21.05.2010 Lu Ferreira

Achados: Handbook!

Em: BH, Compras, Moda

A Handbook Fashion é relativamente nova aqui em BH (tem menos de um ano que abriu!) e me surpreendeu muito com a qualidade das peças, a forma de abordar a moda, os aviamentos exclusivos e os precinhos agradáveis! A Hbf é uma loja de fábrica própria (daí se explicam os bons preços!) que vende desde acessórios até sapatos e bolsas… Dá pra sair de lá prontinha pra balada!
Neste passeio, uma das coisas que mais chamou minha atenção foram os casacos: trench coats, pea coats (casacos de origem militar, muito usados pelos marinheiros, geralmente de tecidos quentes como a lã e o veludo), jaquetas em PU (poliuretano, que imita super bem o couro) e até os moletons! Tudo lindo e com modelagem super boa!

Além dos casacos, muita blusa longuinha (uma marca registrada da loja), leggings (tem wet legging liiiiinda), saias adesivas de cintura alta, botas, cintos, bolsas, scarfs, peças em lurex, tricots e acessórios, muitos acessórios! Achei os preços dos acessórios super dignos e a qualidade também!

Enfim, o que posso dizer é que tem muita coisa linda e vale muito uma visita à Hbf!! Recomendo também uma passadinha no blog da marca, que conta todas as novidades em primeira mão!

PS: Post publicado com atrasinho… A Chata tava curtindo o último dia da viagem =D

Posts Relacionados:

19.05.2010 Lu Ferreira

Look da Lú: Tchau Montréal!

Em: Look da Lu

Meu último dia no Canadá foi bem diferente do que eu imaginava: quente!!! Cheguei a ficar queimada de sol, nem parecia que dois dias antes eu congelava de frio com dois casacos e cachecol… Bom que deu pra variar um pouco a roupa e sair num look quase verão!

Vestido: H&M (minha loja aqui na gringa… Vou ficar com saudades!)
Bolero: Brechó
Sapatilha: Topshop
Pulseira: H&M
Relógio: Swatch

PS: E a escadinha da casa no Canadá?? Fooofa!! Mas imagina subir isso com uma mala de 28 kgs?? Hahahaha… Disso não vai dar saudade não..!

Posts Relacionados:

18.05.2010 Lu Ferreira

Boca colorida!

Em: Beleza, Celebridades

Hoje o post vai ser um pouquinho diferente: ao invés de apenas uma musa inspiradora, vamos ter várias! Explico: hoje o foco das minhas dicas é o batom! Por isso busquei alguns exemplos de makes com cores de batom diferentes, para vocês selecionarem o preferido, aquele que combina mais com você e com a sua make.
Antes disso, algumas dicas espertas para o batom durar mais tempo!

-Usar lápis (da cor do batom, sempre!) para fazer o contorno ajuda a manter o batom no lugar por mais tempo.
-Quando aplicado com pincel, o batom também dura mais. Passe bastante batom no pincel e comece aplicando no centro dos lábios inferiores.
-Depois de aplicar o batom, retire o excesso com um lenço, aplique um pouquinho de pó compacto (pouco mesmo!) e em seguida aplique o batom novamente.
-E lembrem-se: lábios bem hidratados são fundamentais para que o batom dure mais. Não é só o rosto que precisa de hidratação e proteção! Invista em lipbalms e protetores labiais, principalmente no inverno!

Vamos às cores?

Batom cor de boca: O mais legal desse tom de batom é que como o próprio nome diz, ele somente realça o tom natural dos seus lábios e deixa uma corzinha suave, linda e nem parece que você está usando batom. Combinam com qualquer make que você fizer! Vale lembrar que cada um tem um tom de boca, por isso nem sempre o que fica bom em outras pessoas vai combinar pra você. Experimente até encontrar o tom certo! Aqui 3 exemplos:

Anne Hathaway usa um tom rosado que combina com os olhos super marcados, Angelina Jolie apostou em um cor de boca que puxa para o coral (bem suave) com brilhinhos e Beyoncé, que além do cor de boca usa um gloss transparente para um efeito mais “molhado”

Vocês podem tentar achar o tom certo com esses batons:

Batom Linha Intense O Boticário nas cores 22 e 25: preço médio R$ 9,90
Mac Lipstick nas cores Myth, Faux, Brave, Hue: preço médio R$ 69,00
Batom Cremoso Mary Kay nas cores Tanned e Shell: preço médio R$ 29,90

Batom Vermelho: Aqui rola uma polêmica, porque nem todo mundo gosta e algumas acham que “não combina” com seu tom de pele. Eu, particularmente, digo que combina sim! Qualquer mulher fica linda e chique com batom vermelho, basta saber passar e escolher o tom certo para você. Uma dica bacana é usar o lapis de contorno (no mesmo tom de vermelho) na boca toda (como se fosse o batom mesmo!) antes de aplicar o batom. Isso ajuda o batom a ficar mais tempo e também dá um acabamento legal.

Kate Perry apostou em um tom cereja opaco (que é a cara do inverno chique), Scarlet Johanson vei de vermelho tomate opaco e Cameron Diaz investe no vermelho vivo acetinado, que dá um brilho suave e lindo aos lábios!

Opções de batom:

Linha Batom Perfeito do Boticário nas cores Vermelho Profundo e Vermelho Scarlat: preço médio R$ 27,90
Batom Duda Molinos nas cores 12 e 13: preço médio R$ 16,00
Batom Koloss nas cores Paixão e Vermelho Queimado: preço médio R$ 8,00
Mac Lisptick nas cores Rubi Woo e Russian Red: preço médio R$ 69,00

Rosa Frio e Pink: O batom rosa frio virou uma obsessão… Todo mundo quer ter e a maioria das empresas correram para fazer o seu! Os tons pinks (mais acesos) também fazem bastante sucesso e acho mais bonito que os tons frios. Ao contrário de algumas pessoas, eu acho que os batons rosas, mesmo os tons frios, combinam sim pra qualquer pessoa. E dá pra brincar bastante na hora de compor uma make com eles, basta ter bom senso!

Lindsay Lohan escolheu um tom frio e opaco pra usar com olhos brilhantes, Rihanna (que é adpeta do colorido!) escolheu um tom bem acesso pra usar com olhos delineados em azul (ficou lindo!) e Drew Barrymore também apostou em um tom frio, mas com olhos de gatinha, com delineador beeem marcado.

Opções de Batom:

Mac Lipstick nas cores Snob e Pink Nouveau (esses todo mundo já sabia né?!): preço médio R$ 69,00
Batom Dailus nas cores Grape e Rosa: preço médio R$ 5,00
Batom NYX nas cores Paris, Narcissus, Fig e Power: preço médio R$ 18,00
Batom Matte da Koloss nas cores Rosa Chiclete e Rosa Pink: preço médio R$ 9,00

Agora é só escolher seu tom favorito e apostar na boca colorida! Levanta qualquer produção, vocês vão ver!

Posts Relacionados:

17.05.2010 Lu Ferreira

Além das compras: o que vai deixar saudade.

Em: Viagem

Essa é minha primeira viagem à América do Norte, portanto ainda tenho aquela coisa de olhar tudo com olho de criança, achando lindo até o cocô do cachorro gringo, sabe como?! Por isso, acabei notando algumas atitudes nos gringos que poderiam muito bem serem adotados por habitantes das cidades brasileiras… Depois de alguns dias por aqui, a gente começa a pensar “mas gente, porque na minha cidade não é assim?”.

Aproveitando os parques!

Um dos programas mais legais da viagem foi quando passamos o dia no Central Park, comendo um pouquinho (a ideia era um mini piquenique!) e batendo papo. O sol estava lindo, as pessoas felizes pelo tempo bom, e o parque lotado de crianças gordinhas (com bochechinhas cor de rosa!) correndo, casais deitados na grama, malhados jogando frisbee… Todo mundo ali, aproveitando um espaço ótimo (e gratuito!), muito parecido com alguns parques que temos no Brasil (em BH consigo pensar em pelo menos dois!) e que a gente esquece de dar a devida importância… Qual foi a última vez que você foi passar um dia no parque?

Sentindo a liberdade fashion!

Em NY (em Montreal também), você poderia sair com uma melancia na cabeça e pegar um táxi ou o metrô. No meu hotel tinha estudante de jeans, travesti montada, indiano com traje típico e o que mais você conseguir imaginar… E ninguém, ninguééém dava aquela olhada de canto de olho, achando esquistito (ok, talvez eu tenha estranhado no início!). Mas a questão é que depois de um tempo você se sente no direito (olha que coisa) de se divertir ao se vestir (ai, rimou… hahaha)! De ignorar que o short tá curto demais, a blusa tá muito larga, o cabelo tá diferente… Começa a achar legal o que era esquisito e a insegurança que normalmente aparece na hora de escolher peças dá uma aliviada, e aí você descobre que pode usar um monte de coisa que antes não podia (ou que pelo menos na sua cabeça não podia, sabe como é?). Espero que essa sensação de liberdade fashion não me abandone ao voltar, porque nunca foi tão divertido me montar (porque agora rola todo um contexto fashion) antes de sair!

Sendo valorizada como cliente.

Nos EUA tem a história das gorjetas, que é um pouco diferente do que estamos acostumadas no Brasil… Para cada serviço que você utilizar (aí vale táxi, garçom, manicure…), você deve pagar gorgeta, de 10 a 20% do valor do serviço. Não sei se o motivo é esse, mas a impressão que fiquei é que as coisas são muito mais eficientes por aqui: o garçom não some tanto, o pedido chega rápido, as tias do caixa não ficam batendo papo… Outra coisa legal: entrou em uma loja? O segurança da porta te deseja um bom dia, sendo a loja a absurda Bergdorf Goodman ou a baratinha Forever 21. O serviço é bom, as pessoas são bem treinadas e eficientes… Enquanto que na terrinha, ainda esbarramos em vendedor grosseiro, garçom que esquece de te atender e outras atitudes que fazem com que eu prefira gastar meu dinheirinho em outro lugar… Vou sentir falta do atendimento simpático que encontrei na maioria dos lugares por aqui.

Claro que apesar de sentir falta de algumas dessas atitudes no dia a dia brasileiro, nada substitui a casa da gente, né? Vou aproveitar muuuuito essa minha última semana, mas confesso que não vejo a hora de me sentir em casa de novo (e parar de viver de mala, ô coisa chata!)..!

Posts Relacionados: