Carregando...
Lifestyle

O que vem depois do Eu Te Amo?

04.03.2015
Marcella Brafman

euteamo
O que vem depois do eu te amo?

Eu te amo é lindo, mas sempre achei mais bonito ele dito de outro jeito.

Desde pequena, me sentia incomodada em ter que dizer as três palavras que todo mundo fala também. Se cada um sente de uma forma, porque temos que dizer igual? E quando passa do eu te amo? O que vem depois e mais forte e mais intenso que ele? É tudo confuso. Nunca consegui inventar uma palavra nova, justo eu que sinto o depois. Queria poder dizer “eu te amo mais do que o eu te amo”, mas só de tentar me expressar assim, já falaria eu te amo duas vezes.

As três palavras sempre foram pouco pra mim, costumam ficar agarradas na garganta. Quando saem, escapolem só porque precisam. Saem porque as pessoas querem saber que são amadas, porque precisam se sentir seguras. Para quem não leva jeito para falar o “eu te amo” da maneira mais romântica possível, essas palavrinhas aparecem nos piores momentos.

Geralmente quem ama depressa, é o primeiro a dizer. Todo mundo está propenso a ouvir como resposta “obrigado” ou “também te acho legal demais”. Acontece. Lembro de uma vez que disse “eu te amo” porque fiquei sem assunto.

O silêncio me incomodou tanto, que eu o preenchi assim. Eu realmente gostava da pessoa mais do que o “te adoro”, mas não chegava a um “eu te amo”. Não sabia o que dizer e de repente foi. Depois disso, cheguei a conclusão que precisam logo criar uma palavra para o quase-te-amo. Já que nos é exigido em palavras o que sentimos, que façam logo o “eu te amo do meio termo”.

Uma vez perguntei para uma amiga se o “eu te amo” que ela dizia para o namorado sempre, no final de toda conversa, era tipo um “câmbio, desligo”. Ela achou engraçado, mas eu estava falando sério. O “eu te amo” era falado o mesmo tanto de vezes que eles diziam “alô” e “tudo bem?”. Quem sou eu para entrar no meio da história dela, mas, dito tantas vezes, não perde a força?

Dentre todos esses sentimentos que passaram e estão em mim, todas essas dúvidas que vocês também podem ter, posso contar que em toda a minha vida, já ouvi eu te amo assim: Ouve essa música. Tô com saudade. Você sumiu. A gente se vê mais tarde? Você ficou linda. Preciso de você. Posso ir com você? Saudade. Pensei em você. Eu me importo. Vem cá. Já consegui dizer “eu te amo” de N formas. Até mesmo quando disse “não quero te ver mais”.

26 Comentários  |  Deixar Comentários

Comentários:
  1. Eneida    04/03/2015 - 08h24

    Luisa, essa Marcela é muito chata, essa coluna não tem nada a ver com seu blog!!!

  2. Meline    04/03/2015 - 08h30

    Muito bonito!
    Tenho uma prima que fala eu te amo como um tchau, não só pro marido dela, mas pra todos que ela ama. Como ela é um ser tão maravilhoso, sei que todos os eu te amo dela são tão fortes como se fossem só um, mas isso porque é ela (e deve ter algumas outras assim por aí). Todavia, acho que todo mundo diz eu te amo por aí sem nem saber se é amor, eu tenho receio, só digo quanto tenho certeza. Não é coisa à toa amar ne?! O último eu te amo que eu disse vou um do tipo não quero mais te ver. Foi o mais difícil e doloroso ( está sendo) da minha vida. Mas é amor também. Enfim, belo texto! Beijos

  3. […] O que vem depois do Eu Te Amo? […]

  4. Luiza    04/03/2015 - 09h26

    Gostei muito do texto e só queria “abrir um parênteses” … Vivo o “eu te amo” como câmbio desligo no meu relacionamento. Quando ficamos um tempo sem falar isso, alguns meses, percebemos o quanto sentíamos falta disso e resolvemos aos poucos voltar a falar. Ele dá um conforto no final do telefonema, é quase um “não se esqueça que eu te amo”, não tanto um câmbio e desligo. Claro que é diferente de cada momento, intonação na voz e intensidade os vários “eu te amo” do dia-a-dia e a gente sabe muito bem qual é qual. OBS.: Namoro há 11 anos e somos mais felizes assim!

    http://www.estiloadois.com.br

  5. Jéssica Panzeri    04/03/2015 - 09h40

    Muito lindo e também concordo… existem várias formas de dizer eu te amo!!!

  6. Isabella    04/03/2015 - 10h10

    Sensacional! Penso exatamente a mesma coisa sobre o “Eu te amo”…

  7. Renata    04/03/2015 - 10h18

    são duas questões no texto né?!

    primeiro o significado do ‘eu te amo’ dito toda hora.

    eu tento explicar isso para meu noivo, mas ele não entende. me sinto muito mais amada quando ele pergunta se estou bem, por exemplo.

    é a mesma coisa de dizer todo dia ‘vc é linda’ e dizer ocasionalmente ‘vc está linda’. o segundo tem muito mais amor e sinceridade. quando eles dize, ‘vc está linda’ a gte realmente sabe que tem algo diferente naquele dia.

    a segunda questão, a palavra entre o ‘eu te adoro’ e o ‘eu te amo’. quando vc mais que adora, mas ainda não amaaa.

    li um livro que os personagens diziam isso, não lembro qual livro, mas a solução que eles encontraram foi

    LIKE +LOVE = LIVE

    algo como eu te vivo.

    achei bonitinho, vai!!

  8. Val    04/03/2015 - 10h22

    Uau… adorei o texto! :)

  9. VIVIANE PRADO    04/03/2015 - 11h01

    LUUUUUU, que texto lindo! Amei, e fiquei feliz em saber que não sou a única pessoa que tem dificuldades com ”

    EU TE AMO” pra mim, isso também não é bom dia! E me entristece tanto ouvir um te amo, ou meu amor que não é verdadeiro.

    Beijinhos

  10. Lady Cat    04/03/2015 - 11h57

    A gente ama tanta coisa ne? Sapato, maquiagem, roupas…. prefiro ouvir outras frases pq parece que significa mais.

    bjs

    http://ladycatblog1.blogspot.com/

  11. Pri    04/03/2015 - 13h12

    Eu amo esse texto!

    =)

  12. INGRID    04/03/2015 - 13h32

    Lindo texto!! Parabéns Marcella.

  13. Vanessa    04/03/2015 - 13h45

    Acho que tem horas que sentimos a necessidade de falar, uma coia sufocante que enquanto não colocamos pra fora fica arranhado a garganta e o peito. Nestas horas você sente a diferença entra o “eu te amo” automático e o “verdadeiro” “eu te amo”.

  14. Anna Romanazzi    04/03/2015 - 13h57

    Acho que existem mil formas de dizer “eu te amo”… e muitos dizem realmente sem sentir. Eu ouvi uma vez a seguinte frase: “se um eu te amo não é suficiente pra expressar o tamanho do seu sentimento, diga Te vivo !” e foi o que eu fiz, tenho tatuado TE VIVIO no antebraço demonstrando o amor incondicional que sinto por algumas pessoa. Amor de mãe… amor de vó … amor de irmão … todos bem representados por esta pequena frase.

  15. Vivi    04/03/2015 - 17h28

    Perfeito! Há mais formas de dizer “eu te amo” do que realmente falando essas 3 palavras. Apesar de que, às vezes, dá uma vontade de sair gritando isso por aí, né?

  16. Rogéria    04/03/2015 - 17h53

    Marcella, texto lindo! Me emocionei!
    Adorei o último parágrafo e acredito nesse tipo de “eu te amo”!
    Bj

  17. Barbara    04/03/2015 - 21h51

    nosso, super me identifiquei. Também acho que “te amo” é muito forte pra ser dito como um “bom dia” e em certos momentos, é pouco de mais pra expressar o que sentimos…

    Nunca tinha pensando em outras maneira de dizer e “ouvir” “eu te amo”, mas depois desse post descobri que também sinto mais pelas ações e outras palavras.

    Obrigada por este post, e parabéns.

  18. Fêh Zenatto    05/03/2015 - 01h23

    Concordo e discordo com o texto hihi.
    Concordo com o final quando falas que existem tantas formas diferentes de dizer ‘eu te amo’. E até mesmo sinto que meu namorado está me amando mais quando fica me olhando antes de pegar no sono do que quando ele diz eu te amo.

    Mas discordo quando achas que falar eu te amo tantas vezes diminui o que se sente. Acho que o fantástico do amor é justamente isso, sendo verdadeiro, quanto mais se fala, quanto mais se dá, mais aumenta!

    Blog Coisa e tal
    Facebook | Twitter | Instagram

  19. Isabella Melo    05/03/2015 - 20h47

    Marcella, simplesmente de mais!!

  20. […] O que vem depois do Eu Te Amo? […]

  21. […] O que vem depois do eu te amo Vocês não conhecem o Chata de Galocha? Então, depois que terminar de ler esse post dá uma passadinha por lá.  A Lu (sim, íntima) é uma mineira super alto astral, com conteúdos interessantes e vídeos que merecem mil likes. O blog dela possui alguns colaboradores e uma delas é a Marcella Brafman que tem uma coluna quinzenal lá no Chata, com textos tão incríveis como esse. Para alguém que tem dificuldade em dizer “eu te amo” o texto é meio que encaixe perfeito. […]

  22. Samira    09/03/2015 - 12h31

    Concordo com a ideia de que, existem diversas formas de dizer o “eu te amo”.
    Lembrei de um filme que vi há um bom tempo (Love & Sex), em que os personagens discutem sobre banalização do “eu te amo”, como se, falado com muita frequência perdesse o significado. Eles dizem que o “love” acaba sendo usado tanto quanto “cheese sandwich”. E passam a usar I Chesse Sandwich You.

  23. […] O texto é da Marcella Brafman e pode ser encontrado aqui […]

  24. tati    09/04/2015 - 15h38

    As pessoas tem dificuldade de falar “eu te amo” e acham que a frase já banalizou, mas eu acho que é justamente o amor que ta faltando mais no mundo! Posso falar que amo uma amiga, meu namorado, meus pais, mas cada amor dito vai ter o seu peso pra cada pessoa.

    As vezes é difícil de sair, mas depois que sai é uma beleza!

    Não tem nada melhor que estar trabalhando e receber uma mensagem com um “eu te amo linda” do namorado, só pq ele lembrou de ti, ou de algum momento de vcs dois juntos.
    Posso abraçar uma amiga e dizer que amo ela, e isso pode ser a mais pura verdade, pq pra mim ela significa muito, mas é claro que para chegar nessa frasezinha tem que ter tido mta cancha juntas..

    Amor é amor, onde quer que ele esteja, só tem que sentir, e sair (da boca pra fora)..

  25. Mariana    21/01/2016 - 13h50

    Acho meio infantil pensar que dizer “eu te amo” sempre pra pessoa perde o significado. Apenas significa que nós sentimos isso sempre e pensamos isso sempre. às vezes é difícil lembrar que alguém nos ama no dia a dia

  26. […] O que vem depois do Eu Te Amo? […]

Dia de fotos dos lançamentos da linha #ChatadeGalocha! Semana que vem à venda pra vocês: Óleo Demaquilante, Sabonete Facial e Tônico 😍
Mais sobre Lifestyle