Carregando...
Lifestyle

Oscar 2018: mulheres que merecem destaque nessa edição!

04.03.2018
Redação Chata de Galocha

Começo de ano é sempre muito legal porque a gente tem um monte de premiações para acompanhar. É uma ótima época para quem gosta de moda, cinema e cultura, né? E em 2018 isso está ainda mais incrível de se ver. Como a gente comentou no post sobre o Globo de Ouro, estamos vivendo em um momento em que as mulheres de Hollywood estão usando suas vozes de outra forma. 

Com movimentos como o #MeToo e o #TimesUP, elas se uniram para denunciar casos de assédio, abuso e sexismo na indústria da TV e do cinema. Vimos manifestações sobre isso em todas as premiações que já passaram e no Oscar isso não vai ser diferente. Estamos bem ansiosas para ver como serão as críticas feitas na premiação. Podem se preparar que vem chumbo bom e grosso por aí!

A premiação está chegando – é amanhã – e ao invés de falar sobre os filmes indicados, a gente quer destacar algumas das muitas mulheres fortes que estarão por lá!

1. Greta Gerwig

Greta Gerwig é diretora de Lady Bird, um dos filmes mais aclamados dessa edição do Oscar. Já ganhou um prêmio no Globo de Ouro de Melhor Filme de Comédia ou Musical e um fato importante – e triste – na sua indicação para Melhor Diretor no Oscar, é que ela é quinta mulher a ser indicada nessa categoria em 90 anos de premiação. 

2. Octavia Spencer

Ela está concorrendo a Melhor Atriz Coadjuvante pela A Forma da Água, outro filme também aclamado nessa edição. Essa é a terceira indicação dela ao prêmio e com isso ela se torna a primeira mulher negra a ser indicada em dois anos seguidos na categoria. No ano passado, a indicação foi pelo incrível Estrelas Além do Tempo, filme que fala sobre a ascensão de mulheres negras na Nasa.

3. Dees Rees

Ela é a responsável pelo longa Mudbound: Lágrimas sobre Mississippi, filme escrito e dirigido por Dees que concorre ao Oscar de Melhor Roteiro Adpatado. Caso ganhe, será a primeira mulher negra da história da premiação a ganhar uma estatueta na categoria. Estamos na torcida!

4. Meryl Streep

Ok, a gente poderia falar que a colocamos nessa lista por simplesmente ser a Maryl Streep. Como já vimos por aí, ela poderia interpretar o Batman que daria certo, né? Neste ano ela concorre ao Oscar de Melhor Atriz pelo filme The Post: A Guerra Secreta – também indicado ao Melhor Filme.

No longa baseado em fatos reais ela é a poderosa Kat Graham, dona do jornal Washington Post que decide expor segredos do governo norte-americano sobre a Guerra do Vietnã – mesmo tendo que enfrentar um ambiente machista e sabendo que isso pode colocar sua carreira e patrimônio em risco.

5. Rachel Morrison

Também em “Mudbound: Lágrimas sobre o Mississippi”, Rachel Morrison é a primeira mulher a ser indicada na categoria de Melhor Fotografia no Oscar. Em 90 anos de premiação, sim, ela é a primeira a ser indicada.

Trabalhando ao lado de Dees Rees, o longa mostra a realidade do racismo no estado do Mississippi na década de 40, logo após a Segunda Guerra Mundial. Lá fora, o trabalho da diretora de fotografia vem sendo elogiado e aclamado com um dos cinco melhores já vistos neste ano.

É um Oscar de muitas primeiras vezes para as mulheres, né? E aí fica o questionamento: em 90 anos de premiação, faltaram mulheres competentes para concorrerem aos prêmios ou faltou espaço para elas em meio a tantos homens durante todos esses anos?

2 Comentários  |  Deixar Comentários

Comentários:
  1. ZILANDRA BATISTA RODRIGUES    05/03/2018 - 14h50

    arrasaram neste post

  2. Fernanda    11/03/2018 - 15h16

    Sensacional o post!

    Eu que escrevo sobre cinema, há algum tempo, acho bastante válido pessoas de nichos diferentes expor a opinião própria. Afinal, nenhuma é universal.

    De todas da lista, a que eu mais me identifico é Meryl Streep, pela carreira brilhante. Eita mulherão!!!

Parece Pinterest, né? Picnic nos jardins do castelo da Cave de Pedra, uma das atividades do #diadovinho hoje! O vlog vai ficar tão lindo! Amando nosso dia no Vale dos Vinhedos (o fato de todo mundo te receber com uma taça colabora, admito kkk) 🍷 @diadovinho2018 @vinhosdobr
Mais sobre Lifestyle