Gravidez e maternidade

5 dicas para a introdução alimentar do seu bebê

Muita gente me pede posts e videos contando sobre a introdução alimentar da Bia, mas o processo anda um pouco devagar por aqui. Dei sorte de encontrar uma nutricionista especializada em nutrição infantil, a Letícia, com quem me identifiquei muito e que começou conosco um trabalho de acompanhamento que eu espero que traga ótimos resultados =D
Como sei que é um tema que interessa a muitas mães, pedi pra ela dar cinco dicas gerais que possam ajudar nessa fase:
nutri
1 – Variedade e sabor
Ofereça a maior variedade de alimentos naturais possível para seu bebê, principalmente de frutas e verduras, mesmo aqueles alimentos que não são comuns ao consumo da família. Pode ser que ele não tenha o mesmo paladar que o seu, né?
A apresentação e sabor são importantes sim. Não precisa se nortear pelo seu gosto apenas, mais uma vez, o paladar da criança está em construção, por isso os temperos naturais e ervas frescas são super aliados. Não se preocupe em adoçar ou salgar os alimentos, bebês não conhecem e nem precisam viciar nesses sabores como nós.
Ninguém quer comer todo dia comida com a mesma cor e textura não é mesmo? Os bebês não são diferentes. Mude a apresentação, não misture os sabores e aromas, deixe ele conhecer um por um.

2 – A hora da refeição deve ser um momento agradável
Disponha de algum tempo e paciência para as refeições principais com a criança, deixe seu filho pegar, amassar, cheirar, provar e criar um intimidade com o alimento. Você pode ajudá-lo com uma colher enquanto ele se distrai com a comida, mas não use brinquedos, tv ou tablets como distração.
Não force seu filho a comer, não faça desse momento estressante e cansativo, não ofereça bônus (se comer tudo, ganha um carrinho”), isso pode deixar a criança com uma relação ruim com a alimentação. Lembre-se que odo mundo tem dias com mais e menos apetite! Alimentar é uma atividade que faz parte das nossas necessidades diárias, como tomar banho, ir para a escolinha, trocar fraldas, brincar…

3 – Coloque a mão na massa
Aproveite o momento para criar hábitos mais saudáveis em toda a família, o exemplo é a melhor forma educação para filhos. Eles imitam os pais em tudo!
Crie uma rotina alimentar para a casa, organize um cardápio e corra pro google atrás de receitinhas diferentes (procure indicações de sites e receitas confiáveis!). Pode ser muito prazeroso fazer uma receita que agrade a todos os membros da família!
Existem pessoas que não gostam de cozinha, que não levam jeito, que não têm tempo, mas precisamos nos alimentar, não é mesmo? Por isso, procure preparações fáceis, rápidas e saudáveis. É só uma questão de adaptação e rotina, como tudo na vida. Rapidinho você já estará criando suas próprias receitas e ainda poderá envolver seu filho no processo quando ele crescer um pouquinho. Tem coisa melhor do que lembrar do “bolo da minha mãe”? E aquele cheirinho que fica em casa?! Hummmm!

4 – Seja radical!
Pois é, muitas pessoas vão te classificar assim, como radical. Bebês menores de 2 anos não podem e não devem comer açúcar, de jeito nenhum. Também não precisam de sódio, corantes e aditivos presentes nos industrializados em geral (sucos de caixinha, iogurtes industrializados, biscoitos, chocolates, refrigerantes, sorvetes, achocolatados, farinhas de mingau, salsicha, nuggets, bolinho do personagem infantil). Aprenda a ler rótulos e excluir tudo isso da vida do seu bebê. São alimentos sem nutrientes, que atrapalham a construção do paladar, promovem uma falsa sensação de saciedade e ainda atrapalham a absorção dos nutrientes. A maioria tem a errada sensação de que são coisas de crianças e que elas precisam comer isso na infância, mas criança precisa mesmo é de nutrientes para atingir o melhor desenvolvimento físico e intelectual.  Aproveite enquanto seu filho não sabe pedir e abuse dos alimentos naturais.

5 –  Ofereça água
Lembre-se que as crianças necessitam de todos os grupos de alimentos na sua dieta, assim como nós. Tubérculos, cereais, frutas, vegetais, verduras, legumes, grãos, sementes, oleaginosas, fonte proteica ( que não precisa ser apenas animal), precisam estar incluídas de forma balanceada e com as devidas adaptações na rotina alimentar do bebê. Nos intervalos das refeições é importante oferecer água para seu bebê. É muito comum a prisão de ventre no período de introdução alimentar, procure um nutricionista pra auxiliar nas individualidades alimentares do seu filho.

Essas são algumas dicas da Letícia para a introdução alimentar do seu filho, mas lembre-se que nenhuma delas é regra, por isso é importante ter o acompanhamento de um nutricionista especializado no assunto para tratar de todas as individualidades do seu filho e da sua família.

Assim que tivermos algum progresso por aqui venho dividir a minha experiência ;D

Gastronomia, O Chef e a Chata

Chocolate quente com chantilly de baunilha – O Chef e a Chata

chocolate2
Acho que eu não acreditaria se me contassem que existe uma maneira ainda mais deliciosa de tomar um chocolate quente, mas acreditem, existe! Essa semana ensinamos uma receita super cremosa de chocolate quente que tem como acompanhamento o melhor chantilly do mundo: lotado de baunilha!! NHAM! Vem ver:

Ingredientes

500 ml (2 xícaras) de leite
200 g de chocolate
2 colheres (sopa) de licor ou conhaque
2 colheres (sopa) de açúcar cristal ou refinado
150 ml (3/4 de xícara) de creme de leite
1 colher (chá) de baunilha
cacau em pó para peneirar
chocolate3
Preparo

Comece pelo chantilly: Misture o creme de leite com o açúcar e a baunilha e bata até dar o ponto de chantilly. Você pode usar um fouet ou batedeira pra fazer isso. O importante é bater até que você veja formar picos firmes que não se dissolvem quando você tira o fouet. Outro ponto importante: o creme de leite deve estar gelado pra que fique firme. Se você usar o creme de leite fresco ele já estará na geladeira, mas pode usar também o de caixinha, deixando na geladeira de um dia para o outro ou no congelador por 1 hora. Faça o chocolate quente: Coloque o leite numa panela e espere ferver. Assim que ferver desligue para que o leite não suba e transborde. Junte o chocolate picadinho ou em gotas e misture bem até derreter. Caso não derreta tudo, ligue o fogo bem baixinho e vá mexendo até que esteja tudo dissolvido. Sirva a seguir, com bastante chantilly por cima. Se quiser peneire um pouco de cacau em pó. Rende 2 canecas grandes.
chocolate

Quando fizer essa receita, não esqueça de postar no instagram com a #ochefeachata pra gente ver! Aproveite pra se inscrever no canal e assistir aos videos primeiro. Ah, e lembro que temos outros 3 videos novos toda semana no canal do blog, se inscreva para assistir tudo ;D

Links da Semana, Site Bacana

Links da semana: o maior amor da vida

Vira e mexe eu fico pensando sobre amores. Amores pequenos que obviamente não deram certo, amores que eu tinha certeza que eram enormes mas que não tiveram o melhor final. A verdade é que se você tiver sorte você vai conhecer o amor da sua vida, e se tiver mais sorte ainda, vai conseguir mantê-lo. Isso e mais um pouco nos links dessa semana.

L1

E se eu não conseguir fazer tudo o que queria fazer até os 30?

L2

Nem sempre nós ficamos com os amores das nossas vidas

L3

O drama dos exigentes

L4

10 coisas que você precisa saber para trabalhar com influenciadores

L5

Procuro um amor que goste de ser feliz
L7

Não é a distância que separa as pessoas, é o tanto faz
L8

Marcas californianas de maquiagem e por que elas são tão especiais

Beleza, Chatômetro, Unhas

Chatômetro: Esmalte em spray Aspa

Essa tag “Chatômetro”começou aqui no blog, ficou sumida por uns tempos e agora está de volta no Youtube. Como recebo muitos pedidos pra voltar com ela pra cá, eis o novo Chatômetro, a tag que tem como objetivo ajudar vocês a fazerem boas escolhas e a gastar melhor!
O produto de hoje me deixou MUITO curiosa quando foi lançado: o esmalte em spray! Esse tipo de produto é lançamento no mercado e não demorou muito pra aparecer por aqui, graças à Aspa, aquela fabricante de sprays que a gente conhece bem. Mas será que funciona?

Como contei no video, fiquei bem decepcionada com a aplicação. Não é tão simples quanto parece, você precisa usar base (e tomar cuidado pra não borrar nem um pouquinho), depois de aplicar o esmalte também precisa de um extra brilho, e no meu caso precisei usar duas camadas para ter o acabamento bonito. A promessa de que basta lavar as mãos para tirar o excesso por aqui não rolou, a pele ao redor das unhas ficou cheia de produto! E pra me deixar ainda mais decepcionada, no dia seguinte à aplicação uma unha descascou inteira =(
aspa
Minha conclusão é de que por se tratar de um produto muito novo ele ainda precisa de ajustes, sabe? A novidade é muito legal, mas acho que precisa de melhorias, porque como está não é um produto prático e não tem acabamento satisfatório.
Mas me conta: você já usou o esmalte em spray da Aspa ou de outras marcas?? Como foi sua experiência? Recomendaria pras amigas?

Batom, Beleza, Maquiagem

A onda dos batons diferentões

Desde o ano passado que eu venho percebendo que os batons em cores tradicionais, vermelho, rosa e nude, por exemplo, já não são o suficiente para as nossas boquinhas (e bolsos!) inquietas. Acho que comecei a reparar nisso no boom do batom roxo. Há algum tempo achava inimaginável ver tantos tons da cor em cada marca de maquiagem. Depois deles, a cartela de cores se abriu para o diferente e começaram a aparecer mais e mais meninas arriscando em cores que, antes, ficavam no máximo num esfumado nos olhos. Azul, verde e preto são algumas delas e percebo que neste ano essa ideia vem se intensificando ainda mais.

batom
Kylie Jenner colocou tons de azul, um céu e outro marinho, na sua linha de batons matte. Antes disso, ela já tinha lançado um preto com efeito metálico, ideia que também já passava pela cabeça da Bru Tavares para a sua linha de batons com a T.Blogs. O que acho mais legal disso tudo é que as pessoas realmente estão usando essas cores de batom! Bom, não é algo que a gente vê com facilidade nas ruas, mas pelo menos para fazer carão nas fotos têm muitas meninas usando. Eu mesma sou uma delas e, inclusive, quero o batom preto da Bru e o azul escuro da Kylie, rs.
batom2
Acho que essa ideia de ousar nas cores vêm aliada a este momento maravilhoso que a gente vem vivendo na beleza e na moda: o que podemos ser quem a gente quiser, sem ficar muito apegada à padrões e regrinhas do que fazer ou não! E isso é muito legal, não acham?

batom3

Na hora de combinar cores tão exóticas com o resto da maquiagem, gosto de pensar em olhos simples, com um esfumado em tons neutros, um delineador marcante ou, até mesmo, somente máscara de cílios e/ou postiços. Penso nestes tons de batons como o ponto chave do meu visual, então, não quero nada roubando a atenção deles.
É claro que nem todo mundo tem coragem para sair com um batom preto na rua, mas, amiga, se você tem, use sem medo de ser feliz. É diferente? É! Todo mundo vai olhar? Vai! Mas se você se sente segura e bem consigo mesma ao usar, por que não? 

Quem aí tem tem coragem pra encarar a tendência?