Carregando...
Moda

Análise Cromática: O Outono Escuro da Zendaya

04.08.2021
Redação Chata de Galocha

Olá, meu nome é Gabriela Ganem, sou consultora de imagem e estou mais uma vez no Chata de Galocha para falar sobre a minha especialidade: análise cromática e suas cartelas. No post de hoje vamos falar do Outono Escuro (ou Profundo). Vale conferir os posts anteriores para entender melhor o conteúdo aí embaixo. 

O Outono Escuro é composto por tons profundos, de saturação moderada e de inclinação quente. Em outras palavras, são cores fechadas, em tons mais amarelados e não muito vibrantes. Pense verde escuro, marrom, vermelho telha, marsala, terracota, azul petróleo… São cores terrosas, mas em versões profundas.

Quem ilustra este post é ninguém menos que Zendaya Coleman – ou apenas, Zendaya. Não vou esconder, sou muito fã. Adoro a pessoa e também amo sua veia fashionista destemida, meio lúdica. Poucas pessoas arriscam mais num look do que esta beldade. O lado ruim disso é que ela acaba se comprometendo mais com a moda do que com as cores, rs. 

Em nome do fashionismo, Zendaya usa de tudo. Às vezes a vejo em cores mais vivas do que eu recomendaria para um Outono Escuro. O look amarelo limão do Oscar deste ano é um bom exemplo disto. Apesar disso, noto que sua preferência tende a recair sobre as cores quentes. É difícil vê-la usando tons de azul ou violeta, por exemplo. Mas se em cores difíceis já fica essa lindeza, contemple numa versão mais outonal:

Não é uma perfeição? Por mais que Zendaya use um pouco de tudo, não faltam inspirações suas em looks de Outono escuro. E acho que fica bem evidente o tamanho da sua afinidade com estes tons. O marsala ou vinho são forte preferência da moça e dá para ver o motivo. Se valorizam mutuamente! Vermelhos mais fechados também entram na categoria. Pessoalmente, eu amo quando a vejo de verde. E o quanto que ela fica bem no marrom? Não é para qualquer pessoa.

Se a memória não falha, o dia em que eu bati o martelo para a pele mais quente foi num baile do MET de uns anos atrás. Zendaya estava um escândalo em vestido de baile estampado de tons amarelados e alaranjados. Já no ano seguinte, apesar do fabuloso look Joana d’Arc ser uma escultura primorosa, em matéria de cor, ficou bem deficitário. Já me perguntei se ela não poderia ser um exemplo de pessoa com pele oliva, como a Kim Kardashian no Inverno Escuro (link). Mas hoje eu estou bem confiante numa cartela de outono. Acho que a montagem fala por si. Do contrário, tenho aqui mais um exemplo:

Comparei seu look marrom com dourado com uma edição para as cores equivalentes em tons frios, um grafite e um prata. A imagem da direita me deixa muito mais feliz que a da esquerda e acho que a ela também, rs. Percebo a pele dela bem mais colorida e luminosa na opção outonal. Me parece que tem muito mais viço a versão marrom. Nos cinzas ela fica um bocado mais apagada.

Zendaya é uma daquelas pessoas que pode tudo… Mas acho que ela pode ainda mais em cores como as do Outono Escuro/Profundo. O que acham? Para saber mais sobre análise cromática, acompanhe o meu Instagram!

Beijos, 

Gabi 

3 Comentários  |  Deixar Comentários

Comentários:
  1. Bárbara Cavalcante    11/08/2021 - 13h13

    Acho o bordô e tons terrosos muito chics para o inverno. Passam uma vibe quentinha, elegante e hoje com tecidos mesclados conseguimos seguir confortáveis. Ótimo post!

    Bárbara Cavalcante
    http://barbaradoblog.com/

  2. Samara Silva    12/08/2021 - 16h54

    Descobri este site essa semana e já estou adorando os conteúdos, são ótimos!

    Parabéns! 👏

    Meu Blog: O Significado dos Sonhos

  3. Bubudo    25/08/2021 - 23h37

    Eu adorei suas dicas ☺

Mais sobre Moda