Gastronomia, O Chef e a Chata

Receita de Yakissoba – O Chef e a Chata

yakissoba3
Sabe aquele prato simples, mas que tem seu segredinhos? O Yakissoba é assim! Super fácil de fazer, mas que com os toques certos fica com aquele sabor que a gente conhece de restaurante! Vem ver quais são:

Ingredientes

400 g de macarrão para yakissoba
1 pimentão amarelo em cubinhos
1 cenoura grande cortada em rodelas finas
1 cebola roxa picada em cubinhos
1/2 cabeça de brócolis em pedaços
400 g de carne de boi em cubos médios (sugestão: alcatra)
400 g de peito de frango em cubos
2 colheres (sopa) de óleo de gergelim (se não encontrar use azeite ou outro óleo)
cerca de 240 ml (1 xícara) de molho de soja
240 ml (1 xícara) de água
1 colher (sopa) de amido de milho
1 colher (sopa) de açúcar

yakissoba2
Preparo

Cozinhe a cenoura no vapor, cerca de 5-6 minutos. Faça o mesmo com o brócolis, cerca de 1-2 minutos. É importante cozinhar um de cada vez pois cada um tem seu tempo.
Numa panela grande (gosto de usar uma Wok) coloque o óleo de gergelim. Refogue o frango. Mexa e, pouco depois, junte a carne de boi. Para que não resseque muito, regue com um pouco do molho de soja. Coloque também a colher de açúcar para que ela caramelize as carnes. Deixe cozinhar por uns 3-5 minutos. Adicione a cebola e doure. Depois coloque a cenoura, o pimentão e o brócolis, um de cada vez, mexendo sempre. Regue tudo com mais molho de soja. Dissolva a colher de amido de milho na água e coloque sobre tudo. O molho vai engrossar.
Cozinhe o macarrão conforme as instruções do pacote. Junte-o na panela com as carnes e legumes. Se precisar, regue tudo com mais um pouquinho de molho de soja, misturando bem. Rende 4 a 5 porções.

yakissoba

Quando fizer essa receita, não esqueça de postar no instagram com a #ochefeachata pra gente ver! Aproveite pra se inscrever no canal e assistir aos videos primeiro. Ah, e lembro que temos outros 3 videos novos toda semana no canal do blog, se inscreva para assistir tudo ;D

Look da Lu, publieditorial

Look da Lu: jeans e decote ombro a ombro

Uma das coisas que mais tenho amado usar ultimamente é o jeans. Acho que 90% das vezes que saio de casa estou usando uma calça jeans, e se for detonada, melhor ainda!
Fui conhecer uma loja que fica no coração da Savassi, a Tips, cheia de peças legais e dentro das tendências que a gente está vendo por aí, e me apaixonei por mais esse modelo. Essa é definitivamente a mais rasgada que tenho, hehe, é daquelas que meu pai com certeza vai fazer piadinha quando me vir usando! Mas achei que ficou ótima com o contraste da blusa, que tem a estampa clássica de listras e o shape romântico do decote ombro a ombro. Tem sido raro eu usar saltos, mas achei que essa sandália combinou muito e resolvi encarar pra matar a saudade de sair mais alta por aí =)
lj1
lj3
lj2
lj4
Tô usando:

Blusa Loja Tips
Calça Loja Tips
Sandália Schutz
Batom Bianca (Bruna Tavares)

A Tips fica na Rua Antônio de Albuquerque, 623, na Savassi, e dá pra ter uma ideia do que você encontra por lá através do Instagram @lojatips

Blog Chata de Galocha, Links da Semana, Site Bacana

Links da semana: amizade é coisa rara

Meus pais falaram a vida inteira que eu tinha um milhão de amigos. Não atoa ganhei o apelido carinhoso de Julia Vereadora. Hahahaha. Amizade para mim é uma das coisas mais importantes da minha vida, seja a amiga que mora a mais de 10.000km de distância, mas que marca presença diariamente ou aquelas que tenho certeza que farão parte do meu fim de semana. Amizade é coisa rara, e deve ser cuidada com o maior dos cuidados.

L1
Onde tem amizade, há sorte

L2
Gorda não é palavrão

L3
As 25 melhores universidades de moda do mundo

L4
5 dicas para planejar refeições

L5
5 tendências modernetes de nail art

L6
5 aplicativos gratuitos para você aprender novas línguas

L7
Pelo fim do pensamento: “Eu não estudei para isso”

Gravidez e maternidade, publieditorial

Pro enxoval do bebê: Aspirar Baby

É impressionante como quando estamos grávidas somos apresentadas a um mundo totalmente novo. Além de tudo que precisamos aprender sobre a chegada do bebê e as mudanças do nosso corpo, também somos apresentados a uma infinidade de coisas que não faziam parte da nossa vida… Quer um exemplo? O aspirador nasal!

aspirar

Eu fiquei chocada quando me contaram que os bebês não sabem assoar o nariz, hahah! Por isso existe o aspirador nasal, pra gente pode limpar o narizinho do bebê e assim deixá-lo respirando melhor em épocas de gripes e resfriados. Esse aí da foto é o Aspirar Baby, que tem um detalhe que acho muito importante: a pontinha que encosta no narizinho do bebê é de silicone, então ela não machuca e não arranha o rostinho do bebê.

Isso é importante porque quando o bebê e pequeno é até bem tranquilo usar, mas quando cresce você praticamente luta com ele pra conseguir aspirar, hahaha! Bia fica fugindo o tempo todo, então se a pontinha fosse de plástico duro eu ficaria com medo de machucá-la.

aspirar2

O sistema é simples: você encosta a pontinha no nariz e aspira com a outra ponta. O Aspirar Baby tem um filtro também de silicone, então na hora de limpar é super simples. Ah: importante dizer que os materiais do Aspirar Baby são atóxicos e livres de Bisfenol-A (sempre checo isso antes de comprar coisas de plástico pra Bia!).

Se você tem uma amiga grávida e quer dar um presente útil, fica a dica! Desde que começou a fazer frio usamos praticamente todos os dias por aqui ;D

Em BH você encontra nas Lojas Baby, Tool Box, Japinhas Baby e Drogaria Araújo! Mas se você não for daqui dá para encontrar no site da marca todos os pontos de venda no Brasil .

BH

Guia BH: L’Entrecôte de Paris

Sabe lugar que tá sua listinha há tempos e você nunca consegue ir? Pois é, o L’Entrecôte era desses! A casa abriu há um ano aqui em BH e eu morria de vontade de experimentar o famoso entrecôte com molho secreto e batata, prato único do lugar. Fomos almoçar no final de semana e logo que cheguei já curti: as grades da varanda têm cadeados, tipo as pontes de Paris (fofo!) e o interior tem vários detalhes que me lembraram os restaurantes tradicionais da capital francesa, principalmente o Chartier, que já indiquei por aqui.
lentrecote1
Sentamos e esperamos, esperamos, esperamos… Comecei a ficar impaciente, principalmente depois do maître passar pela nossa mesa, pedir pra um garçom completar a mesa do lado e ignorar que estávamos ali sem ser atendidos. Foi só quando ele passou por nós uma segunda vez e ao ver minha cara de sei lá o quê (chata de galocha?) perguntou se estava tudo bem. Contei que não havíamos sido atendidos e ele veio atender, mas antes de qualquer coisa contou sobre uma reclamação da cliente de outra mesa e completou que ela que estava errada… Isso me incomodou um pouco, tipo desnecessário, sabe? Mas o cara era simpático, explicou tudo e já pedidos bebidas pra ele mesmo.
Aí aconteceram duas coisas que achei forçadas: eu pedi água com gás, e ele respondeu algo do tipo “Ah claro, temos a Perrier menor e a maior, de 700ml, ideal pra mais de uma pessoa”… Eu perguntei se tinham alguma marca normal e ele falou que sim e eu pedi, mas precisava mesmo empurrar a água mais cara? Será que todo cliente perguntaria? E a outra coisa, parecida até, é que uma garçonete veio com uma bandeja com o couvert, e o ele apresentou “Temos o couvert classique e também esse prato de queijos”. Só que o prato de queijos não é couvert, é uma entrada que custa o dobro do couvert. Achei que apresentar as duas opções lado a lado fez com que parecesse dois tipos de couvert, e aí você pede na inocência… Enfim, achei pouco transparente da parte do restaurante, mas pedi o que queria e fim.
Logo em seguida veio o garçom, também simpático, e anotou nossos pedidos. Nessa hora achei legal que ele anotou na toalha de papel da mesa, exatamente como eles fazem no Chartier =)
lentrecote2

Antes do prato principal chegar eles oferecem uma salada, que é simples mas bem gostosa, com folhas (alface americana e roxa), tomates e um molho de iogurte com nozes. Rapidinho chegou o prato principal. O ponto da carne estava PERFEITO, maciiiia e suculenta. O tal molho secreto é mágico, uma coisa que consegue deixar a carne que já é incrível ainda mais deliciosa (e eles passam com mais molho se você quiser – você vai querer!), tudo isso acompanhado de batatas fritas perfeitas: quentinhas, fininhas na medida e crocantes. Eles também passam com mais fritas, mas a porção que vem no prato é super generosa. Resumindo: amei a comida!! Estou salivando só de lembrar, hahah! Ah, e vale dizer que a porção é bem farta, na próxima eu não peço couvert.

lentrecote3

Apesar de ser um restaurante de um prato só, o L’Entrecôte tem muitas opções de entrada e sobremesa, e eu já tinha ouvido falar super bem dos doces. Escolhemos a Surprise au Chocolat, uma bola de chocolate recheada com sorvete de baunilha e que na hora de servir o garçom derrama calda quente de nutella por cima (claro que postei no Snap, haha!). Sinceramente, achei que seria ok, mas era ótima!! Evaporou da mesa, heheh!

Gostei muito do L’Entrecôte, apesar do atendimento estranho (lento no início e querendo empurrar coisas caras) a comida é muito boa e o ambiente é simpático, vou voltar mais vezes =)

Aqui em BH o L’Entrecôte de Paris fica na R. Marília de Dirceu, 189, em Lourdes.