Carregando...
Europa,França,Paris,Viagem

Paris para Chatos de Galocha: guia para 4 dias na cidade!

18.06.2013
Lu Ferreira

Um dos posts mais procurados aqui do Chata é o Guia de Paris, postado em 2009 e feito em colaboração por duas leitoras. Só que por um motivo que não sei dizer qual (mistééérios do WordPress!) grande parte do post se perdeu ao longo dos anos, deixando na mão quem vem até aqui buscar informação sobre a cidade. Como já estive por lá duastrês quatro vezes, resolvi fazer o meu guia, contando o que acho bacana na cidade pra quem vai a Paris pela primeira vez. Dividi as atividades em 4 dias de roteiro, pra facilitar quem está organizando a viagem.

abre_paris
Uma coisa que preciso dizer antes de começar é que eu sempre prefiro caminhar a pegar taxis e metrô… Acho que assim a gente acaba descobrindo lugares novos, sabe? Não vale ter preguiça em viagem, né? Outra coisa é que recomendo a compra do Paris Museum Pass, um passe que vale por 2, 4 ou 6 dias e serve como ingresso (e fura fila em vários lugares) para museus e monumentos. Você compra no primeiro museu da viagem (ou numa Fnac!) e aí não precisa se preocupar com as filas gigantescas pra comprar ingressos a cada parada.

Vamos?

paris2

Acho legal começar o tour por um lugar bem icônico, e a Catedral de Notre Dame (aberta até as 18 horas) foi a minha primeira parada quando estive em Paris pela primeira vez. Foi um belo começo, por isso sugiro que você também faça isso. A catedral fica na Ille de Saint-Louis La Cité, e a estação de metrô mais próxima é a Cité. Você gasta meia hora percorrendo o primeiro andar, com calma, fazendo fotos de todos os cantinhos que gostar. Além de enorme, a catedral é maravilhosa, dá vontade de ficar horas por lá.

paris3

Da Notredame, sugiro seguir até a Rue de Rivoli, a pé mesmo ou pegando o metrô até a estação Hôtel de Ville (ou a Louvre-Rivoli se você não estiver a fim de caminhar). A Rue de Rivoli tem várias lojas tipo Zara, H&M, Sephora e etc, mas gosto mesmo é quando vamos chegando perto do Louvre. Dê uma paradinha no Angelina, um café que é famoso pelo seu chocolate quente (ele fica no número 226 da Rue de Rivoli), coma um macaron e tome um chocolate (claro), e aí siga em direção ao Louvre, não para entrar (você precisa de pelo menos meio dia pra isso!) mas sim pra ver pela primeira vez a pirâmide e se sentir de verdade em Paris.

paris5

Quando cansar da pirâmide, siga em direção ao Jardin des Tuileries. O jardim liga o museu à Place de la Concorde (onde Maria Antonieta e o rei Luis XVI foram decapitados!) e aí é hora de entrar no primeiro museu, o l’Orangerie (atenção: fechado às terças!). É aqui que ficam as famosas ninféias de Monet, em salas ovais com banquinhos no meio. Na parte de baixo do museu também há uma loja que vai deixar os fãs do impressionismo malucos e ainda mais um espaço de exposição. O museu é maior que parece, vale explorar! Saindo do l’Orangerie e seguindo pela margem do Sena você logo dá de cara com a ponte mais bonita da cidade, a Pont Alexandre III. Ai, eu fico meio hipnotizada nessa parte! A ponte é maravilhosa, e a vista, nem se fala. Dá pra ver a Torre Eiffel, o Petit e o Grand Palais e o Hôtel des Invalides.

paris1

Agora é hora de entrar no metrô por uma causa nobre: ir até o Trocadéro para ter uma vista privilegiada da Torre! Se puder, vá no fim do dia, pouco antes de anoitecer, porque o momento em que acendem as luzes da Torre é muito mágico! Se não estiver muito frio dá até pra fazer um pic nic nos gramados do entorno, é uma das coisas mais gostosas da vida! Passe num Monoprix (um supermercado que existe em quase toda esquina da cidade), compre uma baguete, queijos (tá, e quem estamos enganando? Vinho também!) e aproveite a vista. Quem estiver animado pode também subir a Torre e aproveitar a vista lá de cima. Melhor comprar os ingressos antes, que são vendidos com hora marcada no site, e subir de elevador até o terceiro andar.

paris6

Não dá pra conhecer o Louvre todo em uma só viagem, e sinceramente eu tenho um pouco de birra de ter obrigações de férias, sabe? Então claro que você vai ver a Monalisa, a área egípcia (tem uma múmia, é meio assustador!) e sei lá, a Vênus de Milo, mas não precisa esmiuçar o Museu de uma só vez, né? Uma área que acho especialmente divertida são os aposentos de Napoleão III, com mobiliário reproduzindo os aposentos do imperador. Você vai gastar um bom tempo no Louvre mesmo sendo objetivo, prepare-se. Pra chegar lá é só pegar o metrô até a estação Palais Royal (o museu abre às 9 da manhã e fica fechado às terças feiras).

paris4

Depois do museu, dê uma passadinha na Pont des Arts para ver os cadeados! É aí que os casais colocam os cadeados com os nomes, é fofo demais, fiquei horas vendo os tipos diferentes e as datas. Em seguida vá para a Champs Élysées, avenida super gostosa de caminhar (e fazer compras!). Na avenida você vai encontrar as principais lojas, todas lotadas de turistas: Zara, H&M, a maior Sephora do mundo (eeeee!), loja da Disney, da Nike, Louis Vuitton e até uma Cartier (vai que alguém anima, né? Hahaha!). Dá pra passar uma tarde entre os restaurantes e lojas (onde você vai encontrar garçons e vendedores falando português), terminando no Arc de Triomphe. Se estiver animada, dá pra subir no arco e a vista é linda! Mas em Paris, toda vista é linda, você já deve ter percebido isso a essa altura =)

paris8

Conheço três atrações imperdíveis pra quem vai a Paris que ficam fora da cidade: o Palácio de Versailles, os castelos do Vale du Loire e a casa de Monet em Giverny. Sinceramente não sei dizer qual amei mais, porque são três programas bem diferentes!

Em Versailles (dá pra chegar de trem, usando o RER C até a estação Versailles Rive Gauche) eu surtei porque sou apaixonada pela história de Maria Antonieta, já li um sem número de livros e sei as falas do filme de Sophia Copolla de cor, hahah! O palácio é impressionante, enorme e muito rico, e os jardins são um caso a parte. Minha parte favorita são (óbvio) os aposentos reais, eu só lembrava do filme e das cenas nos quartos toda manhã. Dentro de Versailles tem um Angelina que funciona como restaurante, dá pra almoçar por lá ou só tomar um café. Também tem uma filial da Ladurée, e é irrestível comer macarons que combinam com as cores da decoração enquanto você visita o jardim!

paris9

Em Giverny fica a casa de Monet, o lugar onde ele morou durante 43 anos. Na minha infância li o livro Linéia nos Jardins de Monet e foi fascinante conhecer o cenário da história e reconhecer as paisagens das pinturas. A casa é toda bonitinha e os jardins, principalmente na primavera, encantadores. Fui com uma agência de turismo mas dá pra ir de trem parando em Vernon, que fica a 7 km de Giverny (e aí escolher se você segue de bicicleta ou ônibus até lá!).

paris10

O Vale du Loire é uma região conhecida pelos castelos (ou châteaux, que são mais pra palácios, mas enfim), alguns bem famosos, como o Chenonceau, o Chambord, o Amboise e o Villandry. Visitei dois deles: o Chenonceau, que tem quartos montados e um jardim bem cuidado, com direito a mini labirinto, e o Amboise. Chenonceau parece castelo de contos de fada(é esse da foto!), com fosso e tudo, e flores espalhadas pelos cômodos. Já Amboise é mais simples, não tem os ambientes montados, mas tem uma capela externa que guarda nada menos do que a tumba de Leonardo da Vinci!
O entorno do castelo é mais legal do que ele, na verdade: alguns restaurantes bonitinhos e mais pra frente, a casa de Leonardo da Vinci (o Château du Clos Lucé), que tem um jardim enorme onde estão expostas reproduções de suas invenções, a maioria interativa. É um playground de adulto depois do vinho do almoço, hahaha, me diverti. Pra chegar no Vale du Loire recomendo contratar os serviços de alguma agência ou alugar um carro, as distâncias são consideráveis… Aqui a Lina fala mais sobre como chegar.

paris13

No Museu D’Orsay você vai ver obras de artistas como Van Gogh, Toulouse Lautrec, Renoir, Degas, Manet e Monet. O prédio também é impressionante, é uma antiga estação de trem, a Gare D’Orsay (duh!). Apesar de grande, dá pra conhecer a maior parte do museu em uma ou duas horas, depende da sua animação =D

paris12

Saindo do museu é hora de pegar o metrô e ir atééé Montmartre, bairro que quem é fã de Amélie Poulain vai reconhecer na hora. É lá que fica a Sacré-Coeur (é um desafio falar isso em voz alta! Sácrêquér), sempre com suas escadarias lotadas. A catedral é bonita, mas acho o bairro mais interessante: é ali que fica o Moulin Rouge e vários outros cabarets, além de bares e lojinhas diferentes das que encontramos no resto da cidade.
Falando em Moulin Rouge, preciso contar que eu já fui assistir ao show, hahaha! Não tem NADA a ver com o filme, mas é engraçado. Acho que a melhor descrição seria um circo em que as mulheres estão todas semi nuas e cantando, é um pouco bizarro, mas divertido. Eles servem jantar com champagne durante o show, que dura quase duas horas. Pra chegar a Montmartre é só pegar o metrô, eu desço na estação Abbesses porque ela é liiiiinda, toda art nouveau. Mas se for fazer isso, aceite uma dica preciosa: suba de elevador até a rua! Abbesses é uma das estações mais profundas de Paris, encarei as escadas uma vez e parecia que nunca mais ia sair de lá, hahah!

paris11

De volta ao roteiro, chegou a hora de visitar meu local favorito na cidade, o Jardim de Luxemburgo. Compre um lanche ali por perto e vá procurar um cantinho pro pic nic, o Jardin é calmo, cheio de cadeirinhas e gente sentada admirando a vista. É um lugar pra ver o dia passando, gostoso, bem cuidado, perfeito pra bater papo num dia quente.

paris14

A última parada do roteiro também foi a minha última parada quando fui a Paris pela primeira vez. O Pompidou (funciona das 11 às 22 horas, exceto às tercas feiras) é um museu de arte moderna (a sensação de ver um museu de arte moderna depois de dias de imersão em coisas antigas é ótima, vai por mim) que tem obras de artistas como Andy Warhol, Dalí, Kandisky, Max Ernst, Pollock… Enfim. A arquitetura do prédio também chama a atenção, é completamente diferente do entorno, e a sinalização interna deixa qualquer designer maravilhado. Depois de rodar pelo museu, termine seu dia no restaurante que fica no topo, o Georges. A vista dos telhados da cidade é incrível, e mesmo se você não estiver com fome pode pedir uma bela taça de champagne e apreciar a vista. Jeito maravilhoso de encerrar a viagem, né?

paris15

Paris tem muuuuito mais do que isso, mas esse roteiro passa por alguns dos meus pontos favoritos. Já fui a Paris duas vezes, uma vez por 12 dias e a segunda por 7, e ainda não conheci tudo que gostaria. É que acredito que a viagem deva ser proveitosa, me permito caminhar meio sem rumo, passar mais tempo do que o planejado em lugares que gosto mais, enfim, férias são férias, não precisa ‘zerar’ a cidade e montar um roteiro impossível só pra bater ponto em todos os cartões postais.

paris12

Quem procura dicas de onde comer bem em Paris deve visitar o Moldando Afeto, o Gui morou na cidade por um ano e sempre conta novidades no seu guia ‘Paris de comer’. Pedi a dica de um restaurante legal pra quem vai à cidade pela primeira vez também pro Rodrigo, colaborador do Conexão Paris que mora por lá há alguns anos e ele indicou o Chez Janou, um bistrô típico que fica na região do Marais. Diz que a mousse de chocolate é imperdível (e enorme!!). Quem quiser uma experiência diferente pode conferir o Boco, como mostrei nesse post.

Se você ainda não tem onde se hospedar, sugiro olhar um apartamento ao invés de hotel, principalmete se for ficar mais do que 5 dias na cidade. Tive uma experiência boa no studio que aluguei no Marais, como contei nesse post.

Bon Voyage!

31 Comentários  |  Deixar Comentários

Comentários:
  1. Aline de Castro Alves    18/06/2013 - 12h20

    Adorei as dicas!!! Não vejo a hora de conhecer Paris!!! :)
    Beijos, Lu!!!

    http://www.glamourcomchampagne.com

  2. Thuany Nascimento    18/06/2013 - 13h23

    Achei que só eu fazia a louca da maria antonieta, adorrrei! Pros favoritos já!

  3. Tati Alfaro    18/06/2013 - 13h29

    Lú, um luvar que a vista é bem legal é o Montparnasse Tower, além de ver a cidade toda, o prédio fica bem em frente a Torre Eiffel, da p/ tirar fotos bem legais, ainda + se for ao entardecer.
    Ah, e p/ quem gosta de um bife bem saboroso com uma batata frita mara, p matar saudades do brasil, logo na esquina do Montparnasse tem um restaurante show, super indico!!!!
    Ps.: Lú, vc é linda d+, e adoro suas dicas :)

    • Lu Ferreira    18/06/2013 - 13h44

      Ei Tati! Eu conheço a torre de Montparnasse! Tenho mil fotos da Torre Eiffel vista de lá, é lindo mesmo =D

      Bjs!

  4. Juliana    18/06/2013 - 14h51

    Lu! Posso colaborar? =)
    A Notre-Dame fica na Île-de-la-Cité. Outro momunento pertinho da estação Cité e que é uma parada obrigatória pra quem curte arte e idade média é a Sainte-Chapelle (com entrada pelo Palais de Justice), com a maior superfície de vitrais em proporção à massa do prédio!

    Sobre o Louvre, quem quiser horinhas a mais pode ir nas quartas e sextas, quando o museu fica aberto até às 22h (mas com algumas salas fechadas, fica avisado perto das máquinas e das bilheterias).

    Sobre o picnic, acho o Luxemburgo meio complicado pra finais de semana – você não pode sentar em todas as áreas verdes do jardim e as que são liberadas costumam ficar bem cheias =( Mas a vantagem de Paris é que jardins e praças bonitas não faltam, além é claro das margens do Sena!

    O Chez Janou eu provei e recomendo com vontade! A entrada de espinafre com queijo de cabra é tão maravilhosa! Todo o resto da comida é, e o preço não é nada absurdo pros padrões de Paris e do Marais. Outro no Marais que a gente gostou muito foi o Jajá, mas esse talvez seja um pouquinho mais “salgado”.

    Mas acho que o melhor conselho é mesmo o de se perder pelas ruas. Cada virada de esquina nos bairros mais históricos é uma pequena surpresa =)

    Beijinhos!

  5. Ana Paula Vaz    18/06/2013 - 15h52

    Ameeeiii Lu. Obrigada por ajudar na minha viagem de julho.
    Faz um deste de Londres?

    Bjus

  6. Cata    18/06/2013 - 16h43

    Passei 4 dias em Paris ano passado e não é nada! Meu roteiro ficou bem parecido com o seu.. Mas sugiro começar no Arco do triunfo, você se sente muito em Paris logo de cara! E a vista de lá de cima é maravilhosa, pra mim a mais bonita! Depois segui a pé até a torre e fiquei hooras por la, rodando todos os angulos! Segui pro Jardim de Luxemburgo e depois pro Montparnasse, ver a vista noturna, maravilhoso! Segundo dia segui pro Pantheon, depois Notre Dame (que também tem que subir, é lindo!), e fui descendo tudo, Conciergerie, Pont des Arts, D’orsey, Pont Alexandre III, até a Champs.. No 3o que fui ao Louvre e Toulerie.. Depois Montmartre.. E 4o dia Versailles! Acho que tem que ir na primeira vez! Na volta passamos na torre finzinho de tarde lindo!! Mas não vi metade do que queria, Paris com pressa não da! Quero voltar pra 10 dias!

  7.     18/06/2013 - 17h13

    Ameeei o post, super util!

    http://www.PISAICO.com.br

  8. Bárbara    18/06/2013 - 17h32

    Boa tarde Lu, só uma coisinha – a Notre Dame fica na Ile de la Citê, que é o local de fundação de Paris (antes chamada de Lutercia). A Ile de Saint Louis é aquela ao lado com apenas duas ruas e vários restaurantes ótimos…

    • Lu Ferreira    18/06/2013 - 18h23

      Corrigi o post, obrigada por avisar =)

  9. Isa    18/06/2013 - 17h33

    Oi,Lu,
    Adoro seus posts com dicas das viagens. Muito bem. Seu roteiro de Paris tá supimpa!! Hoje começou aqui na Itália o Pitti Uomo, que é a maior feira internacional de moda masculina. Estivemos por lá hoje e fizemos umas fotos para o nosso blog. Convido você e as leitoras para darem uma passada: http://www.grazieate.wordpress.com …..tá um calorão aqui na Itália que só lembro de você dizendo que a Grom era parada obrigatória na tua lua de mel por aqui…hihi.
    Bjocas

  10. Rita    18/06/2013 - 21h30

    Posso querer voltar para Paris neste instante??
    Um passeio imperdível no Vale do Loire é o passeio de balão. Eu e minha irmã fizemos no ano passado e foi maravilhoso, sobrevoamos o Amboise. É super tranquilo e não dá nem um pouquinho de medo. Vale a experiência! Bjos

  11. Aline Magalhães    19/06/2013 - 12h16

    Luuu, que post mais delicioso de ler! Me deu tanta saudade de Paris! Morei na França em 2011, ia pra Paris sempre que podia, nem que fosse por um dia. Definitivamente, meu lugar preferido também é o Jardin de Luxembourg, recomendo pra todo mundo. Mas não recomendo ir lá em época que chove mais – lá pra outubro/novembro – porque fica muito chato andar lá com chuva, não tem onde sentar, enfim…

    A Camila Coutinho fez um post assim sobre Londres, vc viu? Super apoio de vc fazer sua versão!!

    Beijo!!

  12. O Vestido de Festa    21/06/2013 - 12h08

    Paris!!!! apaixonante! Woody Allen retratou muito bem a cidade em ” Meia noite em Paris”

  13. Isadora    21/06/2013 - 14h35

    ótimas dicas! Paris é uma cidade incrível, com muita coisa para ser explorada e descoberta.
    Acabei de fazer um post sobre as bolsas saquins da Vanessa Bruno – uma com lantejoula que vc vê aos montes em Paris; a cada quarteirão pelo menos umas 6 mulheres vão passar com uma!
    vale a pena conferir!

    Beijos,
    Isadora
    http://www.isadorafloriani.com

  14. Maranda    21/06/2013 - 17h43

    Qual a melhor época para visitar a cidade? Nunca fui pra Europa, mas gostaria de fazer um curso de francês lá em novembro.

    • Lu Ferreira    01/07/2013 - 17h33

      Maranda, eu acho que entre o meio de Abril até o Meio de Junho e talvez tb em Setembro/Outubro. Entre Nov e Mar é bem frio, e no verão é muito quente, além de tudo estar lotado por conta das férias deles! Bjs!

  15. […] Para acessar, clique aqui. […]

  16. Catharina Wagner    26/06/2013 - 22h28

    Lu, uma coisa legal de saber é que muitos museus (como o Louvre e d’Orsay) tem um dia da semana em que ficam abertos durante a noite. Acho que no Louvre é quarta-feira, mas nao tenho certeza porque já tem um tempinho que estive lá hehe. Mas essa é uma boa dica pra aproveitar melhor o dia e pegar o museu um pouquinho menos lotado.

  17. Sandra    30/06/2013 - 21h01

    Lu, eu sempre entro aqui, mas nunca comento. rsrsr
    Amei as fotos! Que camera e lente vc usa? Please!

    Um beijo!

    http://www.blogdasandrabello.com.br

    • Lu Ferreira    01/07/2013 - 17h32

      Sandra, na maior parte delas eu usei uma Nikkor Fisheye AF-S 10.5mm f2.8 numa câmera Nikon D60. Bjs!

  18. […] do roteirinho de Paris, chegou a vez de falar um pouquinho de NY, a cidade que era pra eu ter nascido (hahaha). Falar que […]

  19. […] do roteirinho de Paris, chegou a vez de falar um pouquinho de NY, a cidade que era pra eu ter nascido (hahaha). Falar que […]

  20. Karla    30/09/2013 - 16h27

    Lu, estou em Paris. Estou passando para agradecer as preciosas dicas. Fizemos exatamente o roteiro acima. Simplesmente perfeito. Falei o tempo todo em você ( Lu disse isso ou aquilo, indicou isso..rsrs) Muito legal. obrigada. Ah, adoro o blog. Super fã. Acompanho diariamente. Um abraço.

  21. antonio carlos vieira    18/12/2013 - 13h44

    lu eu minha esposa elza estivemos em paris em março de 2012,fomos em um pacote, onde só ficamos 2 dias em paris , mas ja foi muito legal, mas gostamos tanto que queremos voltar e o seu roteiro será o que queremos fazer, como voce falou sem preça, abraços

    antonio carlos.

  22. Carol    28/04/2014 - 13h39

    Ei Lu! Adorei o post e tenho vários comentários a fazer. Primeiro: AMO LINÉIA NO JARDIM DE MONET! Li com dez anos (tenho 22) e desde então me apaixonei pelo pintor. Estou indo pra Europa daqui uma semana, eu e meu namorado. Ficaremos três meses, dois na espanha (um em Salamanca e outro rodando a Espanha de carro) e o final será em Paris e Mykonos. Em Paris, os jardins de Monet já estão no roteiro. Achei muito interessante seu post, tem umas dicas ótimas (a do restaurante barato eu amei, e a dos jaridns de Luxemburgo e o restaurante no Pompidou foram ótimas). Também alugamos apartamento, porque hotel lá tava muito caro, nao tava compensando. Achamos um com preço ótimo numa rua que faz esquina com a Champs Elysées.
    Já favoritei seu post! Hahahah
    Tudo de bom pra voce,
    Beijos

  23. […] escrevi um roteirinho para NY e outro para Paris, e estava devendo o de Londres (e o de Milãooo, eu sei!). Londres é uma das cidades que mais […]

  24. Deborah    29/10/2014 - 09h15

    Lu, vou la no inverno e tô com medo de não conseguir aproveitar direito, você acha que esse roteiro funciona pra essa época do ano? Se vc tiver alguma dica me diz!! Haha Beijos!

  25. Renata    30/04/2015 - 14h34

    Lu, amei o seu roteiro e tbm estou planejando minha primeira viagem para Paris q será em apenas 1 mês (surpresa do marido, estou nas nuvens!), então queria saber se vc pode me dar umas dicas de hospedagem, já li tanta coisa q não tenho a menor ideia do optar rsrs. Me da uma luz ai por favor, eu adoro as suas dicas!!! Parabéns mais uma vez pelo blog!

    Bjs Renata

  26. renata    27/10/2018 - 17h05

    Quando leio seus posts e vejo os vlogs, fico ainda mais com vontade de viajar!

Parabéns meu amor!! Que Bibia nunca se canse de cantar parabéns em looping eterno pra você 💜🥰🎂
Mais sobre Europa