resolvi comprar menos bolsas,sapatos e roupas e separei uma grana pra esse INVESTIMENTO,sou magra,porém estava flácida demais e minha idade já estava gritando por uma malhação séria.E o que adianta academia,se ng olha sua postura…pq um instrutor pra 20 pessoas,não dá!!!!

  19. por Íris
    em 13.08.2011 às 14:03

    ADOREI o Post!!!

    Acho que o importante é achar o que a gente se adapta melhor! Por mais que a Personal possa parecer “+ cara” ela acaba saindo + barata quando você pondera o custo da academia com o resultado e o número de vezes que você vai lá, o que acabou sendo o seu caso hehe.

    Eu tentei e me adaptei muito bem com a Curves, ser só meia hora facilita muito na hora de arrumar disposição pra ir e, como peguei uma perto do trabalho, o papo é muito diferente de “papo de academia” pois só tem mulheres igualmente trabalhadoras e ocupadas. E pra melhorar, obtive o resultado que pretendia!

    Há muito tempo atrás eu pensava em contratar um Personal, e você me fez até voltar a considerar a ideia … quando meu pacote na academia vencer, talvez eu embarque nessa “aventura” tb ;)

  20. por Elizabeth
    em 13.08.2011 às 14:18

    amei o post! acho importantissímo a prática de exercícios, pois faz bem pra saúde e pra mente!
    http://meubemestar.wordpress.com/

  21. por Valéria
    em 13.08.2011 às 15:32

    Eu, como Personal Trainner, adorei a dica pras meninas que acham que investir em si é coisa de rico! Aí no final das contas gastam muito mais em baladas, barzinhos e muuuita comida, que como recompensa causa depressão quando chega na praia e o Bumbum ta cheio de celulite!!! Adorei a dica!
    bjs

  22. por Alice e Roberta (it cow)
    em 13.08.2011 às 15:34

    Ameii as dicas

  23. por Ester
    em 13.08.2011 às 22:16

    Tati;
    O post veio em ótima hora, estou empenhada neste projeto de dar um up no visual, mas antes vou começar com a alimentação, vou a nutricionista esta semana. Eu penso em voltar a malhar, quero conhecer a nova academia, e os profissionais também, uma boa orientação aliada ao nosso empenho é tudo que a gente precisa pra ficar linda e em forma.

  24. por Ingrid
    em 13.08.2011 às 23:10

    Ahh eu adoro malhar.. o cansaço dos exercicios fisicos pra mim sao tão gostosos.. me dao um conforto tao bacana depois de um banho e relxar uns minutinhos.. e fora o resultado tanto estetico quanto condicionante depois né..

  25. por Bianca
    em 14.08.2011 às 02:40

    ai Lu,
    eu vivo num entra e sai de academia desde que tinha 15 anos…
    será que um dia eu consigo?

    :*

    http://solimda.blogspot.com/

  26. por Giselle
    em 14.08.2011 às 19:13

    Ninguém falou o principal: $$$$$ quanto custa em média? Não faço nem idéia! Hehhehehe!

  27. por Myla
    em 14.08.2011 às 21:01

    Eu comecei academia há 2 semanas e to amando!! Nunca tinha entrado em uma na vida e sou (era né) sedentária! Arranjei uma prof da academia super bacana e estou indo todos os dias! Tb estou louca pra próxima avaliação, daqui a 3 meses, ver os resultados!! É tão bom, a gente se sente bem depois que faz os exercícios, mesmo ficando dolorida!

  28. por Debora Rebelo
    em 15.08.2011 às 11:16

    Muito interessante, esse relato tbm é o meu, um personal trainner faz toda a diferença, vc não se machuca fazendo exercicios errados e ainda ganha um amigo… meu filho de 11 anos e eu fazemos 3 vezes por semana, uma maravilha!

  29. por marta
    em 15.08.2011 às 13:03

    importantissímo a prática de exercícios, pois faz bem pra saúde e pra mente!

  30. por Aline Flores
    em 17.08.2011 às 14:34

    Concordo em gênero, número e grau!!!
    Um bom profissional é insubstituivel!!!
    Adorei!
    Aliás, a alimentação também tem tudo a ver com os resultados no final das contas… sou nutricionista e tem um blog de alimentação com algumas dicas bem legais!
    Pra quem se interessar…

  31. por Giselle Lopes
    em 18.08.2011 às 17:47

    Estou sem malhar e já tô ficando nervosa e estressada, como isso mexe com a gente, enfim se exercitar é muito importante e bom demais.

    http://tirinhasfemininas.blogspot.com/

  32. por Jul
    em 22.08.2011 às 18:12

    Oi Tati! Posso te fazer um pedido especial? Um post sobre os BB Creams.
    Até pouco tempo atrás eu achava que era uma marca, até que descobri que é um tipo de creme e que existem várias marcas produzindo esses cremes que tem pigmento como se fosse base. Muitas pessoas falaram também que tem fundinho cinza pra combina com a pele das orientais.
    To super curiosa e queria experimentar um, mas como todos eles tem rótulo em chinês ou japonês (desculpa, mas não sei diferenciar hahaha)talvez você pudesse ajudar e dar umas dicas né?

    Beijo grande

Post AnteriorPróximo Post