Compras, Moda

Eu fui: Topshop no Brasil, êêê!


Demorou, mas finalmente o tal shopping JK abriu as portas e dentro dele, uma das lojas mais esperadas do ano: a Topshop. Tava em SP ontem e aprovetei uma brecha na agenda pra ir até lá conhecer (e gastarrrr, hahahah!). Eu já estive em três Topshops em Londres, terra mãe da fast fashion, e na loja que fica no Soho, em NY. A loja que fica em Oxford Circus (Londres), é enoooooorme, e a de NY também é grande (se não me engano são 4 andares), mas a de SP é… Pequena. Heheheh!
Achei que por ser a primeira no Brasil seria beeeem maior, mas mesmo assim deram um jeito de incluir a seção de sapatos (reduzida, claro) e alguns acessórios, mas essa parte é que ficou mais prejudicada na versão brasileira… A Lia (companheira oficial de compras na Topshop!) chegou a rir do displayzin, mas dá pra entender se você já foi na loja de Oxford e ficou hooooras selecionando acessórios nos mil displays do piso principal.

Muita gente perguntou dos preços quando mostrei no Instagram, e aqui estão as peças que comprei e o valor de cada uma. Eu não acho a Topshop uma loja barata em lugar algum, e sempre compro mais acessórios do que qualquer outra coisa por lá… Então comparando os preços com as versões gringas não achei que estão abusivos como eu esperava que estivessem. Eu só assustei com o preço desse vestidinho, que é meio bobo pra custar R$249, mas eu já tava no caixa, heheheh!

A única peça que achei pra comparar é esse short (é o mesmo, apesar da cor diferente!), justo o que doeu mais, hahahah! Paguei R$299, e na loja inglesa, obviamente a mais barata da rede, ele sai aproximadamente por R$189 (£60). Também encontrei no site americano, e nos EUA ele custa cerca de R$240 ($120). Não acho que seja um aumento absurdo, considerando nossos impostos, um short que custaria R$240 em NY custar R$299 aqui.
Resumindo: não vá esperando peças baratinhas, elas não são. Mas se você gosta do estilo da loja, vale sim a pena visitar o JK e encontrar peças bacaninhas, mesmo que o tamanho da loja não deixe todas as coleções chegarem! Vou voltar, certeza =D

Acessórios, Promo

Sorteio: verão antecipado!


Conheci a Vicenza há pouquinho tempo, quando eles lançaram sua coleção de verão aqui no Minas Trend, e a boa impressão que tive se confirmou quando fui pro SICC em Gramado. A marca é do mesmo grupo da Rafaela Furlanetto, designer que fez uma das pulseiras que mais uso, heheh! A coleção de verão das duas marcas está super legal, e como eu sei que, como eu, vocês também são loucas por sapatos, descolei com eles algumas peças que só vão chegar às lojas no final desse mês para sortear aqui.

Os sapatos variam entre o 35 e o 39, então vocês também precisam colocar a numeração de vocês na caixinha, tá? Quem tiver pé de boneca e calçar 33/34 concorre a kits com os acessórios da foto. Mas todo mundo só descobre o que vai ganhar quando a caixinha chegar, hihihihi! Malvada de Galocha!
Sete leitoras vão ser premiadas com o presente surpresa. Vale se cadastrar até o dia 10/07!

PROMO ENCERRADA

Acessórios, Moda

Quem encara as bolsas de Inés Figaredo?

Eu adoro tudo que tem uma caveirinha, cês sabem, né? Daí um dia acabei dando de cara com essa foto da mocinha segurando uma CAVEIRA DOURADA e tipo fingindo que é só mais uma bolsinha… Tive que ir atrás! De vez em quando a gente se depara com algumas peças no mínimo curiosas, que acabam nos fazendo pensar: Isso aí é mesmo pra usar? Acho que as bolsas da espanhola Inés Figaredo se encaixam nesse conceito! A designer cria peças no mínimo curiosas e sai totalemente do padrão.

Algumas são fofas (tipo a harpa azul!!!), e outras, bem… Nem tanto. Acho legal ver que ela usa sua über criatividade pra criar seu próprio estilo e fazer peças meio surreais (impossível não sorrir ao ver as peças!), mas queria saber:

Você usaria as bolsas de Inés Figaredo?

View Results

Loading ... Loading ...

Pra quem curtiu e quer ter uma das peças da designer, todos os modelos estão disponíveis no site da própria Inés, mas é bom preparar o bolso, porque elas não saem por menos de $1.500!