Carregando...
Gastronomia

CHEGOU A CHATA: experimentando a comida premiada do Glouton!

10.05.2019
Lu Ferreira

O Chegou a Chata de hoje está super fino! Sabe aquele restaurante que todo mundo conhece não só o local, como também o nome do chef que assina o cardápio de tão famoso? Aquele que tem uma parede cheia de vááários prêmios? Pois é! Este é o Glouton, eleito por várias vezes como o melhor restaurante de BH!

Chegamos ao Glouton já olhando a carta de vinhos e também o menu de entradas. O cardápio do restaurante muda com certa regularidade e tem várias opções para você iniciar o seu pedido – confesso que fiquei em dúvida na hora de escolher, haha!

No menu de pratos principais eles têm alguns clássicos, como o “Arroz melado de galinha” (R$67) que já experimentei e é delicioso, e também uma parte com as novidades da casa. Como escolha de entrada, fomos de “Bombinha de fígado de galinha” (R$33), que estava bem saborosa e super temperadinha, sabe?

Uma coisa que o Glouton faz muito bem é pegar ingredientes que são simples e típicos de Minas Gerais e transformá-los em alta gastronomia. Tipo essa entrada! É fígado de galinha, uma carne super simples que comia na casa da minha avó e no restaurante foi levado a outro patamar!

A nossa segunda entrada foi um “Canelloni crocante de porco” (R$29), é gostoso, mas achei que teria mais carne no recheio. Parece um rolinho primavera mineiro, hehe! Ah, e aqui é importante dizer que pedimos duas meias porções, então as entradas vem com mais comida do que mostramos no vídeo!

Os pratos principais demoraram bastante! Sabe quando a gente já começa a ficar impaciente de fome? Então… Quando chegaram, fiquei BEM apaixonada pela apresentação do meu prato. Escolhi uma “Leitoa glaceada no melado com fava verde, tucupi vermelho e compota de laranja” (R$77), Léo escolheu “Costela de boi com angu de milho branco e molho de café” (R$71) e a Julia pediu uma “Rabada em cubo de ragout com nhoque de queijo canastra” (R$73).

Eu mandei muito bem na minha escolha, hehe! Pedi algo diferente do que já tinha experimentado no restaurante e achei muito saboroso. O Léo também amou o prato dele, já a Júlia gostou do prato dela, mas não pediria de novo por ter achado um pouco gorduroso demais.

De sobremesa fomos de “Torta de chocolate” (R$21), feita com chocolate com pimenta e caldinha de caramelo salgado, e “Pão, pão, pão, pão” (R$23), que é feita com rabanada de brioche, sorvete de pão com manteiga, creme de pão de mel e uma torradinha caramelizada. A “Pão, pão, pão, pão” é muito gostosa e diferente, mas a torta de chocolate… Foi minha favorita! Além da pimenta, o equilíbrio do chocolate com o caramelo é perfeito!

Até hoje, este foi o restaurante mais caro que já fomos aqui no Chegou a Chata. O valor da conta deu R$157,00 por pessoa, definitivamente caro! É um restaurante para ir em ocasiões especiais, sabe? Ficamos conversando no carro se realmente vale a pena gastar tudo isso em comida e, na minha opinião, você paga esse valor pelo conjunto: o atendimento (que foi muito atencioso, obrigada Jairo =D), o ambiente, a comida… Porém, sei que não é todo mundo que pensa assim! Me conta o que você acha? Se pagaria esse valor?

Nessa experiência, os dois pontos negativos pra mim foram a demora pra chegar a comida e o banheiro, que tinha um vazamento que já havia reparado em uma outra vez que fui almoçar no Glouton e pelo jeito ainda não foi resolvido. Fora isso, é um restaurante que gosto muito e acho o conceito de pegar ingredientes simples e transformar em alta gastronomia incrível!

Você já foi ao Glouton? Não deixe de me contar aqui embaixo como foi a sua experiência!

4 Comentários  |  Deixar Comentários

Comentários:
  1. Bruna    13/05/2019 - 00h36

    O glouton é sensacional! Essa torta de chocolate é uma das sobremesas mais gostosas que já comi na vida… pra quem mora no Rj, o preço também é maravilhoso, pq por aqui, um restaurante nesse nível sai beeeeem mais, viu? :/ eu amei quando fui!

  2. gaby    17/05/2019 - 16h14

    Mandou super bem na escolha dos pratos um mais delicioso do que o outro, amei kkkk

  3. Vânia    24/05/2019 - 14h04

    Gastar com alta gastronomia é para quem pode e para quem quer, o pode é que realmente tem dinheiro para isso quando quiser, e o quer é para quem não pode sempre, mas gosta de experimentar uma vez ou outra.
    Isso é valorizar o trabalho dos profissionais também, não achei nada demais vendo as fotos e achei bem caro, mas é como você disse, tem todo um conjunto da obra.

    http://www.ziperchique.com.br/2019/05/4-dicas-para-ter-mais-forca-de-vontade.html

  4. Carol    06/06/2019 - 07h04

    Esse valor, como vc disse, só pra ocasiões especiais… Qnd possível, posta mais fotos do restaurante, please! O ambiente Tb conta pontos, neam! Rs..

Mais sobre Gastronomia