28.11.2012 Lu Ferreira

Help: dá pra se vestir bem mesmo acima do peso?

Em: Help, Moda

Essa semana o e-mail veio da Luana. Ela diz:

Gostaria que você mostrasse no blog algumas dicas para as gordinhas de plantão que gostariam de ser bem vestidas mesmo acima do peso. Dicas de saias, roupas com paetê, moda em geral para essas que ainda sofrem “preconceitos” na hora de se vestir.

Eu já ensaiei algumas vezes fazer esse tipo de post por aqui, mas esse empurrãozinho foi bem vindo! Luana, acredito que o maior segredo para se vestir bem é conhecer o próprio corpo. Saber o que favorece seu tipo físico é a chave pra escolher melhor o que usar, e muitas vezes vejo mulheres acima do peso se vestindo mal simplesmente por se recusarem a admitir isso. Todo mundo tem pontos fortes e fracos, não importa onde o ponteiro da balança parar ;D

Fui passear na seção plus size da Asos para buscar imagens para ilustrar e acho que temos bons exemplos aqui! Esse vestido azul, por exemplo, é excelente! Além de lindo, ele tem mangas que disfarçam o braço gordinho e esse bordado que se você parar para analisar, são várias linhas verticais. Todo mundo sabe que isso dá aquela afinada na silhueta né? Outro look legal é o preto com jaqueta jeans: usar o mesmo tom de cima até embaixo alonga, mas o trucão aqui é o contraste da jaqueta! Além de mais uma vez esconder os braços, ela cria a tal linha vertical, afinando tudo! Esse look é bem legal pro dia a dia, troca o salto pela sapatilha (a de bico fino também colabora mais) pra ir pra faculdade/cinema! Já o terceiro tem o paetê, mas perceberam que só na blusa de dentro e nas mangas? Esse intervalo sem bordado faz o quê? Cria a linha vertical! Hahahah, monotema!

Essa saia tem uma coisa que eu adoro, que são essas listras na lateral. Quando a pessoa tá de frente isso engana o olho e a gente pensa que o quadril é só até o fim do dourado – essa é excelente! Já o outro vestido azul é do tipo que fica lindo em quem tem peitão: esse decote valoriza muito!
Nessas fotos a gente tem uma modelo, mas reparem na maquiagem dela e no cabelo… Viram como varia? Claro que todo mundo fica mais bonita quando se cuida (e não é por estar gordinha que você deve deixar a vaidade pra depois), mas cores fortes e coisas que chamam a atenção pro rosto (brincos grandes e colares chamativos entram aí!) são legais porque a pessoa vai lembrar mais do rosto do que do corpo.

E claro, tem algumas coisas que eu sugiro evitar… Essas fotos também são da Asos, mas acho que essas peças fazem um desfavor pra qualquer gordinha! Essa blusa laranja deve ficar péssima em alguém maior! Imagina ela marcando a barriguinha? E se a pessoa já é grande, pra quê ampliar tudo ainda mais usando essa cor chamativa em uma área grande? Já a jaquetinha do meio é pra ser evitada por quem tem quadril grande: ela é curta demais e vai chamar a atenção pra essa parte. Esse último vestido só pode ser pegadinha da Asos: fiquei um parágrafo inteiro dizendo que listras verticais são amigas das gordinhas e aqui vem listras horizontais e com alto contraste num vestido justo! Gente! Fujam disso se não forem angels da Victoria’s Secrets!

Sei que esse tema pode ser meio delicado, principalmente pra mim que odeio que me digam que existe regra na hora de escolher o que usar, mas quis dar meus pitacos… Conheço gordinhas que sabem se vestir maravilhosamente bem e sabem ressaltar seus pontos fortes, e acredito que toda mulher se sente melhor quando acha que está bem vestida. A gente fica mais confiante, né? Quem quiser deixar dicas e pitacos aqui nos comentários é muito bem vinda!

Posts Relacionados:

120 respostas para "Help: dá pra se vestir bem mesmo acima do peso?"
  1. Lu! Amei o post… visito sempre o “Chata” mas nunca comentei antes. As dicas de truques para valorizar/disfarçar são sempre muito bem vindas! Beijos!


    por Carlina
  2. Como eu vivi muitos anos acima do peso… (ainda vivo) hehe… Acho que o mais importante pra uma pessoa que tem uma barriguinha, é vestir roupas que caibam em você. Hoje em dia, o que eu mais vejo por aí é gente acima do peso que veste decotes exagerados (valorizam as gordurinhas) e roupas muito apertadas em tecidos sintéticos (bandagem, por exemplo). Então, além de conhecer o corpo, bom senso, é fundamental!


    por Mari
  3. Não sou gordinha,tô dentro do peso ideal,mas sou mal distribuída.Tenho quadris largos,bundão e coxas grossas,em compensação minha cintura é bem fininha.Aprendi que roupas com cintura mais alta,vestidos acinturados e mais rodados e tecidos mais grossos me favorecem muito.Modelam bem o meu corpo sem ressaltar demais o que já é grande por natureza.Ah,e salto,no dia-a-dia estou sempre de sapatos baixos,mas pra qualquer saidinha não abro mão de um salto!


    por Nívea
  4. Acho super legal gordinhas que se vestem legal e de um jeito estiloso. A Litha Bacchi é uma dessas: http://lithabacchi.tumblr.com

  5. Adorei o post! Alguma dica de loja brasileira com peças legais plus size? Infelizmente por aqui só encontro coisas de senhora ou fora de moda nesse segmento! Uma pena ter que usar a Asos pra ilustrar o post né? Acho que tá na hora da indústria brasileira acordar! Beijos


    por Claudia
    • Claudia, a Chica bolacha tem roupas legais para jovens que gostam de um estilo mais vintage: http://www.lojachicabolacha.com.br/

    • Adorei a matéria, é sempre bom ver dicas diferentes… e tbm concordo com algumas leitoras… cada um tem que valorizar o que gosta independente do que dita a moda ou as ‘regras’… Eu gostei muito de uma marca nova.. não é uma marca propriamente de plus size, mas tem roupas até um tamanho maior… acho que vale a pena dar uma olhada no site… http://donafina.com.br/


      por Tati
  6. Lu, AMEI o post. Tenho uma filha gordinha que MORRE de vergonha e se veste de calça de plush e casaco de moleton o tempo todo.. Na hora de sair com as amigas é sempre um tormento por nao ter nada para vestir.
    Acho bacana esse tipo de post, pois tudo fica INCRIVEL qdo se é magrinha, mas a realidade do Plus Size é diferente. Passo isso dentro da minha casa com a minha filha adolecente.
    Você deveria fazer mais post sobre isso.. dando ideias, colocando fotos, dicas, etc.
    PARABENS POR SEU LINDO POST AJUDANDO AS PLUS SIZE!!!
    AMO SEU BLOG e hoje com esse post fiquei mais fã ainda.
    Mto sucesso para vc.
    bjao

  7. Olá Lu! Acesso seu blog todos os dias, e Tbm sou gordinha :).Gostei muito desse post e as dicas dadas, vc bem que poderia postar dicas pra gordinhas com mais frequencia né ;)

    Bjos


    por Amanda Marsilio
  8. Não sei se me considero gordinha ou não, porque fico bem no meio termo. Apesar de ter quadril largo, tenho a cintura fina e sou alta, então não sei me enquadrar hahaha mas assim, eu gosto de ter quadrilzão, sempre gostei. Só que, para isso, tem que saber valorizar. Por exemplo, vestido muito justo ou com muitos babados eu não gosto, acho que fica exagerado. Outra dica é escolher o tecido: entre um vestido de tafetá e um de crepe de seda, claro que o crepe de seda vai dar um caimento melhor, ajudando a disfarçar. Mas o maior segredo mesmo é se conhecer, provar de tudo até descobrir o que te agrada e o que não. Daí não tem risco!


    por Mariana
  9. outra loja que tem tamanhos grandes e que envia pro brasil é a dorothyperkins.com, preços bons e roupas lindas! recomendo demais.


    por caroline1
  10. Obrigada, pelo post!! Sou gordinha, assumida e me procuro vesti, bem!! Adorei a dica… Sempre q tiver um material, post… Sou super fã sua!! Bom dia!! =]


    por Talita
  11. Ridículo usarem modelos super magras para divulgar moda plus size!! Identificação com a consumidora zero neh!! Bom, acho que cada um tem que usar o que te faz feliz! Acho chato essa de “não pode isso, não pode aquilo” tudo depende de muitos fatores, e quem melhor pode dizer o que cai bem ou não, é o seu espelho! Um olhar cuidadoso ao escolher as peças, além de pequenos ajustes, podem fazer milagres.


    por Iara
    • Ufa… pelo menos não foi só eu que pensei que as modelos NÃO SÃO pluz size. Tenho medo dessa inversão de valores, sabe?! Ditadura da magreza até na moda plus… estranho demais!


      por Lydiane
    • Eu pensei a mesma coisa..
      Me achava magra antes de ver essas modelos plus size! kkkkk


      por Taiza
  12. Lu, eu adoro aqui e acho que você foi muito bem em escrever sobre Plus Size mesmo não sendo a sua realidade, na teoria foi tudo certinho.
    Concordo principalmente que a pessoa tem que se conhecer, seus pontos fortes e fracos, mas completo dizendo que ela tem que se gostar também, é essa confiança que permite que a gordinha use uma regata em um dia quente em vez de suar como louca em uma manga comprida para esconder os braços roliços.
    Particularmente, eu não acho que a roupa deva necessariamente te fazer parecer mais magra ou menos gorda para ser ideal. As escolhas deveriam ser para te deixar bonita e não para te deixar magra. Não é a mesma coisa, apesar de muita gente achar que é.
    O tão falado (e gongado) vestido de listras horizontais para quem é gorda por exemplo, achei que ficou muito bom na blogueira plus size Jay Miranda, vc já viu o look com ele? http://jaymiranda.com/post/35522662862/the-striped-dress. Claro, não é para qualquer uma, exige atitude.
    Beijos

    • A Chata responde:

      Gostei do seu comentário! Vc tem razão. Sobre o vestido, eu achei o look da menna bem harmonioso, mas não consigo gostar do vestido, hehehe! Picuinha minha =) Bjs!

    • Achei super inspirador o que você falou! Me fez pensar o porque que as dicas de moda plus size tem sempre como foco “o que vestir para parecer mais magra”. Lu, não estou criticando teu post, aliás, acho ótimo abordar o tema de vez as vezes. Mas me incomoda pensar que as cheinhas vão às lojas com todas essas regrinhas na cabeça sendo que o que importa mesmo não é esconder o braço ou formar a tão falada linha horizontal. Eu achei linda a modelo com o vestido de listras e também não vejo nada de feio da foto com a jaqueta… o importante é se sentir bonita, tem bom senso e ser segura com o que está vestindo :)


      por Lili
    • Concordo com você! Estou em processo de emagrecimento, mas acho todas essas regrinhas chatas, sabe? Eu, por exemplo, adoro evidenciar o meu quadril grande. pode parecer estranho, mas eu me sinto mais confiante assim, mas bonita assim. Ai, se você tem um quadril de 3 dígitos, vira obrigação esconder. Entendo a Lu escrever assim… Quando se trabalha com moda, ou vive nesse mundo, as pessoas se fecham nessa ideia de que todo mundo quer parecer mais magra acima de tudo. Quer mesmo parecer mais magra? Se mexa para emagrecer! Queira parecer mais feliz, mais confiante, mais você!


      por mariana anselmo
  13. Desculpe o sincerocídio, mas esse post tá muito mal ilustrado!
    As garotas das fotos estão, no máximo, um pouquinho acima do peso.
    Loooonge mesmo de serem plus size!
    E nem ache que é recalque de gordinha, pq sou magra. É apenas uma observação de uma leitora relativamente assídua e que na maioria das vezes curte bastante o conteúdo aqui publicado.
    A intenção até que foi boa, mas não rolou não…


    por Fabiana
    • A Chata responde:

      Oi Fabiana! As fotos são da linha Plus Size da Asos, mas me preocupei mais em selecionar as roupas do que com o tamanho da modelo… O foco é esse =) Bjs!

    • Lu, ainda que o foco seja mostrar dicas de roupas, acho que vc poderia ter ilustrado o post com fotos de gordinhas reais. Se a intenção é ajudar pessoas que enfrentam dificuldade de encontrar roupa legal em razão do peso, nada melhor do que mostrar opções no tipo de corpo dessas pessoas. Acho que suas dicas ajudaram, mas ver modelos parecidas com o público a que se dirige o post ajudaria muito mais..


      por Paula Andrade
    • O grande problema é que as pessoas estão acostumadas a verem modelos anoréxicas, com os ossos quase furando a pele e consideram aquilo “normal”. A modelo nem gordinha é, ela é o que eu considero SAUDÁVEL. Hoje em dia é ridículo como as pessoas endeusam aquelas pernas finas parecendo de cegonha dessas modelos magérrimas! Sei que a Lu só utilizou essa modelo para ilustrar as roupas, já que ela retirou as fotos do site, mas fica aqui minha indignação pelo site ter colocado uma garota que claramente nem sobrepeso tem na linha plus size. Se aquela modelo é “gordinha”, imagino que uma pessoa com uma barriguinha seja considerada obesa mórbida no mundo da moda. Não quero ser chata, mas fiquei indignada quando vi uma menina com o corpo tão bonito sendo considerada “modelo plus size”!!! Por isso que hoje em dia os índices mundiais de anorexia estão nas alturas…


      por Claudia
  14. Há um tempo eu ajudei uma amiga a “redefinir” seu guarda-roupa. Não que ela seja gordinha, mas tem peitões, coxas grosas, quadril lardo e cintura fina.
    E eu fiz uma “lista” de sugestões do que ela poderia usar – adoro “repaginar” guarda-roupas das amigas – eu tenho um “olho clínico” e consigo analisar o que ela deve valorizar e esconder.
    Essas dicas eu acho que valem para todas as cheinhas:
    Decotes canoa são muito bem vindo e em V tbm, mas só tem que tomar cuidado pra não ser muito profundo e ficar vulgar.
    Tecidos fluidos são muito melhores pois não marcam.
    Mangas em balão ou que “abrem” também não rolam. Vai aumentar o braço.
    Como vc mesma disse, deixe a atenção pros colares ou cintos – aliás, cintos marcando a cintura, abaixo do busto são ótimos pra disfarçar.
    Pra blazers e jaquetas, os melhores são os com corte que terminam logo abaixo do ossinho do quadril. Eles tampam o bumbum e disfarçam o quadril.
    Pra saias e vestidos, os cortes em A são ótimos.
    E se for usar estampas, prefira as com fundo escuro e nada de maxi estampas, prefira as pequenininhas. E use um colar ou cinto contrastando com o tom da estampa.
    Se for optar por uma blusa que tenha um decote em canoa, use um colar que imite decote em V. Ele vai fazer alongar a parte de cima do corpo.
    Não acho argolas bacanas – aliás, argolas acho muito “Suelen”. Deixa a parte de cima muito redonda. Prefira os brincões.
    Calças: Prefira as soltinhas com pernas retas, sem detalhes no quadril (tipo bolsos grandes ou detalhes) ou que abram levemente na barra. Se quiser um detalhe na calça, melhor aquelas linhas pretas nas laterais, ou um detalhe na cintura. Flares também são ótimas. Equilibram o quadril. Mas se for usar uma flare, use com um salto. Calças muito coladas achatam. Evite também calças que colam na panturrilha.
    Leggings: Se for usar, que seja com blusas com decote em V não muito profundos ou canoas. Não usar blusas muito larguinhas pra não parecer academia. Mas sim, blusas que marquem a cintura. – De preferencia com salto, pra não achatar.
    Saia longa: Modelos retos ou evasê em tom escuro. Prefira os tecidos leves, que não marquem e “caiam” naturalmente no corpo.
    Saia curta: Cortes soltinhos, em godê ou em “A”. Coladas no quadril ou nas coxas: NEVER. Babados: NEVER também. Elas tem que “abrir” em direção aos pés. E tem que ser um pouco acimas do joelho ou ficará muito “forrozeira”. No meio da canela – midi – também ficam boas. Mas só se for com salto.
    Acho importante também o cuidado com a lingerie: pra quem tem muito peito, sutiãs com alças finas marcam os ombros. Use com alçar largas. Peças com alças largas em renda ficam boas pra ficar à mostra.

    NUNCA:
    Frente única fina – idem para blusa em V – se tiver uma estrutura de bojo ok, pode.
    Gola alta.
    Gola com aro em volta do pescoço.
    Cintos grossos. – Se for usado na cintura ao invés do quadril, ok.
    Saia lápis, bandagem e balonê.

    E só (?).
    Empolguei. Haha.

    Mas espero ter ajudado mais um pouco.
    Já fui cheinha – passei por uma fase de depressão e engordei muito. Cheguei a pesar 69 e depois 47, e isso, distribuidos em 1,64m! Hoje estou com 53 e satisfeita. E esse processo de “engorda, emagrece, engorda” me fez conhecer muito bem o meu corpo. Acho que isso é o principal: conhecer o próprio corpo e sentir-se bem com ele. ;)


    por Gabriela Antunes
    • Nossa Gabriela Antunes que comentario primoroso..Amei super as dicas..muito mesmo…Esse tipo de situação “gordinhas” é uma fatia crescente de mercado haha que tem pouco enfoque até rolou um bafafá geral na F*Hits por conta de não terem tamanhos plus size, se é verdade ou não não sei..
      Acho que a Lu poderia chamar alguma amiga gordeeenha para dar umas dicas no site, vai fazer sucessooo..
      É complicado mesmo quem nunca passou por esta situação dar dicas pq fica meio tipo aquela coisa batida que todo mundo sabe só na teoria..e corpo de mulher brasileira gorda é fogo né.(sou uma ok? antes que taquem pedras rsrs).umas tem quadril grande ou eu no meu caso que tenho é pança mesmo e sem peito ou seja aqueles vestidos com cintura imperial ou transpassados não funcionam…kkk.. Lu parabens pela resposta a leitora e por ter feito o post..sei que vc se esforçou para isso..Beijos..


      por Greice
  15. Essas mulheres das fotos não são gordinhas, se liga!


    por Fátima
    • A Chata responde:

      Fátima, só peguei as fotos da linha Plus Size da Asos, não falei nada a respeito da forma física das modelos… Calma!

    • Eu ia comentar exatamente sobre isso (mas talvez de uma forma mais delicada rs)! As modelos da foto não parecem ser plus size, elas tem corpos bonitos e acredito que muitos homens as achem gostosas, não gordinhas.
      Talvez para um próximo post você possa usar como exemplo blogueiras realmente acima do peso (infelizmente não consigo lembrar do nome de várias! Mas só como exemplo: a Ju que tem coluna no site da Gloss)que representam de forma mais fiel as dificuldades de quem é acima do peso para se vestir de maneira legal.
      Em todo caso, adorei a iniciativa!! :D


      por Analu
  16. Achei o post um tanto preconceituoso. Não sei pq essa mania doida de ter q esconder os braços gordinhos(e assar de calor, hello, vivemos no Brasil, 30 graus no iverno…). E essas proibições, essa coisa toda de criar linha e parecer mais magra, super ditatorial. Acho q as pessoas, acima do peso ou não, devem vestir oq gostam, vai me dizer que só pq tá acima do peso não pode usar cores vibrantes como vc ressaltou no seu comentário sobre a blusa laranja/coral? Não esperava tanto preconceito velado de vc, Lu, uma das blogueiras que acho mais legal e sem afetações.


    por Débora
    • A Chata responde:

      Débora, desculpe, não concordo com vc. Não acho que fui preconceituosa, apenas dei dicas que acredito que podem ajudar quem se incomoda com os quilos a mais e quer se vestir bem. Se não é o seu caso, ou se você não quer esconder os braços, por exemplo, é só não esconder, não existe essa ditadura de “pode, não pode” aqui.
      Meu comentário sobre a cor da blusa é por conta da modelagem dela, não é específico sobre a cor. Todo mundo pode usar o que quiser, Débora! Sou contra ditar regras de mosa, acho que vc não entendeu o tom do post.
      Bjs!

  17. Que looks lindos Lu!
    Eu gosto muito de moda, mas acho que não sou tão antenada assim para fazer uns looks desses.
    Parabéns, adorei esse post!

    Beijos

    http://WWW.BRU2BEAUTY.COM

  18. Muito otimas as dicas, os truques são otimos, funcionam mesmo e deixam mto mais bonita. adorei
    meninas deem uma olhada, clicar nao custa nada, mas garanto que vao gostar, melissinhas baratissimas.https://www.enjoei.com.br/usuario/monica-souza-campos


    por Moni Campos
  19. Sério que vocês consideram a modelo gordinha? Plus size?
    É isso mesmo?
    Desculpa, mas não consegui enxergá-la como alguém acima do peso.
    Deveriam dar exemplos mais reais. E não mostrar mulheres lindas, mas que não estão nos padrões de top model, como garotas “fora de forma”.
    Fiquei tão assustada com essa visão, que mostrei somente as fotos (sem falar o assunto) para várias pessoas e ninguém conseguiu entender que eram modelos “gordinhas”
    Seu post é super interessante (seu blog é todo excelente), as dicas super válidas. Mas mostrar essas imagens como alguém gordinho, é de chorar.
    Nunca comento. Mas não consegui ver isso e não escrever nada.


    por Sabrina
    • A Chata responde:

      Sabrina, eu fui até um site que gosto e busquei as fotos da linha Plus Size, não comentei nada a respeito da forma da modelo. Acho isso muito subjetivo, vai de cada um, e não é isso que está sendo mostrado aqui, o foco é só a roupa! Bjs!

    • Eu achei a modelo gordinha sim, sinto muito. Fazer o que?

      Magra é magra e ponto. Passou uns kilinhos está gordinha sim. Agora, pessoas com mais de 100 kilos sao obesas. Assim sao as coisas!


      por Val
    • Val, existe obesa, existe magra, existe gordinha e, entre esses dois últimos existe gente normal e saudável! E pra colocar alguém em uma dessas categorias, não é “achômetro”, existe métrica. Acho improvável de verdade que qualquer uma das modelos do post tenha sequer sobrepeso. Até saboneteira as mocinhas têm.

      Infeliz não foi o post da Lu, infeliz foi a Asos vender uma linha “plus size” usando modelos de tamanho normal.


      por Julia
    • Concordo demais com você, Júlia. É exatamente isso. :)


      por Sabrina
    • Ué Val, então quer dizer que se a mulher não for magra ela passa automaticamente a ser considerada gordinha?!?!?! Que absurdo!!! E as mulheres normais, no seu mundinho elas não existem???
      Concordo contigo Julia!!!


      por Taís Santos
    • Super concordo com a Julia!
      Mas esse não é um “erro” só da Asos, moças que não sejam magérrimas quando entram na carreira de modelo são classificadas como plus size – e a grande maioria delas, não é!!!
      Deveria existir alguma proibição quanto a isso, pois influencia muito (e negativamente) a cabeça de várias meninas que são acostumadas com uma forma irreal de corpo “perfeito” – que na minha opinião, nem é o mais bonito.


      por Analu
    • Só digo uma coisa: se eu estivesse do tamanho desta modelo de vestido listrado, eu iria lutar para emagrecer pelo menos uns 8 kilos. Isso é ser normal pra mim, comer bem, praticar esportes = ser magra.


      por Val
  20. Ótimo post!!! O importante é mesmo a gente descobrir o que cai bem. E pra mim que to meio gordinha, acho que nada justo d+ e nem grande d+, roupas largas tb aumentam a gente né!!! bjos


    por Andréa
  21. Pra mim vestir-se bem é vestir algo que você se sinta bem.
    Acho que a sociedade em geral é ainda muito preconceituosa com quem está acima dos padrões de beleza atuais.
    Eu gosto de vestir aquilo com que me sinto bem, independente se é uma roupa que alguém considera que me favorece ou não. Acho que ninguém melhor do que nós mesmas pra sabermos aquilo que nos deixa linda.
    Nada pior do que alguém que não tem estilo, aí pode ter o corpo da Gisele que não tem roupa que salve! Acho que as meninas precisam se libertar um pouco dos padrões e ousar mais … senão fica todo mundo andando igual na rua, triste né ?!
    Parabéns Lú pelo blog ! Eu adoro !!

    Bjs !


    por Karen
  22. Luuuu!!!
    As suas “gordinhas” estão bem magrinhas… Rs!
    Bjos!
    Mariana.


    por Mariana
    • A Chata responde:

      Minhas, não, as da Asos! Hehehehe! Bjs!

  23. Achei bacana ter um post pra Plus Size aqui no Chata que é um blog que amo, mas poxa, quem é ‘gordinha’ não tem que se vestir tentando esconder as formas não!
    Saia que diminui quadril, combinação que afina o corpo, blusa que esconde a barriga, blusa que ‘disfarça’ braço gorducho… não precisa disso tudo, a gente tem que se valorizar pelo que tem, e não ficar escondendo o que a indústria acha que tem que ser escondido!
    Enfim foi só um desabafo não apenas pelo post mas pela indústria num geral. Só isso. Beijos :*


    por Ana
    • Concordo com cada palavra sua!
      Nós somos tão “corrompidos” pela indústria que até na hora de nos vestir tentamos alcançar, mesmo que de forma artificial e ilusória, um padrão de corpo “ideal”.


      por Analu
  24. O post foi super válido, mas se as modelos da foto são gordas, eu sou uma orca!!!!
    Parece até medo de ofender as gordinhas se colcocar fotos de gente gorda de verdade. Qual é o problema nisso? Chega de não me toque!!!!
    A Fúlvia hj é uma das modelos (realemnte) plus size que mais ganham dinheiro e tem fotos lindas dela com um super estilo.
    Me desculpe,Lu, mmas falotu mais coragem e ousadia nas fotos de mostrar mulheres realmente gordas e bem vestidas.
    Se o medo era não ofender, pra mim, foi efeito contrário. Me senti ofendida pois o tema do post nada tinha a ver com as fotos apresentadas nela.


    por Alice
  25. Lu, obrigada. Estava precisando muito mesmo dessas dicas.
    Beijos.


    por Luana
  26. Essas “gordinhas” não são gordinhas, na minha concepção são normais… O mundo que está ditando uma magreza absurdaaaaa…. Bjosss


    por Flávia Menezes
  27. Sou acima do peso também e sei meus pontos fortes e fracos. Até passo por falsa magra de vez em quando, rs! Gostei do post e já uso todas essas dicas!
    As roupas são lindas e seu blog muito bacana! :)


    por Mirella
  28. Oi, Lu…
    Embora tb. ache que a Asos viajou nas modelos plus size entendi perfeitamente o post, mesmo pq. como vc disse as dicas sobre as roupas servem pra qq. tipo de corpo. Ex: não sou gordinha mas tenho seios grandes, então evito usar babados nessa região. Tenho coxa grossa, então evito usar mini saia tb pra não parecer dançarina do Tchan.. mas não fico na neura por causa disso. Às vezes se amei determinada roupa e ela talvez destaque alguma parte que eu não gosto, eu compro mesmo assim.. simplesmente pq. amei.. Claro, nunca deixando o bom senso de lado… Bjo


    por Polliana
  29. Acho que a loja esta querendo mostrar que não existem regras para o bom senso, as listras são verticais sim, porem ficou ótimo na modelo, mesmo sendo acima do peso…. Quem se conhece e se ama sabe bem, o que pode ou não ser usada.


    por FERNANDA
  30. O problema é: a palavra ‘gorda’ vem carregada com uma conotação super negativa para todo mundo, quase como a lepra era na idade média. Como Caitlyn Moran diz em seu livro ‘Como ser mulher’, se você quer acabar com uma discussão diga: ‘Bem, pelo menos eu não sou gorda’. HAHAHAHA
    E não é uma modelo mega magra que vos fala, é uma guria gorda que gosta de moda e não deixa de se vestir bem por causa disso. As modelos ‘plus size’ (que de plus não tem nada) não são da Lu, são da Asos, que não tem noção de tamanho. Se nossa chata fosse preconceituosa para conosco, barrigudinhas de bunda grande, teria ignorado a dica de post e ninguém ficaria sabendo.
    Amei a proposta e as dicas. Parabéns :)


    por Luísa Schardong
    • Acho que vale ressaltar que nos dias de hoje a Marilyn seria mais uma gordinha do alto dos seus 1,67 e 63kg.


      por Analu
  31. Lú, adorei o post, mas discordo de quem disse que vc foi preconceituosa…. poxa gente, ela deu dicas de roupa para as gordinhas valorizarem suas curvas, só isso.
    Sou gordinha mas tenho 1,80 de altura, entãoo acaba tudo distribuido e proporcional, mas sempre fiquei em dúvida com o que fica melhor ou não no meu corpo. Hoje em dia o mercado plus size tem crescido consideralvemente no nosso país (não tanto como a gfente gostaria, eu sei) mas o que sempre acabo vendo nos blogs destinados á isso é que se a modelo das fotos não usar 48/50/52 não é plus size….
    Eu uso 44 e não sou magra (longe disso rsrsrs)… e as mulheres que ficam no meio termo, não tem dúvidas de como se vestir???
    E outra coisa, ela disse o que valoriza, agora se vc quer usar regatinha e saia coladinha, vai fundo!!!!
    Mas tenho certeza que ela se referiu a isso pois existem muitas mulheres que ainda não se sentem tão á vontade com o seu corpo e assim, prefere valorizar o que tem de melhor (um pernão, peitão rsrsrs)….
    Desculpa o comentário enorme Lu, mas só gostaria de dizer que amei o post e que as sugestões foram valiosas…
    Bjs


    por Iara Sousa
  32. Tô bege! Graças a Deus não fui só eu que achei que essas modelos não estão acima do peso! Na minha opinião elas não são nem magras nem gordas e sim normais!!!
    É, realmente estamos perdendo a noção do que é um corpo normal. Revoltante isso!
    “Sabrina, eu fui até um site que gosto e busquei as fotos da linha Plus Size, não comentei nada a respeito da forma da modelo. Acho isso muito subjetivo, vai de cada um, e não é isso que está sendo mostrado aqui, o foco é só a roupa!”
    Lú seu blog é excelente, por consequencia tem uma “audiência” imensa tornando-se assim um forte formador de opiniões , justamente por isso acho que tem que ter cuidado redobrado com as referências que posta aqui … muitas meninas ainda são facilmente influenciáveis.
    Beijos


    por Taís Santos
  33. Lu amei o post, por que estou um bom bocado acima do peso e sempre que tenh uma festividade fico louca atraz do que usar. E agora com o fim do ano já colado, fico desesperada,rsrsrsrsr…
    Beijos


    por Valquiria B Falcão
  34. Lu, mais uma vez adorei suas dicas! Nao sou gordinha, mas … Tenho algumas gordurinhas localizadas na barriga :(
    Acredito que o ponto “X” desse assunto é exatamente vc conhecer o seu corpo e saber jogar as roupas com modelagens e cores que te valorizam!
    Acho horrivel ver uma garota (uma mulher), mais “cheinha” usando calca sequinha e ainda por cima com cintura baixa (tipo Patoge)! O fim da picada!!!!
    Eu tenho 1.60 e peso 56 Kg, meu manequim é 38 … E mesmo assim só uso calcas com cinturas mais altas, nao uso vestidos justos na barriga etc ….
    Bjao Lu querida!!!! Eu entendi perfeitamente o seu post e a mensagem que vc quis passar!


    por Chris Figueiredo
  35. Essas moças estavam na sessão plus size?? Elas não são plus size, são normais! Esse mundo não tem mais muito jeito não…


    por Yas
  36. Sua intenção foi louvável, mas o post ficou sem nenhuma utilidade e não vai ilustrar nada para quem é REALMENTE gordinha!!!!


    por Daniela
  37. Engraçado que as “plus size” das marcas são meninas com 5kg acima do ideal. Afe.
    E as com 10, 20, 30 ks a mais?


    por Nicole
  38. Adorei o post, sou gordinha e amo moda, porém me entristeceu ver todos os looks citados como exemplo só em cores escuras como preto e azul. Vamos pôr mais cor em nossos looks :) Eu adoroo!

    Meu blog: http://www.tudodeb.com.br/

  39. O post deu pano pra manga…hahaha… Mas não vi nada demais. As dicas estão aí pra quem quiser seguir (ou não). De fato as modelos não são gordas mas entendi que o post está tratando da roupa e não dos corpos das modelos. Sou gorda, peso 94 quilos e não vi preconceito nenhum nas dicas da Lu. Cabe a cada uma filtrar a informação.


    por Carine Santana
  40. Amei aquele vestidinho azul.
    FOFO

    http://simplesechique.com

  41. Lu
    Sempre venho em seu blog, porque gosto do seu texto … mas nunca comentei. Porque apesar de tudo as dicas nunca davam pra meu corpo, estou com sobre peso, e na luta para emagrecer, mas preciso me sentir bem durante este processo. Há dias que quase nada do guarda agrada e fiquei muito feliz com as suas dicas. Se a modelo está acima do peso ou não, este para mim não foi o foco. Eu entendi sua msg. E espero que lembre-se da gente de vez em quando!
    Beijos.


    por Sandra
  42. Olha, é utópico esse negócio que gordinha não tem que se vestir de forma que pareça mais magra. NUNCA ouvi de nenhuma pessoa que está acima do peso a satisfação de estar assim, ou que ache bonito mesmo a forma do corpo. O que as pessoas na verdade querem, é parecer que estão satisfeitas com tudo.


    por Janaina
    • Nossa, o seu comentário foi o melhor daqui. As pessoas querem sempre dar uma de não é bem assim, eu adoro o meu peso, adoro minhas gorduras, só para nunca falarem a verdade. O post ficou muito bom, e são dicas, nada mais. As pessoas falaram como se ela tivesse que engrandecer o sobrepeso e dar dicas como se tudo fosse universal. Entenda, certas coisas não ficam bem em magras tanto quanto certas coisas não ficam bem em gordinhas.


      por None
  43. Adorei o post. Parabéns!!! Engordei 10 kg nos últimos 3 anos por causa de problemas de saúde (antes pesava 54kg) e é uma tristeza na hora de comprar roupas. Além de ser difícil encontrar o número que visto, enfrento cara de desdém das vendedoras… ah, se elas soubessem como isso é uma tortura.


    por Daniela Pinheiro
  44. Abri os comentários disposta a comentar sobre o tamanho das modelos supostamente “plus size” das fotos. Mas depois de ver tantas observações sobre isso, decidi não ser mais uma a pegar no pé da blogueira diante de uma iniciativa bacana como essa.

    Verdade seja dita: esse é um blog de moda bastante conhecido. E quantas vezes vemos posts como esses em blogs com uma audiência maior? Nunca. Ou uma vez em um milhão. “Roupa para gordinhas” é o tipo de assunto que só é tratado em blogs de nichos e passam longe dos de maior audiência. Por isso, apesar de não concordar com algumas coisas ditas aqui, aplaudo o post.

    Discordo, principalmente, da ideia de ter que “esconder os braços”, mas não vivo num mundo paralelo, sei que é essa a realidade de tantas gordinhas por aí, gordinhas como eu que sentem vergonha de mostrar o braço em público, principalmente no trabalho. Eu estou certa em ter essa vergonha? Não, preferia ter orgulho de todo o meu corpo. Mas, assim como eu, tenho certeza que muitas meninas também não tem.

    Então nada mais justo do quê um post honesto, que nos ajude a nos sentir melhor através das nossas roupas, quando a auto estima nos faltar.

    E quem acompanha o blog há mais tempo sabe que a autora não é magra “de nascimento”. Embora não seja gordinha, ela luta com a balança e isso lhe dá ainda mais credibilidade para escrever um post como esse. Parabéns! :)

  45. …e após ler os comentários só posso dizer uma coisa..É IMPOSSÍVEL AGRADAR A TODOS. Não sou gordinha e sou baixinha, e acho q a essência é isto q ela quis passar..e adorei tudo q li e vi no post! Mais uma vez parabéns LU!!


    por Mariane
  46. Achei bem legal, mas essas modelos não são nada plus size na vida real!! Parecem mulheres normais!!


    por Cinthia
  47. Oi Lu, gostei muito desse post por motivos bem óbvios: estou há algum tempo fora do meu peso considerado ideal, rs,rs,rs…
    Bacana os exemplos, legal por demais os comentários de todos.
    Concordo plenamente, que, o mais importante é se sentir bem com você mesmo e fazer um visual harmonioso de dentro pra fora!!!
    Mas claro, que ficar com um Look mais refinado anda meio difícil quando o assunto é Plus size por que convenhamos, tem lojas que acreditam que todos são ou tamanho PP ou então que Vestir um Saco de batatas tá de bom tamanho…


    por Carla
  48. Gostei muiito da iniciativa da Post.
    A loja Asos tem coisas lindissimas para qualquer gordinha de inspirar infelizmente os preços não ajudam. O Ju Romano do Blog http://gloss.abril.com.br/blog/entre-topetes-e-vinis/ dá umas dicas interessantes e para quebrar alguns tabus das gordinhas.

    A questão X é essa que você falou, conhecer seu corpo e se sentir bem.
    E para aquelas que falam que gordinha não tem que esconder, é mentira, toda gordinha quer esconder e emaagrecer, apenas umas aprendem a lidar melhor do que as outras.


    por Mirella
  49. Lu, pq vc não convoca plus sizes reais e faz um editorial com models reais! Acho q varias leitoras se candidatariam para isso.


    por Andréa
  50. Gostei muito das peças mostradas no post! A linha plus size da Asos está realmente maravilhosa é e uma pena que não encontramos peças lindas assim por aqui. Eu acho que mais importante que seguir regras é primeiramente a pessoa assumir o peso que tem, a partir daí tudo fica mais fácil. Não adianta querer se esconder em roupas largas e grandonas ou insistir em comprar um tamanho que não vai ficar legal. Desde criança sempre fui gordinha e aprendi a buscar peças que valorizassem o que eu tenho de mais bonito e disfarçasse o que não era interessante.

    Esta questão de “esconder o braço gordo” vai de pessoa para pessoa, já que em geral, as pessoas que estão acima do peso sentem mais calor. Não vou deixar de usar uma camiseta se está quente. O que faço é evitar peças tomara que caia e alças muito finas.

    Não achei o post preconceituoso como algumas pessoas disseram e entendi que você quis apenas dar uma direção à leitora. Agora cabe a ela seguir em frente aproveitando as dicas e analisando o próprio corpo.

    Beijos,
    Dani
    Blog Delineador de Ideias

  51. Ultimamente anda uma moda de ser hater de blog, parece que as pessoas vêm aqui só pra arrumar qualquer brecha pra fazer patrulhinha sem causa, até desanima dos comentários.
    Enfim, eu não sou gordinha então não sei se tenho mérito pra falar, mas achei ótimas as dicas, bem diferentes do que costumo ver nesse tipo de artigo. Normalmente esse tipo de post é bem clichê e não apresenta nenhuma solução real – eu imagino – pra quem está precisando de uma inspiração. Essas imagens me parecem de roupas bem do momento e que realmente fazem a diferença na hora de se vestir. Acho que a galera que fala que não se deveria indicar roupas que alongam ou escondem as gordurinhas não entendem qual o tipo de dica preciosa que está sendo dada aqui. Ora, se inspirar pra usar qualquer coisa que tiver vontade você faz com qualquer lookbook da vida – se a pergunta era sobre gordinhas, não entendo a resistência em ler uma resposta direcionada para gordinhas. E sobre a modelo “não ser gorda o suficiente”, tenha dó né. Tenho um tamanho bem médio e nenhuma modelo jamais me representou, e isso não me impediu de me inspirar e tirar “informação de moda” de editoriais e passarelas.


    por Letícia
  52. Me tornei gordinha e hoje visto roupas plus size , gostei das dicas e fotos.Seria bacana dar umas dicas de loja via net no Brasil assim como loja que tenham cintos plus size , pois ajudam na produção mas é quase impossível achá-los .
    Beijos


    por karla
  53. Lu, meu bem, seu post foi ótimo. Nao quero te pregar na cruz ou nada, nao é culpa sua! Vc nasceu linda leve e loira e nao se preocupa com essas coisas, mas é isso que a Asos chama de overweight/plus size?

    Gente, isso ali nas fotos é NORMAL! SAUDÁVEL! BONITO! Enche os olhos!

    Acho tao ridículo e fico tao triste com uma coisa dessas! Sou “gudinha” e baixinha, tenho 1,58 de altura e 60kg. Sou feliz porque eu tenho onde pegar, preencho minhas blusas e biquinis lindamente e minhas costelas nao estao a ponto de perfurar minha pele.

    O que aconteceu com o padrao de beleza da sociedade? Onde foi que nós erramos? Fora do padrao é quem tem esse preconceito bobo de tomar como filosofia de vida tudo que revistas como Vogue et cetera falam!

    Tá na hora do povo acordar!


    por Babi Lopes
  54. Lu! Amei o post

  55. Eu venho aqui no seu site todos os dias e estava esperando por um post falando sobre moda para quem é gordinha e quer se vestir bem , eu passo por isso e sei que as vezes não adianta você comprar um roupa cara ou um look lindo que vc viu sua amiga magra usando.
    Amei o post e não entendo o pq das criticas, acho vc Lu super bacana e com muito bom gosto. Seria ótimo que de vez enquando vc escreva uma linha que seja com dikas para nós.
    beijoss


    por marcela
  56. Adorei o posto, acho que deveria ter masi diquinhas para as gordinhas. Quero registrar que Amoooooooooooooooooo o blog e o acompanho todos os dias. Bjos


    por Fernanda
  57. Oi Lú….adoro seu blog, acho mto legal postar idéias para as gordinhas.
    Eu mesmo sendo magrinha, gosto muito de entrar nesse site da Jú Romano, acho ela uma gordinha super fashion e se veste só com roupas “baratas”…
    Vale a pena conferir…

    http://gloss.abril.com.br/blog/entre-topetes-e-vinis/


    por Ana Paula
  58. Oi Lu, não sou gordinha mas adorei o post.
    Acho que existe muita gente chata que nunca se contenta com nada, pq não vi absolutamente nada de preconceituoso no seu post. Vc deu as dicas, a sua opinião, afinal de contas o blog é seu, e se a leitora pediu dicas pra você, é sinal de que sua opinião importa.
    Mas é bem como você disse, o importante é se sentir bem!
    Um beijo


    por Rê
  59. Resolvi comentar diante da enxurrada de críticas sobre as modelos ou o que usar (ou não usar)… Lú, ADOREI o post!! Me enquadro no meio termo que alguém citou aqui em cima (tamanho 44/46 blusa e 42 calça) e achei bem legal o fato de você ter se dedicado a falar de alguém que não veste P!! Espero mais dicas nesse aspecto, tá?!

    Beijosssss


    por Manuella
  60. Acho legal fazer posts assim mas esta garota nao é gordinha nada!


    por Jessica
  61. acho que o corte e o decote das roupas é a coisa mais importante nessas horas! se o decote for muito fechado, acho que desfavorece essas meninas. não precisa usar um super decote, mas mostrar um pouco do colo (principalmente nos decotes em V) favorece. outro modelo que fica ótimo são os wrap dress (http://www.stylecollective.com.au/uploads/urban/May10/kiyonna1.jpg)!


    por Vitoria
  62. Lu, só uma coisa que nem sei se cabe dizer, mas como vc usou a Asos como base, e com certeza não sabe, vou comentar. As roupas Plus Size da Asos são feitas pra mulher plus size inglesa, que são de uma forma geral altas e largas. Comprei algumas peças do menor número disponível e tudo ficou um saco de batata, pq 46 não é considerado plus size (to começando a achar que por ninguém além de francês e brasileiro). Sobre colocar roupa pra parcer mais magro, acho isso uma bobeira, independente do que se fizer no final do dia a gente tem o corpo que tem, e todo mundo vai ver. Fico passada quando leio comentários sobre você, por exemplo, em fotos de look do dia, quando alguém diz “essa roupa te engordou”. Meu, você veste o que, 34/36? O quanto uma roupa pode te engordar, e pq isso deveria te preocupar? Da mesma forma, acho que quem está acima do peso, ou tem quadril largo, ou o que for, tem q se preocupar é em se sentir bem, conversar com o espelho, usar roupa no tamanho certo. Beijo

  63. Pessoal que está criticando a forma ou a boa forma das modelos do site da Asos, informo: Pluz size e acima do tamanho 42. ou seja quem veste de 44 pra cima já é plus. OOH MY GOD! Mas e a realidade, tb achei as modelos lindas, boazudas, mas o que vale lembrar e que as dicas valem pra quem e plus (magras) ou 52. Adorei Lu parabéns. Beijos


    por Mariana
  64. Aproveitando o comentário acima, sobre modelagem de roupas, já que o assunto sobre a modelo não ser plus size nem aqui nem na Conchichina ficou repetitivo, digo que tá aí uma das grandes incongruências do mundo fashion brasileiro.

    País em que mulher, em sua maoria, tem bundão (Ok, Rita Lee, nem toda brasileira é bunda) e coxão não pode, sim, NÃO PODE deixar de modelar as peças desta forma. Pelo menos algumas das peças.

    Cofesso que rola uma mágoa toda própria nesse aspecto, já que tenho um corpo bem desproporcional, tipo coxas que podiam ser dividas por duas pessoas e uma cinturinha, bem “inha” mesmo. Traduzindo em números, minhas pernas são tamanho 46 e minha cintura tamanho 42, mais ou menos.

    Enfim, grande dificuldade pra comprar roupa, ainda mais quando TODAS as calças sobem de número e aumentam o espaço na cintura, mas não na perna, nem no derrié. Oi? Como pode?

    Morei nos Estados Unidos e, por incrível que pareça, foi muito mais fácil comprar roupa lá do que aqui. E comprei roupa na H&M, na Target, nada muito chique, não.

    Fica aí o desabafo contra a modelagem incoerente das roupas brasileiras, plus size ou não.


    por Helena
  65. Essas modelos não são gordas…
    Eu sei que você selecionou as fotos por causa das roupas, mas acho que, mesmo assim, foram mal escolhidas. Como avaliar se uma roupa fica bem em uma mulher gorda se ela é vestida por uma mulher magra? Não vejo sentido. E me assusta ver como algumas comentaristas são tão críticas com outras mulheres. É realmente uma pena essa patrulha da magreza. Sejamos menos críticas com os outros e conosco também. Somos humanos, todos podemos engordar, emagrecer, ter espinhas, ter celulite…e nada disso nos define como pessoas. Desculpe-me entrar nesse mérito, mas acho que, mesmo num blog que fala de coisas tão leves quanto roupas e cosméticos, podemos refletir sobre aspectos importantes da nossa vida. Pensemos nas quantidade de cirurgias plásticas feitas por pessoas cada vez mais jovens, preocupadíssimas em entrar num padrão inatingível para muitos… Seu blog é muito acessado e eu acho que é um pouco de irresponsabilidade apresentar essas mulheres como plus size.


    por Mariana
  66. Lu, fui muito gordinha dos 17 aos 22 anos, e nos últimos 4 anos emagreci 15 quilos, de maneira bem gradual com reeducação alimentar e exercício. Quando eu estava mais gorda era uma dificuldade sem fim me vestir, vejo as fotos e morro de vergonha, porque NADA caía bem. Era tão difícil achar algo que coubesse, que quando achava tinha que comprar, mesmo que não ficasse lá muito bom. E o triste é que é um ciclo vicioso: se vc se sente mal com a sua aparência e com suas roupas, fica mais difícil arranjar força de vontade e motivação pra gostar de si mesma e buscar uma vida mais saudável e emagrecer. E se não emagrece, as roupas não cabem. Na minha opinião todo mundo deveria tentar emagrecer para atingir um peso saudável (NÃO ideal, porque isso não existe),visando sempre uma maior qualidade de vida e longevidade. Mas é um processo difícil e demorado, e não se pode deixar de viver ou se esconder num saco de batatas durante o processo.

    Hoje em dia uma das minhas maiores felicidades é conseguir comprar roupas lindas que valorizam meus pontos fortes. Se a indústria da moda investisse um pouco mais nos tamanhos e na modelagem plus size, muitas gordinhas, gordas e obesas poderiam se sentir bem mais felizes com a própria imagem.


    por Heloisa
  67. Uma boa dica é usar blusas mais compridas e folgadas.


    por Camila.
  68. Adorei o post, acho que poderia ser um tema fixo, eu ia amar!
    As vezes queremos estar sempre super bem vestida, mas temos receio de errar.
    Pelo menos isso acontece comigo, acho que todas ficariam super satisfeitas com um tema fixo, haha. Pense nisso!!


    por Gabriela Moura
  69. Ola! depois que descobri seu blog, dou uma passadinha aqui tds os dias…dessa vez vou comentar rs. além de td q já foi dito, das modelos não serem gordinhas e tals, concordo, gostei tbm da iniciativa do seu post, porém, vejo a dificuldade das pessoas em geral de falar sobre gordos, estou acima do peso e posso falar por experiência, a maioria das pessoas, inclusive as gordas não suportam falar sobre isto, parece que a palavra ‘gorda’ incomoda, as pessoas ficam cheias de dedos para falar sobre esse assunto, enfim pessoal, acho que falta honestidade por parte de tds em relaçao a este tema…eu falaria mt aqui, mas não cabe mais no momento. Abraços!

  70. Lu, excelente post!
    Mas posso dar uma opinião? Acho que falta mais incentivo das marcas produzirem tamanhos maiores! Falo isso porque minha mãe, que é gordinha, tem muita dificuldade em encontrar roupas bacanas, que sirvam nela! E olha que ela não usa tamanho muuuito grande! E ela sempre comenta nas lojas que fica com pena das mais jovens, porque é muuito dificil encontrar!
    E você, como é influente, poderia ajudar nisso! As marcas so produzem roupas pras magrinhas, e se esquecem que as gordinhas também podem andar na moda né?
    São poucas as marcas que tem opções…
    beijinhos


    por Lívia
  71. Oi Lu, o post foi ótimo. Sou gordinha e adoro encontrar dicas validas em blogs por ai. Apesar de não amar todos os looks, a Camila do Fofashions(http://fofashions.blogspot.com.br/) é muito divertida e dá dicas de roupas baratas.

    Beijinhos :]


    por Clau F.
  72. Se alguém critica, tá de implicância. Se alguém elogia, tá sendo puxa-saco.
    Difícil, não?
    E se a gente puder discordar sem apelar pra falta de respeito, pra julgamentos prévios e pra ataques bobos?
    O nome disso é maturidade, meu povo.
    Particularmente, achei as modelos “normais”, nem gordas, nem magras. Acho que, se quer falar de moda “plus size”, tem que ilustrar com modelos gordas.


    por Tatiana
  73. Veja bem: eu acho que dizer ‘oh, as fotos estavam no site da Asos, são eles que pensam que plus size é assim’. Oi? A ‘blogueira’ reproduziu as fotos aqui, portanto endossou a ideia. Não adianta postar algo e depois querer sair pela tangente. A maioria das pessoas que comentam neste espaço parecem pensar que, se a pessoa não veste 36, ela SÓ pode ser infeliz, recalcada, invejosa e complexada [isso pode não ter sido efetivamente DITO, mas está SIM nas entrelinhas]. Eu vos digo: abram um pouco as mentes. Vocês são extremamente alienadas. Bj


    por Cris
    • A Chata responde:

      Sair pela tangente? Cris, o que eu não quero é criar polêmica. Meu foco aqui foi na roupa, não no tamanho da modelo. Sinceramente, não me importo se ela veste 42, 44 ou 56, porque o que estou dizendo no post vale pra qualquer caso. Não vou ficar levantando bandeira, esse tema é complicado de abordar justamente por ser pessoal demais (não existe definição oficial do que é ‘plus size’, não é mesmo?). E desculpe, acho extremamente equivocado inferir e generalizar uma coisa baseando-se nos comentários aqui. Pra mim, demonstra preconceito dizer que “maioria das pessoas que comentam neste espaço parecem pensar que, se a pessoa não veste 36, ela SÓ pode ser infeliz, recalcada, invejosa e complexada”.

  74. Ótimo post!

    Leio seu BLOG e concordo com o que escreveu. Sou bem acima do peso e sofro para comprar, sempre! Acho que faltam, além de lojas, blogs sobre o assunto. Vejo muito blogs de fora, mas não daqui de BH. Tem algum para indicar, Lu? Gosto muito dos seus toques e mesmo sendo magrinha da para se inspirar nas cores, contrastes, acessórios e até mesmo nos modelos, por que não?! As dicas realmente são válidas e da pra ousar bastante! Bj

  75. Olá Lu.
    Gostei muito do post. Embora muita gente tenha problema com o assunto he he he. Para nós que vestimos mulheres da vida real ajuda muito!!! Seria legal se todas as bloqueiras tivessem um dia para propor looks não só para pessoas acima do peso, como também pessoas com esterioótipos diferentes (muito altas, pernas longas ou curtas).
    Parabens, continuo te seguindo……


    por Rogerio
  76. Oi Lú!
    Sou gordinha e leio muitos blogs de moda e adoro o assunto! O assunto “moda para gordinhas, plus size, obesas, acima do peso” ou seja lá como queira chamar é muito raro entre os blogs de moda não especializados mas como vejo pelos comentários, muito popular. Quanto a polêmica gerada, o que tenho a dizer é que me inspiro nos seus looks, nos looks da Camila (GE), da Lalá Noleto e de muitas outras blogueiras magras e mesmo assim consigo perceber como valorizar este ou aquele ponto ao montar o MEU look.
    Adorei sua iniciativa e gostaria de solicitar outros posts com este assunto. Grande beijo!


    por Isa
  77. Lu, gostaria de fazer uma sugestão. Gostei mt de ver o post apesar de não ter problemas com meu peso. No e entanto tenho um biotipo de brasileira com típicos quadris largos e cintura fina apesar de ser alta e nos últimos tempos tenho reparado na loucura que anda a numeração de roupas principalmente shorts e calças. As lojas andam encolhendo a numeração tenho calças e shorts desde 38 até 44, sendo que nesse período mantive meu peso. Acho que seria uma boa ideia se aprofundar mais nesse assunto uma vez que muitas marcas estão “escolhendo” o público através dessa distorção de tamanhos, o que é absurdo considerando a diversidade de nosso país.


    por Natalia
  78. Thanks for showing nice dresses. i like it so much.

  79. Muito legais matérias sobre plus size e etc…mas na realidade as modelos apresentadas pela marca nem plus size parecem. Não vejo qualquer estímulo para uma pessoa que se encontra muito acima do peso nessas imagens. Me parece bastante enganosa uma publicidade que classifica as roupas como direcionadas a pessoas que vestem plus size , mas que são divulgadas com uma forte tendência a valorizar tipos mais magros!
    Abraços, Carol.


    por Carol Lud
  80. ADOREEI!!
    principalmente o “se não forem angels da Victoria’s Secrets!”
    kkkkkkkk

  81. Eu gostei do post, a ídeia é ter ideias e não seguir regras, né? Com relação às fotos serem ou não plus size, rola toda uma questão comercial e etc, a Asos usa meninas “normais” (existe isso?), mas tem outras marcas que usam meninas mais cheinhas, vamos desencanar e se inspirar. Bjs Lu.

  82. Sabe, sei que não foi a intenção mas, fiquei chateada com o post… Quer dizer, eu sou gordinha então não posso mostrar meus braços, ou usar cores fortes em áreas grandes pq corro o risco de ficar “ainda maior”?
    Posse ter entendido errado mas, a moda tá aí pra libertar as pessoas e não ensiná – las a se esconder e ter vergonha do que é seu.
    Acho que há formas mais justas de se abordar a moda plus size…


    por Danielle Montanari
  83. Post muito bom, as dicas são válidas! Só a escolha das fotos como “exemplos” que não foi muito feliz, pois não acho que as modelos estão acima do peso. Mas o post está de parabéns.


    por Elisângela David
  84. Oi Lu!
    Muito legal sua idéia!!! Sou gordinha e tenho a maior dificuldade em encontrar roupas para jovens, sem que sejam feitas de musselina, cheia de pontas e com a cara da vovó (como são a maioria das roupas para quem está acima do peso!). Vi que alguém já fez esse pedido (acho que foi a Márcia) mas quero reforçá-lo: será que vc poderia indicar alguma loja legal aí em BH que venda roupa plus size? Sou do interior e aqui não existe absolutamente nada para quem está acima do peso (e olha que eu não estou muito acima não!). Sei que vc não deve conhecer mta coisa nesse sentido (pois, afinal, vc não faz parte do público alvo dessas lojas) mas, como vc é do “ramo” fashion (hehehe), talvez tenha como descobrir isso para a gente. Já tinha pensado em te perguntar isso antes, mas ficava com “vergonha” de te dar trabalho! ;o) Quem sabe vc não tenha mais acesso a essas informações, já que vc conhece muita gente da moda?! De todo jeito, parabéns e obrigada por não ignorar a existência das gordinhas fashion! Ah, tem um site americano que tem vestidos e outras roupas plus size realmente lindos: http://www.nordstrom.com Meninas, dá para pegar várias inspirações! Beijão!


    por Lili
  85. Esse tipo de post é super necessário, afinal o mundo da moda não se baseia apenas nas modelos super magras da passarela! A atualidade faz com que pessoas que não sejam o ideal da beleza tenham baixa auto estima e se culpam por essa infelicidade. Grande parte das tendências vem e passam, algumas se tornam atemporal. Já essa veio, ficou e não quer sair por nada, e não deveria nem ter sido criada! Tá de parabéns Lu, incrível!
    http://www.missmyflight.wordpress.com

  86. Lu,
    Achei o post muito bom e, sobretudo, muito delicado. Não houve imposição, e apenas dicas para valorizar ou esconder coisas que, porventura, incomodem as pessoas. Apesar de algumas leitoras terem criticado fotos e conteúdo, achei sua intenção (e realização!) excelente e muito muito educado. É claro que é um tema que sempre cria polêmica, mas essas coisas são assim mesmo. Eu adorei o post!
    Beijos!


    por Babi Almeida
  87. oi lu!
    não é pessoal, nem encheção de paciência. o post é ótimo e a ideia também, mas chamar essas meninas das fotos de gordinha é um insulto! repito, não estou atirando pedra no seu blog, seria muito hipócrita reclamar do blog sendo que o sigo há um bom tempo, o problema é que esses editores de moda e os caras que mandam têm algum tipo de problema mental! primeira coisa que fazem é padronizar as meninas em tipo, dois para ser mais exata: as modelos abaixo do peso e as gordas. sabe, o ser humano é singular, não tem como catalogar pessoas em tipos físicos. a gente é um conjunto de fatores. depois tem essa máquina chamada tendencia: por melhor que seja a qualidade da sua roupa, ela não dura 6 meses, a não ser que você seja criativa ou desencanada. eles fazem as pessoas comprar compulsivamente a fim de se sentirem aceitas na sociedade, esta que julga o individuo pela imagem que ele passa e não por quem ele é. isso não está certo não, nossa imagem deve refletir quem nós somos e não o contrário. você (esse “você” é genérico, só um jeito de falar) deve ser feliz sendo como você é, não se transformando em outra pessoa para ser feliz. sei lá, acho que a chave é se aceitar e este seu post, que ajuda as meninas com outro tipo de corpo se vestirem, é uma iniciativa muito boa para conscientizar que ser padrão não é, necessariamente, ser bonita.


    por bruna
  88. Boa noite,

    Estava lendo seu blog hoje e vi essa matéria sobre plus size. Porém as modelos NÃO são gordas, o que dificulta na hora de procurar roupas com as dicas que vocÊ deu.
    Me desculpe, mas pessoas gordas têm barriga, braço gordinho, bumbum, coxa e essas que apareceram aqui não eram assim.
    Falo isso pq sou gordinha (98 kg) e NENHUMA dessas roupas serviriam em mim…
    Fica a dica de, numa próxima vez, usar modelos que realmente sejam grandes…

    Abraços,

    Renata


    por Renata
  89. Acho que ficou devendo um post com Gordinhas de verdade, não essas meninas totalmente proporcionais, que apenas pesam um pouco
    mais…elas não são gordinhas….. queria ver um post com gordinhas mesmo….desproporcionais…..

    Do mais acompanho seu blog e acho tudo de bom!!!!!!


    por Regiane
  90. Boa tarde!

    Vale ressaltar aqui o que foi dito antes: é preciso conhecer o próprio corpo para se vestir bem, e principalmente gostar de si mesma. Ou seja, se eu não gostar de mim como sou (ou estou), nada vai me ajudar.

    Concordo com as observações de que a extrema magreza é um padrão de beleza ditado pelo sociedade, e por isso mesmo a modelo da foto é sim saudável, não gordinha. Mas vamos concordar também que a obesidade não é saudável, certo? Então paremos de criticar o tamanho da modelo escolhida, pois a intenção não foi esta, e sim ajudar quem está acima do peso a se vestir melhor.

    Lu, amei o post! Estou acima do peso para a minha altura: 66 Kg em 1,58m. Esses quilinhos a mais me causam alguns problemas, e me vestir bem me ajuda a me sentir bem.

    Beijos e obrigada!


    por Valéria
  91. oi adorei os look,mas me desculpe essas modelos não são gordinhas,nos queremos modelos para quem realmente estão gordinhas…bjss,fica a dica..


    por cris