Carregando...
Lifestyle

Update: dieta nova

12.12.2014
Lu Ferreira

Tem muita gente pedindo um update sobre a dieta por aqui, e como tem algum tempo que não falo disso, eis um post enorme, hahah! O motivo é legal: fui a uma nutróloga pela primeira vez =) Mas preciso contar o motivo de ter procurado uma: Como vocês sabem (eu falava muito disso na época!) logo antes do casamento comecei a fazer dieta com acompanhamento de nutricionista, e essa foi a primeira vez que tentei uma dieta sem glúten e sem lactose. Fiquei chocada com o resutado: em 24 dias seguindo certinho a dieta eu emagreci 2 kgs e perdi 4% de gordura corporal. Minha barriga também diminuiu bastante, a sensação era que eu tinha desinchado. Como não sou intolerante a nada disso, a dieta ia variando, até que chegou o casamento e eu tinha perdido 5 dos 9 kgs que gostaria (eu engordei isso em tipo um ano e meio, imagina!). Tava ok, né? Fiquei satisfeita e desde então interessada por esse mundo, comecei a seguir um milhão de perfis fitness e ler sobre tipos de dieta.

paleo1

Imagens: Shutterstock

Isso foi muito bom por um lado: comecei a entender (finalmente) a importância de escolher bem o que comer, passei a evitar cada vez mais produtos industrializados… Isso foi aos poucos, porque eu era aquela pessoa fã de Cup Noodles, hahah! Tipo consegue ser pior que o Miojo, né? Sempre amei comida congelada, preferia suco de laranja de caixinha ao natural! Aí fui cortando: assisti um documentário que falava do açúcar presente nos produtos e cortei o Toddynho que tomava no aeroporto (era mania! Um Toddynho e um pão de queijo, toda vez que pegava um voo. Vocês sabem que não paro em BH né?). Depois parei de comprar temperos e molhos pra casa, bebidas tipo sucos e chás de caixinha, e ampliei o grau de chatice: comecei a ler os rótulos dos produtos pra escolher melhor o que comprar.

Aí vieram dois livros (Dukan e Barriga de Trigo) que me fizeram voltar a pensar no tal do glúten. Barriga de Trigo é meio impressionante e enquanto estava lendo devo ter comentado dele pra TODO mundo que convive comigo, da faxineira até meus pais, passando por clientes e pais de amigos em churrascos, hahaha! Muito resumidamente o livro fala que o maior mal que podemos ter na nossa alimentação é o trigo, que foi geneticamente modificado ao longo dos anos. De obesidade a problemas no sistema nervoso, o autor justifica tudo no trigo (sempre explicando os processos científicos, o livro é bem bom). Nessa época comecei a pesquisar dietas que não incluem trigo e acabei descobrindo uma que chama Paleo. Quem faz Paleo consome uma porcentagem de proteínas proporcionalmente maior do que costumamos consumir, não come grãos (então nada de trigo, arroz…), consome seus carboidratos através de frutas e legumes, não tem medo da gordura animal (que sempre foi vista como vilã da saúde) e não come nada industrializado.

paleo3
Bom e aí rolou um nó na cabeça. Eu chegava a restaurantes e olhava pro cardápio (ou abria a geladeira de casa) tentando escolher o que comer e demorava hoooras! Estudava tanto, seguia tanta gente no Instagram que ditava regras que o que aconteceu foi que não sabia mais o que fazer. Fui evitando o trigo, que por experiência própria já vi que realmente me deixa inchada, mas fora isso a minha alimentação estava meio bagunçada, fiquei perdida.

Acabei encontrando uma nutróloga quando batia papo sobre dietas, comentando da paleo. Marquei consulta, fiz um milhão de exames (gente, 14 potinhos de sangue. QUATORZE) e finalmente sei o que comer, kkkk! Ela analisou tudo, me explicou cada um (eram tipo 50 exames diferentes, sem exageros) e me mostrou quais estavam bons e quais precisávamos prestar atenção. Me recomendou mudanças na dieta para ajudar na perda de peso (quero voltar ao meu peso de antes do namoro, tava super feliz com aquele corpo!) mas que também se encaixam no que eu andava lendo sobre a Paleo, só que sem radicalismos, afinal eu ainda não topo fazer meu próprio iogurte em casa, por exemplo, heheh! E também passou alguns suplementos que vão ajudar a equilibrar o que estava errado nos exames. Isso já tem alguns meses e desde então perdi 2,5 dos 6 quilos que faltavam para atingir meu objetivo (é claro que engordei um tiquinho depois que casei kkk!). Não fiz a dieta ultra certinha, viajei, comi coisinhas gostosas em eventos… Sem neuras, mas sempre voltando ao normal em seguida.

psleo2
A sensação depois de tudo isso? Alívio, kkk! Eu fiquei tão bitolada lendo sobre dietas e alimentação que não sabia mais em que acreditar, sabe? Vocês também se sentem assim? Minha dieta tem a ver com o que eu lia, mas também tem a ver com o que meu corpo precisa agora, e isso que vale, né? Então fica aqui a dica pra você colega que está louca pra enxugar aqueles quilinhos teimosos e não consegue de jeito nenhum: procure um especialista! Mas procure até você achar um que te entenda e você confie, porque cada profissional tem uma metodologia de trabalho e nem sempre a gente concorda, né?

Minha próxima meta é encontrar um personal, já que o meu mudou e fiquei mal acostumada com a mordomia de malhar com acompanhamento de perto..! Por enquanto tô só no pilates, mas quero voltar a correr e fazer musculação (não acredito que tô escrevendo isso kkk)!

Alguém aí já fez acompanhamento com nutrólogo? O que achou??

76 Comentários  |  Deixar Comentários

Comentários:
  1. Carol    12/12/2014 - 16h29

    Olá Lu!
    Te acompanho faz tempo e adorei saber que você agora é adepta da dieta paleo (sem radicalismos)!
    Eu faço a Paleo/Low-Carb a quase 2 anos e tive uma melhoria de qualidade de vida enorme. Ainda como minhas gordices, mas hoje são exceções, no dia a dia me mantenho firme nesse estilo de alimentação.
    O “Barriga de Trigo” é muito bom mesmo e recomendo o “Dieta da Mente” do Dr. David Perlmutter, além do lançamento em português “Por que engordamos” (WHY WE GET FAT) do Gary Taubes.

    Beijos

  2. Helena Merlo    12/12/2014 - 16h32

    Interessante sua descrição Lu, engordei bastante nos últimos anos não sou casada, mas moro com meu namorado. Já tem um tempo que fico pensando em procurar um profissional, mas não queria alguém que me passasse uma dieta e pronto. Gostaria de saber como está minha saúde e o que é importante pra ela. Gostei da ideia do nutrólogo. Um abraço.

  3. Flávia    12/12/2014 - 16h32

    Lú, você pode fornecer o contato da nutróloga?! Obrigada!!!

    • Lu Ferreira    12/12/2014 - 19h52

      Flávia, Dra Daniela Mello. Ela atende no Jardim Spa, no Cidade Jardim. Bjs!

  4. Nicole    12/12/2014 - 16h33

    Oi, Lu!
    Tenho 24 anos (25 em fevereiro!) e nunca na minha vidinha toda tinha feito dieta, sempre achei que pessoas que se limitavam na hora de comer não poderiam ser felizes, como assim não pode comer macarrão? pão? churrasco? aquela panela de brigadeiro? e a cerveja e bons drinks do final de semana? Isso não podia ser certo! hahaha Eu sempre comi de tudo, e em grandes quantidades, sou gulosa mesmo e enquanto tiver comida eu to mandando pra dentro. Tenho uma genética boa, ninguém na minha família é gordinho, tanto por parte de pai quanto de mãe, todos magros, desde meus pais, tios e até meus avós. Mas a verdade é que eu, total desacreditada nessa coisa de dieta, me peguei desesperada quando percebi que o tal do metabolismo estava dando o ar da graça, também nunca tive celulite e de repente os furinhos começaram a aparecer, ainda que beeeem de levinho, e minha amiga barriguinha cresceu pra caramba desde o último ano (esse mês faz um ano que estou morando com meu namorado, explicado, né?). Também sou um tanto quanto sedentária, fazia caminhadas mas nada mto regular e todas as vezes que me matriculei em uma academia era dinheiro no lixo, pois eu não ia. O fato é que comecei a correr, no mínimo três vezes por semana, e já noto diferença pra caramba, perdi um quilo em um mês (comendo normal como sempre) meu braço de polenteira diminuiu, minha cintura que não existia (sou totalmente quadrada, sem cinturinha) também está dizendo olá! E, olha só! Depois que li aqui sobre a Dieta Dukan, que a Julia postou, encasquetei com isso e desde então to comendo bem melhor, confesso que consegui seguir a rigor só na primeira semana, mas que me renderam dois quilos a menos! Volta e meia dou uma bela deslizada, mas como meu objetivo não é perder muitos quilos, to gostando dos resultados por enquanto!
    Desculpa pelo mega texto hehehe adoro o blog e me sinto em casa aqui nesse espaço :)
    Beijos!

    • Ana    12/12/2014 - 19h37

      Correr é maravilhoso, na hora que tá correndo vc quer morrer e parar, mas depois que para dá vontade de voltar. Também tô emagrecendo com corrida. É devagar e sempre.

    • Lu Ferreira    12/12/2014 - 19h55

      Nicole, e piora, viu? Kkk! Juro, dos 25 pros quase 30 a coisa desanda ainda mais, ainda bem que vc começou a prestar atenção nisso cedo pq senão seria mto mais difícil, kkkk! E a gente vai pegando gosto pela coisa, né? É bom cuidar da gente =) Bjs!

    • Helo    12/12/2014 - 21h19

      O meu metabolismo começou a mudar com 28 anos, e com minhas amigas foi por aí também. Curte esses 24 fia, rs.

  5. Luiza    12/12/2014 - 16h35

    Dieta é uma coisa complicada, né? Já fiz muitas e atualmente faço acompanhada de um nutricionista. Mas já tentei endocrinologista e nutrólogo também. Percebo que o que todos eles tem em comum são a força de vontade de seguir os ensinamentos… #tenso Beijos

    http://www.estiloadois.com.br

  6. Lukas    12/12/2014 - 16h36

    Eu também já tinha feito acompanhamento com nutri e em agosto desse ano procurei uma nutróloga. A abordagem dela é muito mais ampla e também fiz uns 30 exames pra ver tudo. Mas eu vou na contramão da maioria das pessoas: quero engordar, ganhar massa =D

    Sobre o glúten, também cortei totalmente por 3 semanas e já senti diferença. Depois voltei comendo um pouco (tipo pizza, que é super difícil de achar pronta sem o tal do glúten). Quero cortar tudo de novo pra perder o restinho de gordura que me resta!

    Beijos.

  7. bianca lara    12/12/2014 - 16h52

    Olá! Porque voce preferiu o acompanhamento com uma nutróloga em vez de ser com a nutricionista?? Beijosss

    • Lu Ferreira    12/12/2014 - 19h58

      Bianca, pq já fui a várias nutricionistas e nunca consegui manter a dieta por um período longo, sabe? Tipo fazia uns 4 meses, emagrecia, depois tchau, voltava a comer como antes. Queria uma mudança maior e tb entender como estava meu corpo, nenhuma nutricionista nunca me pediu os exames que a nutróloga pediu! Bjs!

  8. Ana Flávia    12/12/2014 - 16h57

    Qual é essa nutróloga? que ir!!

    • Lu Ferreira    12/12/2014 - 20h01

      Vou editar o post e colocar =)

  9. Gabriela    12/12/2014 - 17h09

    Lu, adorei o post! Indica a nutróloga pra gente!
    Beijos

  10. Bianca @itsallbee    12/12/2014 - 17h09
  11. Gabriela    12/12/2014 - 17h19

    Lu, adorei o post!
    Indica a nutróloga pra gente!
    Beijos

  12. Carol    12/12/2014 - 17h24

    Adorei a matéria!!! Passa a indicação da nutróloga. É bom ter uma orientação. Abraços e sucesso.

  13. Marcela    12/12/2014 - 17h28

    Lu,
    Voce tem toda razao, especialistas sao as melhores pessoas em quem podemos confiar, e claro tem que ter empatia com a pessoa para poder dar certo!!
    Quanto ao Personal, bom, posso dizer que seu ex-personal ainda te acompanha muito!! Eu super falo tudo que voce posta para ele! E ele tem saudade, se precisar de ajuda pergunte a ele uma boa indicacao tambem!!

    Boas Festas e mais e mais sucesso!!

    • Marcela    12/12/2014 - 17h31

      Esqueci! Ele vai ficar super orgulhoso de saber que voce voltara a malhar!!

    • Lu Ferreira    12/12/2014 - 20h03

      Marcela, tô orfããã…!! Vcs tinham que voltar =(

      Bjs!

  14. BRUNA ZUPIROLLI    12/12/2014 - 17h29

    LU, PASSEI PELO MESMO PROCESSO ATÉ ME ENCONTRAR!
    PARABÉNS POR ESSA PERCEPÇÃO, É BEM DIFICIL.

  15. Jan    12/12/2014 - 17h30

    Ei, Lu!
    Ótimo post!
    Tb sou de BH. Fiquei mto interessada em saber o nome da sua nutróloga. Vc se importaria de dizer?
    Bjss

  16. Bruna Silva    12/12/2014 - 17h40

    Lu, nunca tinha ouvido falar sobre Paleo ou nutróloga. Desde o ano passado eu faço acompanhamento com uma nutri esportiva daqui. Desse tempo pra cá eu perdi 10% de gordura corporal, seguia um cardápio, mas sempre que saía, saía da dieta também kkkk, mas é difícil também ficar sem chocolate e aquela pizza de todo o finde, né?! Mas claro, sempre evitei exagerar, porque eu sei que essas coisas fazem muito mal pro nosso organismo. Hoje continuo evitando alimentos ricos em sódio e açúcar e faço musculação e diversas aulas fitness (que amo), além de participar de corridas sempre que tenho oportunidade. E de todo esse tempo que eu mudei meus hábitos, percebi que mais importante que estar em dia com o seu corpo, é estar em dia com o seu interior, por isso que sempre que me bate aquela vontade de comer um doce, eu como, mas nada exagerado né?! Adorei as dicas que você passou, vou pesquisar mais sobre :) Beijos Lu!

  17. Mariana Rocha    12/12/2014 - 17h59

    Oi Lu, quem é a sua nutróloga em Belo Horizonte?

  18. Priscilla    12/12/2014 - 18h07

    Comecei acompanhamento com uma nutricionista há 1 ano e meio, e perdi 5% de gordura no primeiro mês! Ao todo foram 4kg, e minha porcentagem de gordura caiu de 24% para 17%. Vale muito a pena contratar um profissional de qualidade. É um excelente custo-benefício!

  19. Natália    12/12/2014 - 18h30

    Tô nessa também! Cada hora leio sobre uma dieta diferente e fico sem saber qual a melhor! No momento só cortei o leite (tenho intolerância) e to evitando açúcar e farinha branca ao máximo. E você conseguiu emagrecer sem aeróbico? Top! Porque eu só faço pilates e não to vendo muito resultado…

    • Maísa Pimenta    15/12/2014 - 15h39

      Oi, desculpe a intromissão! É que lembrei de um assunto que já li em alguns livros dizendo que somente aeróbico é muito ineficiente para emagrecer. Me recordo que o livro (se não me engano, o nome é “as verdades que você precisa saber”), entre outras fontes de internet, dizia que músculos gastam muito mais energia que gordura, então ganhar músculos era mais eficiente que os aeróbicos sozinhos. Tem um profissional que já falou sobre isso também, o Rafael Barzele. Dá uma olhada. Eu super curti o pilates, acho que é ótimo para fortalecimento do core, melhora da saúde, mas não como estratégia para emagrecer sabe. Bem, é só minha opinião viu? Sou profissional da área não. Bjs

  20. marina    12/12/2014 - 18h35

    Só entender uma coisa…

    Você foi numa nutrólogo cuidar da sua saúde, ok, acho perfeito. Mas no final você fala: procurem um especialista. Mas um especialista que se embasa na retirada do trigo ou na dieta paleolítica? O livro barriga de trigo é conhecidamente uma chacota no meio científico, assim como o dunkan, e assim como a metodologia paleolítica. São apenas nomes para vender uma idéia falsa.

    Que pena que logo de primeira você foi parar numa nutri que infelizmente acha que tirar o glúten e a lactose é que fazem emagrecer, e não o défcit calórico e a orquestra de nutrientes.

    Quanto aos artigos científicos citados no barriga de trigo, a maioria é de péssima qualidade científica. Quanto ao trigo ser geneticamente modificado… O ambiente que convivemos está todo modificado para o nosso genoma, que ainda não se aperfeiçoou (água clorada, antibióticos, medicações específicas, legumes, verduras, outras leguminosas, poluição) e a culpa é do pobre coitado do trigo???

    Acho super bacana você ter procurado um especialista para olhar sua saúde de uma maneira geral, mas sugiro procurar informações com bons embasamentos científicos e clínicos sobre o trigo/lactose e assuntos do tipo!

    Digo isso porque sou profissional da área, e uma mudança comportamental que leva a uma boa alimentação é o segredo de todo emagrecimento, e não a retirada do glúten ou a opção pela dieta ‘paleo’!

    Beijos!

    • Lu Ferreira    12/12/2014 - 19h50

      Oi Mariana,

      Eu disse “procure até você achar um que te entenda e você confie, porque cada profissional tem uma metodologia de trabalho e nem sempre a gente concorda”. Eu não sou especialista, portanto não vou indicar dieta pra ninguém, seja ela qual for.

      Entendo que existem correntes diferentes em nutrição e cada um vai defender aquilo em que acredita, mas acho que cada indivíduo sabe de si.

      Como contei no texto, no meu caso, tirar o glúten foi positivo, por isso foi importante poder discutir sobre isso abertamente com uma especialista que estuda diversas correntes e soube me explicar todas as minhas dúvidas e ponderar junto comigo qual a melhor opção para meu caso, pensando não só no meu estilo de vida e experiência com dietas anteriores, mas também em exames laboratoriais.

      Bjs,

    • Tata    14/12/2014 - 00h48

      Concordo plenamente com a Marina. Lembrando que só nutricionista pode prescrever dieta!

  21. barbara    12/12/2014 - 19h07

    Ei, Lu! Qual é o nome da sua nutróloga? Eu já fui em duas nutrólogas e uma nutricionista mas nada deu muito certo. Eu queria alguém que fizesse o que a sua médica fez: me pedisse exames e a partir dele – e do meu gosto alimentar e das minhas necessidades – criasse um cardápio específico pra mim! Difícil isso, viu? Parece que quase todos já têm uma lista mágica e uma dieta genérica que supostamente deveria funcionar pra todo mundo. Queria uma coisa bem personalizada. Dá pra falar o nome da super médica? hahaha bjos

    • Amanda    12/12/2014 - 20h40

      Por lei, nenhum nutrólogo pode prescrever dietas.

    • Lu Ferreira    12/12/2014 - 21h01

      Barbara, fui na Dra Daniela Mello, que atende no Jardim Spa. Lá é legal pq tem uma super equipe, com nutricionista, vários tratamentos estéticos, pilates… Tudo num lugar só =)

  22. Ana    12/12/2014 - 19h35

    Não consigo confiar nessas dietas Atkins, Paleo, a não ser que seja uma coisa a curto prazo e pontual – pretendo fazer depois de ter filho pra perder os quilos extras da gravidez-, porque não entra na minha cabeça que não vá ter efeito colateral essa gordura toda.
    E dietas que cortam gluten é ÓBVIO que emagrecem. O mesmo se vc corta trigo. Quais alimentos que mais têm trigo e glúten? Massas, pães, doces, coisinhas de padaria. Se vc corta isso é claro que vai emagrecer.
    O negócio é malhar fia, eu tô correndo faz uns 45 dias e semana passada fiz minha primeira corrida de rua de 5 km sem parar \o/. E em dia útil eu evito ao máááximo comer besteira, no fds me permito umas guloseimas. Muita muita água. Cortei arroz porque não compensa o custo benefício, não gosto muito e engorda. Macarrão também. A não ser que seja um risoto gostoso ou macarrão muito bom (custo benefício). O mesmo pra doces, não vou comer um bolo meia boca, não vale a pena engordar, se for pra engordar com doce que seja com nutella. Tô conseguindo emagrecer assim, devagar e sempre.

    • Lu Ferreira    12/12/2014 - 21h25

      Correr é a MELHOR coisa!! Emagrece mesmo, fora que eu amo, me sinto super bem!!

    • Maísa Pimenta    15/12/2014 - 15h44

      haha Ana, desculpe a intromissão, mas vc tem a mesma filosofia que eu! Povo aqui do trabalho me enche o saco enquanto se enchem de biscoito e eu como direitinho e sempre digo “só ingiro calorias que valem a pena!”, ou seja, como diz vc, se for pra engordar, que seja com nutella! haha boa!

  23. Tatiana    12/12/2014 - 20h56

    Olá! Nutrólogo é ótimo! Muita gente não sabe nas um nutrólogo é um médico diferente do nutricionista.
    Enfim, eu, particularmente, não acredito nessa história de sem glúten e sem lactose – eu somente como sem lactose hoje porque sou intolerante e vou te dizer, que é muito ruim! Enfim, continuando, eu acho que tirando o glúten a pessoa tira muita fonte de fibra. E já é muito difícil comer pensando que tal coisa irá te fazer mal… rs imagina cortar por uma opção….. eu acho difícil demais. Mas cada um segue o que acredita, tem o seu ponto de vista. De forma alguma estou te criticando somente mostrando meu ponto de vista.
    Desde que cortei a lactose – que é difícil para mim pois amo queijo e os queijos sem lactose ou são gordurosos ou possuem açúcares que causam muita flatulência. Eu fui numa nutricionista que me orientou nessa dieta de “sem lactose” devido a minha intolerância mas a consequência disso foi uma perda considerável de peso aos poucos.
    Concordo com você que os produtos industrializados – biscoitos etc mesmo esses de casas de produtos naturais – são péssimos, sempre encontramos no rótulo ingredientes que não podemos nem pronunciar o nome.
    Boa dieta! Bjs Tatiana

    • Lu Ferreira    12/12/2014 - 21h24

      Ei Tatiana!

      Boa lembrança! Faltou no texto explicar a diferença, né?
      Mas aqui, preciso comentar: como assim tirar glúten tira fonte de fibra?? As maiores fontes de fibra são vegetais e frutas, isso pode =D
      Sobre a lactose, deve ser horrível ser intolerante =((( Amo queijos e leite, imagino que chato deve ser lidar com isso, até pq tudo tem leite e queijo, né? Deve ser péssimo comer fora de casa tendo que prestar atenção nisso =/

      Bjs!

    • Tatiana    12/12/2014 - 21h59

      Oi Luiza! Queria responder lá no meu comentário mas não sei como…. rs Enfim, na verdade eu acabei reproduzindo o que eu escutei no programa da Bela Gil quando ela recebeu a atriz Ingrid Guimaraes senão me engano e ela comentou que nessa dieta sem glúten o intestino dela parou de funcionar. Enfim, há muitas coisas sendo ditas por aí que confunde a gente. Mas acho que o glúten não é vilão, ele pode até ser “o vilão” dentro dos produtos industrializados. Bom, a nutricionista que eu fui também é contra essas dietas mas como ela disse, cada um segue o que acredita. Não há certo ou errado.
      Em relação a comer fora, sim é muito chato sendo intolerante a lactose ter que ver o que pode comer num restaurante. Basicamente, eu só consigo comer bem em restaurante mais natureba que não usa queijo, creme de leite etc. Bjs e bom final de semana para você!

    • Maísa Pimenta    15/12/2014 - 15h49

      Ei, Tatiana! Eu vi esse episódio da Bela Gil, ela disse isso pq nesse caso a Ingrid substituiu por opções industrializadas sem gluten, porém com farinha branca. Então tem que saber substituir certo. Eu não sou profissional da área, só comentei pq vi o mesmo capítulo. Esses dias li um livro curtinho e muito bom do Michael Pollan chamado “regras da comida” e nele ele fala várias regras dizendo que não entre no mérito de dietas da atualidade (tipo sem gluten, dukan etc), só no mérito de que TODAS concordam: que industrializados são o mal. E lá ele dá vários exemplos de povos que só comem grãos, outros que só comem carbos, outros que só comem gorduras, mas todos comem comida natural, sem indústria. E são todos saudáveis. O livro é ótimo e custa tipo 10 reais. Indico. Sorry pelo comentário gigante.. rs.. Bjs

  24. Alice    12/12/2014 - 23h25

    Paleo é amor <3.
    Mas tem que estudar muito e/ou ter um profisional que conhece e segue, senão tu ficas doido!!
    Quero muito um nutrólogo, mas o fato de ser caro combinado com o fato da maioria nem saber o que é a paleo me desnima horrores.
    Estou com um nutri que é "meio" paleo, mas da dieta que ele me passou a única diferença pra minha normal é a quantidade de proteína (que aumentou), por que ele não teve no que mexer. Estou em dúvida se continuo ou não por conta disso.
    Eu "sigo" (aspas pois ainda escorrego muito, tenho problema de compulsão com açúcar, vício mesmo) a paleo desde janeiro e os exames estão ótimos, triglicérides 32 (olha aí no teu pra ter ideia do que é isso), colesterol lindo, sistema imunológico perfeito, só pecando em 3 coisas: vit D (sol faz falta!!!), b12 (preguiça de fazer carne vermelha, apesar de amar) e sódio (tenho que comer MAIS sal!!! Hahaha).
    Coloquei minha mãe na paleo também desde janeiro e ela emagreceu 12kg, e continua emagrecendo, e olha que até coca-cola ela toma quando tem vontade. Pensa na alegria da bichinha quando eu mudei de "gordura faz mal!!! Não pode ficar comendo!!" para "quer torresmo? Faz bem e seu corpo agradece!".
    Enfim, tudo isso só pra dizer que paleo é amor <3 e que eu ainda tenho esperança de encontrar um nutrólogo. =P
    Beijinho!

  25. Letícia Camargo Vilela    13/12/2014 - 00h27

    Boa noite Lu!!! Li seu post, achei super bacana e vi que você está a procura de um personal. Dê uma olhada no nosso site (www.fightforfit.com.br), acho que você pode se interessar por nosso método. São exercícios funcionais associados a movimentos de boxe e kickboxing. Foge totalmente da rotina de academia, com elevado gasto calórico e definição muscular. Venha conhecer a fight pessoalmente, nossa equipe terá o enorme prazer em mostrar a estrutura para você e oferecer, ainda, uma aula experimental para sentir como funciona o método! Acho que você vai se apaixonar. Abraços.

  26. Deborah    13/12/2014 - 02h58

    Lu,
    Acredito que aprender a comer bem eh o maior desafio hj pra nos, mulheres multitarefas…que temos a praticidade dos congelados e comidas processadas.
    Não sou addicted de dietas, mas encontrei um ponto de congruência entre algumas delas e te digo que me alimento melhor hoje, restringindo, claro alguns alimentos que não fazem bem para corpo nenhum (como a farinha de trigo processada e açúcares).

    Espero que a nova temporada de O Chefe e a Chata traga algumas receitinhas saudáveis e saborosas…Pq as vezes tento alterar algum ingrediente (substituir trigo por farinha de arroz ou farelo de aveia) das receitas e nem sempre da certo! Hahahaha

    Não fica Mt magrinha…vc já ta ótima assim!
    E parabéns tb pra Juju que ta firme e forte na Dukan! Beijos nas duas.

    • Lu Ferreira    13/12/2014 - 17h53

      Vai ter receita mais leve sim!! Gui topou =D

  27. Natália Farias    13/12/2014 - 08h53

    Amo Paleo! A melhor alimentação que existe pra mim. Comer Bacon, verduras, chocolates de verdade (70% ou mais), frutas e bons carbos e não engordar, é vida. Cortei glúten da minha vida, porque vivia passando mal e hoje não tenho mais nada, e não sou celiaca. É intolerância mesmo!
    Lu, depois procure o blog do Dr. Souto no Google, ele é de Porto Alegre, um excelente médico e sabe tudo sobre à dieta paleolítica.
    Beijos!

    • Lu Ferreira    13/12/2014 - 17h56

      Eu conheço =DDD

    • Ana    13/12/2014 - 20h14

      Como assim chocolate 70% pode na paleo? Raiai

  28. Juliana Bertho    13/12/2014 - 09h12

    oi Lu, eu mesma ja´deixei de seguir vários instagrams sobre fitness e dieta, simplesmente porque essas pessoas entram numa PARANOIA ABSURDA de vida saudável, alimentação saudável que ficam alienados e tentam alienar seus seguidores…um exemplo recente foi a musa do fitness Bella Falconi que já não está tão rígida assim com a dieta e comentou que tinha deficiências de vitaminas no organismo e certas neuras de levar batata doce pro restaurante além de comer frango grelhado no restaurante e ainda enxugar o frango com guardanapo pra deixá-lo o mais seco possível.Vejo ainda a alimentação como uma forma de relacionamento social, uma vez que é utilizada pra reunir pessoas: não existe um bom batizado no interior sem fazer aquela galinhada e chamar toda vizinhança,dresfrutar momentos ímpares de alegrias. Eu mesma não me imagino sendo amiga ou receber uma pessoa na minha casa que só come clara de ovo, frango e batata doce, o que vou serví-la?? Claro que busco qualidade de vida, alimentação saudável, mas também me permito ser feliz comendo também o que gosto e nisto faz a diferença de buscar orientação nutricional seja com nutrólogo ou nutricionista. Dieta da moda nunca foi solução.Antes um gordice alegre do que uma chatice crônica.Tudo precisa de EQUILÍBRIO. Estar em paz consigo mesma é o caminho do equilíbrio # Xôneuras.

  29. Luciane Auto    13/12/2014 - 10h45

    Oii Lu!!
    Adorei o post pois estou passando por uma experiência parecida. Há 6 meses descobri que estou com gastrite além de esofagite de refluxo! Um refluxo horrível! Estou tomando uma pancada de medicação e não melhorou nada! Fui em uma nutricionista e ODIEI!! Ela justamente me passou uma dieta que fiquei beeem pior! Estou tentando há algum tempo fazer (por conta própia) dieta sem glútem e sem lactose, mas to achando tããõ difícil… surge tantaaas duvidas do que comer!!! Mtooo complicado! Sigo faces, instagram, sites de dieta, mas as duvidas continuam, e além disso, haaaja força de vontade néé! Gostei da sua dica de procurar um nutrologo! Vou fazer isso…
    Parabéns pelo blog, sempre te acompanho e adoro!!
    Bjos

    • Lu Ferreira    13/12/2014 - 17h59

      Eu tb tenho refluxo! Controlado, mas quando tenho crise é péssimo!!! Procura sim o médico, seu caso é sério, eu emagreci muito qdo tinha refluxo pq não conseguia comer nada!

    • Maísa Pimenta    15/12/2014 - 15h55

      Oi, Luciane. Minha mãe ia operar por causa de refluxo, ela foi numa nutri antes de fazer o risco cirúrgico, e ela não prescreveu dieta não. Só fez algumas alterações gerais na alimentação dela, tipo, pediu pra evitar alguns alimentos. E ela SAROU. Tenta outra nutri, de repente funciona. E dela era uma nutri de plano de saúde simplezinho msm, nada da moda. Bjs

  30. Cris    13/12/2014 - 10h52

    Oi Lu! Dá uma olhada no site e blog do Dr Roberto Franco do Amaral! Ele é fá da Paleo e sempre dá dica nas redes socias . Ele é especialista em nutrologia e envelhecimento saudável. Acho que vai gostar! Bj grande!

  31. Bruna    13/12/2014 - 11h14

    Oi, Lu! Nossa, me identifiquei super! Eu também passei por um período assim, seguindo mil perfis no instagram, lendo o que podia e o que não podia sobre os mais variados tipos de dieta e… me perdi! Emagreci tudo o que eu queria para o meu casamento (em abril deste ano), seguindo direito os conselhos da minha nutri, mas foi nesse período que entrei em neurose. Já não sabia mais o que fazer e o que comer, achava que tudo estava errado e acabei relaxando total (efeito contrário). Engordei 6kg e agora estou que nem doida pra perder o que falta (3kg). Perdi um pouco o estímulo e passei a repensar tudo que fazia no ano passado. Agora não consigo entrar novamente na linha. Voltei a ir na minha nutri, em quem confio, mas ainda assim acabo “enjoando” dos cardápios e final de semana não me aguento.

  32. Fê    13/12/2014 - 14h42

    Oi Lu, bem oportuno o seu post. Mas só alguns esclarecimentos. Quem segue o estilo de vida paleo (não é uma dieta da moda) não aumenta a quantidade de proteínas e sim de gorduras naturais vindas de fontes animais e vegetais sem processamento (carnes, ovos, azeite, coco, abacate, oleaginosas etc). Não é uma dieta de proteínas como muitos acham por aí. Uma vez que seu corpo se acostuma a usar gorduras como combustível, e não glicose, o primeiro resultado que você percebe é a perda de gordura abdominal.

    O que ela preconiza é “coma comida de verdade” e não comidas ” glutén e lactose free” vindas de embalagens com mil adoçantes e corantes artificiais. Comida de pacotinho NÃO é paleo. Consumimos comidas cujos ingredientes sabemos o que são, ou, preferencialmente fazemos nossa comida.

    De qualquer forma, seguindo o estilo de alimentação que escolher, a indicação da Lu foi perfeita: LEIA O RÓTULO.

  33. Elisa    13/12/2014 - 14h50

    Oi, Lu
    Legal que você procurou a nutróloga para se alimentar melhor, porque emagrecer vc não precisa, né?
    Digo isso porque há uns meses te vi na Tok Stock do Ponteio e, nossa, pessoalmente você é tão magrinha!!
    Não te cumprimentei porque fiquei com vergonha, rsrs. Vc estava numa conversa animada com uma amiga e um vendedor e fiquei meio sem jeito de interromper para falar que sou leitora do blog, haha
    Bjos

  34. Paola Alves    13/12/2014 - 19h29

    Achei a dieta muito radical pra mim! Prefiro fazer reeducação alimentar “normal” SUSUSAHUSHAU fui na nutri semana passada e comecei com força total, sem sofrimentos, amém! http://simsemfrescura.blogspot.com.br/

  35. Ana    13/12/2014 - 20h18

    Adorei o link que postaram do Porta dos Fundos, é isso mesmo, hein? kkkk Dizer que torresmo é saudável, meu Deus gente.

  36. Nathália    14/12/2014 - 12h22

    Lu, adorei essa ‘nova’ dieta! Não conhecia, e por ser menos restrita que a DUKAN, me interessei!

    Só sei que lendo todos os comentários, só consegui pensar nesse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=sNHlZvk09tI

    hahaha… É muito pitaco e muita informação e na verdade é cada um com suas crenças, né?

    Sou intolerante a lactose, mas completamente viciada em tudo que leva leite… ou seja, tenho minhas fases neuróticas de dieta, em que não como nada nada com leite, e tenho as que chuto o balde e lido com as consequências (a maioria, infelizmente!), mas conhecendo meu corpo, vou sabendo como agir e tomando certas atitudes, e acho que é assim com todo mundo, né?

    Em janeiro também começo com uma nutróloga, estou super animada!
    Beijinho!

  37. Ângela Ribeiro    14/12/2014 - 20h20

    Oi Lu, legal, você tá bem magrinha!
    Eu sou intolerante a glúten, mas acho que mesmo se não fosse eu diminuiria bastante a quantidade de gluten da minha dieta, é um veneno! Mas eu não curti muito o barriga de trigo, achei a maneira que o autor escreve muito sensacionalista.

    agora pasme: fui a um endócrino aqui em bh e foram 26 tubinhos de sangue!!!!! E isso pq eu deixei de fazer 8 exames que o plano não cobria. Haha

    Beijo e sucesso na dieta!

  38. Sandra Luz    15/12/2014 - 10h31

    Ei Lu!! Parabéns pela iniciativa, o importante (e mais difícil) e ter a consciência que temos que mudar, mas depois qdo nos encontramos, começa a ficar mais fácil, sem sofrimento.

    Sei que a questão do glúten é super polêmica, mas só quem passa um período sem consumi-lo consegue perceber o mal que ele faz!! Retirei ele da minha alimentação, e no início achava que seria muito difícil ficar sem, mas dps vi que era mais fácil que eu imaginava (cortar a lactose é muito mais difícil, na minha opinião).

    E só percebi o mal que ele fazia no dia que voltei a comer… Muita dor de barriga, barriga inchada, diarreia, gases…. Realmente aquilo não era bom para o meu corpo! Hoje estou conseguindo evitar ao máximo, mas as vezes como alguma coisa, e é certeza que terei dor de barriga depois.. rsrs

    Beijos

  39. Marrie    15/12/2014 - 11h48

    Dieta é muito complicado, eu não consigo fazer!
    Ficar sem trigo? Nem pensar… E os bolos, pães….rsrs
    Oi leitoras, acessem meu blog sobre opinião, debate de diferenças, dicas e muito mais! http://garotadiferentenomundo.blogspot.com.br

  40. Dan    15/12/2014 - 11h54

    Lu, qual seria a diferença de uma nutricionista para um nutrólago?

    • Érica    11/02/2015 - 14h20

      Olá, Nutrólogo é um médico com especialização em nutrologia, resumindo grosseiramente, estuda e também pode tratar doenças relacionados a má nutrição, desnutrição etc. Este não pode prescrever dietas, fazer reeducação alimentar , dar diagnóstico nutricional entre outras coisas. O nutricionista é o profissional formado para dar diagnóstico nutricional, fazer reeducação alimentar, fazer prescrição de dietas entre outras atividades. Reforço que as atividades do nutricionista são restritas, nutrólogo não pode exercê-las. Eles são bem diferentes no que fazem e se complementam, mas não substitui.

  41. Rachel    15/12/2014 - 13h38

    Nossa Lu, estou passando por isso tbm. Tenho 30 anos e desde os 28 meu corpo mudou. Até procurei uma nutricionista, mas num rolou. Como vc falou, quero um profissional que faça um check up da minha saúde e monte uma dieta que me ajude a comer de maneira saudável no sentido de ter coisas naturais e orgânicas. Também já pensei em personal, mas é tão caro! Enquanto num tenho coragem de gastar horrores, vou tentando ler e me informar sozinha mesmo. Bjus, adorei o post.

  42. Érika    15/12/2014 - 18h46

    Lú, parabéns pela iniciativa. Tô grávida de 9 meses e não vejo a hora de poder fazer atividades físicas, tals, me dedicar mais um tempo. Nossa alimentação é algo de muita importância, outro dia vi em algum lugar a seguinte frase: quem não arruma tempo pra cuidar da saúde, vai ter que arrumar tempo pra cuidar da doença. Pura verdade, né?! Te indico a revista “Vida e Saúde”, é muito útil nessa nova fase, de adaptação, tenho certeza que você vai amar, inclusive com receitas super fáceis. Bjs!!!!

  43. Bia    16/12/2014 - 11h14

    Oi amore! Cuidado com os profissionais que te restringem alimentos sem vc ser intolerante! Só precisa cortar o glúten quem tem ciência celíaca (precisa fazer colono com biopsia pra ter diagnóstico!!), dermatite herpetiforme, entre outras, e pra isso precisa ir no médico. Qq dieta restritiva vai te fazer perder peso. Faça como vc fez, avaliação médica primeiro, reeducação alimentar e atividade física. Assim a perda de peso é pra sempre!

  44. Bruna    16/12/2014 - 14h00

    Oi, Lu! O que você come no café da manhã? Já pensei em cortar glúten (pelo menos por um tempo), mas amo demais pão de sal haha Beijo!

  45. Tatiana Ribeiro    17/12/2014 - 21h00

    Oi Lu, eu tbm já passei com um nutrólogo a dois anos atrás e não consegui continuar o meu objetivo de emagrecimento (preciso perder 28 kg), pq o meu médico, acabou adoecendo e não voltou mais a clinicar. Fiquei orfão e não consigo achar um parecido com ele. Um amigo me indicou um médico que tem um outro perfil, higienista, já ouviu falar? Eles fazem uma análise completa do seu organismo, através de vários exames tbm, creio que até mais que o nutrólogo, são a favor de tudo que é natural, fazem uma faxina no seu organismo para livrá-lo das toxinas e orienta como se alimentar para o resto da vida. Meu amigo, que indicou sofreu uma crise de pancreatite e quase morreu e um familiar dele, que tbm é médico apresentou esse profissional pra ele. Emagreceu muito e bem, ele consegue combinar alimentos, sucos e proteínas. Achei demais. A única coisa rum é: é um profissional caro e vc só conhece um se alguém indicar, pq essa modalidade é igual o ortomolecular. Bjussssss

  46. Andreia    19/12/2014 - 15h45

    Olá.

    Meu nutrólogo é vegano. Super indico pra quem não come carne http://www.alimentacaosemcarne.com.br/

    Bjs

  47. Luciana Pires    19/12/2014 - 20h00

    Já fui em nutrólogo, mas não me analisou tão bem assim. Na época não gostei muito porque me passou dieta fechadas, prontas e não podia substituir nada. Como como muito na rua, ficava muito dificil deguir.

  48. Cassia    10/03/2015 - 17h47

    Lu, gostei muito do que li e gostaria de saber se a nutrologa que vc foi e de BH e qual o nome dela???

  49. Fabi    06/07/2015 - 16h38

    oi Lu, tudo bem? Voce pode me passar o nome da nutrologa que foi? Moro em NYC e to indo pra BH em algumas semanas. Tbm to gravida de 18 semanas, e ando perdida com minha alimentacao. Nutricionistas americanos costumam indicar muito alimento artificial nas dietas, e nao gosto. Alem do mais, sou vegetariana… Queria ir em nutrologa brasileira, e tendo indicacao de alguem que ja foi e gostou de alguma especifica fica mais facil, ne?
    Obrigada!

  50. Nivia Lima    18/11/2015 - 17h09

    Olá,

    É muito difícil encontrar um médico com abordagem Paleo/Low carb. Sou de BH e estou a procura de um.
    Você pode passar o nome da Nutróloga que você consultou?

    Obrigada,
    Nivia

  51. Yasmin    23/07/2016 - 00h46

    Eu tenho feito a dieta cetogênica e tenho tido resultados surpreendentes! Claro que preciso perder bem mais que você e acho que estás no caminho certo.. Já que é algo mais para estilo de vida saudável mesmo do que tanta necessidade de emagrecer. Dá uma olhada neste site sobre cetogênica que marquei.. Vc também poderia fazer um post sobre jejum intermitente.. tá bem na moda e seria interessante sua opinião. Eu dei uma lida neste site: http://jejumintermitente.net.br e fiquei com vontade de acrescentar à minha lowcarb. Beijos querida!

  52. Vilma    08/03/2017 - 19h35

    Estou a procura de uma nutricionista, nutrologo etc… que trabalhe com planos de saúde (assim) no RJ não consigo achar para montar dieta Lowcarb cetogenica Paleo ou que for melhor para mim obrigada ????????????

Um dos cantinhos apaixonantes da nova loja da @ado_atelier 👛 Não basta fazer bolsas lindas, também me matam com a decoração perfeita 😍#decor
Mais sobre Lifestyle