Moda

P&B e uma surpresa na coleção da Gisele para C&A

Tinha um tempinho que eu não ia ao shopping, e aproveitei que tinha que ir ao correio para ver a coleção da Gisele, que chegou hoje nas lojas (desculpinha furada, né? Heheheh!). A coleção é beeeem maior do que eu esperava, e a loja estava tranquila de tudo, mas perto das araras da Gisele tinham várias meninas com praticamente toda a coleção nas mãos, rumo ao provador.

Fui procurar a camisa listrada que tinha achado bonita na foto de divulgação e acabei levando algumas peças pra provar, sabe como é, tava ali mesmo… Enquanto provava ia escutando aqueles anúncios no alto falante, convidando as pessoas a conhecerem a coleção, sabe? E o tio da C&A falou uma coisa que resume super bem o que eu achei: essa coleção é cheia de peças que combinam entre si, dá pra montar vários looks bonitinhos só dentro dela. Se eu trabalhasse em um escritório acho que ia comprar bastante coisa, tem muita camisa, blazer (tenho um quase igual a esse da foto, AMO!) e calças, tudo em tons mais neutrinhos (P&B, azul, vermelho, rosa claro). E há, apesar da tranquilidade da loja, o menor tamanho que achei da camisa foi o 40, acabei ficando sem!

Junto às camisas e o blazer, peças que existem aos montes no meu guarda roupas, levei uma novidade: a saia longa plissada, que era linda demais no cabide e resolvi que queria experimentar, só de curiosidade mesmo, já que nunca tinha me visto usando uma peça parecida. E acho que gostei. Na verdade, olhando as fotos agora, não gosto tanto, mas na hora eu queria sair de lá com a saia!! Perguntei no Instagram e a maioria das meninas me incentivou a levar, e acho que essas coleções especiais de lojonas de departamento são legais principalmente nesse sentido: você pode ousar um pouco, comprar uma peça que não compraria normalmente, porque o preço é legal e você não vai ficar com dó se não usar tanto! Mas eu tava até controlada e resolvi pensar melhor antes de comprar… Quem aposta que vou me arrepender? Heheheh! Alguém já foi ver a coleção na C&A? 

iPhone

Apps para deixar seu telefone mais bonito!

Me chamem de desinformada, mas eu nunca imaginei que existiria um App especializado em wallpapers! Já busquei papéis de parede bonitinhos para o meu iPhone na internet, mas definitivamente nunca encontrei tantas opções quanto nos Apps que descobri nos últimos dias. Olha quanta coisa fofa!

O Paper’d é um app gratuito, que organiza seus papéis de parede em coleções temáticas. Você vai achar wallpapers de robôs, frases, signos… São mais de duzentas opções até agora, tudo com design bem feito e navegabilidade simples e fácil! Algumas das coleções são pagas, como indicam os cadeados nas imagens, mas você pode ver todos antes de decidir se compra ou não. É o meu favorito até agora!

O Tokidoki Criminally Cute Backgrounds traz para o seu iPhone várias opções de wallpapers com os personagens da marca, e o melhor, de graça! Não são tantas, mas eu adoro os bichinhos e mais uma vez você tem a opção de comprar packs extras, cada um com um tema.

O Cuptakes é o único pago da lista, e custa $0.99 na App Store. Por esse preço você ganha acesso a 278 opções de wallpapers, que variam entre padronagens, backgrounds do tipo ‘prateleira’ (adooooro esses!) e outras meninices do tipo corujinhas, cupcakes, florzinhas… Bem meigo, hehehe!

Mas o mais legal é que eles vendem cases que combinam com as padronagens do App! Eles saem por $34.99 e o Brasil está na lista do carrinho de compras, mas não cheguei a testar pra ver se chega tudo direitinho… Alguém já?? 

Na TV

Na TV: Era uma vez…

Todo mundo conhece as historinhas de contos de fadas, né? Branca de Neve e os 7 Anões, Cinderela, João e Maria, Pinóquio… Once Upon a Time é uma série “conto de fadas”, porém, um pouco diferente dos que costumávamos ouvir. O piloto mostra a Branca de Neve que conhecemos se casando com seu Príncipe encantado, e até aí todo mundo conhece essa história… Mas o que acontece depois?

O que acontece é que depois que a Branca de Neve (Snow, interpretada por Ginnifer Goodwin) está casada, grávida e feliz no Reino Encantado, a Bruxa Má (Lana Parrilla), joga um feitiço em todo o Reino que deixa todas as personagens presas no tempo, num lugar chamado Storybrooke. Antes do feitiço ser lançado, um mago construiu uma espécie de caixa mágica que daria a uma pessoa imunidade ao feitiço. Essa pessoa é Emma Swan (Jennifer Morrison), filha da Branca com o Príncipe Encantado (Josh Dallas).

No aniversário de 28 anos de Emma, o garoto Henry (Jared Gilmore) aparece em sua casa e insiste que ela precisa ir com ele a Storybrooke para salvar todas as pessoas enfeitiçadas pela Bruxa Má. Henry é filho biológico de Emma, que ela entregou para adoção após ter engravidado na adolescência. Ela se sente obrigada a devolver o garoto para a mãe adotiva e vai até a pequena cidade. Ao chegar, uma série de acontecimentos faz com que Emma fique temporariamente por lá, e é aí que a história começa… A cada episódio vamos nos envolvendo com cada uma daquelas personagens roubadas dos contos de fada, que não se lembram do passado e não têm esperança e felicidade.

OUT é um mix de conto de fadas infantil e suspense adolescente. Alguns episódios são muito delicados e inocentes e outros super densos e tristes. Eu adoro essa mistura! Acho que é o que mais me prende a série, mas confesso que não gostaria que OUT tivesse mais que duas ou três temporadas… Penso que em séries assim, onde um objetivo precisa ser alcançado no final, se a conclusão demora muito acaba cansando o espectador. Gosto de finais dignos e não de loooongas temporadas envolvendo mistérios e/ou audiência, como costuma acontecer.

Once Upon a Time é dos mesmos criadores de Lost e One Tree Hill. Nos EUA, vai ao ar todos os domingos pela ABC e está no 17° episódio. Aqui no Brasil, estreia dia 12 de abril, na Sony. Alguém se animou a assistir?