Carregando...
Lifestyle

O simples é bom.

21.01.2015
Marcella Brafman

simples
Contei que ia para a Bahia aproveitar os últimos quinze dias de férias. Todos ficaram deslumbrados e me deram dicas. “Vai passar por Itacaré? Tem que passar por Caraíva também. E não esquece de ir na Praia do Espelho! A pousada tal é ótima, o restaurante tal tem um peixe que é uma delícia”. Os olhos das pessoas brilharam ao darem referências do paraíso.
Depois de ouvir calada algumas sugestões e anotar o nome do famoso peixe, solto a minha suposta grande revelação: “Obrigada pelas dicas de pousadas, pessoal, mas eu vou acampar”. “Óóóóó”, um coro de boquiabertos espantados e anojados canta.

Já conheci hotéis maravilhosos. Quase sempre aproveitei da mormodia de poder viajar com a minha família. Adoro uma cama fofinha com um travesseiro da Nasa e tenho um TOC de só conseguir dormir com o lençol bem esticado. Preciso confessar que nunca salvei a vida de uma barata e surto se uma lagartixa está andando perto de mim porque tenho medo dela cair na minha boca.
Troco minha roupa de cama semanalmente, tomo banho todos os dias com água quentinha e peço delivery quando a preguiça de cozinhar toma conta (o que é 90% das vezes). E mesmo assim, não nego, com o maior prazer, uma barraca e um céu estrelado. Um fogão a lenha e um pé descalço. Faço gosto da aventura.

Você não precisa se libertar de todas as frescuras e medos para se aventurar. O simples é simples assim: não gosta de altura, evite a escalada. Tem medo de cachoeira, fique na pedra. Tem pavor de pernilongo, passe o repelente. Se aventure sempre respeitando seu próprio limite e manias.

Escolher o simples ou aquilo que eles falam que é meio “roots” vai além de ter muita vontade de viajar e não ter tanto dinheiro para isso. Vale aqui na Bahia ou ali em um hostel na Europa. As melhores aventuras da minha vida não me proporcionaram infra estruturas magníficas. Pare você para pensar e talvez você chegue na mesma conclusão.

Não acredito nesse papo besta de idade. Não me convence a desculpa de que com o tempo as pessoas ficam mais exigentes. Isso é só mais uma questão de escolha. Reportagens de famílias que dão voltas ao mundo em kombis, levam cachorros na na garupa da bike ou pegam carona na estrada estão aí para provar. Viajei dez mil quilômetros de carro com a minha família e foi incrível. Quando reparamos em um hotel de beira de estrada que o chuveiro ficava em cima da privada morremos de rir.
A verdade é que eu gosto do bom, mas prefiro o simples. Com ele eu fui sempre mais feliz.

17 Comentários  |  Deixar Comentários

Comentários:
  1. Marina    21/01/2015 - 09h12

    Nossa Lu, adorei! Já acampei algumas vezes na vida e com certeza foram as experiências mais bonitas e verdadeiras que eu já senti em relação a viajar e sair da rotina sabe…Vai fundo e como bem dizem, pra que um hotel 5 estrelas se acampar te dá a chance de dormir com todas elas? O simples é real. Beijos e boa viagem :)

  2. CRISTINA    21/01/2015 - 09h34

    Adorei é isso mesmo o simples é mais gostoso. Onde foi q vc acampou?

  3. Hayana    21/01/2015 - 10h23

    Isso mesmo Lu… fiz grandes amigos acampando e nos hostel da vida… adorooo!!
    Viva a simplicidade da Bahia, uma Bahia brejeira, de pés descalços e cabelo ao vento.
    Que as ferias sejam inesquecíveis!!!
    Mega bj Hay.

  4. Shirley    21/01/2015 - 10h44

    Que surpresa boa foi ler isso …
    Tenho 51 anos, e com o tempo, também não me apeguei ao conforto.
    Claro, um hotel 5 estrelas é maravilhoso,
    não ter que fazer seu próprio café, e depois lavar a louca é ótimo.
    O convívio que uma pousada mais simples te proporciona é incomparável.
    Mas, a interação entre as pessoas num acampamento, é impagável.
    Parece que a gente se transforma, e se transforma em algo melhor,
    que você não sabia que podia ser.
    Adorei a matéria.
    Shirley
    Curitiba-PR

  5. Vanessa Proença    21/01/2015 - 10h48

    Marcella, seus textos são incríveis. E cada vez mais eles alimentam a vontade de fazer uma dessas aventuras, e o melhor, sozinha. E, óbvio, a ideia de viajar sozinha nesse mundão de meu Deus veio de um dos seus posta por aqui. :)

  6. Paola Alves    21/01/2015 - 11h34

    O simples é muito maravilhoso! As pessoas tem mania de associar o elaborado = melhor e não é bem assim né? Nem com coisas, pessoas, roupas e afins! http://simsemfrescura.blogspot.com.br/

  7. SANDRA COSTA    21/01/2015 - 12h16

    Oi Lú!
    De vez em quando é muito bom sair da rotina.
    Eu estou aderindo muito passeios para sítios, e fugindo um pouquinho da região urbana.
    Bjocas e vai na fé!

  8. Carol Costa    21/01/2015 - 13h04

    Estou nessa onde de descomplicar a vida e ser feliz… faz um bem danado viu? rs
    http://dibobis.blogspot.com.br/

  9. Rafaela Rabelo    21/01/2015 - 13h31

    Falou e disse!
    Temos que aproveitar as chances de conhecer lugares maravilhosos e com muita mordomia, mas não podemos deixar de lado tudo que a proximidade com a natureza pode nos trazer.
    Adorei o texto (e a viagem deve ter sido mais legal ainda!) ;)

    Beijos!
    http://www.olhomagi.co

  10. Pâmela    21/01/2015 - 14h00

    A-DO-REI!
    E tem dica de camping pra ficar? Quando a gente mora longe do lugar que vamos acampar – no meu caso bem longe, por que sou do sul – fica difícil só pesquisar pelos sites.
    um beijo!

  11. Jussara    21/01/2015 - 15h35

    Até me emocionei com o texto, acreditam? Também já viajei mais 3000 km de carro com meus pais e já fiquei diversas vezes com eles em hostels pelo mundo… E posso dizer com toda a certeza, não troco essas experiências e lembranças por nada nesse mundo! Como já dizia minha mãe: Não são os lugares, são as pessoas que tornam cada experiência especial!

  12. Lílian Manhães    21/01/2015 - 21h38

    Lu, confesso que ao ler que você vai acampar na Bahia, fiquei boquiaberta, tive até que reler kkkkkk mas sabe que também acampei lá em Porto Seguro em dez/12 réveillon 2013 e o camping foi o Mundaí, recomendo muito. Tem site e página no face. Moro no ES e fomos de carro, paramos algumas vezes para dormir e chegamos super bem. Lá pegamos a balsa com carro e tudo e fomos para Arraial, Trancoso e Praia do Espelho (vale super a pena, é maravilhosa!!!) e Caraíva chegamos ao final do dia e não tivemos coragem de fazer a travessia de barco e daí voltamos sem atravessar. Sabe aquela água de praia morninha? Ahhh que delicia as praias da Bahia!!! Acampei pela primeira vez e tivemos certo conforto, pois nesse Camping tem Wi-fi, piscina, banheiros dignos, levamos extensão com lampada, achei mega tranquilo. Não é aquela coisa de meio do mato não. Mas tem outras opções de locais claro.
    Agora em dezembro e inicio de janeiro fomos para Porto de Galinhas e de novo aquela sensação de aventura. Só não acampamos porque lá é difícil ter camping por lá e também pela viagem ser longa demais – 28 horas. Paramos em Salvador, Maceió, etc… foi maravilhoso. Tudo de carro. Quando falo que fiz isso as pessoas quase caem pra trás. Nossa, você não foi de avião??? Nossa próxima aventura será ir para Gramado, talvez final desse ano. Hahahahaha o povo pira! Beijos e ótimo passeio!!!

    • CLaudia    22/01/2015 - 09h19

      o texto não é da Lu, gente.
      é da marcela, tem foto, nome e tudo! :)

  13. Bea    21/01/2015 - 23h54

    Sensacional! Amo seus textos. ^^

  14. […] crônicas e textos lindos sobre diversos assuntos da vida. Pra inspirar ! O de hoje é sobre saber ser feliz com o que o simples pode lhe proporcionar e isso pode ser maravilhoso […]

  15. Juliana    23/01/2015 - 03h19

    Marcella, amei o texto. Muito bom!

    Só uma coisinha, ali tá escrito “mormodia” ao invés de mordomia. ;)

  16. […] de leite, que faz salivar a tela. Mestre cuca que sou #SQN, vou até me arriscar a tentar fazer ? Iniciativa do @dizeresimperfeitos e @chatadegalocha, com crônicas e textos lindos sobre diversos […]

Dos quartos mais lindos em que já me hospedei! Amei a decor do Life Hotel 🖤 Bom dia!
Mais sobre Lifestyle