Carregando...
Família

Vinte e cinco de Novembro

02.12.2015
Lu Ferreira

Uma coisa que percebi ao longo da gravidez foi a ideia equivocada que a sociedade em geral tem do parto. Na maior parte das vezes o momento do nascimento é associado a algo negativo: dor, sofrimento, medo. Confesso que tinha um pouco de medo no início da gravidez, afinal era algo desconhecido. Mas à medida em que as semanas foram passando e eu me informando, o medo passou. Sabia o que esperar do parto e me sentia preparada para aquele momento. O que eu sentia era expectativa e curiosidade, estava animada para conhecer minha filha e esperava que desse tudo certo. Esse é meu relato de parto, onde conto como cheguei até a noite mais incrível da minha vida. Espero que ele inspire outras grávidas a se informarem também e que o resultado seja mágico como foi o meu.

No início da minha gravidez, se me perguntavam sobre parto, eu falava: quero que seja normal. Eu não sabia que não entendia exatamente o que estava falando. Pra mim existiam dois tipos de parto: normal e cesárea. Mas ao longo dessas 39 semanas de gestação fui descobrindo todo um novo mundo, que culminou no meu parto no dia 25/11. Natural, sem anestesia, na água. Nunca pensei que eu faria isso! Na verdade repeti várias vezes nas consultas de pré natal que jamais entraria na banheira. “Não sou dessas da banheira gente, quero anestesia.”

Como já contei aqui mudei de obstetra quando estava com 24 semanas de gravidez. Estava sendo acompanhada por uma profissional que eu diria ser padrão – mas eu não queria um parto padrão. Escuto relatos de mulheres que tiveram partos normais assustadores – cheios de interferência, sem privacidade, com procedimentos desnecessários e desinteresse da equipe naquilo que está acontecendo – é uma nova vida, gente! Um parto deveria ser um momento maravilhoso, memorável – é o nascimento de um filho afinal de contas – e meu medo era acabar com uma história triste, como tantas que ouvi.

Acabei indo parar num instituto que tem como conceito o parto humanizado. Fiquei receosa de marcar a consulta – parto humanizado pra mim significava parto na banheira e sem anestesia (HAHA), e eu nunca fui contra anestesia e nunca considerei um parto em casa, por exemplo. Queria a segurança de um hospital, queria o conforto da anestesia, enfim, queria um parto normal. Serei eternamente grata às pessoas que cruzaram meu caminho desde que pisei naquele Instituto. À medida em que as consultas iam passando minha cabeça ia mudando, finalmente entendi o conceito real de parto humanizado: aquele que respeita a mãe e o bebê. Se você quer anestesia, terá anestesia. Quer ficar deitada, fica. Quer ficar sentada, andar? Tudo bem, não há imposições, apenas o acompanhamento e claro, a interferência quando necessária para a saúde da mãe e do bebê.

Tive um clique no dia em que fui me consultar com a anestesista, Dra Eliane, para a avaliação antes do parto. Ela me perguntou: “Lu, qual a maior dor que você já sentiu na sua vida?”. Eu não soube responder na hora, não me lembrava. Foi aí que entendi porque ela me dizia que dor era uma coisa subjetiva. Afinal de contas, uma coisa é uma dor que vem de um sofrimento, uma doença, um machucado… Outra bem diferente é a dor que tem um propósito feliz – trazer um filho ao mundo, por exemplo. Nessa hora eu lembrei da maior dor que já havia sentido: foi quando fiz uma tatuagem na costela, homenagem para minha avó. Lembro que ardia, queimava, doeu MUITO. Mas era a rosa da minha avó, quem ligava se estava doendo? Nesse dia comecei a pensar na hipótese de um parto sem anestesia. Demorei a contar isso pro Leo e meu plano era nem contar pra doula e pra obstetra (heheh!), mas Leo abriu a boca numa consulta e aí todo mundo já sabia.

Depois de aprender com nossa doula, Lena, (doula é uma especialista em partos. Não é médica, não é enfermeira, é uma pessoa carinhosa e que sabe te instruir durante o momento) as fases de parto, entender a importância do ambiente para a evolução dele e como eu poderia reagir a cada fase, comecei a imaginar meu parto. E foi melhor do que esperava.

luleobia

Acordei às 4 da manhã de segunda (com 39 semanas e um dia de gestação) com uma cólica forte nas costas. Não consegui dormir mais, levantei e fui trabalhar. Lá pelas dez da manhã descobri que o tampão havia saído. Isso poderia significar que o parto aconteceria daí a alguns dias, mas não existe um prazo certo. Tentei não ficar ansiosa com aquilo, mandei mensagem pra obstetra, Dra Quésia, contando, peguei uma bolsa de água quente pra aliviar a dor (que continuou o dia todo, igualzinha às cólicas de TPM que tenho) e fui dormir mais um pouco. No dia seguinte acordei de novo com dor, mas dessa vez era diferente: só na frente, e ritmada. Era o início das contrações! Também sabia que isso poderia durar dias, então tentei não me animar muito… Tivemos uma consulta às onze da manhã e aí a coisa ficou mais real: estava com dilatação de quase dois centímetros. A instrução era tentar relaxar, aproveitar o dia.

Foi o dia em que mais trabalhei nas últimas semanas, hahah! Ouvir aquilo foi como colocar um alarme, tinha muita coisa pra entregar e se não fizesse naquele dia achava que não faria tão cedo… Fora que era dia 24 e desde o final de outubro que falo pra família: “Ela vai nascer dia 25 de novembro, vocês vão ver!”. Estava certa. Parei de trabalhar às 21:21, hora que o último email saiu da minha caixa. Escrevi entre contrações, respirando fundo e fazendo “ahhhh”, tipo aquela respiração do pilates, sabe? Aliviava bastante. Aí quis tomar um banho, estava cansada, com dor, e sempre ouvi falar que o banho ajudava com as dores das contrações. Foi ali, no chuveiro, sentindo a água quente bater nas costas, que caiu a ficha: “Ela vai nascer! Ela vai nascer daqui a pouco!”. Comecei a chorar, a rir, parecia uma louca, era um estado de felicidade que eu nunca tinha sentido. Fiquei no chuveiro quase uma hora, até que saí e as contrações foram aumentando. Aí foi a hora do Tens.

Tens é um aparelhinho que eu havia descoberto duas semanas antes, na consulta. “Lu, já te falei do Tens? Um aparelhinho que ajuda a aliviar as dores das contrações – ele gera estímulos elétricos que minimizam a dor”. Aluguei um naquele dia mesmo. Minha intenção era ficar em casa a maior parte do trabalho de parto, o ambiente em que me sinto mais segura, confortável, e por isso mesmo o que proporcionaria um trabalho de parto mais rápido. Minha meta era chegar ao hospital com no mínimo seis centímetros de dilatação. À meia noite e pouco a gente chegou, eu estava com sete pra oito centímetros. Eu sabia que essa era a fase mais dolorida do parto (aprendi com a Dra. Eliane), e não havia tomado a tal anestesia até esse momento… Será que eu iria conseguir ficar sem?? Nessa hora a bolsa rompeu e aí a coisa começou a andar mais rápido.

A sala de parto era à meia luz. Lena plugou um aromatizador cheiroso na tomada, ligou a música que eu havia escolhido. O ar condicionado estava desligado e o ambiente era quentinho e acolhedor. Estávamos eu, Leo, Dra. Quésia e Lena. Olhei pra elas enchendo a banheira e falei: “gente, nem vou entrar na banheira”. Fiquei um tempinho na maca. Quando a dor parecia insuportável, Lena me sugeriu mudar de posição. Mudei, melhorou. Quando essa nova posição começou a ficar insuportável, não aguentei: “Acho que quero anestesia”. Me explicaram então o que aconteceria: “Vamos chamar o anestesista. Ele vai ter que acender a luz. Primeiro vamos fazer um aceso venoso e daí a mais ou menos meia hora ela vai começar a fazer efeito”. Preferi tentar ir pra banheira.

Assim que entrei já senti uma super diferença. Que gostoso ficar ali na água quentinha, aliviava mesmo! Fiquei em uma posição por um tempo, na fase que eu achei a mais difícil do parto: eu sentia muita necessidade de fazer força, mas era difícil, era uma força que eu nem sabia que existia. Lena me sugeriu outra posição. Quase não consegui me virar, estava exausta, mas aos pouco consegui. Fiquei apoiada nas pernas do Leo, que estava sentado na beirada da banheira. Aí começou a parte meio mágica: a dor passou. Não sentia mais dor, só muita vontade de fazer força, e a cada vez que fazia força a sensação era boa, ficava calma… Um silêncio absoluto na sala nesse momento. Não saberia dizer quanto tempo isso durou, me falaram que foi cerca de uma hora e pouco. Eu sentia a vontade de fazer força, me apoiava na barra da banheira e no braço do Leo, fazia, a vontade passava, me sentia calma.

No final de um impulso, senti ela saindo. Alguém me virou e a Dra. Quésia me entregou minha filha embaixo d’água. Quando a tirei, nos meus braços, ela estava de olhos abertos, piscando, olhando a sala em volta. Ela não chorou. Ao invés disso ficou com os olhões abertos, olhando pra tudo aquilo, quietinha, fofa, bochechuda. Coloquei ela automaticamente no meu colo, senti as costas gordinhas. Nessa hora o cordão parava de pulsar, Leo cortou e se juntou a nós duas na banheira. Ficamos os três ali, olhando um pro outro, em êxtase. Eu também não chorei. Fiquei conversando com ela. Dei as boas vindas, contei o nome dela. Aí quis que Leo a carregasse um pouquinho também. Nunca vou esquecer da sensação da água quentinha abraçando a gente e daqueles olhinhos bem abertos, olhando pra nós pela primeira vez.

Eu pensei que o pós parto seria um momento super desgastante – sempre ouvi isso. Ao invés disso estava completamente extasiada. Saí da banheira, fui pra maca, Bia veio pro meu colo e ali ficou nas próximas quatro horas. Mamou muito, mais de uma hora, e nessa hora Lena mais uma vez estava do meu lado me ajudando. Os olhinhos continuavam abertos e atentos, ela também não dormiu. Não sentia dor nem cansaço depois do parto. Só conseguia olhar pra ela, conversar, foi o momento mais feliz da minha vida. Não acreditava que havia feito aquilo, entrar naquela banheira foi a melhor decisão. Meu parto foi totalmente natural – Bia nasceu quando estava pronta, no ritmo dela, sem interferências.

Serei eternamente grata às três mulheres que me acompanharam durante esse tempo e fizeram com que eu tenha a lembrança do parto como um momento doce, forte e feliz: Dra Eliane Soares, a anestesista que me convenceu a não usar anestesia (hehe!), Dra Quésia Villamil, nossa obstetra que nos instruiu ao longo de tantas semanas, e Lena Borgo, nossa doula, que me confortou e instruiu para que tudo corresse da forma mais confortável possível. Eu comecei essa gravidez falando que não era radical, não iria virar militante… Estava errada. Todo mundo merece passar por essa experiência. Virei mais uma defensora voraz do parto humanizado, o único que deveria existir. 

1054 Comentários  |  Deixar Comentários

Comentários:
  1. Juliana    02/12/2015 - 08h37

    Caiu um cisco aqui no meu olho!rs
    Parabéns, Lu! Seu relato foi lindo e emocionante! Acompanho há muitos anos o chata e é um dos meus blogs favoritos! Toda felicidade e saúde do mundo pra sua família! Beijo!

  2. Alessandra    02/12/2015 - 08h37

    Que lindo Lu!!!! Fiquei emocionada lendo seu texto, seu relato de parto. Realmente você passou uma imagem diferente de parto normal, como todos falam… Felicidades pra sempre <3 Bjo

  3. Katia Gutierrez    02/12/2015 - 08h39

    Que alegria ler seu relato – tanta que nem sei dizer… Mas é assim mesmo, a gente acredita que não vai virar militante, mas quando vê, já virou. É amor demais pra desperdiçar <3 Que sejam muito felizes!!!

  4. Liliany    02/12/2015 - 08h40

    Confesso que chorei praticamente do começo ao fim desse post. Sensacional Lu.
    É o que quero pra minha vida. Pretendo engravidar daqui um ano e meio e sua história só me incentivou e me deu mais coragem pra buscar um parto humanizado. Muito amor . alegrias. paz. proteção e luz.

  5. Marcela de Vasconcellos    02/12/2015 - 08h40

    Que lindo, que lindo, que lindo!!!!
    É assim que eu acho que um parto desse ser lembrado: com amor, com alegria, com calma…só sentimentos bons. Que a vida inteira da Bia seja pautada nessas sensações, nessa família linda que vocês estão montando aos poucos, com o jeitinho de vocês.
    Aproveite tudo, o tempo todo, esquece do mundo. Seu mundo tá aí dentro dessa casa.

  6. Luana de Andrade    02/12/2015 - 08h40

    Lu, nunca pensei que esse tipo de parto seria tão lindo como você descreveu, parabéns pela Bia e por esse momento lindo que ela pode proporcionar para você e o leo.

  7. Barbara    02/12/2015 - 08h41

    Chorei lendo seu relato, Lu! Que coisa mais linda! Fico muito, muito feliz por você e pela Bia!
    Você é uma mulher incrível e forte, tenho certeza que sua filha vai ter muito orgulho de você quando souber disso.
    Parabéns pela filha linda e saúde para as duas!
    <3

  8. Paula    02/12/2015 - 08h41

    Lu, fiquei emocionada com o seu relato. Super me identifiquei com os seus pensamentos relatados antes da gravidez, sinto que não irei prolongar esse plano de ter filhos e suas palavras foram confortantes e reais. Sem aquela imposição de ser o certo ou errado… Adorei.
    Felicidades à todos.

  9. Nete    02/12/2015 - 08h42

    Fantástico seu relato.
    Felicidades, saúde e muita paz.

  10. Carol    02/12/2015 - 08h43

    Lindo relato, parabéns.

  11. ketli barboza    02/12/2015 - 08h43

    parabéns lu ,seu relato foi emocionante.que a bia cresça cheia de saude e alegrias :)

  12. Thiara    02/12/2015 - 08h45

    Que história maravilhosa Lu. Fico imensamente feliz que tenha dado tudo certo e ocorrido como vocês decidiram, com muito respeito e amor. Parabéns pela Bia :D

  13. Maria Lucia Gontijo    02/12/2015 - 08h45

    Que relato de parto mais lindo. Estava ansiosa para lê-lo. Tive uma cesárea necessária, graças a Deus ocorreu tudo bem e foi sem traumas, mas confesso que na segunda gravidez que pretendo ter, vou me preparar para um humanizado. É possível depois de uma cesárea e quero viver essa experiência. Conheço a dra Quesia ela e dr Hemmerson são sensacionais. Lu, te admirava antes e hoje muito mais. Parabéns pela experiência maravilhosa…que sua família transborde ainda mais amor depois da chegada da Bia. Terão dias de cansaço, insegurança, mas tudo valerá a pena quando você olhar para os olhinhos dela em sua direção. Deus abençoe vocês.

    • Natalia Rocha    02/12/2015 - 16h11

      Lu, que incrível esse texto!! Fiquei emocionada do início ao fim. Imaginando como foi cada detalhe… Lindo, lindo, lindo! Que Deus abençoe muito essa linda Bia, você, o Leo e toda sua família. Muito amor, saúde e proteção ?

  14. Tamy    02/12/2015 - 08h46

    Sim, o único q deveria existir. =)

  15. Talita    02/12/2015 - 08h47

    Não resistir, sem chorar, ao fim do seu relato. Chorei, sim! Hoje é um dos meus maiores medo de engravidar! Parabéns!! Obrigada por contar a nós (mulheres) esta historia… Obrigada, lú!!!

  16. Mariana    02/12/2015 - 08h47

    Lu, Parabéns pela Bia e por esse momento tão lindo, me emocionei lendo um texto feito com tanto amor!

  17. Patricia Tassi Ney    02/12/2015 - 08h47

    Maravilhoso ler isso Lu! Te acompanhei durante toda gestação pelos vídeos claro hahahaha, Mas estou completamente APAIXONADA por tudo isso.
    Desejo que o mesmo ocorra comigo, e desejo mais ainda que estes momentos Mágicos continuem em sua vida, na sua Família.
    Deus abençoe vocês grandemente.

    Beijosss

  18. Caroline Caldas    02/12/2015 - 08h48

    Que relato lindoooo Lu, sou bem nova ainda (18 anos) mas adoroooo ler sobre partos, bebes, e quando soube que a bia nasceu, de parto normal, fiquei muito feliz. Acompanhei a gravidez de vocês, com muita ansiedade, e é muito bom que você conseguiu isso. Você falou uma coisa muito legal, sobre a dor de sofrimento e a dor de saber que esta dando a luz para seu filho. Eu vejo, tantas pessoas delicadas (como você) que nesse momento conseguem esquecer de tudo e fazem um parto normal, uma coisa que ao meu ponto de vista, é tão corajosa. Acho que se não tiver problemas com a saúde (da mãe e do bebê) deve sim ter um parto normal. Não imagino a dor, ninguém consegue me descrever, mas deve ser magico quando se tem o bebe no colo, deve até esquecer de toda aquela dor. Parabéns a essa nova família!

  19. Marie    02/12/2015 - 08h49

    Lu você conseguiu passar exatamente oque sentiu para nós, obrigada por compartilhar conosco essa experiência a Bia é linda , muita felicidade a você ao Léo que agora cuidarão dessa pequena com tanto amor

  20. Vanessa Wolff    02/12/2015 - 08h49

    Lu,
    que depoimento maravilhoso!

    Eu tive uma cesária por que quando fiz meu pré-natal, além de eu ser nova e muito desesperada, meu médico em nenhum momento perguntou minha vontade e tentou mudar minha opinião!

    Achei lindo que você encontrou uma equipe que acolheu você, o Leo e a Bia e você fez a melhor escolha!

    Amei tanto seu depoimento que fiquei com vontade de engravidar de novo e fazer o meu medo de parto se tornar em uma experiencia, como foi com você!

    Parabéns pelo nascimento da sua bebezinha!!! Curta muito ela!!!

    Beijos

  21. Graziele    02/12/2015 - 08h50

    Lindo! Emocionante!

    Parabéns Lu, pela força imensurável e pela Bia.
    Felicidades pra sua família.
    Espero que quando chegar minha hora, eu viva essa emoção especial e com toda essa força que nós mulheres nem acreditamos que temos.

    Beijos

  22. Elba    02/12/2015 - 08h51

    Achei lindo o relato, além de muito instrutivo

  23. Marcia Botelho    02/12/2015 - 08h52

    Ai Lu…
    Impossível não se emocionar com seu relato… Estou na minha segunda gestação, sendo que a primeira foi bastante complicada, e meu desejo é que esse próximo parto ocorra de forma natural. Que bom que deu tudo certo para vocês e que as lembranças que ficaram dessa fase não só as melhores!
    Curta muito a maternidade! É uma delícia!
    BJ!

  24. Priscila    02/12/2015 - 08h52

    Lindo texto, linda experiência, linda família! Você me inspira… te admiro como pessoa e como profissional. Parabéns Lú!

  25. rebeca bento    02/12/2015 - 08h53

    Que feliz! Espero que vocês sejan muito felizes! Parabéns, Lu e Leo! ?

  26. Andreza Serra    02/12/2015 - 08h54

    Lu, que maravilhoso! Li com lágrimas de emoção.
    Que sua família seja sempre abençoada.
    Parabéns pela escolha do parto, parabéns pela Bia.

    Beijos

  27. Soraia Queiroz    02/12/2015 - 08h55

    Que lindo!
    Estou com olhos marejados com seu depoimento. Parabéns pela linda filha que veio enfeitar essa bela família.
    Muitas felicidades.

  28. Lu Cabral    02/12/2015 - 08h56

    Luuuuu de Deus, tô mt feliz …..acompanhei tua gravidez inteira. Já te seguia antes e sempre curti teu estilo, qd destes a noticia da gestação fiquei super feliz pois tb estou esperando o meu Arthur, hj estou com 37 semanas e 6 dias e agora? sempre esperando pelo teu diário da gravidez…agora espero calmamente a minha hora de ouro, sou Doula e planejamos um parto domiciliar assistido, espero partilhar contigo meu relato. E tenha certeza; sua semente vai plantar mt coragem em algumas mulheres e assim sua contribuição pro mundo foi dada.
    Sua filha teve uma chegada respeitosa e é isso que me motiva mais que tudo; fiz um compromisso com meu filho e por ele vou ultrapassar meus limites.
    Parabens…
    Me deseje força. Bjsssss
    Léo, vc arrasou tb. Parabens pela familia linda.

  29. Viviane    02/12/2015 - 08h56

    Emocionada! Que lindo…

    Sabe o que descobri neste seu depoimento, a natureza é perfeita. Nós é que complicamos as coisas. Parabéns, Deus abençoe esta linda família.

  30. Liah Ferreira    02/12/2015 - 08h57

    Lu, fiquei emocionada com o seu texto! Muito lindo! Estou muito feliz por vocês!

    Tenho que aproveitar este momento pra tirar uma dúvida:
    Eu não estou grávida (na verdade estou longe de ter filhos ainda) mas este é um assunto que muita gente fala e com o tempo comecei a me interessar e discutir mais sobre o parto humanizado. Algumas pessoas vieram com o seguinte argumento: de que realizando um parto em hospital, ele seria mais seguro, pois tem UTI, entre outras coisas e sinceramente, eu não sei como funciona essa parte em parto humanizado, o que me leva a seguinte pergunta ( desculpe por ser meio leiga, hehe) é: Como funcionou essa parte? Digamos, quais eram os recursos neste instituto onde a Bia nasceu? Se precisasse de uma cesárea, digamos, eles teriam com realizar sem problemas? UTI neo natal? etc..

    Obrigada pela atenção :)
    Tudo de bom pra vocês :D

    • Lu Ferreira    02/12/2015 - 09h19

      Liah, Bia nasceu num hospital! Uma maternidade normal, que eu escolhi. Ela tem duas salas de parto como a que usamos, que tem banheira e é preparada para o parto natural. Se eu precisasse de uma cesárea ou Bia precisasse de cuidados intensivos ao nascer estávamos tranquilos! Apesar de detestar hospitais me senti mais segura sabendo que teria todo o aparato necessário para uma emergência caso fosse necessário =)
      Bjs!

    • Mariana    02/12/2015 - 13h26

      Complementando a Lu… Parto humanizado é parto que respeita a mulher e suas escolhas, que esclarece a situação, que não força nada a ninguém. Vc pode ter parto humanizado no hospital, pode ibclusive ter cesárea humanizada.

      Eu tmesma tve equipe humanizada para um parto normal em hospital que terminou em uma cesárea de emergência. E apesar de ter rolado a necessidade da cirurgia, sempre respeitaram a mim e minhas escolhas, fui informada da necessidade da cirurgia, me chamavam pelo nome, minha filha ficou o tempo todo comigo, meus acompamhantes tb sempre do meu lado, etc.

  31. Nique    02/12/2015 - 08h57

    Que lindo, Lu!
    Tive 3 partos normais, 1 sem anestesia. Todos diferentes, mas não me arrependo de nenhum deles. Sempre tive vontade de parto na água, mas aqui na minha cidade não tem esse procedimento. Fico feliz pelo nascimento da Bia, que ela traga muita luz, paz, felicidade e alegria pra sua casa. Agora tudo muda, tudo se transforma. Parabéns, mamãe!

  32. Keila    02/12/2015 - 08h57

    Chorei, que fofo!!! muitas bençãos na sua casa. Parabéns com essa nova luz, anjo, Deus proteja! Sou casada a 7anos e pretendo ter um filho e suas dicas e experiencias foram essências, obrigada Lú! não vejo a hora de um vídeo com ela, to super animada!!!! hahhhhhh….

  33. Larissa    02/12/2015 - 08h59

    E eis o relato de parto mais lindo que já li na vida!!! (E olha que eu ja li muitoooooos) :)
    Parabens e que Deus os abençoe!

  34. camila    02/12/2015 - 08h59

    Que relato maravilhoso Lu!
    Parabéns pela coragem! Parabéns pela decisão! Parabéns!!!

  35. Glaucia    02/12/2015 - 08h59

    Olá, Lu!
    Primeiro gostaria de agradecer mais uma vez por compartilhar esse momento. E segundo: eu chorei! Foi um dos relatos de parto mais bonitos que eu li durante essas 38 semanas de gestação. Consegui sentir a honestidade e os sentimentos das suas palavras.
    Logo depois que descobri que estava grávida, você compartilhou o vídeo contando essa novidade. Então senti que tinha uma companheira junto comigo nessa jornada, ambas em um universo totalmente desconhecido. Por influencia sua e de outras tantas mulheres militantes procurei pesquisar o máximo que podia, o que certamente não teria acontecido em outro momento, e conheci o outro lado da gestação e maternidade.
    Desde o início tenho vontade de passar pelo experiência do parto humanizado, acho tão lindo e não me assusta como uma cesariana. Infelizmente não posso cobrir os altos custos que envolvem esse universo, mas não desistir e acabei me deparando com o Sophia Feldman. Único hospital público em BH, exceção no Brasil e referencia na americana latina, que promovem o parto humanizado. É pra lá que eu pretendo ir quando chegar a hora do Eric nascer e realizar minha vontade de ter um parto na banheira. Meu medo agora não é da dor, meu medo agora é de não conseguir realizar essa vontade (por diversos fatores). É mais uma vez você me encorajou, lendo seu relato percebi que é isso que quero para mim e para o meu filho, e não vou desistir. Mais uma vez obrigada!

  36. Cris    02/12/2015 - 09h00

    Que lindo! Emocionante!
    Sejam muito felizes, Lu, Leo e Bia!

  37. Giselle    02/12/2015 - 09h00

    Lu, fiquei muito emocionada com o seu relato lindo!
    Parabéns!!! Que Deus abençoe sua família.

  38. Katarinny    02/12/2015 - 09h01

    Sempre associei gravidez ao incomodo, inchaço, peso e dor. Apesar de ter começado a te seguir pela delicadeza que o Diário foi feito, sempre assisti com uma agonia enorme quando mostrava a sua barriga. Acho que nunca pensei seriamente em ter um filho por isso. Só de pensar já me traz uma aflição.

    Não sei se um dia eu estarei preparada pra isso, mas é bom saber que não é sempre assim.
    Obrigada pela delicadeza de sempre!

  39. Juliana    02/12/2015 - 09h01

    Lu, que momento de esplendor! Chorei emocionada ao ler sua narrativa! Que Deus abençoe a sua família linda! ?? Muito amor, saúde e paz para a sua pequena.

  40. Tatiana Toniolo Ribeiro    02/12/2015 - 09h01

    Que experiência maravilhosa Lu! Parabéns pela coragem! A maternidade nos transforma né!? Fiquei emocionada ao ler seu texto! Tenho 2 filhos e meus partos foram completamente diferentes, mas ainda sim especiais! :) Que Deus de muita saúde para vocês! Um grande beijo! :)

  41. Layna Soares    02/12/2015 - 09h02

    Parabéns pelo baby!! Acompanhei sua gravidez inteira e fiquei muito feliz com a vinda da Bia!!! Adorei o post sobre o parto! Parabéns Lu e Léo

  42. luiza    02/12/2015 - 09h02

    Lu Que lindo seu relato, tenho um medo enorme da ideia de parto normal, por conta dos relatos que ouço por ai.

    Admiro muito sua força e coragem, ler seu testemunho me fez ter outra visão em relação ao parto humanizado.

    Parabéns pela sua filhota linda #mini #mini. Muito linda a história de vocês.

    Felicidades.

  43. Jéssica M    02/12/2015 - 09h02

    AAAAAAHHH LUUU! Que coisa lindaaa! Parabéns pela tão esperada chegada da Bia, pra você e para o Léo!
    E que bom que deu tudo certo, no tempo que deveria ser, natural… Confesso que quando ficar grávida, a única certeza minha é que o parto será cesárea! Pois quando eu nasci, foi bem difícil, fui tirada a ferro como dizem. A pressão da minha mãe baixou, e não dava mais tempo de fazer cesárea. E acho que isso acabou passando pra mim.. e tenho medo de não conseguir fazer força o suficiente sabe, pq tbm tenho pressão baixa.. mas quem sabe até lá… ;)
    Parabéns de novo, e aproveitem pra cheirar muito essa bb linda!

  44. Pollyana    02/12/2015 - 09h04

    Que lindo Lu, acompanhei seu diário da gravidez e amei, e agora ler seu relato de parto e uma delicia, queria muito o parto humanizado, mas moro em cidade do interior e aqui não tem… Mas parabéns pela Bia, e que Deus abençoe sempre mais a vida de vocês como família, Lu, Léo e Bia que sejam abençoados todos os dias!

  45. eulina    02/12/2015 - 09h04

    Lu,que coisa mais linda de se ler…Chorei.

  46. Estefani martins    02/12/2015 - 09h05

    Lindo, lindo, lindo! Sou estudante de obstetrícia e é mágico ler sobre sua experiência! O BRASIL PRECISA DE OBSTETRIZES!

  47. Marla Magalhães    02/12/2015 - 09h05

    Emocionante seu relato Lu ! Estou em viagem e a mais de uma semana sem acessar o blog e canal (olha que faço isso todos os dias, hehe) aí, resolvi entrar pelo celular e me deparo com essa notícia maravilhosa, Bia nasceu !! Que maravilha!! Muito bom ter acompanhado tudo, só desejo coisas maravilhosas a vocês !! Felicidades !!

  48. Vivian    02/12/2015 - 09h06

    Que lindo, Lu!!! Fiquei emocionada… Você me fez mudar completamente a ideia que eu tinha do parto. Que vocês sejam muito felizes, parabéns!!!!!

  49. Luísa Miranda    02/12/2015 - 09h06

    Luuuu , que dia maravilhoso que você teve, que lindo o seu relato ! Parabens para essa família querida ! Que a Bia traga muita coisa boa para vocês ! Desejo toda felicidade só mundo para vocês ! Adoro demais você lu ! Beijos

  50. Josiane Ribeiro    02/12/2015 - 09h06

    Lu que experiência sublime! Maravilhosa! Eu agradeço por você compartilhar conosco um momento tão delicado, íntimo na sua vida. Estou chocada com tudo que li pois eu desconhecia esse outro lado natural. Não foi um extremo, nem radical. O próprio nome já explica. Pela primeira vez li um depoimento de parto que não me assustou pois seu corpo e a Bia estavam preparados pra que fosse assim sem outras intervenções. Emocionada lhe dou os parabéns. Estou começando a pensar nessa possibilidade quando estiver grávida. Muito obrigada mesmo pelo esclarecimento! Beijos

  51. Lidiani    02/12/2015 - 09h07

    Chuva de bênçãos a essa linda vida, Bia e a toda família!!!
    Impossível não se emocionar e não desejar somente o melhor a vocês.
    Que Deus os conduza com muita luz, sabedoria, serenidade e muito (mais) amor nessa mova caminhada.
    Beijo no coração <3

    • Lidiani    02/12/2015 - 09h09

      *nova caminhada*

  52. Anne Seixas    02/12/2015 - 09h08

    Lu, que texto mais lindo. Principalmente, que FOTO mais linda! Deu pra sentir a alegria de vocês só de olhar pra ela. Aliás, deu pra sentir a alegria e as angústias de vocês durante todo o processo. É essa coisa louca chamada “internet” que faz a gente se sentir meio tia da Bia! Meio sua prima, meio irmã, meio amiga…
    Nesse momento e em todos os outros, tudo que consigo desejar é alegria, paz, sabedoria e paciência. Ainda não sou mãe, mas sei que nem tudo são flores.
    Seja abençoada a sua família!
    Amo vocês. Desse jeito doido que nos “conhecemos”.

  53. Ana Gabriela    02/12/2015 - 09h09

    Lu seu comentário em todas as partes do texto foi emocionante, era com o se aqui dentro de mim que nem tenho filho o coração inundasse de felicidade diante de algo que vi passo a passo e com você contando tudo todas essas semanas. Parabéns a você, o Leo, a sua equipe que com certeza ganharam o dia depois desse relato. E jamais me esqueceria de dizer a Bia que seja bem vinda e muito iluminada.

  54. Nenita    02/12/2015 - 09h10

    Tão lindo . Comovida.Parabéns família linda e sensível .?

  55. Fabiana Azevedo    02/12/2015 - 09h10

    Lu, tô aqui chorando de emoção! Que relato mais lindo!!! Não sou mão ainda, mas sempre fui defensora do parto natural. Seu relato pode e irá ajudar muitas mulheres a tomarem a mesma decisão que você. Que Deus abençoe, como já tem abençoado, muito a Bia, você e o Léo. Que a Bia cresça com muita saúde e amor!! Beijos…

  56. Camila    02/12/2015 - 09h12

    Lú, primeiramente quero Parabenizar você por essa filha linda que nasceu e desejar toda a saúde à ela, você e o Leo.
    Já li inúmeros relatos de partos, tanto cesária, normal e humanizado, mas quando li o seu, foi uma sensação diferente foi emocionante.
    Tenho uma filha de 1 ano e 4 meses, no qual para o nascimento dela optei pela cesária marcada, não que eu me arrependa disso, sou grata pois foi assim que ela veio ao mundo linda e saudável. Optei pela cesária, pois meu maior medo era DOR, mas confesso que depois que ela nasceu me senti um pouco culpada por ao menos não tentar um parto normal, mas me conforto em pensar que as vezes era para ser assim.
    Quero engravidar novamente ano que vem, para que a Isabella minha filha tenha um irmão ou irmã com idades próximas ( opção minha mesmo) e já cogitei parto normal, ( meu marido ainda acha que estou louco hahahaha).
    Antes ficava horrorizada com partos humanizados, achava “desumanizado” (desculpe pela palavra, mas achava isso mesmo) pelo fato de existir doula e não ser médica, banheira e tudo tal. Mas não julgava, pois cada mulher sabe o que é melhor para ela e seu bebê.
    Como no próximo filho(a) eu cogite o normal, ( embora as vezes penso em mudar de ideia) quando eu li o seu relato de parto, senti algo diferente dentro de mim, no qual não consigo explicar, só sei que foi bom, lendo começou a despertar um desejo pelo humanizado muito forte. Seu relato fez eu pensar diferente pensar no verdadeiro bem estar do bebê principalmente.
    Parabéns pela garra e coragem e força te admiro muito.
    E parabéns também pelo nome da Bia, lindíssimo.
    Beijos Camila e Isabella

    • Caroline Cecilie    02/12/2015 - 19h11

      Acho que você se equivocou, doula não faz o papel do médico num parto humanizado. Parto humanizado é parto com assistência médica normal, Doula é outra profissional que costuma estar presente para oferecer auxilio emocional e conforto.

  57. Dandara F Neves    02/12/2015 - 09h12

    Que lindo até chorei! Que sorte você teve de ter essas pessoas do seu lado! Parabéns p vcs! Desejo muitas felicidades a vcs e muita saúde, Deus proteja sua família! Moro em cidade pequena no interior, pena quando chegar minha vez não vou poder ter isso não tem opção aqui! Bjos…

  58. Mariana Salgado    02/12/2015 - 09h12

    Parabéns! Como é maravilhoso compartilhar experiências! Sempré fui muito grata pela internet, nunca me imaginei sem ela, mas agora grávida de 13 semanas sou definitivamente ainda mais grata. Poder conhecer pessoas como você, livros e autores como a Laura Gutman, ler inúmeros relatos de parto, se preparar, estudar… Isso é mágico. Me identifiquei muito porque sempre disse ao meu marido “não quero parto na agua” “tem gente que é muito radical”, porém agora lendo o que escreveu consigo até entender um pouco do radicalismo de alguns, talvez seja o desejo delas de todo mundo ter um momento mágico assim. Enfim. Gostaria de agradecer pelo post, pelos diários. Eu nunca comento em nada que acompanho e você, de alguma forma me faz ter vontade de comentar em inúmeras coisas que compartilha… Foi emocionante, espero que se sinta confortável para continuar compartilhando as próximas etapas. Desejo do fundo do coração muita paz e luz!

  59. Amanda Daradda    02/12/2015 - 09h14

    Impossível não chorar! Eu tenho dois anos de casamento e estamos nos preparando para ano que vem começar as tentativas hehehe, confesso que antes pensava sem nenhum pudor: Quero uma cesária, mas meu pensamento foi mudando aos poucos, e hoje leio e me informo muito sobre o parto humanizado, e com absoluta certeza já mudei de idéia… Obrigada por compartilha essa experiência maravilhosa conosco! Amo vocês como se fossemos íntimas hahahahaha… Muito amor é o que desejo para essa família!!!!!

  60. Stephanie    02/12/2015 - 09h14

    Lu
    Que a pequena Bia seja fonte diária de felicidade e amor na sua vida e na do Léo. Nunca tive nenhuma vontade de ser mãe algum dia mas acompanhei toda sua gestação pelos vídeos e fotos e por tudo que você falou mudou um pouco minha ideia. Fiquei muito feliz e emocionada , chorei mesmo , com sua experiência. Pena que não são todas as mulheres que vão contar do parto com a mesma doçura que você. Parabéns pela força e por lutar pelo parto que você encolheu até o fim.

  61. Marcely    02/12/2015 - 09h16

    Parabeeens Lu!!
    Você é linda demais e muito guerreira.
    Quero o meu parto ser assim também!!
    Parabens pela filha linda e pela familia!

  62. Álida    02/12/2015 - 09h17

    Lu,muito linda a sua versão sobre seu parto.Me emocionei aqui lendo cada letrinha e feliz por vcs! Tenho certeza de que a Bia terá os pais mais legais e fofos do mundo!Deus abençõe e norteie a vida de vcs!Beijos

  63. Lóren    02/12/2015 - 09h17

    Que lindo Lu, que bom que tudo deu certo e que vocês agora tem essa lembrança linda!

  64. Patricia Vargas    02/12/2015 - 09h17

    Lu, que relato lindo! Texto humano, empoderado! Chorei lendo. Como leitora há anos e profissional da saúde, fico muito muito feliz que tua experiência tenha sido tão mágica e saudável. Espero que a vida da Bia continue assim, abençoada! Obrigada por dividir conosco esse momento tão único ??

  65. Thayna    02/12/2015 - 09h17

    Estou de 8 semanas e foi o relato de parto mais lindo que eu já vi! Parabéns lu a Bia é linda

  66. Tay    02/12/2015 - 09h18

    Nossa Lu, eu não sou mãe ainda (tampouco casada) e confesso que nunca fui muito “de crianças”… Gravidez é algo que me assusta MUITO e o parto é um acontecimento que causa até um pavorzinho… Mas acompanhando o teu diário de gravidez, pela primeira vez eu quis engravidar e gerar uma vida repleta de amor…
    E agora lendo o relato do teu parto, estou no trabalho e acabei de voltar do banheiro pra me recompor de tanto que eu chorei (emocionadíssima) com esse post hahahaha
    Nem sei por onde começar a desejar todo o amor, alegria, sucesso, união, saúde pra essa família maravilhosa que cresceu agora :)
    muuuuuuito amor !!!
    E OBRIGADA por compartilhar esse momento TÃO importante conosco, suas leitoras, um momento tão íntimo e particular… a foto é linda, fiquei olhando por minutos chorando tentando mandar todas as energias mais positivas do mundo inteiro <3

  67. Thamiris Cruvinel    02/12/2015 - 09h19

    Lindo seu relato sobre o parto Lu. Me emocionei ao ler… Tenho um pensamento como o seu no início da gravidez, não e meu sonho ser mãe, mas sei que algum dia serei e lendo seus posts sobre a gravidez me deu mais coragem. Não sei se algum dia serei agraciada com isso. Desejo a vocês toda a saúde do mundo e que a Bia cresça linda e feliz!! bjos

  68. Ana Paula    02/12/2015 - 09h19

    Lú, que relato emocionante! Me peguei com os olhos cheios de lágrimas por diversas vezes. Uma pena eu não ter encontrado pessoas tão maravilhosas em meu caminho para que eu também pudesse ter tido essa lembrança no momento mais importante da minha vida, do que ao invés disso não poder nem ter tido meu marido ao meu lado no momento da cirurgia. É triste, e infelizmente é a realidade esmagadora do nosso país. Parabéns por desde do o primeiro momento da Bia, ter feito o melhor por ela. Que ela tenha muita saúde! Um forte abraço em vocês.

  69. Carla Alberti    02/12/2015 - 09h20

    Lu, que lindo relato.. Parabéns pela Bia, que teu exemplo sirva para muitas mulheres se encorajarem e terem seus filhos como você! Espero eu também ter essa força quando eu tiver o meu. Que Deus ilumine vocês. Super beijo

  70. Raquel    02/12/2015 - 09h21

    Lu, não pude deixar de me emocionar com o seu depoimento. Lembrei imediatamente da minha irmã que sofreu muito durante o parto em um hospital público aqui de BH. Quero muito que ela leia seu depoimento para perder essa conotação negativa sobre o parto. Pena não conhecer antes, mas acredito que os futuros bebes da minha família terão uma chegada tão linda e tranquila como a da Bia. Seu relato me inspirou muito! Apesar de não pensar em ter filhos agora quero divulgar e pesquisar mais sobre o parto humanizado. Assim como eu e minha irmã, penso que existem por ai muitas mulheres que sofreram ao dar a luz. Digo eu e minha irmã porque fui eu quem a acompanhou ao hospital varias vezes e me senti responsável pelo sofrimento dela, por não ter feito nada. Agora espero mesmo espalhar a noticia. ? Parabéns pelo parto lindo, seja bem vinda Bia! Muitas felicidades para essa família linda que e a de vocês!!! ?

  71. Elisa    02/12/2015 - 09h22

    Lu, o que dizer depois desse relato? Também estou extasiada RS. Sempre pensei em parto normal (assim como você disse que pensava no início da gravidez), com a maior certeza do mundo. Agora, o natural, como você relatou… Nossa! Eu quero isso (!), e nem estou perto de engravidar! Kkkk Mas é maravilhoso ter alguém como você pra contar essa experiência e gerar informação pra gente, né?! Mil vezes parabéns pra você, pro Léo e pra Bia! Parabéns pela sensibilidade, pela cumplicidade, conexão, e por essa família linda que vocês formam e tanto nos cativam. PS: nunca tinha comentado no blog, e apenas uma vez no instagram, mas agora me sinto amiga, sabe?! Kkkkkk Porque além disso tudo, dia 25/11 é meu aniversário! Muito amor por vocês. Beijinhos pra e cheirinhos na Bia.

  72. Phamella Calejon    02/12/2015 - 09h22

    E mais uma vez, quem faz parto cesárea, por N motivos, é julgado e condenado!

    Parabéns pela Bia! Que tenha muita saúde sempre!

    • Lu Ferreira    02/12/2015 - 09h27

      Ah é? Por quem? Onde?

    • Marília    02/12/2015 - 09h46

      Oi, Phamella. Não fique chateada. Ninguém está sendo julgado. Muitas mães tem necessidade da cesárea. Eu nasci de cesárea, minha mãe tinha 38 anos. Cada corpo tem uma necessidade e o segredo é confiar no seu obstetra e tomar a decisão que achar melhor.

    • Mariana Salgado    02/12/2015 - 10h05

      Nossa, sempre que a Lu falou do parto em vídeo ou texto ela dizia mais ou menos assim: “parto humanizado é aquele que a mulher escolhe, se ela escolheu cesárea que seja cesárea”.

      Dá um Google que existe, aulas de interpretação de texto gratuitas e on-line, você está precisando. Isso aqui é um relato. No dicionário: Ação ou efeito de relatar. Narração, descrição, explanação ou explicação sobre uma situação ou acontecimento: relato de experiência.

      Lu simplesmente contou pra gente o que aconteceu COM ELA e foi extraordinário!

      Sem mimimis PFV!

    • Ma    02/12/2015 - 12h59

      Ninguém está julgando a mãe que fez cesárea. Engraçado é que expor uma experiência contrária à sua vira um ataque. Todos sabem que o limite de cada uma é pessoal e tenho certeza que cada uma das mães atingiu o seu, em algum momento do parto, da maternidade. Talvez quem esteja se culpando seja vc mesma, por talvez achar que não fez o suficiente. Então se perdoe e viva sua vida…

    • Mariana    02/12/2015 - 15h17

      Pelo visto a Phamella mesmo, após ler todo o relato, resolveu se julgar e se condenar. Só pode ser isso! Porque aqui nesse texto desse blog eu não vi em momento algum menção à escolha das outras mulheres. A Lu falou somente dela mesma e das escolhas que ela fez. Direito dela, né?

    • Caroline Cecilie    02/12/2015 - 19h48

      Lembrando que quando a Lu fala “único tipo de parto que deveria existir” é porque cesáreas podem ter assistência humanizada também!! Humanização = respeito. E procurei julgamentos e condenações sobre cesárea no texto e nos comentários e não achei nenhuma…

    • marcia    03/12/2015 - 10h32

      Oi Lu ,

      Parabens pela filha . Que Deus permaneça abençoando sua familia . uhull.
      Achei lindo seu relato , super coerente e contando as coisas boas de um parto .Concordo plenamente que a dor é relativo , tem gente que faz desse momento magico , um terror ne kkk , por isso que amei seu post , foi esclarecedor , lindo . Recentemente tive meu primeiro filho , gostaria do parto normal , mas infelizmente não foi possivel no ultimo momento, precisei fazer cesaria as pressas .Mas lendo seu relato fiquei emocionada e com vontade de ter tido um parto assim tambem ( não que o meu não tenha sido maravilhoso ) , pois a experiencia de ter um filho é unica e maravilhosa .
      Mas me identifiquei muito com seus pensamentos , acho que tinha o mesmo receio da banheira kkkk. Amei , foi lindo ,Parabens pela coragem e por dividir com suas leitoras .

      Bjs

    • Caroline    03/12/2015 - 14h02

      Lu, um dos relatos de parto mais lindos e detalhados que já li. Parabéns pra vc e Leo! Linda família!
      Acompanhei sua gravidez todinha, estou de 33 semanas e tbm moro em BH. Estou sonhando com o meu parto humanizado, que deve acontecer até o comecinho de janeiro! :). Conheço Dra. Quesia! <3
      Achei uma parte do seu relato bem intrigante, o momento que vc parou de sentir dor! Que demais! Deve ter sido a ocitocina que te inundou! <3
      Se não for ser muito invasiva, gostaria de saber se vc sentiu o tão temido "círculo de fogo"? A bebê coroando? Precisou de pontos depois? Recuperação tranquila?
      Obrigada e grande abraço na família!

  73. Nina Schubart    02/12/2015 - 09h22

    Lu, não tenho palavras para descrever o que estou sentindo com o seu relato, chorei muito de emoção! Muito obrigada por compartilhar conosco. Parabens pela Bia e pelo parto maravilhoso, você é uma mulher muito forte.
    Hoje, dia 02/12, meu filho completa 2 anos de idade e eu estou muito sensível, lembrando a todo tempo do meu parto. Também tive um parto totalmente natural e humanizado e sem nenhuma dúvida foi a experiência mais maravilhosa da minha vida. Já fazem dois anos e eu me lembro dos detalhes como se tivesse sido há uma semana, acho que nunca vou esquecer.
    Fico contente com a parte final do texto, também tenho esse sentimento de querer que outras pessoas passem por essa experiência e acho que justamente por isso fico tão feliz por saber que você conseguiu. Por isso repito: parabéns pela força, pelo, parto, pela Bia e pelo apoio a essa causa tão nobre.
    Beijão

  74. Gizelle Brito    02/12/2015 - 09h22

    Parece que assisti seu parto!! Que relato lindo e emocionante. Muito feliz por sua superação. Bjss

  75. Déa Barreiro    02/12/2015 - 09h24

    Oi Lu, Leo e Bia ( mini, mini, min,i mini…),

    Sou uma daquelas muitas leitoras, que te acompanha a algum tempo. Sempre me identifiquei com a sua pessoa, o seu jeito carinhoso e espontâneo de fazer os vídeos e escrever os posts. Mas desde que você anunciou a gravidez, fiquei tão apaixonada e envolvida por este mundo, que até me deu um certo medinho. Pensei: Será que é o tal do clique que falam que dá na mulher? A cada semana eu comecei a imaginar, junto com vocês, o rostinho da Bia e ficava ansiosa para saber tantas informações sobre este universo.
    Fiquei imensamente feliz em conhecer mais sobre o parto humanizado e com certeza é a minha escolha para quando eu estiver grávida.
    Obrigada por compartilhar comigo e com muitas outras pessoas cada dúvida, cada esclarecimento, cada comprinha(mini, mini, mini, rsrsrsrs) para a Bia e cada semana com tantas mudanças de humor, desejos( ainda tem abacate? hehehehe), etc.
    Desejo, que a Bia traga ainda mais luz, mais descobertas e preencha cada segundo da vida de vocês e das família com muitos sorrisos e abraços!
    Beijos.

  76. Bárbara    02/12/2015 - 09h24

    É engraçado como uma pessoa de fora pode ficar tão tocada com sua história de gravidez e todos os seus passos. Desde o início acompanhei a saga “Léo e Lu viram 3: chegada da Bia”. E naquele primeiro vídeo sobre, onde vocês contam que estão grávidos, eu fiquei mais encantada por vocês. Uma união tão linda, um sentimento tão gostoso, uns olhares tão carinhosos… Era isso que eu via entre vocês, nos diários e até mesmo fora deles. E ler sobre o parto! Que coisa mais linda, Lu! Que momento mais fofo, delicado e calmo que parece ter sido!

    Já desejei em outras redes, mas, novamente: muita saúde, paz, amor, noites bem dormidas, carinho e muita felicidade para vocês, papais, e para Bia, esse bebê tão lindo!

    Que cada vez mais a vida de vocês se completem e que vocês sejam mais felizes!

    Um super beijo para vocês.
    @baahga.

  77. Camila Navarro    02/12/2015 - 09h25

    Que lindo relato, Lu! E que bom que você conseguiu que seu parto fosse do jeito que você esperava, quer dizer, melhor do que você esperava! Parabéns por se informar e por estar agora transmitindo essas informações a tanta gente. Felizmente em BH as mulheres têm uma rede forte de profissionais que defendem o parto humanizado (além do Instituto Nascer, há o Núcleo Bem Nascer). Ainda não tenho filhos, mas já sei onde procurar apoio quando chegar a hora.

  78. Camila    02/12/2015 - 09h26

    Lu!! Que história emocionante!!!
    Tenho 27 anos e acho q sou um pouco como vc era. Não penso em ter filhos ainda, mas sempre falo que qdo tiver, gostaria que fosse normal. Na realidade, só acho q entendo o normal hahaha Qdo falo pra alguém, todos dizem: pra que sentir dor? Tenho certeza que qdo engravidar vou lembrar de vc!!
    Parabéns pela família Lu!! E por ter escrito essa história tão inspiradora!
    Um beijo

  79. Sabrina    02/12/2015 - 09h27

    Lu, aqui é Sabrina fiquei tão feliz mais muito feliz que a Bia nasceu. Amo muito seu canal queria ser sua amiga no Facebook.

    Atenciosamente, Sabrina

  80. Marta Souza    02/12/2015 - 09h28

    Meu Deus, que descrição foi essa?? Lu que liiiiindoooooooo!!!!!! Que experiência incrível!!!! Como seria bom que todos os obstetras pensassem assim e dessem esse estímulo para as mães a optarem pelo parto natural. Minha bebê tem 10 meses e o meu parto foi cesarea, minha experiência com a cirurgia foi horrível!! Senti muita dor por vários dias depois e na hora do nascimento da minha filha eu nem a vi nascer! Porque fui cedada!! Não deixaram meu esposo entrar pra acompanhar o parto e eu fiquei muito nervosa, ao ponto da minha pressão começar a cair e eu ter que tomar remédio pra dormir. Só vi minha bebê já de roupinha dentro do apartamento do hospital. Que sorte a sua!! Que lindoooo!!! Chorei um balde com o seu relato!!! Parabéns!!! Parabéns pela Bia!! Parabéns pela família e pela linda história que vocês vão levar por toda a vida!!! Beijos!!

  81. Jordânia    02/12/2015 - 09h28

    Lu parabéns pela decisão que tomou e por ter uma filha tão linda como a Bia, foi emocionante ler o seu depoimento e sem dúvida irá ajudar a mim e muitas outras leitoras na hora de pensarmos sobre o nosso parto! Você foi incrível e sem dúvida também será uma mãe incrível! Que Deus abençoe e proteja você, o Léo e a Bia!

  82. Amanda    02/12/2015 - 09h29

    Ai Luh, nao faz a gente chorar assim nao.. hehe Que liiiindo o seu relato do parto, fico muito feliz de que tenha sido tao especial pra voce, pro leo e pra Bia! Estou de 35 semanas e seus vídeos tem me ajudado a me acalmar e ver que todas passamos pelas ansiedades e dúvidas desse período. Obrigada pela esperanca de ter um lindo parto normal :)

  83. kelly    02/12/2015 - 09h30

    Lú, bom-dia!

    Que relato lindo!!!

    Sempre sonhei com algo do tipo, e esse texto só me fez conformar esta vontade, parabéns e muitas, mais muitas felicidades na vida de vocês!!!

    Ps.: Nunca comentei aqui, mas vejo todos os posts e videos….

    bjoo
    Kelly

  84. Amanda    02/12/2015 - 09h31

    Lu no dia que eu puxei conversa com você no instituto o meu pequeno tinha um mês e conversamos a respeito da importância da divulgação do parto humanizado e que só assim íamos mudar a mentalidade das pessoas você nem imaginava como isso tudo iria ser incrível. Fico super feliz que a pequena Bia tenha vindo ao mundo com tanta alegria e emoção. Eu desejo que ela te traga ainda mais alegrias para vc e para p Leo. Amamentação é uma delícia mesmo que no começo não seja muito fácil. Agora o mais importante é seguir seus instintos mães mesmo errando acertam sempre. Gente para dar palpite nunca vai faltar. Mas siga só seu coração. Bjs e parabéns foi um lindo relato de parto

  85. Aline    02/12/2015 - 09h31

    Lú, que linda tua história!!! Dá pra sentir que foi um momento muito especial mesmo. Parabéns pra vcs, merecem tudo de bom.
    Gostaria de fazer um pedido: Estou começando a tentar a engravidar, e toda a minha neura é depois da saída da maternidade, chegou em casa e ai? Como lidar com um bebê em casa, dificuldades, amamentação, rotina do casal…
    Se vc puder compartilhar sua experiência aqui no blog, ou em vídeo, agradeço muito!!

    Mais uma vez parabéns!

  86. Marcela    02/12/2015 - 09h31

    Lindo, lindo, lindo. Inspirador. Quero ter filhos em alguns anos. Sempre digo que quero cesárea, que não vou aguentar dor… Mas esse seu relato me fez considerar essa doçura e força desse momento! Parabéns!

  87. Thaís    02/12/2015 - 09h31

    Com certeza o post mais lindo do blog! Eu amo ler um texto e sentir que foi escrito com toda alegria e amor do mundo. Amei saber que esse momento tão único virou uma lembrança tão linda e delicada. Parabéns Lu, Leo e Bia, a história está só começando! :)

  88. Hevlyn    02/12/2015 - 09h33

    Nossa, LU, que relato INCRÍVEL!!! Juro que fiquei super emocionada. Pq eu penso (ou pensava) igual a você no começo da gestação. Eu ainda não sou mãe e nem estou grávida. Mas, espero que logo eu possa viver isso que vc viveu e esta vivendo.
    Sempre me imagino tento parto normal… mas, com anestesia, amparada num hospital… rsrsrs
    Meu marido não sei se é forte como o Léo… Ele é fraco para sangue…
    Enfim, meus PARABÉNS!!!!! Que você tenha uma nova vida e feliz com sua bebe!!!

    Bjos

  89. Helena    02/12/2015 - 09h33

    Lu, me emocionei lendo seu relato. Por alguns instantes me imaginei naquela sala, aconchegante e mágica. Não tenho intensão de ter filhos tão cedo, mas uma certeza eu já tenho: quero um parto humanizado. Obrigada por compartilhar esse momento com suas leitoras.

  90. Malu    02/12/2015 - 09h34

    Oi Lu. Nossa nem tô conseguindo pensar no que escrever pra você. Meu maior sonho, desde sempre, é ser mãe. Ainda não tive a oportunidade, mas nossa como me emocionou acompanhar você. Lembro do dia que contou da gravidez, o quanto eu chorei, parecia que era eu. Acompanhei cada diário sempre torcendo pelo melhor momento pras duas. Ler esse texto encheu meu dia de luz e alegria, saber o quanto foi lindo… Sempre me chatiei quando as pessoas falavam do parto como se tivesse sido a pior coisa que aconteceu e olha você… fez ser mágico exatamente como sonho pra mim. Muita luz pra sua vida querida. Muito obrigada por compartilhar conosco esse momento tão seu e por fazer me emocionar de uma forma tão linda. Um grande beijo pras duas.

  91. Renata Morais    02/12/2015 - 09h34

    Lu, nunca chorei tanto na minha vida! Parabéns pela descrição do seu parto, me fez sentir presente no momento! lindo lindo lindo ! <3

  92. Leticia    02/12/2015 - 09h34

    Oi Lu! Descobri seu blog através de outra blogueira que estava te parabenizando quando você contou sobre sua gravidez.. e hoje amo seu trabalho e fico muito feliz por ler esse momento seu. Parabéns para você, para o Leo e para a Bia.. sua família!!! Que Deus ilumine vocês com muita saúde, um beijo!!

  93. Brena Jéssica    02/12/2015 - 09h35

    De verdade, como não se emocionar!!! Lu, eu comecei a acompanhar seu canal por causa da sua gravidez, rs. Tenho 23 anos e um desejo enorme de ser mãe e acompanhar sua gravidez, essa trajetória, essa magia que envolveu todo esse momento foi muito lindo, informativo e inspirador. Uma das coisas que mais me “assusta” é a hora do parto! O seu relato só confirmou o que eu já acreditava, o parto humanizado é lindo e tem que ser direito de toda mulher! Parabéns pela força que você tem! Sua filha é linda, saudável e sem dúvidas ela veio para acrescentar mais e mais amor e felicidade a vida de vocês, que formam um casal PERFEITO! Parabéns também para o Leo, é claro, que mostrou o grande homem que é e o grande pai que nascia ali. Nossa falei né?! É que foi um momento tão lindo que mesmo assim, de longe, meso não conhecendo pessoalmente consigo admirar vocês. Beijos e muita muita saúde e paz para você, Bia e Leo.

  94. Eliane    02/12/2015 - 09h36

    Lu Bom dia, Deus abençoe esta nova vida! Essa família!
    Que você continue curtindo assim como fez na gestação, esse momento com a sua família!
    Nos leitores estamos felizes!
    Seu relato foi muito emocionante, que bom que ocorreu tudo bem.

  95. Renata Nogueira    02/12/2015 - 09h36

    Parabéns Luuu, pela sua coragem e determinação!
    Até o momento em que comecei a ler esse texto, sempre pensei que NUNCA teria um parto normal pelo único e exclusivo medo da DOR.
    Após seu testemunho, posso dizer que já mudei muito minha opinião. :-)
    Obrigada por compartilhar esse momento tão maravilhoso da vida de vcs conosco!
    Felicidades e saúde para a família.
    Bjoss

  96. Silvia Façanha    02/12/2015 - 09h37

    Lu e Leo, de coração desejo tudo de mais lindo, nesse primeiro natal, nessa experiencia que só esta começando com essa princesa. É muita emoção ler esse texto, da vontade de compartilhar para todas as primas que por medo escolheram cesária e agora reclamam de cicatriz. Dor a gente sente ao longo da vida, mais dor ou incomodo porque vai colocar ao mundo uma benção que só Deus pode nos dar é sem tamanho.
    Sempre tive e tenho vontade de ter um filho, mais por conta da descoberta de uma cis para Esclerose Múltipla eu vou ter que esperar 5 anos, tomara que quando eu poder eu possa ter dessa forma, tranquila e cheia de paz.

  97. Déborah Alves    02/12/2015 - 09h37

    Lu, que lindo texto, impossível não se emocionar! Obrigada por compartilhar essa experiência mágica e maravilhosa conosco. Todo o amor do mundo para vocês três!

  98. Ana Paula Martins    02/12/2015 - 09h37

    Tão perfeito que é difícil comentar!!! Que vocês estendam esse momento tão feliz para todo o sempre! Bem-vinda, BIA! <3

  99. Ana Cristina    02/12/2015 - 09h37

    Lu Ferreira, esse foi o post mais lindo que já li! Sério!!!
    Também foi muito esclarecedor, pois eu tinha uma visão muito diferente sobre esse assunto, já que ainda não tenho filhos e as informações disseminadas sobre o assunto não são muito “animadoras”!
    Foi muito bom acompanhar o diário de gravidez no YouTube também! rsrs
    Que Deus abençoe a Bia e a toda família!!!
    Ela é muito linda!!! Parabéns ao casal!!!
    Beijos!

  100. Luciana    02/12/2015 - 09h38

    Meu Deus que relato esplêndido Lu! Eu chorei um bocado tá? Parabéns por sua coragem, pela dedicação com sua Bia. Tô na fase de pensar em engravidar e já me senti muito animada com esse seu depoimento sobre o parto humanizado.

  101. Beatriz    02/12/2015 - 09h38

    Nossa Lu, Meus parabéns vim acompanhando a chegada da bia desde os primeiros vídeos postados no canal e os primeiros posts aqui no Chata de galocha, e não sei porque a medida que mais diários da gravidez vinham aparecendo mais ansiosa eu tava kkk coisa besta ne. Mas quando abri meu celular hoje de manhã e vi esse post pulei de felicidade, estou realmente muito feliz por você o Leo e a bia!! ( minha chara).Desejo toda felicidade do mundo pra esse princesa que irá iluminar mais a vida de vocês a cada dia, um beijo.
    Beatriz!

  102. amanda    02/12/2015 - 09h39

    Fiquei emocionada! Que coisa mais linda! Só desejo muito amor a vocês três!

  103. Márcia    02/12/2015 - 09h39

    Me emocionei com seu texto! Parabéns!

  104. Dalviana    02/12/2015 - 09h40

    Lindo pefeito oque aconteceu com vc lu eu não tenho filhos mas tambem sou a favor do parto humanizado gracas a deus deu tudo certo felicidades a sua familia linda muita saude ???

  105. Maira    02/12/2015 - 09h40

    Que relato lindo Lu, me emocionei, chorei e ri ao mesmo tempo, nunca ninguém descreveu tão bem essa experiência maravilhosa, era como se eu estivesse lá com vocês.
    Muito feliz por vocês, por seu parto ter sido maravilhoso e deixar tantas lembranças lindas.

    Saúde…saúde…saúde…é o que eu desejo aos três.

    Bjocas

  106. Marília    02/12/2015 - 09h40

    Que texto lindo e emocionante! Chorei. Que bonito seu posicionamento em relação ao parto humanizado também. Torçamos para que clínicas como essa que vocês estiveram surjam cada vez mais para que muitas mães (e pais também, claro) possam ter experiências como a de vocês. Pra ser sincera, tenho 25 anos e vontade nenhuma de ter filho, mas se um dia eu tiver, gostaria que meu parto fosse como o seu, sem angústia, medo ou sofrimento. Beijos, muita muita muita saúde pra Bia e muita alegria pra sua família.

  107. Letícia Paulatti    02/12/2015 - 09h41

    Quase não acabei de ler o post de tão emocionada e arrepiada que fiquei Lu . Que coisa mais linda. A verdade e os sentimentos desse momento “mágico” chegam de forma tão doce e humanizada como ocorreu no dia. Parabéns por esse presente lindo que é a Bia e a todos que participaram para que essa história não se transformasse em mais um relato assustador.

  108. Janice Bernardes    02/12/2015 - 09h41

    Lu, fico impressionada com a sua forma de conduzir o blog. Vi essa foto de vcs na banheira no instagram do Leo e não acreditei. A “chata de galocha” deu à luz na banheira? Naturalmente? Mas ela não é super “chata”???? Como assim??? kkkkkkkkkk Fiquei super curiosa…Será que ela vai contar como foi o parto? No outro dia após o nascimento da Bia vc já estava postando fotos, toda linda. E agora vc está aqui, dividindo com suas leitoras um momento só seu. Um marco na sua vida. Acho muito honesta sua postura com as leitoras e admiro muito isso. Parabéns pela família linda e pelo seu trabalho!!! Você merece tudo o que está acontecendo!!!

  109. Manu Vieira    02/12/2015 - 09h42

    Engraçado, não tenho vontade de ser mãe e mesmo assim foi impossível não me emocionar com seu relato, Lu!
    O coração dói com cada experiência ruim que tantas mulheres têm num momento tão sublime como o de trazer seus filhos ao mundo, mas também se aquece ao ver tudo dar certo com outras tantas mães.
    Você disse tudo: o parto do jeitinho que a mãe e o bebê querem deveria ser o único a existir nesse mundo.

    Parabéns pela princesa Bia, felicidades à vocês ??

  110. Nathalia    02/12/2015 - 09h43

    Ahh que lindo!! Impossivel não se emocionar lendo o seu relato! Concordo que o parto deve ser o mais natural possível para a mãe e a criança e que o inicio de uma vida seja só de alegrias! Parabens pela bebê! Muita felicidades e saúde a familia!

  111. Catharinna    02/12/2015 - 09h43

    Estou com os olhos marejados, imaginando o seu momento mais lindo da vida. Obrigada Lu por compartilhar! Estou grávida de 20 semanas e conheci você por causa da gravidez. Não largo mais! Parabens pelo trabalho, pelo blog, e pela filha linda!!!
    Um beijo carinhoso

  112. Giselly    02/12/2015 - 09h43

    Que lindo, Lú! Me emocionei com este post. Parabéns à você e ao Léo e que o Senhor Deus abençoe muito sua pequena e essa família linda!

  113. Alessandra Saraiva    02/12/2015 - 09h43

    Lu, parabéns parabéns parabéns.
    Estava louca de ansiedade aqui, pois acompanho seu blog a anos mas não tenho o costume de comentar, mais sabia que o prazo da Bia era até dia 29, estrava todos os dias, várias vezes ao dia para ver se tinha alguma notícia.
    Fico muito muito muito feliz que tenha sido tudo com calma, da forma como você esperava, e obrigado por relatar tudo isso, tenho 24 anos, e não tenho planos de filhos para os próximos anos, mas esses relatos nos ajudam sempre, além de nós sentir mos próximos, como se vocês dizem parte da nossa família, ou nos, leitoras, da sua. Que sua família, seja SEMPRE muito muito muito feliz, que no caminho da Bia não falte nunca saúde, muita luz e amor.
    O meu muito obrigado por compartilhar esse momento tão feliz conosco.
    Beeeijos

  114. Erica    02/12/2015 - 09h46

    Lu, que linda sua história!!
    Acompanho o blog há muito tempo e nunca tenho tempo pra comentar, mas hoje me emocionei muito com o jeito lindo que você falou sobre o nascimento da Bia :)
    Parabéns por essa fase linda que estão vivendo, muitas felicidades para essa família abençoada!!
    Beijos!!

  115. Janaina    02/12/2015 - 09h46

    Que lindo! Me emocionei com o seu texto. Desejo muita felicidade para sua família, Lu.

  116. Ana Paula Mota    02/12/2015 - 09h47

    Que linda declaração, Lu! Chorei litros… Deus abençoe grandemente sua linda família!

  117. Elisa    02/12/2015 - 09h47

    Belo relato! Estou quase me convencendo, há uns meses parto normal pra mim era absurdo, agora já estou considerando rs Quem sabe depois q eu encomendar o bebê opto por ele. Felicidades para a família!!! bjos

  118. Luana Melo    02/12/2015 - 09h47

    Você me fez chorar imaginando este momento tão puro e amoroso que a Bia nasceu.
    Parabéns pela Bia. <3

  119. Mary Ana Nolasco    02/12/2015 - 09h47

    Lindo momento Lu! Parabéns pela Bia, que nasceu linda e cheia de saúde! E parabéns pra você, por se tornar TÃO mãe em tão pouco tempo. A Bia tem sorte! <3

  120. Claudia    02/12/2015 - 09h48

    Lu primeiramente parabéns por você ser esta mulher tão forte e corajosa que me inspira a cada dia, estou grávida de 20 semanas e assim como você meu objetivo é ter um parto natural e espero que este momento seje tão mágico vomo seu.

  121. Carol    02/12/2015 - 09h48

    Lu!
    chorei aqui com a sua experiência, nossa que lindo, que força.
    Eu ainda não tenho filho mas até que me deu uma pontinha de vontade kkk
    Parabéns, ela é linda, perfeita… muita saúde e alegria que tenho certeza que ela vai proporcionar a vcs <3
    Beijos *-*

  122. Juliana    02/12/2015 - 09h48

    Caramba……………Estou aqui em lágrimas. Não te conheço pessoalmente, apenas acompanho seu blog. Mas nunca fiquei tão feliz por uma pessoa, quanto fiquei por vc. Que estranho esse sentimento sendo que eu não te conheço. Que felicidade em saber que seu parto foi do jeito que vc desejava e que a Bia veio linda e com muita saúde.
    Que loucura …….esse sentimento por alguém que não conheço.
    Não tenho filhos, estou planejando para o próximo ano. Tenho medo da gestação, tenho medo do parto, tanto normal quanto cesárea, tenho medo da amamentação.
    Enfim…sempre fui da opinião que a mulher poderia pular essa parte da gestação e receber seu filho pronto por uma cegonha….rsrs.
    Mas acompanhar sua gravidez me fez repensar em tantas coisas, me fez rever todos os meus conceitos.

    Muito obrigada por compartilhar esse momento, tão particular, com a gente.

    mil beijos para vc e sua linda família.

  123. Juliana Appip    02/12/2015 - 09h50

    Meu Deus Lu. Que experiência mais linda e agradável de ler. Meus olhos encheram d’água com o seu relato. Parabéns pela Bia, ela é a bebê recém nascida mais fofa que eu já vi. Realmente a carinha dela é tranquila e percebemos no olhar dela a calma que ela está e a felicidade. É uma fofa. Parabéns aos papais. Um início de um novo ciclo.
    Beijos

  124. Samantta    02/12/2015 - 09h50

    Aaaah q lindo!

  125. Cibele Moraes    02/12/2015 - 09h51

    Genteee!!! Que coisa mais linda e emocionante, chorei demais imaginando esse momento, realmente um momento mágico, muito diferente do que ouvimos, estou grávida e mudei totalmente meu pensamento sobre a chegada da minha bebe. Obrigada Lu, por compartilhar com a gente essa emoção. Parabéns, e saúde à voces…

  126. Bruna    02/12/2015 - 09h51

    Impossível não se emocionar. Que parto mais lindo. Vocês conseguiram mudar meu jeito de imaginar um parto. Parabens, a Bia é linda..

  127. Morgana    02/12/2015 - 09h51

    Lu, quanto amor em suas palavras estava lendo esse texto aqui na empresa onde trabalho e chorando…
    Muita emoção, apesa de não lhe conhecer lhe admiro muito. Obrigada por tudo sempre. Deus abençoe grandemente sua família que esta completa agora.

  128. Cristina Cassol    02/12/2015 - 09h52

    Lú, estou em lágrimas… Que relato lindo! Que texto ( e que momento) mais cheio de amor e emoção. Parabéns para essa família linda que vcs formam! Nem sei muito o que falar, ainda não tenho filhos, mas no momento que tiver quero que seja assim como você. Um super beijo de uma leitora encantada com essas mulheres fortes e corajosas e com esse pai participativo e amoroso. <3

  129. Flah Paschoal    02/12/2015 - 09h53

    Tô chocada Lu, que história linda!! Sempre ouvi histórias de partos normais e suas dificuldades. até mesmo de um amigo que é pediatra e que sempre falou que parto normal é injusto com a mulher devido à dor. Mas ao ler seu texto (aliás me emocionou muito), me fez perceber que ao lado das pessoas certas pode sim ser uma coisa boa, uma experiência única na vida. Não precisa de muitas pessoas dentro do quarto e sim as pessoas certas…
    Com certeza com esse texto você fez a diferença, não estou grávida mas com certeza mudou meu pensamento!

  130. Danielle    02/12/2015 - 09h53

    Que momento maravilhoso Lu, parabéns pela sua bonequinha, felicidades para a família! Beijos

  131. Josiane Viana    02/12/2015 - 09h54

    Olá minha querida!!!
    Noooossa Lu, estou extremamente encantada e emocionada com seu depoimento. Estou grávida de exatamente 22 semanas e você me fez repensar muito sobre meu parto. Infelizmente onde moro não tem nenhum instituto que faça parto humanizado, mas consegui imaginar tudo que nos relatou.
    Essa foto da família na banheira, me emocionou demais!!!
    Muita saúde para sua bebê e muita felicidade para essa família linda.
    Fica com Deus! =**

  132. Gabriela    02/12/2015 - 09h54

    Lu, que mulherão você é!
    Seu relato é emocionante e tranquilizador. Me identifico pois também não me considero radical / militante, e achei incrível você se dar o direito de mudar de idéia por uma causa que acredita, que te tocou tanto.
    Espero um dia poder passar por uma experiência parecida.
    Um beijo, com muito amor pra essa família linda, e uma admiração por você que cresce a cada dia.

  133. Jamile    02/12/2015 - 09h55

    Como não se emocionar, né, Lu? Que bom que você fez seu relato, dividiu esse momento tão íntimo com suas leitoras e tenho certeza, abriu os olhos de muitas para um um parto natural. Vou confessar: morro de medo de parto. Tanto natural quanto cesáreo. Mas, se um dia chegar minha hora de ter filho, tenho a preferência pelo natural. Ler seu relato me deixou bem mais tranquila com relação ao parto natural. Lindo! Parabéns pela família, tão unida e amorosa.

  134. Monique    02/12/2015 - 09h55

    Nossa, Lu, que relato maravilhoso. Chorei! Fiquei muito emocionada com as suas palavras. Jamais cogitei um parto nestes termos, na verdade sempre falei que normal pra mim é cesárea, mas sua história me deu mais coragem.

    Parabéns pela força e pela coragem e parabéns pela Bia, ela é linda demais. Que ela traga ainda mais união e companheirismo para vocês!

  135. Beatriz    02/12/2015 - 09h56

    Luu. Q lindo relato obrihado por dividir esse momento tao magico com a gente. Eu estou gravida de 33 semanas e olha nao vou fala q estou ansiosa poeq nao estou. Quero muito ter meu filho nos meus braços o quanto antes mais quero q ele venha no momento dele. Eu sou muito a favor do parto humanizado, dentro de uma banheira, ( e em casa d preferencia com profissionais pra me acompanhar ) pena q o Miguel resolvel vim numa hora nao muito boa financeiramente. Entao vou ter q ganhar epe pelo SUS mesmo e nao era muito bem oq eu queria. Mais fazer oq. Espero ser bem atendida la porq escolhi um hospital q todas as mulheres q deram a luz la falam muito bem. E espero q ocorra tudo bem comigo.

  136. hayanna    02/12/2015 - 09h56

    Lu, desde a foto da Bia que tudo o que eu mais queria era que você contasse como foi seu parto.
    Eu nunca quis um parto humanizado, e você mudou total minha opinião.
    Não vejo a hora de viver tudo isso.
    Chorei com seu relato. Muito lindo!
    Parabéns!

  137. Carla Serafin    02/12/2015 - 09h56

    Lindo texto, Lu. E, linda atitude em escrevê-lo. Sei que seu trabalho é criar conteúdo, mas sei também que você poderia ter escolhido não expor os momentos da sua família para seus leitores pois, quem determina o que mostrar ou não é você. Fico extremamente feliz e grata por ter compartilhado! Sua história foi linda e graças a você, vocês três, agora eu sei que no futuro talvez eu e outras tantas mulheres possam ter uma experiência maravilhosa como a sua e sair da mesmice natural/cesárea. Obrigada por nos instruir! Sinta-se abraçada com muito carinho!

  138. Patricia    02/12/2015 - 09h57

    Que coisa linda meu Deusss! Parabéns e obrigado por dividir isto conosco… Estou tomando café e as lagrimas rolando sem parar…. Estou emocionada, fechou os olhos e tentei por um segundo imaginar o que comtou … Fantástico… Só quem é mãr e pai sabe disso! Orgulhosa e feliz por ter mulheres como você… Corajosa todas somos, só falta estímulo e vc com certeza, irá estimular e inspirar muita gente! Que Deus abençoe sua família ? Adoro vcs , Patricia Sautner

  139. Letícia Poganski    02/12/2015 - 09h57

    Lu, que história linda! Amo o seu jeito autêntico e honesto. Parabéns por essa história linda!
    Por favor, compartilhe tudo o que for possível, pois nunca cogitei o parto humanizado, mas depois de ler esse depoimento, me encantei e me interessei. Se possível, por favor, fale em videos também. Gostaria de ouvir o Leo também, porque tenho certeza que meu marido ficaria apavorado se decidisse pelo parto humanizado, rs.
    Que o Senhor abençoe a Bia e a família de vocês.
    Desejo que você fale sempre aqui e no youtube sobre a maternidade e a Bia, é o assunto que mais tem me interessado por aqui, rs.
    Um grande beijo pra vocês, sejam muito felizes!
    Letícia.

  140. Mariana Zanatta    02/12/2015 - 09h57

    É impressionante como a forma real e verdadeira com que você contou essa história me trouxe diversas sensações. Consegui sentir cada sensação que você descreveu ali e no final não há como não te desejar amor e te agradecer com a leveza que trouxeste esse depoimento, sendo o assunto tão delicado. Eu que nunca tive filho me senti parindo. (Hahaha)
    Obrigada Lu por dividir tão verdadeiramente isso e parabéns por essa baby linda e gordinha que irá te transformar a cada dia. Muito, muito amor pra vocês.

  141. Daniela    02/12/2015 - 09h57

    Que lindo o relato do seu parto lu….eu acompanhei sua gravidez desde o momento que vc falou q tava gravida ate chorei com aquele vídeo….e todos os outros todo domingo eu via os diários….e queria te dizer q eu espero e desejo que a bia e vc tenham muita saúde,paz e tranquilidade nesse momento…e muito amor….bjusss com muito carinho…?

  142. Ester Costa Soares    02/12/2015 - 09h58

    Meu Deus que coisa LINDA!!!
    Nosso o que falar desse relato MARAVILHOSO, muito feliz por vcs!!!
    Você é um exemplo Lu, já passava por minha cabeça em ter um parto assim com seu depoimento agora tenho certeza. Me casei em setembro desse ano, e no final do ano que vem já estou pensando em engravidar, achamos que já chegou nosso hora, já temos eu 31 e meu marido 39, e acho que não podemos perder mais tempo, só não temos agora Pq nossa situação $$$ não permite (com essa crise estamos sem trabalho). Obrigada por compartilhar sua vida com a gente, gosto muito de vcs é sempre To aqui, e estou aguardando ansiosamente o tour pelo quartinho e também depois se puder faça um vídeo falando do parto também, vou adorar assistir.

    Um grande beijo pra vcs.
    Deus abençoe SEMPRE vcs e a BIA!

  143. Silvia    02/12/2015 - 09h58

    Há algum tempo acompanho seu blog, nunca comento porque sou tímida, rs. Mas fiquei tão emocionada ao ler seu relato que não poderia deixar de agradecer a você e ao Leo por compartilharem essa experiência conosco. Não sou mãe, guardo esses planos pra daqui algum tempo, mas sempre ouvi tantos debates sobre esse assunto que em algum momento comecei a questionar porque as mulheres não se achavam capazes de passar por um parto que até então eu também chamava de normal. E hoje eu vejo que você mostrou que é muito além disso, não é uma questão de coragem, é um imenso privilégio, é uma experiência pela qual uma mulher merece passar, uma experiência feliz. Enfim…não quero falar demais, mas mais uma vez obrigada, estou com os olhos cheio de lágrimas e muito feliz pela generosidade com que você nos permitiu fazer parte desse momento. Saúde pra Bia e muitas felicidades pra vcs!

  144. Jeisiane Silva    02/12/2015 - 09h59

    Oii Lu, que lindo o relato do seu parto… deve ser mesmo um momento único e que bom que vc conseguiu aproveitar. Claro que chorei, pois a forma como vc escreveu esse post foi emocionante, da pra sentir a sua alegria e emoção a cada parágrafo. Você é uma fofa, tem uma luz própria maravilhosa e eu desejo tuuudo de mais lindo na vida dessa família linda. Que Deus os abençoe sempre e que sejam muuuuuito felizes. Adoro vcs.
    Um beijo grande….

  145. ANna    02/12/2015 - 09h59

    Quase chorei, Lu. Que experiência maravilhosa! Sempre tive o mesmo medo, depois de você ter conseguido, acho que consigo também! Parabéns!

  146. Thamires Manoela    02/12/2015 - 10h00

    Lu, que lindo seu relato, eu também sou doula, j´pa comentei aqui algumas vezes e outras no youtube, eu torci mto por vc e pela sua família, para que a chegada da Bia fosse a melhor possível, a cada diário com informações sobre suas escolhas, doula, mudança de go, tudo isso me fazia vibrar eu sabia que vc iria parir (coisa de doula, acreditar que toda mulher é capaz de parir naturalmente). Eu sempre falo para as gestante que eu acompanho que eu acredito mais nelas do que elas mesmos, rsrs.
    O bichinho da humanização quando pica dá febre, febre boa, espero que sua história inspire mais mulheres.
    Obrigada por se juntar a nós nessa luta.

  147. Thuani Martins    02/12/2015 - 10h00

    Que relato mais lindo, Lu! A mágica do momento torna tudo mais especial. Fiquei muito feliz com a notícia do nascimento da Bia, espero que ela tenha muita saúde e encha de amor o seu coração e do Léo. Beijos

  148. Louise    02/12/2015 - 10h01

    Lu…. Me emocionei ao ler sua experiência. Vocês são maravilhosos. Parabéns pela maternidade e pela sua força. Seu relato tocou meu coração. Beijos

  149. Alice Cassetari    02/12/2015 - 10h02

    Oi Lu, essa é a primeira vez que te escrevo. Moro na Suécia a exatos 9 meses e acompanho seu blog ja ha algum tempo, mas desde a sua gravidez, estou te acompanhando semanalmente.
    Fiquei emocionada com o relato do seu parto. lindo.
    Aqui na suecia, so em ultimo caso que se faz uma cesariana..eles tentam a todo custo parto normal. Eu tenho 30 anos e ainda nao tenho filhos, mas ja estou ouvindo a natureza me chamando, por isso me interesso tanto pelo assunto e, lendo o seu depoimento, fiquei ainda interessada. Acho que vc fez o que eu espero pra mim..a natureza sabe o que faz, podemos dar a luz de forma natural e tranquila. Vc conseguiu, e me inspirou a tentar tambem, eu espero que em breve.
    parabens ao novo bebezinho, a guerreira mamae e ao pai companheiro.

  150. Beatriz    02/12/2015 - 10h02

    Quando for ter um filho gostaria muito de conseguir que o parto seja assim também,mas não sei se conseguiria por ser asmática(crônica)! Mas parabéns lu, lindo texto!

  151. Rafaela    02/12/2015 - 10h03

    Luh, que Deus abençoe e lumine a vida de vocês, que tenham muita saúde, paz, amor…Lendo cada palavra, linha por linha que você escreveu consegui sentir a emoção desse momento mágico e lindo. Já te admirava antes mas agora consigo ver uma nova Luísa surgindo e com certeza vou admirá-la por muitas coisas coisas. Sinta-se abraçada e um beijinho especial para a Bia. Rafa :)

  152. Sarah Florencio    02/12/2015 - 10h03

    Nossa que lindo! Fui lendo, imaginando tudo, chorei e ri! Que momento bacana, descreveu tão bem, nunca tive tanta riqueza de detalhes nem das minhas amigas! Tenho certeza q mudou a maneira com q muitas pessoas encaravam o parto normal!Muito obrigada por dividir seu momento com a gente, de postar foto da Bia logo em seguida! Senti que vc considerava realmente todo mundo aqui muito importante pra vc também! Meus parabéns! A gente continua acompanhando aqui de longe e desejando tudo que há de melhor pra essa família linda sua! P.S: senhor como lidar com essa mini pessoinha bochechuda *__*

  153. Thuany    02/12/2015 - 10h04

    Relato mais bonito e emocionante que já li sobre parto.
    Desejo a família muitas alegrias com a chegada da princesa.
    Adoro vocês Sucesso!!!!!!

  154. Isabela    02/12/2015 - 10h04

    Que delicia de texto Lu! Fiquei sabendo por acaso do nascimento da Bia quando entrei no seu insta já que tinha sumido do snap. Me senti tão feliz, como se fosse alguém realmente próxima de mim. A BIa é muito linda, parabéns. É tão bom saber que deu tudo certo, e melhor ainda saber de você mesmo, com o seu jeito de escrever e suas palavras. Quando puder compartilhar mais, estaremos esperando. Enquanto isso, muito amor e muita saúde pra vocês três! <3

  155. Gabriela Volpi    02/12/2015 - 10h04

    Nossa Lu, arrepiei lendo seu depoimento.

    Nunca pensei que um parto humanizado fosse assim. Realmente, quando engravidar irei considerar isso. Eu sempre dizia que iria fazer cesárea, mas depois desse seu relato acho que meu modo de pensar mudou totalmente.

    E seja muito bem-vinda Bia!

    Beijos!

  156. Nathalia    02/12/2015 - 10h05

    Que lindo.
    emocionante.

  157. Andressa    02/12/2015 - 10h05

    Que relato lindo e verdadeiro! Parabéns pela sua linda família! Que Drus abençoe e guie vcs sempre pelo melhor caminho!

  158. Laura    02/12/2015 - 10h06

    Ahh Lu! Que relato mais lindo!

    Assim que vi a notícia de que a Bia tinha nascido, a primeira coisa que me veio na cabeça foi se vc tinha conseguido o parto da forma que queria.
    Aí, quando o Leo postou essa mesma foto que ilustra o post, fiquei tão feliz por vc! Mesmo que não dê pra ver as expressões de vcs, é uma foto que transmite felicidade e muito, muito amor!

    Sobre o parto humanizado, só tenho uma coisa a dizer: quero que o meu seja assim!

    Acho que já comentei isso em outra ocasião, mas até um tempo atrás eu era uma das que morriam de medo de parto normal. Acho que a sociedade em geral contribuiu para esse preconceito, até mesmo a TV, mostrando aquele sofrimento em torno de um parto normal. Conheço pessoas que alegam que é um parto feio… Minha percepção mudou um pouco depois de conversar com uma mulher que já teve as 2 experiências, e me disse que a recuperação do parto normal era muito mais rápida. Aí comecei a pensar melhor nisso, afinal cesárea é uma cirurgia, e ninguém deveria fazer uma cirurgia desnecessária (em muitos casos). Mas confesso que mesmo simpatizando mais com o parto normal, o medo da dor ainda me assustava. Até ler o seu texto!

    Espero que esse cenário de preconceito mude, e acredito que a sua experiência pode ajudar muitas mulheres a repensar sobre a forma como trazer seus filhos ao mundo.

    Ainda estou longe de ter filhos, mas quando esse momento chegar, espero poder ter uma experiência tão positiva e mágica para compartilhar quanto a sua!

    Bjs!!

  159. Ana Luisa    02/12/2015 - 10h07

    Lu do céu! To arrepiada! Que parto maravilhoso, que equipe incrivel, que momento mágico. Você foi realmente uma guerreira. Tenho certeza que a Bia vai sentir maior orgulho de você!!! Beijos e muita felicidade nessa familia

  160. Evelyn Moura    02/12/2015 - 10h07

    Impossível não se emocionar lendo sua história Lú. Que benção foi seu parto!! Que Deus posso te mostrar cada vez mais esse amor.

  161. Lunara Lanna Lima    02/12/2015 - 10h07

    Lu, sou professora e li seu relato na hora do recreio, tive que segurar tanto para não chorar, vocês são muito especiais, que bom que Deus tem abençoado tanto a sua família, muito lindo seu relato, espero que quando eu for ter filhos eu tenha essa oportunidade! Você é tão real nos seus relatos, tão autêntica ao expressar suas verdadeiras opiniões sem se importar com a opinião dos outros que não tem como não ser minha blogueira favorita! ?

  162. Elisama Azevedo    02/12/2015 - 10h08

    Gente, que demais!! Não sabia que podia ter anestesia no parto humanizado! =)

  163. Francieli Brilhador    02/12/2015 - 10h08

    Oi Lu, me emocionei muito com sua forma de descrever seu parto. Cada linha que eu linha eu imaginava como estava sendo e o que você estava sentindo, eu fico feliz por você por ter dado tudo certo. Parabéns a Bia é linda, perfeita e cheia de saúde. Que Deus às proteja sempre!

  164. Alline Neves    02/12/2015 - 10h09

    Lu, pela primeira vez me emocionei com texto sobre parto. Ainda não sou mãe, mas depois de ler esse texto quero ter parto humanizado quando esse dia chegar. Beijos, que Deus abençoe vcs.

  165. Angela Rocha    02/12/2015 - 10h11

    Sempre te acompanho, mas não tenho o hábito de comentar, mas esse post não pude deixar passar. A emoção tomou conta de mim, é como se você fosse da minha família. Parabéns e saúde para vcs. um enorme beijo.

  166. Laura Requião    02/12/2015 - 10h12

    Lu, que coisa mais linda. Me emocionei. Acompanhei desde o começo a espera da Bia. Muita felicidade pra vocês.

  167. Lívia Ferreira    02/12/2015 - 10h12

    Lu que depoimento lindo! Estou grávida do meu segundo filho, o primeiro nasceu há 9 anos de parto normal sem anestesia mas com uso de ocitocina e episiotomia, então não foi tão normal assim. Mas hoje tenho muito claro o que é um parto humanizado, e é assim que pretendo receber minha filha! Fiquei muito feliz por vocês. Beijo grande e muitas vibrações boas pra sua família!

  168. Vanessa Santos    02/12/2015 - 10h13

    Lu, esse foi, sem dúvidas, o melhor post do blog até hoje. Como me emocionei com o seu relato tão delicado e minucioso de um momento tão íntimo e importante pra você e para o Léo. A foto que acompanha o post?! É a foto mais linda que você postou até hoje (e olha que via de regra as suas fotos são inspiradoras)… quanto amor envolvido ali. A foto transmite paz, transborda amor, inunda de ternura. Por um momento (mais exatamente quando meus olhos já estavam tão mareados que mal conseguia continuar lendo) me senti participando desse momento tão único, mas sem invadir a magia que era só de vocês 3 (porque dessa vez a Bia participou mais ativamente). Já acompanho o blog a bastante tempo, mas era daquelas leitoras que não se manifestava, que achava que não valia escrever porque você jamais ia ler algo de alguém que está tão distante e que você sequer conhece, mas de uns tempos para cá, sinto a necessidade de te falar que mesmo sem te conhecer realmente eu só desejo a vocês 3 coisas boas e em quantidades poéticas.

  169. Lais Torres    02/12/2015 - 10h13

    Nossa Lu, me emocionei muito com esse seu relato de parto. Tenho uma filha de 3 anos, e digo como mãe que desde ás 03H35 do dia 25/11/2015 você passou a ser uma pessoa ainda mais feliz e completa, você desde então não terá mais momentos de tristezas e nem de solidão, você estará sempre completa. Que papai do céu abençoe você e sua família. Obrigada por compartilhar esse comento tão especial conosco, consegui imaginar cada detalhe do seu parto. Beijos e Abraços.

  170. Gabi    02/12/2015 - 10h14

    Sem dúvidas o relato de parto mais doce e carinhoso que já lí. Parabéns Lú, curta bastante a pequena e que vocês sejam muito felizes. Obrigada por compartilhar conosco essa experiência tão sua.
    Um beijo, sou sua fã.

  171. Nicole Adriane    02/12/2015 - 10h14

    Oi Lu, te acompanho a muito tempo e amei todos os seus relatos da gravidez, todos os diários! Tenho sonho de ser mãe, mas sempre tive medo do parto, da dor que todo mundo diz que é insuportável, graças a você me sinto mais corajosa, foi o primeiro parto mágico que eu li e com certeza vai mudar a visão de muitas mulheres em relação a hora do parto! Muitos bebês vão nascer mais calminhos graças a você tenho certeza! Um beijo enorme e que sua família receba tudo de melhor!

  172. Camila Sena    02/12/2015 - 10h15

    Ai, Lu, fiquei emocionada com seu relato. Que coisa mais linda! Parabéns pela coragem de sua escolha!
    Estou pensando em engravidar, e antes de tudo isso, já sei que quero ter um parto com a menor interferência possível.
    A Bia é uma fofura, e sei que está muito agradecida a vc por ter esperado o tempinho dela.
    Vcs formam uma família linda. Deus abençoe vcs!

  173. Amanda Medeiros    02/12/2015 - 10h15

    Nem sei o que dizer. Muito pé no chão, mas ao mesmo tempo muito bonito e delicado o seu relato.
    Fico muito feliz que tenha dado tudo certo! Da maneira natural, como pode ser. É o que eu quero pra mim, mas sei lá, a gente não sabe das coisas até viver então não quero nem pensar muito nisso por agora. Só acho que gravidez não é bicho de sete cabeças e você mostrou bem isso, do início ao fim. Felicidades pra família!!!

  174. Caroline Moura    02/12/2015 - 10h17

    Que coisa mais perfeita seu relato. Se um dia houver um livro com relatos de mães sobre o parto, esse post deverá fazer parte. Eu, com 24 anos, que penso em ser mãe daqui mais ou menos 8 a 10 anos, terminei de ler chorando e guardando no meu coração a vontade de um parto na banheira! Mas isso fica pra daqui uns bons anos. No momento, minha carreira é o foco.

    Tudo de mais lindo na vida de vocês não só nessa fase, mas por toda vida.

    Beeeeijos,
    Carol

  175. Thaysiane Capaverde    02/12/2015 - 10h17

    Poxa Lu, que COISA MAIS LINDA!!!! Você devia escrever um livro, és sensacional descrevendo esse momento tão importante da sua vida, me fez chorar váriaaas lágrimas. Sou dessas de nunca ter entendido o parto humanizado e sempre achei uma bobagem “alternativa”. Não agora, depois de você!
    Parabéns pelo Leo, parabéns pela Bia, parabéns pelas suas escolhas e por toda essa mágica! É incrível o carinho que você tem conosco, e logo veio nos contar TUDO, sem mistérios, sem rodeios. Te acompanho há muuuito tempo, tive uma época de muita inspiração em você: fiz faculdade de Design Gráfico, criei um Blog.. Você sempre inspirando as pessoas com seu jeitinho e sotaque engraçado (hehehe sou do sul!), e fofo!
    Estou muiito feliz por vocês, mesmo, espero um dia ter uma história assim, maravilhooosa, pra contar de nós dois aqui de casa hihi!
    Beeijo, muita saúde, amor, felicidades!!

  176. Lola Cirino    02/12/2015 - 10h19

    Sempre li seus posts e pensei: ah, que fofa. Mas hoje, pela primeira vez, tudo o que consegui pensar foi: que escritora incrível!

    Sabe quando a gente vai lendo e sentindo todas as emoções possíveis a cada palavra, cada vírgula, cada parágrafo? O texto conversa com a gente, não cansa, não dá sono… Foi assim. Foi como sentir um pouco do que você sentiu no dia.

    Parabéns pela Bia. Você e Leo formam o casal mais querido que já tive o prazer de conhecer e quando os vejo, pessoalmente ou online, vocês renovam aquele sentimento de infância de que casais são eternos e que pessoas se completam. Espero que a Bia só fortaleça tudo isso.

    Que o resto da sua vida seja uma extensão desse sonho e que continue maravilhosa, Lu.

    Beijo!

  177. Bruna Frezzarin    02/12/2015 - 10h19

    Como nao se emocionar com seu relato? Chorei litros rsrs, estou gravida de 10 semanas e ainda nao sei como sera meu parto, mas nossa, o seu foi maravilhoso, fiquei imaginando a cena, a Bia no seu colo pela primeira vez…Maravilhoso! Parabens!!!!!!

  178. Milena Paulini    02/12/2015 - 10h19

    Que lindo!!!! Muito emocionante, me fez chorar! Que Deus abençoe grandemente vocês! É muito engraçado o carinho que tenho por vocês, parece que conheço vocês! Muitas felicidades!

  179. Gabriela    02/12/2015 - 10h20

    Chorei! Queria muito um parto normal mas acho que no meu caso não será possível!

  180. Simone Santos    02/12/2015 - 10h20

    Muito emocionante Lú… espero que quando tiver um bebe meu parto possa ser lindo e tranquilo como o seu…

  181. Carolina Fernandes    02/12/2015 - 10h21

    Simplesmente emocionante seu relato!
    Eu estou com um bb de 42 dias. Me preparei para um parto normal durante toda a gestação. Minha GO comprou a ideia. Ja tinha uma cesaria previa e isso e impedimento pra muitos GOs.
    Tenho transtorno de ansiedade, faço acompanhamento com psiquiatra e psicologo, assim que soube da gravidez minha psiquiatra sugeriu que eu parasse com a medicação e fiz isso de forma gradual como ela me instruiu, continuei indo às terapias e às consultas com a psiquiatra. Estava bem, curti muito a minha gravidez. Estava muito feliz. Minha DPP era 17/10.
    Em 13/10 acordei com colicas e dor nas costas, fiquei muito feliz, liguei pra GO e ela disse que podia ser os prodomos, pediu para que eu esperasse ritimar. no meio da tarde ela me ligou perguntando como estava e disse que nao tinha mudado nada, fui na maternidade e fiz uma avaliacao com a plantonista, nada, nenhuma dilatação, colo fechado, bebe alto. Aquilo foi um balde de agua fria na minha cabeça. Nesse momento toda a ansiedade que eu nao tinha sentido nas 39 semanas e meia veio de uma vez. Fiquei muito mal emocionalmente. No dia seguinte fui a consulta com a GO e o quadro era o mesmo, ela me disse para esperar, que os prodomos podem durar, horas, dias ou ate semanas. Liguei pra psiquiatra, tentar me estabilizar emocionalmente. Esperei 14, 15, 16, 17/10 e meu filho nasceu de cesaria no dia 18/10. Eu nao tinha mais condições emocionais pra esperar. Deitei na maca no centro cirurgico aos prantos, me sentindo frustada, minha GO fez quase uma sessao de terapia antes de comecar, disse que so comecaria depois q eu me acalmasse, ficamos ali conversando por uns 40 min. Meu filho nasceu, lindo, saudavel, a termo, pronto… 40semanas e 1 dia. A partir do primeiro choro so senti felicidade.
    Mas ficou o sentimento de ‘e se”: e se tivesse continuado com a medicação? e se tivesse esperado?
    Fico feliz por vc ter tido a experiencia que queria.

    • Alessandra    03/12/2015 - 07h17

      Carolina Fernandes,

      Nem sempre as coisas saem como planejado. Eu esperei mto minha gravidez, tinha mil planos, ate que entrei em TP com 20 semanas, o que me obrigou a ficar outras 16 semanas deitada em repouso absoluto numa cama. Não fiz nada do que imaginei, mas fiz tudo pelo meu filho. Foi torturante ver os dias passar deitada na cama.

      Com 36 semanas, 5cm de dilatação, sem dor, sem cólica, sem nada, meu filho começou a oscilar os batimentos cardíacos e me encaminharam para uma cesárea de emergencia que eu não queria. Não queria por mim, mas fiz por ele.

      E sinceramente… Não me importa mesmo como ele veio ao mundo e sim que ele está aqui. do alto de seus 2 anos, dono de lindos cabelos cor de ouro e olhos azuis bolinha de gude.

      Deixa esse “e se” de lado e viva intensamente seu bebê. Se vc quiser outro filho, quem sabe na próxima sai como planejado. Talvez se vc se apegar no resultado – bebê nos braços – essa sensação passa. Eu ajo assim.

  182. Virgínia    02/12/2015 - 10h22

    Lindo, lindo, lindo….impossível não se emocionar…
    Primeira vez que comento, mas te acompanho há tanto tempo que não podia deixar de aproveitar essa primeira oportunidade!
    Obrigada por compartilhar um momento tão íntimo seu e da sua família, mas acho que seu papel é tão importante dentro do nicho que você atinge, que chega a ser um papel social mesmo…de mostrar um ponto de vista diferente, “fora da caixa”, um outro lado sobre aquilo que a sociedade julga realmente como padrão.
    Lindo seu olhar humano, real, de pé no chão sobre esse momento tão natural…que não deveria ter outro nome mesmo…
    Parabéns pela força, pela coragem, pela delicadeza…e principalmente pela filha linda que vocês têm a conduzir por essa vida tão cheia de durezas, mas cheia de amor e momentos lindos como esse!

  183. Juliana    02/12/2015 - 10h22

    Sempre tive em mente que parto tem que ser cesárea. Parto normal aqui na minha cidade é coisa de SUS ( só quem nao tem plano de saúde é que faz). Já ouvi relatos muito tristes de pessoas que se submeteram ao parto normal e sofreram muito (são tratadas como gados que vão para o abate), mas também sei de casos de mulheres que fizeram cesárea e não foram respeitadas. Por um lado isso me assusta porque sinto meu instinto materno aflorar e tenho medo de acontecer comigo o que já aconteceu com várias, mas por outro me alivia porque com seu relato eu vejo que existe o lado mágico da coisa e não só o prático. Acabei de ler seu post e estava chorando de emoção. Que isto sirva de instrução para todas as mulheres da mesma forma que serviu pra mim, para que possamos exigir dos profissionais da saúde respeito na hora do momento mais importante de nossas vidas.

  184. Oriane    02/12/2015 - 10h22

    Que emocionante! Vc conseguiu transmitir mt bem tudo e me fez ver cada cena em cada parágrafo. Deu até vontade de quando estiver grávida tentar o parto normal. Parabéns pela filha e que Deus esteja a frente do seus sonhos pra sua família para que tudo der certo. Felicidades

  185. Larissa Monteiro    02/12/2015 - 10h22

    Lu acompanhei todos os vlogs e confesso chorei com seu relato, estou a anos de pensar em ter filhos, mas por acompanhar o chata a tantos anos, acompanhei a sua gestação. Bem vinda Bia, parabéns Lu e Léu.
    Não digo que o humanizado é o único que deveria existir pois a cesariana ainda é útil em muitos casos pré determinados, eu e minha irmã não estariámos nesse mundo sem ela. Eu sentada e ela com 3 voltas de cordão umbilical no pescoço, mas definitivamente mais mulheres deveriam poder ter essa experiência.
    bjos

    • Lu Ferreira    02/12/2015 - 12h31

      Larissa, vc tem que pensar no conceito real de parto humanizado: o que respeita a mulher e o bebê. A cesariana é muito importante sim, e ela também pode ser humanizada: respeitosa, feita apenas quando é necessária para o bem estar da mãe e do bebê =)

  186. Nicole    02/12/2015 - 10h23

    Que lindo relato Lu! Você só aumentou minha vontade em ter um parto humanizado quando estiver grávida.

  187. Suélen    02/12/2015 - 10h23

    Nossa Lu, que emocionante e inspirador!!
    A Bia é linda! Que Deus abençoe cada dia mais a família de vocês!

  188. Gleice    02/12/2015 - 10h23

    Bom Dia Lu, acompanho você mas nunca comentei, só que hoje é impossível descrever a emoção que senti lendo seu relato. Estou gravida de 23 semanas, e minha ansiedade por um parto normal é imensa. Seu relato me deixou mais calma e só consigo pensar nessa mágica da vida. Que Deus abençoe muito vocês 3 e que você continue a inspirar muitas pessoas. Beijos

  189. Tamires    02/12/2015 - 10h24

    Chorei lendo sua experiência! Que incrível! Parabéns e que Deus dê muita saúde para Bia. Parabéns pela família linda

  190. Mônica Nascimento    02/12/2015 - 10h24

    Luuuu,que coisa mais linda. Que relato incrível,emocionante. Me peguei chorando do começo ao fim com suas palavras tão sensíveis e tão fortes ao mesmo tempo. Que delícia de post. Imaginei toda a cena,desde o rompimento da bolsa até o nascimento da Bia com seus olhos expressivos olhando pra vocês e pra esse mundo novo. Seja Feliz,muito muito Feliz. A Bia é uma criança iluminada e vc e o Léo os pais mais sortudos do mundo. Deus abençoe infinitamente. Agora um pedido de leitora que acompanha vocês a muito tempo. Não parem com os diários,pelo amor,hahaha. Que seja quinzenal,ou mensal. Continue dividindo com a gente essa experiência tão mágica na vida de uma mulher,é incrível :) Parabéns por essa família abençoada. Um abraço bem gostoso pra vocês e principalmente pra Bia :)

  191. Carla Pantaleão    02/12/2015 - 10h24

    Lu! Você merece toda felicidade do mundo!

  192. No    02/12/2015 - 10h25

    Lú,ainda bem que estou neste momento sozinha em casa.Chorei horrores aqui enquanto lia teu relato.Que coisa linda,mágica.Quanto amor e doçura em suas palavras.A Bia chegou e com ela um mundo novo,doce e colorido na vida de vocês. Que a sorte vos acompanhe..Muita,muita luz.

  193. Aninha    02/12/2015 - 10h25

    Que lindo Lu!
    Que Deus continue te Iluminando. Fiquei sem net esses dias, não sabia que a Bia já tinha nascido… Que lindo…

  194. Jéssica Hüttener    02/12/2015 - 10h26

    Maravilhoso Lu! Me emocionei com o seu relato! Deus abençoe sua família!

  195. Nanynha    02/12/2015 - 10h26

    Lindo seu depoimento. Tenho um filho de 7 anos e tenho 26. Sim fui mae muito novinha. De inicio queria normal. Mas nao tive o apoio necessario. E quanto mais o tempo passava, mais eu queria cesaria. A medica tentou me convencer a fazer o parto normal me mostrando um video, de parto normsl. E dai so piorou a situaçao. Decidi naquele momento que queria cesaria com toda certeza. Realmente vc tem que ter gratidao total a essas mulheres e o leo logico, que te deu todo o APOIO. Infelizmente estava separada, com a vida de ponta cabeça, com todo tipo de problema. Tenho um trauma danado e nao quero ter outro filho. Mas graças a Deus isso tudo passou. Meu filho é maravilhoso, meigo, sensivel, companheiro,MEU AMIGO! MEU AMOR MAIOR!Deus abençoe vcs LU! BIA é literalmente, UMA FOFURA!

  196. Débora Ferreira    02/12/2015 - 10h28

    Lu, me emocionei a cada palavra que você disse, ainda não tenho filhos, mas é meu sonho, e o meu sonho também ter um parto humanizado, porém todos a minha volta dizem o contrário, que é perigoso, que corre um risco enorme de infecção (mas esse já tirei de cabeça, pois trabalho em um hospital e sei que aqui também se corre este risco). Seu relato reforçou mais a minha decisão, que quando acontecer, vai sim ser humanizado, claro que se estiver tudo ok e nós não corrermos risco. Parabéns pela filha maravilhosa e cheia de saúde, parabéns à você pela MULHER e MÃE que foi e parabéns ao Léo, que esteve ao seu lado, o que muitos não fazem. Abraços.

  197. Rafhisa    02/12/2015 - 10h29

    Lindo o post Lu!!! Que Deus abençoe vcs ?

  198. Drika    02/12/2015 - 10h31

    Não sou mãe (ainda) e vejo no parto humanizado uma possibilidade linda, forte e cheia de amor de trazer ao mundo um ser tão precioso. Seu depoimento só confirma meu posicionamento. Óbvio que eu entendo as particularidades de cada gestante…
    No mais, acredito que esse relato tem uma importância gigantesca para a atualidade, principalmente, quando muitas mães preferem intervir no parto através da cesariana, muitas vezes sem necessidade e apoiado pelas empresas de planos de saúdes. Generalizei, mas há as exceções.
    No mais, foi lindo o que você falou e com certeza trouxe uma outra visão para nós mulheres que sonhamos com esse tão lindo dia!
    Desejo muita saúde para sua (linda e bochechuda!) Bia!

  199. Tainá Maria Paulino Leopoldo    02/12/2015 - 10h31

    Simplesmente amei o relato do seu parto, Lu. Foi emocionante! Sou sua fã e acompanhei a gravidez desde o início sempre torcendo par dar tudo certo e a Bia nascer com saúde. Desejo tudo de bom pra essa família linda, muita felicidade. Um super beijo para vocês.

  200. Carol    02/12/2015 - 10h32

    Desde que meu bebê nasceu Tb defendo o parto humanizado, aliás, recebo críticas sobre tal relato… É uma pena, pois a sensação, a dor, todo aquele envolvimento do parto é uma dádiva única da qual todas as mulheres deveriam ter a oportunidade de passar. Defendo, se puder convencer alguém para que a cabeça mude e esqueça a cesaria, farei! ?

  201. Joyce    02/12/2015 - 10h32

    Que mensagem linda! Me emocionei lendo, parabéns pela força e por este momento maravilhoso.

  202. Flavia Stevens Chicoski    02/12/2015 - 10h33

    Nossa, Lu, que relato mais lindo! Fiquei super emocionada, acho parto um momento muito bonito e emocionante e espero que um dia em um futuro distante, haha, quando relatar o meu, seja exatamente assim, lindo, emocionante e humanizado como o seu foi! <3

  203. Tainara    02/12/2015 - 10h33

    Que bonito Lu, muito emocionante. Desejo que sejam muito felizes!

  204. Luiza Melo    02/12/2015 - 10h34

    Nossa Lu, que relato mais lindo !! Da vontade de ler e reler e reler suas palavras !!! Que benção você ter conseguido ter esse parto tão natural e lindo !! Parabéns !

  205. Nathália    02/12/2015 - 10h34

    Nossa Lu, me emocionei com o seu relato, de verdade. Nunca tinha pensado nem em parto normal, vejo até um certo preconceito de outras mulheres com aquelas que optam por esse método. Mas vendo seus relatos (acompanhei todos os diários de gravidez), toda a delicadeza do procedimento e a sua emoção, me fez repensar. Ainda não sei se terei filhos mas agora o parto normal me parece uma opção muito melhor. Obrigada!

  206. Karina    02/12/2015 - 10h35

    Que lindo relato, Lu.
    Estou gravida de 22 semanas, e meu pensamento eh mais ou menos o seu do inicio. Quero parto normal, acho que nao aguento sem anestesia…. Mas ao ler as palavras da sua medica “qual a maior que vc sentiu” me fez parar p pensar ate onde posso suportara dor , espero ficar com essa frase em meu pensamento na hora do parto. Que seja o momento mais lindo da minha vida.

    Parabens pelo nascimento da Bia. mta saude pra vcs.

    Bjs

  207. Marina    02/12/2015 - 10h36

    Arrepiante seu relato!!! Parabéns pela chegada da Bia! Toda a felicidade do mundo para vcs!

  208. Nathalia Martins    02/12/2015 - 10h37

    Nossa, eu chorei. Achei a história mais linda. Ainda mais quando disse que a Bia nasceria dia 25, e foi, nasceu! Estou muito feliz por vcs. Vcs são muito iluminados e passa isso pra todos. Deus os abençoe.

  209. Thais    02/12/2015 - 10h37

    Lú, sempre acompanhei seu blog, mas assim, como tantos blogs… Não tinha individualidade, até que fui viajar para NY há alguns dias atrás e vi alguns vídeos seus, pensei “como essa menina é diferente das outras” e hoje tive certeza que nossos pensamentos são muito parecidos e achei importante dividir com vc a minha admiração!!! Sou psicóloga, trabalho com Saúde Pública e estou naquele processo inicial de tentar engravidar, mas por trabalhar com muitas gestantes e acompanhar muitos cursos referentes ao parto, sou apaixonada pelo parto humanizado e desejo muito ele para minha vida de mãe. Que seus momentos com a sua pequena sejam maravilhosos, esse é o momento em que vcs estão se conhecendo e iniciando a relação mais importante das suas vidas!!!

  210. Mai (Cremilda Blog)    02/12/2015 - 10h38

    Lú, parabéns!!
    Termino seu post chorando… Quanta emoção você carrega nas palavras deste texto. Dá pra sentir daqui!

    Quero te agradecer imensamente por ter dividido sua gravidez no blog com tanta serenidade… Eu sempre leio textos assustadores sobre essa fase e piores ainda sobre o pós-parto e cuidados do neném em casa, parece que é um cansaço sem-fim sem muitos benefícios além de ter um humano pertencente à você (o que me soa bem egoísta).

    Pela primeira vez eu consigo enxergar a gravidez com realidade, felicidade e maturidade. Obrigada! Meu medo de ter filhos diminuiu consideravelmente e devo isso à você! Viva à BIA!!!!

  211. Izadora Ribero    02/12/2015 - 10h38

    Que texto mais lindo! Até chorei! Parabéns mais uma vez, Lu! Você é uma mulher muito inspiradora para todas nós! Sua cumplicidade com o Léo é muito linda! Que a a Bia traga muito mais felicidade para a família de vocês!

  212. hellen augusto    02/12/2015 - 10h39

    OI Lu, o meu parto também foi humanizado… foi na Nova Zelândia, morava lá na época, minha filha é Neozelandeza e lá todos os partos são dessa maneira, lembro da minha primeira consulta com minha midwife( doula) fiquei em desespero….. como assim não vai ser uma médica que vai me acompanhar?! depois aos poucos também fui me acostumando com esse processo natural… infelizmente eu não tive parto normal, pois eu não tive dilatação, eu tentei por longas 17 horas, depois que minha bolsa ronpeu, mas não teve jeito tive que fazer cesária… mas nesse tempo fiquei na banheira e realmente, foi a melhor maneira de me acalmar e não sentir tanta dor…. pois só tive anestesia, no momento da cesária. Todos os partos devem ser dessa maneira, me lembro de contar para as minhas amigas, a 5 anos atras e todo mundo não sabia do que se tratava….ainda bem que tive essa oportunidade!!! bjs e muita saúde a vcs 3!

  213. Nathália    02/12/2015 - 10h39

    Que a bia seja muito bem vinda, sei que vocês vão dar todo amor inimaginável pra ela. Muita saúde e que Deus abençoe vocês!!!!!

  214. Rafaela Polon    02/12/2015 - 10h39

    Que linda descrição! Maravilhoso ler e sentir como esse momento foi incrível pra vcs! Parabéns Lu e Léo! Fiquei emocionada! Bjos (=

  215. Mari Coelho    02/12/2015 - 10h39

    Que texto lindo!
    Chorei!

    Parabéns pelas suas escolhas e pela Bia linda ??

  216. Te    02/12/2015 - 10h41

    Parabéns aos papais.
    Nem sou mãe ainda e nem penso em ter filhos, mas esse relato me deixou muito emocionada. Um momento mágico.

  217. Jana Malovany    02/12/2015 - 10h41

    Que coisa mais linda de se ler.
    Muito amor!

  218. Adrianísia    02/12/2015 - 10h41

    Meu Deus, esse foi o relato de parto mais lindo que vi na vida! Muito emocionante! Muito obrigada pelo relato tão cheio de emoção e muito obrigada por dividir com suas leitoras a experiência, lindo demais! E a Bia é lindíssima, que criança mais fofa, que ela tenha muita saúde e seja muito feliz.

  219. Katherine Freitas    02/12/2015 - 10h42

    Lu, que post mais lindo! Acompanhei sua gravidez desde o início, daquela que colocou pro YouTube notificar a cada vídeo novo, seus diários da gravidez todos incríveis, o amor que você e o Léo sempre transmitiram e sua forma linda de compartilhar com a gente um pouco da sua vida. Lindo ver a sua naturalidade com as mudanças de opiniões e acho que se eu ver os primeiros diários e esse post, verei claramente sua mudança. Que vocês sejam muito felizes nessa nova fase, obrigada por nos deixar tão próximas assim. Bem vinda Bia ao nosso mundo chata de galocha! ?

  220. Catharine    02/12/2015 - 10h43

    Não sou mãe e não pretendo ser por um bom tempo (estou bem focado nos estudos, hehehe).
    Mas se tem duas coisas que amo ver/ler/ouvir são as experiências maternas de Flávia Calina e as suas.
    Diariamente aguardo ansiosa receber a notificação de post e vídeo novo de vocês duas.

    Chorei muito lendo seu depoimento, Lu.
    Conseguia até ouvir sua voz enquanto lia tudo.

    Desejo muita saúde pra você e sua linda família.
    Aproveitem esse momento mágico.
    Beijos.

  221. leliana    02/12/2015 - 10h43

    Lúh, que coisa mais linda ler o ser relato!
    Eu sou mãe de uma menina de 09 anos, e realmente tive um parto muito traumático, o que me faz adiar até hoje a ideia de ter mais um filho.
    Tive minha filha aos 18 anos, e fui vitima de uma falta de humanidade… fui deixada sozinha numa sala de parto, com medo, ouvindo dizer que se eu não me “comportasse” iria ser deixada sozinha para ter minha filha, ouvir dizerem pra não encostar em minha, se não eu morderia (oi?), fizeram sem minha autorização uma epsotemia e eu sofri muito! Não pq a dor era muito forte, pois nem achei, mais por não ter apoio, por me sentir abandonada com pessoas que nunca tinha visto, por me sentir vulnerável e ter medo de uma situação que nunca tinha vivido.
    Ler o seu relato me fez pensar novamente em dá continuidade, e ter meu segundo filho, talvez me faltasse instrução, maturidade ou apenas que as pessoas certas estivessem no meu caminho. Muito obrigada por compartilhar conosco esse momento maravilhoso.

  222. Naiara    02/12/2015 - 10h44

    Lu, nunca fui de dizer que sou fã de alguém, mas derepente eu me via feliz quando saía um vídeo seu… Quando vc escrevia alguma coisa… Ficava feliz e assistia até o final cada diário de gravidez… Você mudou o meu conceito de fã. Parabéns pela Bia… Sou mãe de dois anjinhos e sei o que está passando! Novamente parabéns!!! Milhões de beijos!!! Espero um dia poder te encontrar!

  223. Alyne    02/12/2015 - 10h45

    Nossa LÚ! q lindo,mágico e emocionante…chorei!q Deus possa abençoar sua família e q possamos conhecer a bia mais p frente nos videos.Bjos!

  224. Adriele    02/12/2015 - 10h45

    Caramba! Que turbilhão de emoções vc provocou em mim! Me segurando para não chorar copiosamente no trabalho! hahahaha Mta saúde e paz para essa família LINDA!

  225. elaine paniago    02/12/2015 - 10h46

    Lindo relato!!! Minha Mariana tbm nasceu de parto humanizo, porém, foi hospitalar, não entrei na banheira, tive no banquinho. Eu tbm falava pro meu esposo que não ia ficar ativista, mas depois que você passa por essa experiência não tem como não se tornar ativista. A melhor experiência da minha vida, muita lua de leite pra vcs duas.

  226. Crystal Spinelli    02/12/2015 - 10h46

    Ahhhh que amor!!!
    Chorei e chorei com tamanha felicidade!
    Que delícia saber que foi tudo perfeito!!!!
    Muito feliz por vocês!
    Bem vinda, Bia!
    Uma sagitariana pro nosso time ??????

  227. Bá Bicudo    02/12/2015 - 10h46

    UM SONHO! Isso resume essas palavras lindas que acabei de ler! Parabéns pela Bia, essa mini doçura maravilhosa, pela sua coragem e força, pelo apoio do Leo.. sonho muito em ter um prato assim, do jeito que o bebê quiser e quando ele quiser, e quando for a minha vez pode ter certeza que as palavras do seu relato de parto vão estar na minha mente o tempo todo! Espero que sua experiência inspire muitas outras mulheres também! Mil parabéns pela chegada da Bia ?

  228. Vanessa Gabriella Marinho    02/12/2015 - 10h46

    Que texto lindo, fiquei emocionada de verdade!!! *—*

  229. Vivian Santos    02/12/2015 - 10h47

    Oi Lu! Achei lindo seu relato, me dá vontade de ter filhos da mesma forma.
    Tenho opiniões opostas na minha casa. Um irmão médico q acha q parto tem q ser cesáreo, com anestesia, hora marcada, e minha mãe enfermeira, q teve os filhos de parto normal, no hospital onde ela trabalhou, conhecia e confiava na equipe, e não sabe como o próprio filho pode pensar essa abobrinha! Hahahaha….
    O mais legal da sua história é q vc foi respeitada em todos os momentos, pôde escolher anestesia ou não, na cama ou na água, e em todo momento havia alguém pra te explicar o q ia acontecer.
    Desejo tudo de bom para vocês três, sua família é linda!! Bjos

  230. Ana Luíza Machado    02/12/2015 - 10h47

    Parabéns pela sua coragem Lú! Que momento lindo! Com certeza vai inspirar muitas pessoas a repensarem sobre o parto, esse momento tão especial para a vida de uma mulher! Eu ainda não sou mãe, mas com certeza quando estiver grávida vou lembrar de todos os seus vídeos e posts que você compartilhou com a gente aqui! Você mostrou a gravidez e a maternidade de uma forma pura e muito bonita, como realmente é! Que família linda, Deus os abençoe!

  231. Ana Caroline    02/12/2015 - 10h49

    Lu!

    Primeiramente, parabéns pela filha linda e pela nova fase de sua vida!
    Nossa, eu sou nova e nem penso em ter filhos agora, mas esse post acredito que vá mudar a visão de muita gente, assim como mudou a minha. Eu havia lido sobre algumas coisas muito ruins sobre partos e confesso que meu medo de engravidar um dia ficou grande, mas NUNCA passou pela minha cabeça fazer um parto nesse estilo. Mas que história linda! Me emocionei e quando chegar a minha hora quero ter esse mesmo pensamento que você e adorei a visão desse Instituto!

    Parabéns mais uma vez!

    Bjs

  232. renata    02/12/2015 - 10h49

    Como não ler este texto com lágrimas nos olhos, te acompanho há anos, e ainda mais o diário da gravidez. Depoimento lindo … Você e sua família metecem ser muito felizes, obrigada por dividir conosco a sua história de vida. Você me inspira!

  233. Cinthya    02/12/2015 - 10h49

    Oi Lu,
    que lindo seu post e o nascimento da sua pequena.
    Eu ainda não tenho nenhum plano de ser mãe e de colocar um novo serzinho no mundo…
    Mas sei que o dia que decidir ser mãe, quero um parto assim como o seu: humanizado.

    Bjs!

  234. Isadora    02/12/2015 - 10h50

    Fiquei emocionada com seu relato. Sou uma adolescente de 13 anos que não perde um video seu e que nunca perdia um diário de gravidez! Lu você o Leo e a Bia entraram na minha vida em um momento muito difícil pra mim, saiba que depois que comecei a assistir seus videos voltei a sorrir e a ser feliz!
    Te amo muito e espero um dia conhecer vocês três.
    Parabéns pela Bia e pelo seu trabalho!

  235. Adriana Lopes    02/12/2015 - 10h50

    Caracaaaaa Lu!
    Vocês não choraram…mas eu chorei…rsrsrs
    Que lindoooooo momento! que lindo texto. PARABÉNSSSSSSSSSSS
    Te acompanho a tempo e nunca comento, mas esse momento é irresistível!
    Sempre vejo nos blogs de mães o relato dos “partos”, cheios de procedimentos cirúrgicos, onde elas maquiadas e já com a barriga esguia postam a foto das lembranças na maternidade, com agua termal e os links das prestadoras de serviço dos bens nascidos….E não tenho boa análise sobre isso.
    (outro dia aquele moça da barriga malhada até o fim da gravidez, descreveu que a filha nasceu “berrando”, dizendo que a mesma nasceu forte…Me arrepiei de pena dessa criança …)

    Sou, amadora do parto humanizado, natural e mágico (com a luz amena, música, marido, doula…agua…etc..) fiquei emocionadíssima com seu momento, sua foto, sua transmissão dos seus sentimentos!

    (tive uma gravidez adolescente, um parto prematuro (cheguei ao hospital com 10 de dilatação) e ao chegar fui maltratada psicologicamente, pois todos achavam que eu teria tentado aborto, mal me olhavam. A “médica” se assim pode ser qualificada, me cortou, mal falou comigo…e quando tirou minha filha, entregou para primeira enfermeira que viu…que correu com ela pra longe, (ela não chorava e não respondeu aos sinais vitais nos primeiros minutos). Ainda sendo costurada, questionei a médica se minha filha estava bem e se ela ficaria na incubadora…ela só disse: “se ele sobreviver”….e saiu da sala….

    ok! Depois de tudo…ela ficou 15 dias na incubadora e mais 14 pra ganhar peso, e hoje está com 15 anos! Linda, saudável, inteligente e maior que eu! rs

    Bia veio ao mundo rodeada de amor e tranquila de fazer essa passagem que é o nascimento!

    PArabénsss pra vocês três e pra toda família! E GRATIDÃOOOO em compartilhar esse seu momento tão mágico!
    Adoro seu blog! beijãooo

  236. Josiane    02/12/2015 - 10h51

    Lu, simplesmente maravilhoso seu post. Você vai ver como são as coisas daqui pra frente, cada fase da sua filha vai ser melhor que a outra. Eles são a nossa razão de viver. Parabéns

  237. Ana Beatriz    02/12/2015 - 10h52

    Lindo depoimento. Eu,que passei no parto justamente o que você lutou para não passar, também apoio à causa do parto humanizado. Até os que, por necessidade, são cesárea.
    Só depois que a gente passa pela sensação – e frustração – de ser enganada por seu médico, é que a gente aceita a dura realidade de que, pra ter o tão sonhado parto do jeito como deve ser, os médicos são raros.
    Alerto sempre minha amigas grávidas de primeira viagem, embora muitas vezes elas confiem mais nos seus médicos do que nos relatos que leem. E muitas vezes, depois,elas dão depoimentos iguais aos meu.

  238. Aline Reis    02/12/2015 - 10h52

    Sigo seu blog a muito tempo, não sou de comentar..rs mas após seu relato do parto fiquei tão emocionada a sua gravidez e a doação que vc fez em compartilhar seus momentos tem mudado um pouco minha decisão em não ter filhos…acompanhando seu diário de gravidez comecei a ter um sentimento diferente e quem sabe um dia eu venha a ter algo que antes não desejava, um filho! Obrigada por compartilhar momentos importantes conosco. Deus abençoe vc, Leo e Bia!

  239. Bruna    02/12/2015 - 10h53

    Lu, mto lindo o seu relato, tô até emocionada!! Acho que sua experiência serve de exemplo para nós mulheres que, grávidas ou que desejam engravidar um dia, vejam que existem outras opções, e que podemos fazer nossa escolha. O parto deve ser algo natural, assim como tantas outras coisas, e é escolha nossa como ela deve ser realizada claro que com suas devidas restrições de acordo com cada caso. Parabéns pra vc por essa bebê linda e por essa experiência tão boa, me faz repensar quando eu estiver esperando o meu bebê hehehe…bjsss!!

  240. Juliana Stark    02/12/2015 - 10h53

    Que lindo relato Lu! Tenho 31 anos e não tenho filhos, mas sua experiência me fez querer sentir tudo isso. Que maravilha poder viver uma gravidez sem riscos e poder passar por esse resultado mágico como você disse. Sua família esta mais linda ainda…..aproveitem cada segundo juntos. Bjs pra vc, Léo e Bia

  241. Beatriz Mattos    02/12/2015 - 10h53

    Lu que texto lindo, que dia lindo, que sensação linda. Fiquei emocionada e feliz com tudo que escreveu. Um dia quando tiver meu filho com certeza vou correr atrás de profissionais que façam o mesmo tipo de parto (com certeza o único que deveria existir). Vocês já eram uma família linda, agora mais linda ainda. Beijos, te desejo tudo que há de bom, de coração.

  242. Larissa Corrêa    02/12/2015 - 10h53

    arrepiei!
    Que lindo seu parto Lu!
    Parabéns pela filhota linda e por ter passado por esse momento de forma tão tranquila…

  243. Thaís Amanda    02/12/2015 - 10h54

    Lu parabéns a você ao Léo, amei seu relato de parto humanizado, não foi como ler aquelas histórias horrorosas sobre dor e desrespeito.
    Que a vinda da Bia alegre e abençoe ainda mais a vida de vocês.
    Beijos; com carinho Thaís.

  244. Ana Perazza    02/12/2015 - 10h54

    Lu, que lindo e inspirador o seu relato. E a foto de vocês na banheira é sublime, mágica como o nascimento da Bia. Parabéns! Militar pelo exemplo, pela inspiração genuína, é uma forma linda e verdadeira de defender uma causa. Não sei se poderei viver algo assim, mas a emoção do seu relato já é um grande presente.
    Um beijo meu e dos Bejus, que estão aqui no forno e em breve poderão conhecer vocês e a Bia.
    Ps: você não imagina como estou feliz e esperançosa por saber que há banho e lavagem de cabelos após o parto.

  245. Amanda Eloy Sales    02/12/2015 - 10h54

    Lindaaaaaaaa, Lu.
    Estava no youtube e senti falta dos seus vídeos, logo saquei : A princesa deve ter nascido!
    De fato, fui no insta e constatei com a foto linda de vcs na banheira!
    Que experiência linda, que momento lindo. Sou solteira, e nem tenho sonho maternal, mas acompanhando o diário da sua gravidez fiquei pensando em quando chegar a minha vez rs.
    Vocês são lindos, por isso a Bia é tão linda assim.
    amor e paz em todos os seus dias!

  246. Rayane    02/12/2015 - 10h54

    Nossa, que emocionante segurar seu bebê pela primeira vez =) Parabéns pela “coragem” de ter um parto tão lindo ! Só uma pergunta: o parto ocorreu em uma clínica/instituição especializado no parto humanizado ? Felicidades para vcs !!!!

  247. Clarissa    02/12/2015 - 10h57

    Parabens Lu!! Uma bencao !!! Um momento magico como deve ser !!!

  248. Rainara    02/12/2015 - 10h57

    Chorei lendo este texto. Conheci o chata de galocha quando você lançou o primeiro diário da gravidez e já sou fã de tudo. Desejo para você, o Leo e a Bia muita felicidade. Beijos

  249. Anna Carolina lana    02/12/2015 - 10h57

    Que lindo Lu! Chorei, me fez lembrar do dia do nascimento do meu filho. Dia 26.11.14.

  250. Fernanda Barros    02/12/2015 - 10h57

    Lu, que texto lindo.

    Me emocionei de verdade!
    Que a Bia seja muito saudável e feliz. Que a Mamãe tenha muita saúde e disposição pra cuidar dessa baixinha e que Deus abençoe muito essa família linda.

  251. joyce    02/12/2015 - 10h58

    Que lindo seu relato de parto, Parabéns pela força… e parabéns pela Bia!!

  252. Moema    02/12/2015 - 10h59

    Lu, que lindo relato! Já tive o prazer de trabalhar com Dra. Quesia, ela é realmente maravilhosa! Parabéns pela chegada da Bia!

  253. Iana G    02/12/2015 - 11h00

    Lu, que relato mais emocionante! Nunca tinha lido um relato tão calmo, doce e encorajador sobre parto. E essa parte da dor ter passado ainda no processo achei incrível. Nunca tinha ouvido ou visto algo assim, é maravilhoso.
    Estou na fase de tentativa de engravidar, e estou muito encorajada com a experiência que você teve, por saber que é possível ter um parto tranquilo, feliz. Sempre achei que a dor acabava com a magia, rsrsrsrsr
    Muito obrigada, de coração por ter compartilhado esse momento, e por ter escrito tão lindamente. Desejo uma vida maravilhosa para a Bia, vc e Léo. Que tenham toda a felicidade que é possível ser sentida e vivida.

  254. Beatriz Santini    02/12/2015 - 11h00

    Lu! Que relato maravilhoso, estou super emocionada!
    Que bom que você teve uma experiência tão incrível e que o começo da vida da Bia foi tão especial.
    Eu tenho 21 anos, nem penso em ter filho tão cedo. Mas sua história me deu até vontade de considerar o parto humanizado quando for a minha hora, adorei saber mais!

    Parabéns de novo pra você e pro Léo! A Bia é muito sortuda em nascer no meio de tanto amor. Muita saúde pra ela sempre!

    Beijão!

  255. Mari Junqueira    02/12/2015 - 11h01

    SENSACIONAL, emocionante, humano e apaixonante!

    Que Deus os abençoe.

  256. Mariana Varrichio    02/12/2015 - 11h01

    Olá, Meus parabéns Lu, seja bem vinda Bia…tudo maravilhoso me emocionei demais com seu relato…momento mágico, em Janeiro minha Isis chega…não vejo a hora, beijos e mais beijos pra essa família abençoada.

  257. Fernanda    02/12/2015 - 11h01

    Que lindo, um dos relatos mais lindos que li! Que bênção vir ao mundo assim, quase que numa oração, meditação!

  258. Érica Colombo    02/12/2015 - 11h02

    Lu e Leo, não tenho palavras pra descrever como fui tocada pela espera da Bia de vocês. Tenho 20 anos e, por enquanto, a única certeza que tenho para minha vida é que quero ter filhos. Acompanhar vocês durante esses meses de espera me fez afirmar ainda mais essa certeza. Vocês consiguiram passar através dos diários e dos posts do blog um outro lado da maternidade e da paternidade, sem fantasias, sem clichês. Foi lindíssimo ler esses post e entender melhor o que é o parto humanizado, agradeço por terem compartilhado essa experiência com todos. Desejo uma vida de alegrias e sorrisos pra vocês três.

  259. Francielly Sperotto    02/12/2015 - 11h02

    Eu fiquei muito emocionada e arrepiada ao ler o seu texto!!
    Parabéns por esse momento maravilhoso que esta acontecendo na vida de vocês. Apesar de eu ser muito nova (19) e ainda não pensar em ter filhos no momento, acredito muito no parto humanizado e na mulher. Acredito sim que esse momento mais feliz deve ser lembrado da maneira mais linda possível. E o seu relato foi assim, e seu parto foi assim. Lindo demais Lu!!!! Parabéns aos papais.
    Ela é linda e sua cara Lu. Um Beijão.

  260. Rosana Moreno    02/12/2015 - 11h02

    Estou com os olhos marejados rsrs… e eu que não tenho vontade de ter filhos… mas acho lindo quem tem esse desejo é feliz com isso, assim como vc escreveu… parabéns. Muita saúde para vcs.

  261. Sara Duarte    02/12/2015 - 11h03

    Emocionante!!!!!

  262. Natth Resende    02/12/2015 - 11h04

    ai q liiinda! nem sou mamãe ainda mas me emociono com vcs!
    Maravilhoso seu parto Lu, e a Bia, uma princesinha!
    Parabéns pra vc e pro Léo, que essa boneca seja uma luz nos seus caminhos.
    bjos

  263. Thamires Silva Cidade    02/12/2015 - 11h04

    Nossa Lu, que lindo! Chorei aqui, pelo texto consegui imaginar que cena linda foi seu parto.
    Parabéns pela coragem!
    Depois de ler sua experiência minha cabeça mudou muito.
    Obrigada por dividir com a gente essa noite tão linda da sua vida!
    Deus abençoe e proteja sua família!
    Um beijo

  264. Emilly Varela    02/12/2015 - 11h05

    Tão perfeito e emocionante isso Lu!!! Choreiii… rsrs Parabéns por sua escolha e por essa família tão linda! Te admiro muito e cada dia mais!!! Que o papai do céu continue guiando os passos de vocês. Vcs são lindoooos!!! <3

  265. Jemimah    02/12/2015 - 11h06

    Estou realmente emocionada com o seu relato de parto. Estou grávida de 18 semanas e ler coisas assim nos encorajam mais e mais.
    Por ser prima da Quésia e ela ser minha obstetra tb, sempre ouvi falar de parto humanizado, já trabalhei com ela e agora lendo seu post, tenho mais certeza que estou no caminho certo.
    Que Deus abençoe vcs 3!!!!
    Um beijo grande

  266. Priscila Regis    02/12/2015 - 11h07

    Que emocionante, Lu. Chorei aqui. Deve ter sido um momento mágico.
    Que a pequenina Bia continue a crescer linda e forte.
    Parabéns família linda!

  267. Gabriela    02/12/2015 - 11h08

    Eu e minhas irmãs nascemos de parto cesárea, as três porque a médica disse que TINHA que ser assim. E desde então eu sempre pensava que o unico parto que existe é a cesárea. Até que há alguns anos assisti um vídeo sobre parto humanizado e me apaixonei. Ainda tenho 21 anos, porém a minha convicção de ter um parto humanizado cresce a cada dia. Parabéns Lu, por todo, pela garra, força. E obrigada pelo seu relato, que faz com que eu queira ainda mais ter um parto assim.

  268. Jessica    02/12/2015 - 11h08

    Li, tem uma coisa que eu morro de agonia. Eu tenho 24 anos, nao sou casada, não pretendo engravidar tão cedo, só sei que um dia, quando for a hora, quero parto normal. Sou igual você no começo da gestação. Só sei que quero parto normal. Mas a coisa que mais me da agonia e medo no momento do parto é que o bebê saia rasgando tudo, sabe? Desculpe pela expressão horrível mas eu não consigo pensar em outra que tenha o mesmo sentido! Me da pavor de pensar em ter pontos “lá” :O
    Claro que e todas as pessoas com quem eu conversei até hoje na vida sobre parto me desaconselham o normal. A minha mãe é a primeira a encorajar a cesária. Ela fala que parto normal sem dor, sem corte, sem ponto, sem anestesia é coisa da internet! :(

    • Mariana    02/12/2015 - 16h12

      Jessica, eu tive 2 partos normais. Ambos sem cortes, sem pontos e sem rasgos. Acredite, seu corpo é preparado para isso. Se a sua fisiologia for respeitada, se você ficar na posição em que seu corpo pedir, se não ficarem dirigindo seus puxos fora de hora, se vc fizer a força conforme o seu corpo ordenar, sem intervenções, o risco de vc ter uma laceração é muito muito muito muito pequena! :-) O períneo ´é feito por uma mucosa elástica, preparada para o momento de dar a luz (é a função principal da vagina: a reprodução)!

    • Caroline Cecilie    02/12/2015 - 19h35

      Existe sim, Jéssica!
      Pode acontecer lacerações, claro, algumas que não precisem de pontos e outros que precisem (que ainda são muito melhores que a episiotomia = corte feito de propósito). Mas também existem vários casos de períneo intacto.
      Há varios modos de preparar o corpo para diminuir o risco de lacerações. Exercícios para pélvis e períneo, massagens… Inclusive durante o parto a doula ou a médico podem sugerir posições que façam menos pressão no períneo, ou sustentem ele de alguma forma (dentro da água é uma boa pedida, por exemplo, pois mantém a região lubrificada). Cócoras e em 4 apoios também são posições boas. Uma coisa importante é apenas fazer força quando a vontade (puxo) vem, e não fora de hora (muitos medicos fazem o puxo dirigido, que é ficar pedindo para a gestante fazer força, mesmo fora de hora, isso aumenta as chances de lacerar)…
      Enfim, se durante a gestação você tiver acesso a informação de qualidade, maiores a chances tem de parir sem esse tipo de “problema” :)

      Espero ter ajudado! Beijos.

  269. Gabriela Albuquerque    02/12/2015 - 11h08

    Lu, em primeiro lugar, parabéns pela chegada da Bia, que sua família seja muito abençoada e feliz!
    Amei, o seu relato do parto humanizado, ainda não tenho nem noção de quando vou ter filhos, mas pretendo ter um parto humanizado também!
    Fiquei emocionada com seu relato, e que mais mulheres no Brasil possam ter histórias lindas como essa para contar.
    Grande beijo!

  270. Carol    02/12/2015 - 11h08

    Que relato maravilhoso! Que inspire muitas mulheres (e médicos)! Parabéns pela coragem e pelo ato de amor!

  271. Maria Lisboa    02/12/2015 - 11h09

    Mais uma vez me emocionei com alguma novidade da sua família (casamento, início da gravidez…)

    Deus te abençoe muitooooiii!

  272. AbeGomes    02/12/2015 - 11h09

    Parabéns Lu!! Muito bonito seu relato, obrigada por compartilhar conosco.
    Desejo felicidades para sua família e muita saúde pra Bia!
    Beijos,

  273. Bruna Salles    02/12/2015 - 11h10

    Lu, que relato lindo e emocionante. Confesso que estou com olhos cheios de lagrimas. Parabens por ter garra e forca de vontade de fazer tudo naturalmente.
    Que a Bia traga para o lar de voces, um amor e uma felicidade que nao acabe nunca. Que vcs curtam todos os dias e todos os momentos com ela. Tenho uma pequena de 5 anos e ela, meu marido e eu somos um grude so. E por esse grude e conexao tao grande, ela lembra de momento conosco de quando era menor… Coisas que nem nos lembramos. Por isso, digo, curtam todos os momentos juntos, com intensidadee cheio de sorrisos! Parabens pela pequena. Agora vc vai entender realmente o que eh o amor! Saude pros tres. Com carinho de uma leitora assidua, mas que nem sempre comenta. Bruna

  274. Livia    02/12/2015 - 11h10

    Que texto e relato de parto emocionante!
    Parabéns pela coragem e serenidade nesse momento de escutar o seu corpo e entender q parto normal e humanizado sempre e o q e melhor pra mae e filha!
    Lendo esse relato me deu vontade de ter mais um filho e tentar sentit isso tbm!
    Beijos na família linda q se inicia ?

  275. Alane    02/12/2015 - 11h11

    Lú, que relato mais lindo! Que experiência! Que Natal! Quanto amor!
    Eu sempre tive medo de gravidez e principalmente do parto. Ainda não to grávida e nem está nos meus planos próximos, mas com certeza depois de ler isso não tenho mais medo desse momento!
    Que alegria ver que você teve um parto humanizado, como todos deveriam ser, isso é o que desejo para a todas as grávidas e bebês.
    Coincidentemente, há algumas semanas ministrei uma palestra num curso de Doulas na minha cidade (Maceió). Para isso tive que estudar sobre partos e sem dúvidas fui me sensibilizando, mas até então nada havia me tocado o suficiente para que eu dissesse com todas as letras e com tanta convicção o que eu posso dizer agora depois de ler o seu relato: eu quero um parto normal, natural e com o máximo de amor que eu puder colocar! Com liberdade e conhecimento! Com leveza e humanidade! Não tenho mais medo!
    Obrigada!!!

  276. Louizi    02/12/2015 - 11h11

    Parabéns! Emocionante e obrigada por compartilhar esse momento sublime da sua vida. Uma das coisas mais lindas que já li sobre partos e num momento que escutamos tantos relatos de mulheres tendo um momento tão mágico sendo desconfigurado. Espero que muitas grávidas possam ler esse texto e tomar uma decisão parecida e que lutemos para que grávidas que desejam ter um parto humanizado no SUS tenham essa chance de vivenciar o nascer de seus filhos com tranquilidade e respeito.

  277. Paula Brasiel    02/12/2015 - 11h12

    Lindo Lu!

    Emocionante e inspirador! Foi muito bom você mostrar que conseguiu algo que muitas pessoas já tem a ideia formada de que não vão conseguir, de que o parto natural é mais difícil! Você mostrou que mesmo com medos e inseguranças, com um ótimo apoio, conseguiu ter um momento inesquecível!

    Beijos e muitas bençãos!

  278. Elanna Cerqueira    02/12/2015 - 11h12

    Nossa, me deu mais coragem e inspiração para ter um parto normal!

  279. Isabele    02/12/2015 - 11h13

    Lu e Leo, primeiramente, Parabénssssssss! A Bia é linda e é um presente maravilhoso de Deus! Tenho certeza que vcs serão pais iluminados… que irão errar e acertar, mas assim é a vida, não é mesmo?, um eterno aprendizado!
    Lu, me emocionei com o seu relato do parto… que coisa linda…
    Curta todos os momentos intensamente!
    Te admiro e respeito cada vez mais!
    Fiquem com Deus.
    Beijo grande no coração de vcs!

  280. Cristiane Mezzari    02/12/2015 - 11h13

    Lu,
    acompanhei suas últimas semanas e torci muito para que conseguisse o que tinha planejado.
    Sou doula, mãe da Catarina (Catu) e agora carrego o Francisco (Chicão) em meu ventre. Minha Catu nasceu assim como Bia: linda, sozinha e quando quis.
    Cada semana sua de gestação eu torcia para que realmente tivesse encontrado pessoas boas para te acompanhar na hora de vocês, pois isso faz toda a diferença. Elas estão lá para olhar para nós e dizer “Você consegue!”.
    Parabéns e muita saúde à Bia!
    Cris Mezzari

  281. Lissa Gomes    02/12/2015 - 11h14

    “Nem chorei, imagina! Por que eu choraria?” disse uma pessoa que não sou eu.

    Sou sua fã, Lu! Parabéns pela sua coragem, não só de passar pela experiência, mas agora de defender uma causa que ainda é tão má interpretada. Tomara que mais mães aprendam a se informar e ser a melhor opção para seus filhos e filhas. Que sorte a da Bia <3 (que não conheço mas já considero pacas, haha!).

    Beijos!

  282. Maíra Fernandes    02/12/2015 - 11h14

    Que linda história, Lu! Fico muito feliz que tenham vivido uma experiência tão linda e marcante. Falo tenham porque imagino que tenha sido especial também pro Léo e pra Bia. Que sua história possa inspirar outras mães e que seja o início de uma vida abençoada e feliz para a sua família.

  283. Juliana    02/12/2015 - 11h14

    Que post lindo, Lu! Me faltam palavras pra escrever aqui, me emocionei demais lendo seu relato… incrível! Só posso desejar que essa nova fase traga muitas felicidades pra você e sua família! Muito amor, luz e saúde!
    Beijo!

  284. Isa Bellumat    02/12/2015 - 11h14

    Que depoimento lindo Lu! Sentir essa emoção com vc foi o melhor q eu pude fazer essa manhã! Parabéns pela coragem! Sua e do Léo!

  285. Tacielle Damasceno    02/12/2015 - 11h15

    A pergunta que fica é:
    Qual o custo de ter um parto humanizado?
    Em um local apropriado, estando bem amparada e sem intervenções desnecessárias?
    Infelizmente a população não tem acesso a isso.
    É difícil não optar por uma cesárea quando seu médico te inclina a ela. Ou melhor, não te dá outra escolha!
    Quando a gestante tem informação ela não tem dinheiro para custear esse tipo de parto.
    Já o “normal” pelo SUS assusta!!!
    Sem contar que muitas mulheres acham que tiveram um parto normal, mas na verdade não o tiveram!

    Tenho vontade de chorar em saber que nosso país levanta a bandeira da cesárea e que as mães são privadas desse momento tão lindo.

    Isso infelizmente é falta de informação por parte da população e consequência da falta de estrutura da saúde pública no Brasil

    Me emocionei com seu relato. Espero um dia poder passar por isso.

    Bjs

    • Lu Ferreira    02/12/2015 - 11h57

      Tacielle, aqui em BH a gente tem sorte de ter um hospital público que é referência nessa área, o Sophia Feldman. Sei que isso não existe em todas as cidades, mas acho que quanto mais gente buscar e exigir esse tipo de atendimento, mais ele se espalha.
      Bjs

    • Tatiana    02/12/2015 - 16h11

      Seu parto foi no Sofia Feldman, Lu?

    • luciana Pires    03/12/2015 - 13h15

      Desculpe Tacielle, mas não é bem assim. Meu primeiro parto foi normal, particular. O segundo foi pelo SUS, parto humanizado e sinceramente fui mil vezes melhor tratada. Pelo menos, aqui em Juiz de Fora/MG, os hospitais públicos conseguem aparar bem as gestantes e trazer uma hora de parto tranquila, de qualidade como a Lú relatou

    • Cristiane    03/12/2015 - 16h20

      No Rio também tem hospital público especializado em parto natural humanizado.

  286. ATHYLLA    02/12/2015 - 11h16

    Lu, primeiro parabéns pelo seu parto, chorei lendo seu relato foi lindo e deveria ser assim com todas nós como você disse. Tenho uma filha e minha experiência foi terrível e sempre pensei: o próximo vai ser diferente e suas palavras me animaram para poder realizar minha vontade um parto humanizado. Obrigado por dividir seu momento conosco.

  287. Gilmara    02/12/2015 - 11h16

    Parabéns Lu!
    Meu sonho é ter um parto como o seu!
    Seu relato de parto só me encoraja mais para quando minha hora chegar que seja da forma mais natural possível!

  288. Natália    02/12/2015 - 11h16

    Lú e Léo, gostaria de parabeniza-los pela chegada da filha saudável e linda, que Deus continue abençoando essa família inspiradora!
    Li o seu relato sobre o parto humanizado e me emocionei muito, parece que eu estava ali presente!
    Sempre tive o desejo de ser mãe, mas confesso que depois de acompanhar sua trajetória e os vídeos, fiquei muito mais animada e otimista!
    Vocês são um lindo exemplo de casal, companheiros e amigos e tenho certeza que serão pais maravilhosos!
    A Bia é uma sortuda! Parabéns, de coração! Bjs nessa família gostosa!

  289. Lu novaes    02/12/2015 - 11h17

    Maravilhoso!!!

  290. Yasmin    02/12/2015 - 11h18

    E pediatra, Lu? Não teve? :) muito lindo o seu relato, mas eu, como médica, ainda prefiro o ambiente hospitalar com anestesia e 15 mil aparelhos do meu lado só esperando caso precise. Hahahahahaha, mas é muito bom saber que em BH tem toda essa estrutura pra um parto humanizado, com médicos, anestesista. Parabéns, Lu! Muito amor pela Bia! ?

    • Mariana    02/12/2015 - 15h21

      Minha filha nasceu de parto humanizado. No hospital.
      Com mil aparatos. Com analgesia a disposição se eu desejasse.
      E com muito respeito. Sem cortes, com contato pele a pele, amamentação na primeira hora de vida, avaliação do pediatra no meu colo.
      Aparatos médicos e equipamentos tecnológicos não devem ser impedimento para que uma mulher tenha um parto fisiológico e respeitoso.
      A intervenção existe para ser usada quando necessária.
      ;-)

    • luciana Pires    03/12/2015 - 13h17

      Meu parto também foi assim como o da Lú. Oferecem tudo o que você precisa. Claro que tem pediatra, aparelhos caso precise.

    • Gisele Guerra    05/12/2015 - 00h34

      Mas o parto humanizado não necessariamente é domiciliar. E o da Lu foi hospitar…
      Bora ler antes de criar polêmica.

  291. Fefa    02/12/2015 - 11h18

    Lu, esse é um momento tão íntimo na vida de uma mulher e você o descreveu com tanto carinho e amor!
    Obrigada por dividir com a gente! <3
    Saúde e muitas felicidades sempre para vocês!

  292. Carol Oliveira    02/12/2015 - 11h19

    Lu… Primeiramente, parabéns!! Parabéns pelo parto, parabéns por ser mãe… Parabéns.
    Por incrível que pareça, ontem assisti a um vídeo no facebook de um parto humanizado, a coisa mais fantástica do mundo. A própria mãe, que conseguiu parir sentada na banheira, puxando seu filho… Ela mesma fazendo o seu próprio parto. INCRÍVEL!!! assim como você, ela também estava acompanhada por 3 pessoas, além de seu marido e de seu filhinho mais “velho”. mas ela, assim como você, fez tudo sozinha.
    o vídeo e as fotos nos passam uma calma e uma tranquilidade ímpar… ainda não sou mãe, mas após ler e ver suas histórias, tenho certeza de como quero por meus filhos no mundo.
    parabéns mais uma vez, parabéns pro Léo e parabéns pra Bia por ter pais incríveis.
    beijos.

  293. Lalia    02/12/2015 - 11h19

    Que parto liiindooo Lu! Consegui imaginar todas as cenas. Sem dúvidas eu também quero um parto humanizado, sempre quis. Tua filha é linda, é a tua cara! É contagiante ver a felicidade de vocês. Estou ansiosa pelos videos sobre a Bia, queria muito que você contasse sobre o diário da Bia, muitas aqui são ou vão ser mães de primeira viagem e seria interessante saber o dia a dia com um bebe. Continua Lu, seria ótimo! Tenho um sonho de ser mão, e como você mesma disse, você não tem experiência nenhum e isso é o que é mais interessante.
    Parabéns pelo parto, Parabéns pela família linda!

  294. Biessa    02/12/2015 - 11h20

    Voce nao chorou, mas eu aqui lendo chorei!
    sabe, a vida inteira eu tambem disse que queria parto normal. Mas o que queria era o natural, humanizado, eu so nao sabia. Ainda nao engravidei, mas espero poder tambem passar essa experiência!

  295. Dalila    02/12/2015 - 11h20

    Que texto! Fui lendo como um livro, um lindo enredo… Parabéns por tudo, foi muito inspirador e incentivador ler tudo isso! Você não sabe como nos ajudou, obrigada por compartilhar. Felicidades pra família, e acho Bia sua cara :)

  296. Maya    02/12/2015 - 11h21

    Lu, que felicidade! Estou acompanhando a bia desde o começo e domingo quando não saiu o diário já fiquei pensando “sera que nasceu?” “sera que esta tudo bem?”. E lendo esse texto eu não consegui conter as lagrimas, é até estranho pq na real a gente não se conhece, você não me conhece, eu nunca nem comentei aqui. Mas eu to muito feliz por você e pelo Leo. Que Deus guie vocês nessa nova jornada que um dia quero trilhar também. Felicidades!

  297. Mayara Mendes    02/12/2015 - 11h22

    Que lindo!!! Muito amor por esse relato! Que a vida da Bia seja sempre tão linda como esse momento. <3

  298. Bruna Paranhos    02/12/2015 - 11h23

    Que post bem lindo Lu, fiquei emocionada. Claro que pra nem todas as mulheres é tranquilo assim, infelizmente. Acho que o parto tranquilo e feliz foi muito influenciado por tu estares calma e muito bem preparada psicologicamente. Todo o teu acompanhamento anterior ao parto, pelo que tu disse, foi fantástico e te tranquilizou muito. Eu ainda não sou mãe e tenho muito muito medo desse momento. Tuas palavras estão me fazendo pensar bastante… Muito obrigada por compartilhar tudo conosco, quero que tu saibas que estás ajudando muita gente! Te acompanho há anos e tenho um carinho enorme por ti e pela tua família. Desejo tudo de mais maravilhoso e muita saúde pra vocês três! De novo, obrigada por tudo. Beijos, Bruna.

  299. Isadora    02/12/2015 - 11h25

    O post mais lindo que já vi!

  300. Larissa Kitzinger    02/12/2015 - 11h25

    Nossa fiquei toda arrepiada em cada palavra ! Daqui 8 semanas é a minha vez ! E o nervorsismo só aumenta ! Mas amo ler relatos assim.. Maravilhosos, que me acalmam e me mostram que tudo pode ser lindo e não assustador como todos falam! Parabéns pelo parto, e por essa vida que você colocou no mundo ! Parabens pro papai Leo tbm! Vocês serão ótimos pais!!! Adorei adooorei ler !!! Beijos

  301. Mari Morais    02/12/2015 - 11h26

    Parabéns, Lu! Fiquei emocionada com seu relato! Fico encantada com vc e o leo! Adoro a sensatez de vocês. Mais uma vez, parabéns pela família. bjos

  302. Renata    02/12/2015 - 11h27

    Lindo demais Lu!
    Eu troquei de médico com 39 semanas porque percebi que não teria meu momento respeitado. Encontrei uma equipe maravilhosa q me acolheu com muito respeito. Hoje sonho que todas as mulheres possam ter oportunidade de ter um parto respeitoso e acolhedor.
    Toda saúde do mundo para essa familia linda.

  303. Hemylle    02/12/2015 - 11h28

    Lu, que descrição mais linda. Eu nunca pensei que um parto pudesse ser tão singelo e ter tanto amor assim. Parto, na minha mente, era uma experiência especial – claro, nascimento de uma peçonha especial para aquela família – e ao mesmo tempo invasiva – para o bebê e para a gente. Adorei ler tua experiência. <3

  304. Leticia Santos    02/12/2015 - 11h29

    Não estou conseguindo parar de chorar ate agora. Eu nunca li ou ouvir um texto sobre gravidez como esse. A alegria que a doçura que você escreveu ele é sensacional, a minha admiração por você cresce cada vez mais ao ver como você é. Obrigada pelo seu exemplo! Eu só tenho 18 anos, e a minha vontade de ter filhos cresceu ao ver seus vídeos e ler seus posts sobre gravidez, como é lindo trazer um filho ao mundo,um ser pequeno e puro,onde sua responsabilidade vai aumentar mas você vai fazer com tanto amor que isso vai de tornar gratificante. Ao decorrer de todas essas semanas eu via e pensava na mãe ou melhor nos pais maravilhosos que vocês vão ser sempre comentava nos seus vídeos e fotos no instagram isso. Obrigada por compartilhar esse momento maravilhoso com a gente. ? Eu só te desejo felicidade Lu, felicidade para vocês três, porquê é isso que você proporcionou para a gente em todo esse tempo, e o mínimo que temos que retribuir para vocês. Que tenha mais mães como você no mundo! ?? Muita admiração por você. Bia só vai ser muito privilegiada. Um grande beijo ?

  305. Celice    02/12/2015 - 11h29

    Meu Deus que coisa mais emocionante!!
    Hoje com minhas pequenas 9 semanas de gestação chega a me dar borboletas na barriga, coração e tudo mais só de me imaginar tomando essas decisões.
    Parabéns Lu, Bia e Leo pela linda família que está se formando!! bj

  306. Luara    02/12/2015 - 11h29

    Nossa que emocionante tive meu filho com 38 semanas cesária e me arrependo de não ter tentado algo desse tipo, fui totalmente influenciada pelos profissionais de que seria melhor cesaria! Fica pra próxima.. Parabéns pela linda bia que vcs sejam muito felizes nesse novo momento que estão vivendo bjs

  307. Mylena Karine    02/12/2015 - 11h30

    Lu, que coisa mais linda! Fiquei emocionada com seu relato, e inspirada a pesquisar mais sobre o parto humanizado para, quem sabe, considerá-lo no futuro! Acompanhei todos os diários de gravidez, desde o vídeo “estamos grávidos” até agora, e espero que a Bia seja luz na sua vida e do Leo. Parabéns pela chegada dessa bochechudinha linda, e que ela seja muito abençoada! Um beijo. ?

  308. Nayra    02/12/2015 - 11h30

    Lu, faz tempo que acompanho seus diários de gravidez, fiquei ansiosa para ver sua história sobre seu parto, me emocionei pois poucas mulheres têm o parto com lembranças boas, e acredito ser o melhor momento da mulher, meu desejo é ter parto natural quando engravidar, obrigada por inspirar mais mulheres.
    Felicidades e parabéns pela linda Bia

  309. Amanda Lima    02/12/2015 - 11h31

    Luh, sempre tive esse interesse. Sempre amei a ideia de ter um parto humanizado.
    Hoje após ler esse relato tive ainda mais certeza.
    Primeiro porque confio muito no que você escreve aqui no Blog, segundo porque sou publicitária como você e acho isso lindo, terceiro porque sua bb nasceu no dia do meu aniversário. Acredito muito que as informações chegam até nós no momento certo e esses três motivos que citei não foram por acaso.

    Parabéns pela coragem e obrigada por dividir esse momento tão lindo. Me senti na cena do seu parto. ( choros e sorrisos).

  310. Thássyla    02/12/2015 - 11h31

    Nunca li um relato tão emocionante na minha vida!!! Que momento lindo e mágico!! Eu também tinha muito preconceito com esses partos na banheira sem anestesia, mas agora meus conceitos mudaram completamente!!!!

  311. Veridiana    02/12/2015 - 11h33

    Lindoooo Lu!!!
    Esstou com 28 semanas, grávida de gêmeas, sim duas meninas. Gostaria muito de ter um parto assim, mas tenho medo por ser gêmeas de ser mais arriscado. Guria que show! Fico feliz e emocionada por vocês, que benção! Bjãooo!

  312. Carol    02/12/2015 - 11h34

    Como não chorar ?
    É algo divino, uma dádiva de Deus !
    Parabéns a Familia, e à nova membra dela.

    Vocês são realmente abençoados por Deus !!!

  313. AnaP    02/12/2015 - 11h34

    Estou há anos dizendo que não quero e não vou ter um filho, nada me convence…até agora quando li o post e disse em voz alta: quero ter um filho! vou ter um filho! que lindo esse texto, esse momento e essa descrição. Parabéns à família linda!

  314. FERNANDA    02/12/2015 - 11h35

    LINDO, MÁGICO !!!!!PARABÉNS !!!!!

  315. Gir    02/12/2015 - 11h35

    Lu, que relato mais lindo, sincero e doce sobre sua experiência. Torço muito para que mais mulheres venham a ler o seu relato, se inspirem e se sintam motivadas para buscarem ter uma experiência positiva e feliz no parto. Parabéns pela sua postura profissional e pessoal.

  316. Woolye Souza    02/12/2015 - 11h36

    Nossa Lu, não consigo descrever o que eu estou sentindo agora. Deitada na minha cama, com o celular na mão e o rosto molhado de lágrimas. Me senti parte desse momento! Que maravilhoso poder viver isso. Ainda nem penso em ter filhos, mas quando tiver quero que seja assim, cheio de amor e respeito. Com certeza ler isso fez meu dia mais feliz, minha semana, mês. Se eu que estou de fora me sinto assim, imagina você. Realmente ser mãe deve ser algo inexplicável. Parabéns pela Bia, por essa família incrível que você e Leo têm agora, parabéns por ser essa pessoa maravilhosa que você é. Saber falar de coisinhas fúteis que a gente ama deve ser fácil, mas fazer um texto deste que enche o coração de amor é tarefa pra raríssimas pessoas, tem que ter um coração enorme e uma sensibilidade infinita. Você é demais!!

  317. Leticia    02/12/2015 - 11h36

    Fiquei emocionada lendo, muito lindo o relato do seu parto.
    Meu irmão será pai e é “esperado” pro dia 20 de dezembro, acabei acompanhando sua gravidez pra saber mais sobre. Meus parabéns por tudo e por passar uma imagem tão linda e positiva. Acho que você sabe a voz e influência que tem entre muitas mulheres e passar algo assim é encantador.
    Acharia legal passar também a “recuperação” do corpo e não ter vergonha disso como muitas mulheres, que só aparecem ao estar na “boa forma” exigida.
    Faço psicologia, se quiser conversar sobre qlqr assunto pode me encaminhar um e-mail.

    Beijos, boa sorte com a nova vida

  318. Vanessa    02/12/2015 - 11h36

    Chorei. E chorei mesmo porque o meu maior desejo é um parto assim. Sem interferências. A melhor frase que define isso é: quero que meu filho seja recebido pelo mundo e que a primeira impressão que ele terá é que o mundo é lindo e cheio de amor. Nada de berros, injeções, medições.

    Ele ficará ali no meu colo, nós vamos nos olhar. Exatamente como vc descreveu. Então não tive como não chorar. Obrigada por acender ainda mais a chama em mim que diz: eu sei parir e meu filho sabe nascer. Obrigada por dividir cada minuto, os diários, as dúvidas…sou mamãe de primeira viagem e tenho os medos, os ansejos e me vejo muito nas suas palavras.

    Mais do que obrigada…porque tenho aprendido muito com vc e com tantas outras mamães lindas que estão ao meu lado.

    Seu relato pra mim foi o que mais impactou. Talvez porque eu te acompanhe a algum tempo. Quando comecei eu lia o seu blog e outros..hoje…não leio outros por falta de tempo..mas sempre arrumo um tempo pra te ver..seja no instagram, no snap, aqui ou no Face.

    Não nos conhecemos, mas sinto vc como aquela amiga..que está distante, mas tão perto.
    Que seu puerpério não seja doloroso e que vc tenha muito amor em volta de você. Que quando vc se sentir sozinha, você se lembre que tem muitas pessoas que emanam muita energia boa pra vc (sou uma delas) e que a Bia mude completamente a sua vida para o bem.

    Ah! E não esquecendo…um pedido: queria ter a impressão do pai…já que ele foi tão fundamental para eu convencer meu marido a ter um parto normal!

    Beijo no coração linda

  319. Daniela    02/12/2015 - 11h37

    Um relato tão sensível e emocionante quanto a própria materidade.
    Desejo muita energia boa pra nova fase.
    ??
    Sugiro ainda um relato do Leo. Seria muito interessante ler o que se passa na cabeça e coração do companheiro nessa hora, e como ele conseguiu te ajudar nesse momento especial.

    Beijo enorme

  320. Gabriela    02/12/2015 - 11h37

    Que lindo!!! É isso! Também estou grávida, e quero um parto assim. Com liberdade. Quero ter a opção de escolher o que eu quiser, o que me deixar confortável. Adorei seu relato! Vou te fazer algumas perguntas (ainda é difícil encontrarmos pessoas “próximas” que façam parto natural…): você fez exercícios preparatórios para o parto, períneo, etc? Pelo que entendi não houve nada de intervenção, de pontos, nada. Isso é o mais legal. Nosso corpo foi projetado para isso, somos mamíferos. Por que todos mamíferos conseguem um parto natural e nós não conseguiríamos? Conseguimos sim! E a placenta? Sai logo depois? É tranquilo? Não tiraram a Bia de você logo que ela nasceu para fazer os exames e análises? Eu não quero que tirem meu filho de mim, enquanto eu não quiser. Super parabéns e obrigada, Lu!!! Muita saúde e felicidade para vocês!!!

    • Lu Ferreira    02/12/2015 - 11h54

      Ei Gabriela!
      Fiz mais ou menos! Fui a uma fisioterapeuta que me orientou, mas confesso que não fui tão regrada nessa parte! A placenta saiu tipo 15 minutos depois, sem esforço. Já tinha lido relatos que falavam que incomodava mas nem senti, também né… Tava feliz demais pra sentir qquer coisa! E não tiraram Bia, muito pelo contrário. Ela ficou umas 4 horas direto no meu colo, mamou por tipo uma hora, a equipe de enfermagem pediu pra avisar qdo quiséssemos os exames =)
      BJs!

    • Thamires Manoela    03/12/2015 - 12h20

      Gabriela, procure uma doula, ela vai te ajudar a achar o melhor caminho pra vc, existem doulas em praticamente todas as cidades do país. :*

  321. Juliana Miranda    02/12/2015 - 11h38

    Lu, que depoimento mais lindo, realmente é muita emoção! nunca pensei em parto natural porque morria de medo de tudo que ouvi a vida toda e essa foi a primeira vez que achei esse momento do parto , relatado por você, como uma um momento possível de encarar e lindo. Parabéns Lu, to escrevendo isso chorando horrores de tanta emoção, parece que vocês são da minha família também! bj grande

  322. Graziela Silva    02/12/2015 - 11h38

    Lu, lindo o relato de parto. Tbm acredito que essa experiência é altamente transformadora, porque nos faz perceber que temos uma força e uma coragem que não conhecíamos. Estar consciente para ver, sentir e tocar o milagre de vida. Lendo o texto me lembrei que me impressionou o fato de que meu filho tbm praticamente não chorou qdo nasceu. Era um murmúrio baixinho, tranquilo. Esperar pelo momento deles é proporcionar uma chegada serena a esse mundo. Só posso desejar muita saúde à Bia e a vcs. A vida é melhor com filhos, não tenho dúvidas.

  323. Keli da Silva Dorneles    02/12/2015 - 11h38

    Nossa, que lindo!!!
    Foi um momento único e mágico pra vocês, parabéns pela coragem e pela Bia!!
    Beijos!

  324. Nara Nunes    02/12/2015 - 11h39

    Nossa Lu, confesso que fiquei extremamente emocionada com o texto, lindo!!
    Não tenho nem palavras para descrever a admiração que sinto por você e por ter acompanhado tudo isso desde o inicio. Alias acompanho seu trabalho desde mil novecentos e antigamente rs Amo o seu blog e também o trabalho do Leo (sempre acompanho as fotos).
    Que Deus ilumine mais essa etapa da vida de vocês, muita luz!!! Mais sucesso ? ?

  325. Hanne    02/12/2015 - 11h39

    Lindo, emocionante, verdadeiro! Vida muito feliz a vocês!

  326. Juliana    02/12/2015 - 11h40

    Que relato lindo e emocionante <3

  327. Rachel    02/12/2015 - 11h40

    Que coisa linda!!! Muito emocionante mesmo. Li no trabalho e tive que me conter pra num chorar. hehehe Espero um dia ter essa força e encontrar profissionais que saibam me ajudar nesse momento. Quem dera que no SUS isso fosse efetivado para que mais mulheres pudessem ter experiências lindas no momento mais importante da vida delas.

  328. Isabella Pimenta    02/12/2015 - 11h40

    Lú, escrevo pra vc chorando!
    Há muitos anos acompanho seu blog diariamente e nunca comentei, dessa vez não podia passar batido… Seu texto esta lindo e muito emocionante… parabéns pela força!
    Ainda não tenho filhos e nem sei quando os terei, mas tbm quero tentar, até o último momento, um parto natural, vc me encorajou AINDA MAIS. Bjos

  329. Marcela Alkmim    02/12/2015 - 11h40

    Nossa, que texto mais lindo!! Chorei aqui! hahaha
    Ainda falta um tempo até que eu pense em ter filho, mas, com certeza, depois desse seu depoimento minha opinião mudou! Sou de BH e quando chegar minha vez vou procurar o mesmo lugar, a mesma médica… Quero que tudo seja tão mágico quanto foi pra vocês!
    Desejo à você, ao Léo e à Bia toda a alegria e saúde do mundo! Sou apaixonada por essa família! <3
    Beijos

  330. Nathália Fernandes    02/12/2015 - 11h41

    Me emocionei com o seu relato Lu, a coisa mais linda é quando conseguimos trazer nosso filho para nós com nossa força, fico muito feliz que você teve essa experiência linda, tão linda que me emocionei.
    Parabéns para a você é o Léo, que vocês tenham sabedoria, força, paciência ( ;), pra essa nova jornada que é cuidar dessa vida que agora está no braço de vocês.
    Desde já (e desde que nasceu)
    Seja Bem Vinda nossa Chatinha de Galocha

  331. Maryanna    02/12/2015 - 11h42

    Luuu q relato lindo…..chorei obviamente kkkkkk
    Não tem como passar por uma experiência tão perfeita, tão maravilhosa e n qrer q outras mulheres tenham essa mesma experiência q nos fortalece tanto q nos mostra o quão fortes somos e q sim nós contra td um sistema sabemos parir e nossos bbs sabem nascer!!!
    Depois q pari sou sim ativista do parto humanizado e só esperando um curso pra me formar em doula….. Q profissão linda e tão necessário ao meu ver!! Parabéns pra vcs por se informarem e n deixar ngm tirar o sonho de vcs!! Bia é linda e vcs formam uma família radiante!! Mto leitinho pra vcs!!

  332. Raphaela    02/12/2015 - 11h43

    Que lindo VC está sendo minha inspiração estou grávida de uma menina!!! Ana Rafaela.. Ela deve nascer em maio. Estou pensando no parto normal … Natural mais tenho muito medo. Seja oque Deus quiser

  333. Gabriela Pereira    02/12/2015 - 11h43

    UAAAAU, mudou todos os meus conceitos.
    Juro, me arrepiei com a última frase.
    Mil felicidades e curta muita a anjinha. Beijos

  334. Dani Mello    02/12/2015 - 11h43

    Lindo, emocionante e inspirador. Chorei ao ler o seu depoimento Lu. Que dia feliz e ato AMOR. Tudo de melhor para a Bia e para a sua família. <3

  335. Maria Clara Löss    02/12/2015 - 11h44

    Chorei lu! Sempre tive medo de parto e com esses seu relatos To ficando mais tranquila, e até cogitando parto normal! (Sim, eu penso nisso msm sem estar grávida hauahaua)
    Muita felicidade e saúde p vcs três ????

  336. Carol Pigozzo    02/12/2015 - 11h44

    Como não emocionar com esse relato maravilhoso. Eu estou longe de ser mãe, na minha cabeça sempre tive certo que se um dia tivesse filho, seria cesárea pelo medo de sentir dor. Ao ler a chegada a Bia cheguei ao final com lágrimas no rosto, tanto amor envolvido!! Você conseguiu de uma forma muito delicada mostrar que o nascimento de um ser tão importante não deve ser ligado a sentimentos ruins, mas sim de felicidade. Você como formadora de opinião conseguiu ser sutil ao dividir conosco sua intimidade, e pode ter certeza que fez muita diferença na minha forma de pensar. Parabéns pela chegada da Bia e muitas felicidades.

  337. Tatiana    02/12/2015 - 11h45

    Nossa Lu, arrepiei, me emocionei, estou em êxtase om este seu relato. Que trajetória linda que a Bia teve para chegar aos seus braços. Que linda esta tua disponibilidade de buscar conhecimento e aprendizado sobre todos os passos até o parto. Quem dera todas as mulheres tivessem esta abertura para o novo, e também acesso a estes conhecimentos. Seu relato abriu minha cabeça, sempre tive muito receio quanto a dor do parto, mas que pode ser encarada como uma dor boa, de um processo natural e humano. Obrigada de todo coração, por ter compartilhado conosco um momento tão seu e do Leo. Acho que foi libertador. Desejo toda a Felicidade do mundo pra vocês! Ah, e a Bia é linda, bonequinha demais!
    Bjos

  338. Elisa    02/12/2015 - 11h45

    Parabéns Luu, que relato lindo, e que forma mais maravilhosa da Bia chegar! Muitas felicidades pra vcs! Sou sua fã, e agora mais ainda vc é uma mulher incrível e parabéns por divulgar essas informações, as mulheres no Brasil precisam saber que há uma forma de nascer respeitável, sem violência! Também tive um parto natural e foi a melhor experiência da minha vida! :)

  339. Rebeca    02/12/2015 - 11h45

    Emocionante seu relato… Parabéns, Lu! Deu uma vontade de chorar…

  340. Dani    02/12/2015 - 11h46

    Lindo, lindo, lindo! Me emocionei muito aqui. Parabéns a você, ao Leo e muita saúde e felicidade para a pequena Bia. <3

  341. Ana Luiza    02/12/2015 - 11h47

    Incrível como vc me fez chorar em tantos momentos da gravidez da Viagem, desde quando contou a sua família até agora lendo esse post! Fico emocionada e verdadeiramente feliz por vocês! Que família maravilhosa, merecem toda a felicidade do mundo!

  342. Gleice    02/12/2015 - 11h48

    Que liiiiiiinda, Deus abençoe Lu. Parabéns, história linda!

  343. Letícia Souza    02/12/2015 - 11h48

    Parabéns , muitas felicidades e saúde para essa princesinha LINDA, adorei seu depoimento , foi emocionante.

  344. Thaís Nascimento    02/12/2015 - 11h48

    Que post lindo, Lu! Fiquei tão emocionada quando a Bia nasceu, parece que conhecia vocês e fiquei o dia inteiro sorrindo de orelha a orelha!
    Eu sou dessas que cresceu com medo da dor, mas mesmo assim acreditando que teria um parto normal porque não gosto da ideia de fazer cirurgia. Mas confesso que também pendia pro lado do “não vou parir na banheira com música zen, isso é coisa de bicho grilo #anestesiaforever” ahahha
    Acompanhando tua gravidez e todo esse movimento pelo parto humanizado, o desejo de parir com o mínimo de intervenções possíveis só fez crescer. Daqui uns 3 ou 4 anos quando for minha hora de engravidar, sei que estarei bem mais preparada graças a mulheres como você, que fazem a gentileza de compartilhar um momento tão pessoal. Muito obrigada!
    Bjs e toda felicidade do mundo pra vocês três! :-)

  345. Vivian    02/12/2015 - 11h49

    Que maravilha, Lu!
    Não existe mulher fraca, existe mulher que desconhece a sua força! Você demonstrou isso de uma maneira bela e serena!
    O direito à um parto natural e humanizado devolve dignidade e faz desabrochar a força das mulheres!
    Parabéns!
    Muita saúde a alegria pra vc e toda sua família!

  346. sibele    02/12/2015 - 11h50

    chorando e lendo, lendo e chorando
    muito lindo! obrigada por compartilhar

  347. Bianca    02/12/2015 - 11h51

    Lu, que lindo!! Fiquei emocionada!! Parabéns pela pequena Bia!! Parabéns pela família linda que vocês são!!! Eu tinha medo de parto, mas depois de ler, percebi que é um momento mágico, não de sofrimento!
    Um beijo e Deus abençoe vocês Lu!

  348. Roberta Martins    02/12/2015 - 11h51

    Oi Lu!Tudo bem?
    Emocionada completamente ao ler seu depoimento.Que Deus abençõe sempre vocês!!
    Beijos,
    Roberta.

  349. Juliana Torres    02/12/2015 - 11h51

    Meu Deus que relato lindo!!!! Tô encantada com sua história. Pretendo engravidar ano que vem e ando me interessando bastante por assuntos relacionados à gravidez/parto/educação infantil.

    Obrigada por compartilhar esse momento lindo e obrigada por postar o link do instituto… já sei onde vou aqui em BH quando a minha vez chegar!!

    Parabéns pela família linda!!

    Um beijo

  350. Camila Cunha    02/12/2015 - 11h52

    Esse foi o relato mais lindo que já li. Chorei mesmo!! Principalmente por que eu pensava como você ( ter parto normal com anestesia ). Mudou minha idéia com relação ao parto humanizado. Que Deus abençoe vcs, felicidades.

  351. Larissa    02/12/2015 - 11h53

    Que lindo! Chorei lembrando do meu – que foi mágico também mas com algumas coisas que me entristecem hoje. O meu anestesista, ao contrário da sua, me convenceu a usar anestesia quando eu já estava com 6cm de dilatação e falava que não queria anestesia até então :(
    Quero um segundo filho só para ter um parto 100% meu! Hehe! Mentira! Quero por outros motivos tb! ;))
    Feliz pelo seu parto e relato! Que muitas mulheres se inspirem! Parabéns!!! <3

  352. Camila Pacheco    02/12/2015 - 11h53

    Lu e Léo, parabéns!
    É incrível como conseguimos ficar felizes por vocês, mesmo sem conhecê-los. Comecei a acompanhar seu blog/vlog este ano, amando tudo. Suas dicas e experiências nos servem em diversos momentos, e agora também no momento mais especial e único que se pode ter. Eu tenho apenas 20 anos, mas daqui um tempo, quando eu for premiada como foste, voltarei aqui para reler este teu relato e mais uma vez me inspirar.
    Enfim, mais uma vez, parabéns! Beijos.

  353. Sheila    02/12/2015 - 11h53

    Um dos relatos mais lindos que já Vi.
    Parabéns e muita saúde pra família linda que se forma ?

  354. Marcela    02/12/2015 - 11h55

    Que lindo o seu relato sobre o nascimento da Bia. Confesso que até deu uma vontadezinha de engravidar rsrs. Mas eu fiquei com algumas dúvidas… O que muda com a anestesia, porque não tomar? Porque você não queria usar a banheira? A criança não tem que chorar quando nasce?

    Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão.
    Como flechas nas mãos do guerreiro são os filhos nascidos na juventude.
    Salmos 127:3-4

    Deus abençoe sua família.

    • Lu Ferreira    02/12/2015 - 12h04

      Oi Marcela!
      A anestesia pode prolongar o parto e também ser a “porta de entrada” para outras interferências, como o uso da ocitocina, por exemplo. Eu não queria usar a banheira por bobagem minha, achava natural “demais”, olha que bobeira! E o bebê chora quando nasce pra limpar as vias respiratórias – imagino que Bia demorou um pouquinho porque esperamos o cordão acabar de pulsar para cortar, e ela recebia o oxigênio que precisava por ele. Ela deu um chorinho gostoso em seguida =)
      Bjs!

    • Deborah    02/12/2015 - 12h10

      Marcela, qd eu tomei anestesia parei de sentir as contrações e tive que usar ocitocina, ou seja, o processo demorou bem mais do que se fosse naturalmente. É o que chamamos de cascata de intervenções, uma coisa vai puxando a outra. Meu plano era parto natural, mas induzi o parto, e por sentir mta dor pedi anestesia. Beijos

  355. vanessa soares    02/12/2015 - 11h56

    Lu estou emocionada com sua experiencia, que momento lindo, nunca comentei nada aqui no blog mas confesso que depois de ler sobre seu parto eu senti que tinha que falar algo e te parabenizar e agradecer por dividir conosco esse momento tão lindo na vida de vocês.
    Desejo a você e sua família toda felicidade do mundo e parabéns!

  356. Ana Karolina    02/12/2015 - 11h56

    Oi Lu! Belíssimo relato! Eu não sou mãe ainda, mas pretendo em breve, daqui uns anos rsrs, construir minha família e passar por essa experiência mágica que vc passou. Eu me interesso muito por assuntos da maternidade e foi isso que me fez chegar em vc no youtube e aqui no blog. Me emocionou muito seu relato, desde a descoberta da gravidez até aqui! Parabéns! Que Deus abençoe ricamente sua família! Que Bia cresça cada dia mais saudável! Felicidades! Espero continuar aprendendo com seu aprendizado! Obrigada!

  357. Juliana    02/12/2015 - 11h57

    Lindo seu relato Lu. Muita saúde pra vc, Boa e Leo…
    E outra coisa… essa foto merece um pôster… ela passa uma emoção, uma paz…
    Meus parabéns.
    Juliana

  358. Deborah    02/12/2015 - 11h59

    Lu, eu tb tive o prazer de ser acompanhada por essas pessoas maravilhosas na minha caminhada. Dra Eliane era plantonista no meu parto e Lena foi minha primeira visita, antes mesmo dos meus pais, ela trabalha com meu obstetra tb. O que eu posso dizer delas e do GO? Eles fizeram toda diferença, eles confiam no nosso corpo, respeitam nossas decisões e atendem aos nossos anseios. Eu já escrevi em outro post que a Eliane me deu a mão na hora que meu filho nasceu, ficou sentada no chão ao meu lado. Ela é uma anestesista meio doula, rs. Meu GO tb é uma pessoa maravilhosa, Dr Renato, não tenho nem palavras pra descrever a minha gratidão por ele durante todo o processo. O parto é assim mesmo. A gente faz mil planos nas acontece o que precisa acontecer. Fico muito feliz por vc conquistar aquilo que tanto almejava. Não tem como ter um parto humanizado e não se tornar uma defensora dele. A memória que eu tenho é de felicidade, de êxtase mesmo. Gostaria de que todas as mulheres pudessem ser respeitadas e tivessem a oportunidade de viverem o que vivemos, claro que se as condições clínicas permitirem. É a luta pela autonomia da mulher e pela ética médica. É a luta pela escolha esclarecida, e não baseada em medos, mitos e práticas que não têm embasamento científico. Fiquei muito feliz por vc. Ah, meu filho nasceu em 24 de nov de 2014, de madrugada. Nov é o mês mais lindo pra sempre. Beijo na família!

  359. Camila Correa    02/12/2015 - 12h00

    Oi Lu,

    Que depoimento mais lindo! Meu marido e eu decidimos que é chegada a nossa hora de engravidar, e parte na evolução desta decisão deu-se acompanhando sua gestação.
    Obrigada por compartilhar tudo conosco. Me emocionei, chorei e desejei ter uma experiência linda como a sua!
    Deus abençoes vocês, que a Bia tenha muita saúde e toda felicidade para sua família!
    Beijos,
    Camys

  360. Lou Oliveira    02/12/2015 - 12h00

    Lindo relato, Lu!
    E o mundo ficou mais colorido com a chegada da Bia! Bem vinda :D

    Lu, minha admiração por você aumentou mais ainda, fico super feliz por conta do seu parto ter sido tão tranquilo e acolhedor, parto esse que deveria ser a regra entre todas as parturientes, né?
    Infelizmente a minha amiga não passou por isso, o parto foi traumático e trouxe vários incidentes para a nossa querida bebê.

    Por essa e outras que toda a militância é bem vinda, você como uma pessoa conhecida e formadora de opiniões, trouxe a tona um assunto que merece ser discutido e questionado. Infelizmente o nosso parto normal não tem nada de normal.

    Enfim, parabéns pela força, pela coragem e por ser essa mulher forte.
    A Bia terá um ótimo exemplo.

    Todo o carinho do mundo para vocês três.
    Felicidades a família.

  361. Juliana    02/12/2015 - 12h00

    Uma relato de puro amor!

  362. Marina    02/12/2015 - 12h02

    Lu, que lindo e maravilhoso seu parto! Fiquei super emocionada e espero que vcs estejam bem, a Bia é muito linda… Obrigada por dividir um pouco do seu momento com milhares de leitoras e telespectadoras! Espero muito um dia poder te conhecer… Felicidades

  363. Clarice    02/12/2015 - 12h02

    Que história bonita! Admiro sua coragem! Principalmente por fazer as coisas seguindo aquilo que acredita. Parabéns!

  364. Lady Cat    02/12/2015 - 12h04

    Como não se emocionar… Parabéns pela linda filha!!! Eu estou chegando na reta final da minha gravidez e seu relato me fez pensar, chorar e mudou meu conceito em relação ao parto.

    bjs

    http://ladycatblog1.blogspot.com/

  365. Monica Silva    02/12/2015 - 12h04

    Lu como me emocionei com sua história,… Olhe lu meus parabéns novamente e obrigada por compartilhar mais uma vez com agente sobre seu parto… Bjos saúde!

  366. Maria Clara    02/12/2015 - 12h05

    Nossa Lu, que coisa mais linda de se ler eu fiquei emocionada, estava muito ansiosa pela vinda da Bia e quando fui olhar seu instagram olha la a foto dela, eu fiquei encantada. Deus é maravilhoso, parabéns por esse parto humanizado esse sim deveria ser o único a existir, obrigada por compartilhar com a gente esse momento tão lindo e que Bia traga toda felicidade do mundo para você Leo e sua família ?

  367. Helena Merlo    02/12/2015 - 12h06

    Mais uma vez, eu aqui chorando com esse relato de amor!

  368. Lacey    02/12/2015 - 12h07

    Nossa lu, que relato lindo!!
    Embora eu nao seja mãe e não sei ainda se terei coragem quando for a minha vez, eu defendo sempre o parto humanizado, os relatos que li, inclusive o seu, são lindos, emocionantes.
    Conecta mãe filho e marido de uma forma que nenhum outro parto faz, é algo único e especial.
    Não sei ainda se terei essa coragem haha, sou muito cagona pra dor, meu maior medo é nao aguentar a dor..mas até la continuarei defendendo o parto humanizado.
    Me emocionei com seu relato..que demais..nos fez sentir que estavamos com voce na hora.
    Beijos e que Deus abençoe sua linda filha e familia.

  369. Kelly    02/12/2015 - 12h07

    Nossa Lú e Leo… primeiro meus parabéns!!! Vejo em vocês um exemplo humano em receber mais uma vida. Eu grávida de 6 meses venho acompanhando e hoje chorei ao ler o relato do parto de vocês. Que maravilhoso ver que no caminho da gente aparece pessoas tão abençoadas. Aqui na minha cidade não tem essa opção mas vou fazer o possível pra ser o mais normal possível. Torçam por mim! Bem vinda Bia seus pais são maravilhosos e cheios de garra e luz!!! Bjo vivam esse momento repleto de carinho e amor

  370. Talyne Rangel    02/12/2015 - 12h08

    Cara, molhei meu computador todo, de tanto chorar!
    Engraçado ler toda tua história de parto, depois de ter acompanhado toda tua gravidez, a sensação de intimidade que eu tenho, apesar da gente nem se conhecer pessoalmente, e você nem saber quem eu sou, me faz sentir como se você fosse minha irmã mais velha sabe.
    Toda a ansiedade que eu senti assistindo cada diário de gravidez, esperar pelo 38º diário e ele simplesmente não aparecer e você pensar “meu deus, será?” e não ter nem como saber se está tudo bem.
    Enfim, Só desejo muita calma nas horas mais difíceis, e que você curta cada segundinho dessa pequena que agora tem um rostinho (e bochechas que da vontade de morder). Se cuida! :*

  371. Luma Borges    02/12/2015 - 12h08

    Chorei do início ao fim, Deus estava presente a cada palavra. Obrigada por compartilhar cada momento e principalmente esse, tão intimo… Você não existe, sempre atenciosa com as leitoras! Desejo tudo que existe de mais lindo no mundo, vocês merecem!
    Beijos!
    p.s: Léo deve ser o pai mais babão do mundo! hahahahaha

  372. Daiane Braga    02/12/2015 - 12h09

    Parabéns Lu pela filhota, que ela lhe traga muitas felicidades.Lindo texto, me emocionei! Beijao

  373. Isa    02/12/2015 - 12h10

    Ahh que relato mais lindo, mais emocionante…
    Como sua leitora desejo que esta familia tenha cada vez mais momentos de felicidade plena como esse… muitas bençãos, luz, união e muito amor…

  374. Rafaella    02/12/2015 - 12h10

    Que incrível! Impossível não se emocionar com as suas palavras Lu! Muita mais muitas felicidade a vocês!

  375. Ismara Nascimento    02/12/2015 - 12h11

    Lu, que texto mais lindo, que experiência mágica.
    Chorei de tanta emoção.

  376. Janiele Marangoni    02/12/2015 - 12h11

    Fiquei arrepiada com sua história, queria que meu parto tivesse sido assim. Deus abençoe vocês ainda mais.

  377. Cintia G    02/12/2015 - 12h12

    Que texto lindo está pingando amor! o que dizer pra uma pessoa que parece saber tudo ssrsrr
    Bom eu posso desejar , que sua filha tenha muita saúde, e que Deus conserve sua família linda e feliz..

    http://areafeminina.com/

  378. Mary Amorim    02/12/2015 - 12h12

    Nooosssa Lu estou muito emocionada, relembrando meus dois partos, quase normal, e um momento inesquecível mesmo um misto de emoções e sensações.
    Muita saúde família linda.

  379. Nubia    02/12/2015 - 12h15

    Sempre quis parto humanizdo, apesar de não tolerar mto a dor, quanto a anestesia na hora um decido.. Chorei lendo isso Lu pq me sinto tão próxima de vcs.. É sério.. Incrível isso..

  380. tania    02/12/2015 - 12h17

    Chorei com essa historia.
    Mas foi de alegria,e olha que não terei mais filhos,que foram de partos normais abençoadamente rápidos e tranquilos.
    Obrigada Lu pela generosidade e humanidade em compartilhar isso,nunca vou esquecer,bjs!

  381. Larissa moraes    02/12/2015 - 12h17

    Olá lu!! Sou sua fã a muito tempo!! Venho acompanhado sempre vcs, e assim que soube que estava grávida, senti como se fosse uma amiga próxima esperando uma estrelinha! Ainda n tenho a minha, mas se Deus quiser virá em breve! E vi todos os diários de gravides e sempre quis muito falar c vc, mas pelo YouTube n dava! Estou maravilhada com a sua família e mto feliz por vcs! Ela é uma anjinho, pra trazer mais luz pra sua vida!! Vim desejar o que Deus tem de melhor pra vcs! Fiquei mto feliz de saber que seu parto foi incrível ! Um grande beijo! Fiquem com Deus!! Chorei ao ler seu relato, fiquei emocionada !!! Espero um dia ter essa graça e ter uma estrelinha tb!! Bios
    Larissa Moraes.

  382. Isabela Duarte    02/12/2015 - 12h18

    Sem palavras!!!! Parabéns a vocês pela força, determinação e amor envolvidos! <3

  383. Dani    02/12/2015 - 12h19

    Lú, achei o seu relato lindo, quase chorei!
    E eu, que nunca pensei seriamente em ter filhos, começo a sentir alguma coisa mudando lentamente em mim… e o seu relato sem stress da gravidez, muito sério e, ao mesmo tempo, muito real, teve um papel importante nesse princípio de mudança. Não garanto que eu vá ter um filho, mas posso dizer de verdade que a minha mente e o meu coração se abriram um pouquinho a essa ideia.
    Muitas felicidades, paz e saúde pra vcs, sempre!
    Ah, sou suspeita pra falar do dia 25/11, é aniversário do meu irmão =D
    Beijo

  384. Kelen    02/12/2015 - 12h21

    Quase não consigo terminar de ler por causa dos olhos embaçados de lágrimas! tenho um filho e me culpo muito por não ter pesquisado mais durante a gravidez… fui levada pelo sistema e as memórias do nascimento do meu filho são as piores possiveis… terminei com uma cesária numa sala gelada cheia de luzes fortes e uma obstetra falando mal de mim enquanto me costurava porque eu queria parto normal… Enfim… Parabéns! Por ter conseguido seu parto feliz, toda mãe e todo bebê merecem. Hoje em dia tenho muita vontade de ter outro filho porém após pesquisar o preço para se ter essa experiencia me sinto impotente pois não posso arcar com 15 mil reais (é o que custa aqui em Brasilia). Pelo menos aqui onde eu moro ter acesso a esse tipo de tratamento humano no parto é coisa de rico…O que é uma pena porque no fim das contas os profissionais só gastam sua paciencia . Minha maior dor é saber que após uma cesaria tentar um parto normal pode ser um grande risco… Sinto que me tornei refem de uma decisao que não fui eu quem tomei…

    • Isabela    02/12/2015 - 15h47

      Kelen, me desculpe pela pergunta, mas você sabe explicar o porquê deste valor? O que é o valor de 15 mil? A doula, o hospital, o quarto?

    • luciana Pires    03/12/2015 - 13h24

      Que pena sua cidade não disponibilizar o parto humanizado a todas as pessoas. Onde moro, não importa o plano de saúde que você tenha, fazemos pelo SUS, pois é através dele que obtemos o parto assim. E olha, de ótima qualidade!

      Agora, após a cesária você pode tentar o parto normal. A diferença é que não pode ser induzido. Pelo menos foi a orientação que minha amiga teve.

  385. Rafaela Dias Theis    02/12/2015 - 12h22

    É impossível ler e não se emocionar, imaginar suas sensações, que momento lindo!!! Adoro você!!

  386. Elizabeth Martins    02/12/2015 - 12h24

    Amei sua historia, muito linda, que Deus continue derramando bençãos abundantes sobre você e sua família.

  387. yasmin esswein    02/12/2015 - 12h25

    É muito inspirador ler o teu relato. Tudo feito com o maior amor do mundo! Parabéns, Lu, pela Bia e pela força de querer fazer a diferença. Tu me inspira muito <3

  388. Paula    02/12/2015 - 12h26

    Oi Lu, Parabéns por esse momento tão especial, me emocionei e muito lendo seu relato, foi mágico, foi como estar lá com vc, até pq eu tb tenho uma Bia na minha vida.
    Que Deus dê muita saúde e muitas felicidades pra vcs …

    Acho q vou parar por aqui pq tem um olho nas minhas lágrimas hahaha

    Mil beijos e vibrações positivas nessa nova fase…
    Paulinha

  389. Eugenia Pereira    02/12/2015 - 12h27

    Lindo! Emocionante e esclarecedor! Transmite a felicidade da família….muita luz para vocês! bjs

  390. Mariana    02/12/2015 - 12h27

    Lindo Perfeito Emocionante…Parabens, vcs devem estar muito realizados. Vc é uma guerreira.Um abraço

  391. Jéssica Caetano Schmidt    02/12/2015 - 12h27

    Lindo, emocionante!

    Toda a sua história de vida me inspira!

    Felicidades para a família!!!!!

  392. Milleny Amorim    02/12/2015 - 12h28

    Lu, que relato mais emocionante!! Seu parto foi lindo! Parabéns pela sua força.. tenho certeza que muitas leitoras estão inspiradas pelo modo como você levou a sua gravidez e o seu parto!!
    Sejam felizes Lu!! ?

  393. Priscila de Oliveira Benedikt    02/12/2015 - 12h28

    Meus parabéns Lu, que lindo post.
    Que Deus abençoe esta nova fase da vida de vocês.

  394. Tamíris Moreira    02/12/2015 - 12h28

    Estou muito feliz por você, Lu! Acredito que a decisão de trocar de obstetra foi a melhor que você poderia fazer para ter um parto lindo e sem traumas. Desejo tudo de mais maravilhoso pra vocês!

  395. Julia Zandonadi Zanirato    02/12/2015 - 12h28

    Lu fiquei muito emocionada com teu relato. Feliz por você e tua família terem passado por essa experiência, ela realmente é transformadora, toda mulher gestante merece ser respeitada e sentir o poder da ocitocina e todo bebê recém nascido merece ser bem recebido ao nascer. Bem vinda ao mundo da humanização e do ativismo, porque uma vez em contato náo conseguimos mais nos afastar disso….rs
    Linda lua de leite para você e tua filha. Que o puerpério venha na medida que você dá conta de lidar com ele.

  396. Maria Gabriela Villa    02/12/2015 - 12h29

    Que relato lindo Lu, realmente quando penso em parto logo penso em dor, mas depois desse relato eu só consigo pensar “meu Deus que lindo eu quero que seja desse jeitinho”
    Minha mãe conta que quando eu nasci ela foi um pouco ignorada pelas enfermeiras acredita? Deixaram ela um tempo sem comida após o parto, só quando o médico chegou que minha mãe disse que estava com muita fome e que desde que eu tinha nascido não tinham levado comida pra ela –‘
    Muito lindo seu relato, Bia veio só pra iluminar a vida de vocês. Desejo toda saúde do mundo pra todos vocês.
    Beijo s2

  397. Manuela    02/12/2015 - 12h29

    Lu, estava super ansiosa por esse post, e que post! Parabéns! Parabéns por se permitir mudar de ideia e confiar em todas essas profissionais maravilhosas que te deram essa experiência única! Bem vinda Bia! ??

  398. Letícia    02/12/2015 - 12h30

    Lindo texto! Você conseguiu transmitir em palavras toda a delicadeza e emoção do momento da chegada da Bia!

    Parabéns para você e o Léo, curtam muito essa nenê fofinha <3

  399. Katharine    02/12/2015 - 12h31

    Aaaah Lu! Que lindo seu relato! Fiquei emocionada! Eu sou da área da saúde, sou fisioterapeuta e já vi muitos relatos de parto, alguns lindos como o seu e outros nem tanto, infelizmente… Me alegra muito quando alguém compartilha essa experiência, porque como você falou muita gente pensa que parto humanizado é a mulher na banheira, sem anestesia, sem assistência… E não é assim! A mulher e o bebê estão seguros! Também quero ter meus filhos da forma mais natural possível, me respeitando. Se eu precisar de anestesia tudo bem, se a cesárea for necessária tudo bem também, não serei menos mulher ou menos mãe por isso. Parabéns por você ter conseguido a sua linda experiência! Parabéns pela Bia fofucha! E parabéns pelo Léo que te apoiou em tudo! Desejo muita saúde e felicidades para vocês! Ah e o TENS é muito usado aqui no Brasil viu, não só em partos, mas em vários tipos de dor. Um beijão

  400. Danielle    02/12/2015 - 12h31

    Que relato mais lindo, emocionante demais. Foi uma das primeiras coisas que li quando acordei hoje e começar o dia assim é bom demais. Desejo só o melhor para essa família linda!

  401. Daniele    02/12/2015 - 12h32

    Lu! Maravilhosa! Posso falar? Você não tinha cara que teria coragem pro parto natural, gente hiper me apaixonei por você, parabéns, ganhou mais meu reconhecimento, e eu penso TODAS as mulheres deveriam ter um parto digno é maravilhoso!

  402. Dani    02/12/2015 - 12h37

    Parabéns Lu e Léo. Emocionante relato.

  403. Nathalia Araujo    02/12/2015 - 12h38

    Lu, chorando muito (no trabalho) com seu post. Essa experiência é única, marcante e deve ser assim: MARAVILHOSA! Por isso quero dedicar minha vida a trazer bebês ao mundo dessa forma. Eu e minhas irmãs acompanhamos todos os seus diários, desde o comecinho e estamos muito felizes com a chegada da Bia. Parabéns pela sua família linda! Beijos

  404. Keli serpa    02/12/2015 - 12h39

    Lindo relato fiquei emocionada, e em breve quero engravidar e com certeza vou pensar muito e me inspirar em você, parabéns pela tua força e garra a Bia e linda parabéns..
    Um beijo muita saúde pra vocês que Deus abençoe todos os dias tua família..

  405. Aline    02/12/2015 - 12h41

    Que lindo!!! Parabéns pela coragem e iniciativa.

  406. Julia Romano    02/12/2015 - 12h44

    Li esse post do começo ao fim sentindo um arrepio gigante. Surreal, mágico. Perfeito, eu diria.
    Lu, com toda certeza do mundo eu quero me espelhar em você para o meu futuro, quando um dia eu ficar grávida. Aliás quero me espelhar em vocês três, Lu, Léo e Bia.
    Nunca imaginei que pudesse me emocionar tanto lendo posts sobre gravidez, me sinto presenciando esses momentos. Que Deus me dê a graça de um dia poder passar por essa experiência e que ela seja tão maravilhosa quanto a sua. Exemplo de mulher!
    Desde o primeiro vídeo que vi do ‘chata de galocha’ me identifiquei com você, me acho muito parecida nas opiniões, jeito de ser e etc. Mas hoje, hoje eu te admiro grandemente. Admiro vocês!
    Que a Bia trague ainda mais luz para a família e que ela cresça muito saudável, linda, inteligente e cercada de pessoas, sentimentos e coisas boas.

  407. Caroline Pagnan    02/12/2015 - 12h44

    Lu meus olhos encheram de água durante o tempo que li o texto. Te acompanhei durante a gravidez pelos diários e estava curiosa para ler seu relato sobre o parto, justamente pela mudança de atitude durante a gravidez. Fiquei muito emocionada com tudo que você passou, e não entendia muito bem o tal parto humanizado, e você me fez enxergar de outra maneira.
    Gostaria de dizer também o quanto acho lindo esse companheirismo do Léo, sei que todos os homens deveriam ser assim, mas ele me parece ser muito diferente, uma pessoa iluminada.
    Já desejei nas redes sociais, mas quero desejar por aqui: que a família de vocês seja muito feliz. Bia já veio ao mundo abençoada. Tudo de melhor para essa mini pessoinha linda.
    Ps.: essa foto está linda, expressa exatamente tudo que você relatou, muita paz e alegria.
    Um beijo carinhos aos três.

  408. Juliana    02/12/2015 - 12h44

    Ai, Lu, que lindooooo!!!
    Me vi em suas palavras!!!
    Isso porque meu primeiro filho nasceu de cesárea e depois disso jurei pra mim mesma que nunca mais passaria por aquilo novamente.
    Minha segunda filha veio exatamente como a sua: de parto normal, quer dizer, natural, totalmente humanizado, na hora que ela quis. Também não tomei anestesia, nem tive nenhuma intervenção.
    Foi um SONHO!!!
    De fato, toda mulher merece passar por essa experiência!!
    Parabéns pela filhota. Curta muito!!!
    O amor não para de crescer um dia sequer.
    Ser mãe é a melhor coisa do Universo!!!
    Beijos,
    Juliana.

  409. Bianca Valentim    02/12/2015 - 12h45

    Perai que o Diretor da empresa tá passando aqui e tenho que limpar as lágrimas! hehehe

    Olha, parabéns pra decisão linda e materna que você tomou! A mais importante pra vida do seu bebê :D Lhe desejo toda felicidade que meu coração carrega, pois ser capaz de gerar uma vida e poder trazê-la ao nosso mundo é uma das coisas, se não A coisa mais bonita e pura que existe nesse mundo!
    Que a Bia seja muito feliz e um abraço pro maridão que também fez a parte dele: deu apoio sempre que precisou (você não menciona muito, mas a gente sabe que sim ^^)

    E outra coisa, eu ainda não tenho filhos e nunca fiquei grávida, mas pode acreditar que quando acontecer, são os seus relatos que eu vou ler e reler sempre! Nada de neura pelo Google da vida hehe

    Beijooss ;**

  410. Fani    02/12/2015 - 12h45

    Lindo Lu! Emocionada… muitas felicidades para você, Leo e Bia!

  411. Silvana    02/12/2015 - 12h46

    Primeiramente quero te parabenizar mamãe ? (e não esquecendo do papai Léo) tenho te acompanhado sempre… E na torcida pela vinda da Bia….. Achei lindo é muito esclarecedor seu relato de como foi o seu parto, ainda não sou mãe mas pretendo ser um dia e um dos meus maiores medos são com relação à dor na hora do parto, porém sei da importância de se ter um parto normal. Amei a forma como você explicou todas as fases do parto e ainda ter compartilhado conosco… Foi rico em detalhes, acolhedor, esclarecedor e incentivador, pelo menos pra mim, um dia quem sabe tenha um parto humanizado! Aqui fica o meu agradecimento de ?? deste post muito esclarecedor e informativo ….. Desejo à ????? muitas ? e felicidades…..??????.

  412. Fernanda Maia    02/12/2015 - 12h48

    Noossa Lu fiquei muito emocionada, amei o jeito que descreveu em detalhes seu parto. que Deus abençoe muito a sua familia

  413. Alessandra    02/12/2015 - 12h50

    E tem como não se emocionar? Apaixonada pela Bia!!

  414. Lorena    02/12/2015 - 12h51

    Q post emocionante, Lu! Seu parto foi lindo demais.
    Parabéns pela coragem! E q Deus abençoe muito sua família.
    Q a Bia seja mto feliz e saudável.

  415. Elaine    02/12/2015 - 12h51

    Lú, que relato fantástico!! Eu o li, em lágrimas, vivendo cada momento descrito por você. Esse é o relato de nascimento mais lindo que eu já ouvi nos meus 30 anos de vida. Acompanhei todos os posts sobre sua gravidez, e curti junto com você esse momento tão único, e fiquei pensando: Como Deus é perfeito né?! O corpo reage naturalmente a cada etapa, e tudo vai seguindo seu próprio ritmo, estou maravilhada!!! Estou há mais de um ano tentando engravidar, tenho 10 anos de casada, e estamos ansiosos por viver esse sonho. Mas por alguma razão que ainda não sabemos, isso tem demorado pra virar realidade… Acompanhar sua gestação, me animou, e ver esse lindo relato me deixou sem palavras (escrevo em lágrimas). Na minha cidade que é pequena, está tendo um sério problema que me preocupa: Os obstetras da cidade estão parando de atender grávidas para ter a comodidade de não se preocuparem com as grávidas em trabalho de parto, a qualquer hora e dia, gestantes conhecidas minha, encontram até uma certa dificuldade pra conseguir um médico (a) que as acompanhe durante a gestação. Isso me preocupa muito. E aqui, não existe um lugar como esse onde você teve sua filha, eu fiquei encantada com o lugar, o cuidado… Espero que Deus me ajude! Enfim, quero agradecer por dividir esse momento tão mágico e lindo conosco, e desejar as mais ricas bençãos sobre você, sua princesa Bia e Léo. Muitas felicidades, parabéns! Bem-Vinda Bia!

  416. Letícia Oliveira    02/12/2015 - 12h52

    Luu , muito emocionante seu relato , te acompanho desde sempre e é impressionante o carinho que vc passa para nós que é recíproco pode ter certeza !! Não vejo a hora de vc fazer vídeo com a Bia ! parabéns pela linda família que constituiu !! Quando puder faz mas snaps , saudades de vcs !!

  417. Laisa Marie    02/12/2015 - 12h52

    Nossa Luu !! Fiquei todos os dias entrando no seu blog para ver se iria relatar o seu parto, imaginei que seria muito especial e realmente pelas suas palavras foi, não te sigo desde que começou o blog, mas assim que a descobri não consigo mais deixar de lê-lo, acompanhar em todas as redes sociais. E acompanhar toda a sua trajetória na gravidez foi mt especial, fez com que nós leitoras nos sentíssemos mais próxima de você, pelo menos falo por mim :P, porque você compartilhou esse momento tão especial e íntimo da sua vida, eu me sinto como se fosse de fato uma amiga sua ! Continue sempre assim, produzindo trabalhos maravilhosos e mostre a Bia para nós, pois foi muito emocionante e ansioso tbm a espera da chegada dela, agora queremos saber tbm, como esta sendo a felicidade de vocês !! Beeeeijos

  418. Manuela Gomes    02/12/2015 - 12h52

    Chorei horrores lendo! kkkkk São os hormônios da gravidez! Lindo relato sobre seu parto. Amei! Beijos

  419. Hellen    02/12/2015 - 12h53

    Chorei, né? E cheguei até a repensar minha opção de não ter filhos…

  420. Mariana    02/12/2015 - 12h53

    Que relato mais lindo! Obrigada por compartilhar! :)))

  421. Camila alves    02/12/2015 - 12h54

    E tem como não se emocionar? ? Não pretendo ter filhos tão já mas não tem como n se emocionar e querer mais e mais viver esta experiência. Ansiosa pelos seus futuros vídeos de maternidade, isso desperta interesse nas q não são maes ainda e nas q ja são.

  422. Paula    02/12/2015 - 12h55

    Que lindo relato. Sempre quis meu parto humanizado e sou ativista há muito tempo, agora estou grávida e escorreu uma lágrima lendo seu relato.

  423. Laiana Pinheiro    02/12/2015 - 12h55

    Foi o relato de parto mais lindo que já li, mais delicado impossível. Não tenho filhos, e nunca estudei à fundo sobre partos, mas me encantei. Desejo saúde para os três, porque amor está transbordando. beijos.

  424. Renata Pires    02/12/2015 - 12h56

    Faz taaaaaanto tempo que não comento aqui. Esse blog tão especial, de uma garota tão especial que me sinto um pouco parte da história. Que relato lindo! Me emocionei muitas vezes durante a gravidez de vcs. Hoje me acabei de chorar de tanta emoção! Coisa mais linda dessa vida! Parabéns Lu , Léo e Bia. Um beijo enorme cheio de amor e carinho.

  425. Camila Puccini    02/12/2015 - 12h56

    Oi Lu, começo a escrever esse comentário meio sem jeito. Primeiro queria te dizer que conheci você e o blog, ano passado quando procurava por dicas de viagens. na época eu mal assistia vídeos no youtube e fiquei encantada no seu jeito carismático e cativante.

    O tempo passou e quando vi a foto das mini galochas amarelas no facebook já dava pra sacar tudo! “Ela ta gráviiiiiiida”, pensei eu com um sorriso estampado na cara. Contei pra minha mãe, pra minha chefe e fiquei boba de feliz em saber essa notícia de uma pessoa que eu nunca vi na vida. Quando a Bia nasceu, fiquei toda boba com a fotinho de touquinha com estrelinhas!

    Sempre fui muito pró parto natural e humanizado. Porém quando eu tinha 19 anos precisei retirar um ovário e minha cirurgia teve que ser igual a uma cesárea. Após saber da sua gravidez fiquei muito ansiosa em saber qual parto você faria, e fiquei imensamente feliz quando você contou -sem querer gerar polêmica-que ia fazer parto normal e respeitar as vontades da Bia nascer!

    Na boa, sei que é muito bizarro eu me sentir próxima sem nunca termos nos visto, mas me senti como se a minha heroína não tivesse me decepcionado, sabe? Fiquei com mais vontade de ler os textos de maternidade e ver os vídeos dos diários.

    Mas estou escrevendo essa longa carta pra te dizer que ao ler o relato do seu parto, chorei e me emocionei com cada linha. Achei fantástico toda a experiência e muito feliz por tudo ter dado certo.

    Me desculpa o relato longo e pessoal, pois sei que você deve ler muitas coisas semelhantes. Mas eu escrevi no dia que soube que a Bia existia e não podia deixar de escrever hoje também.

    Energias positivas sempre para você, o Léo e a Bia. Abraços sinceros e do coração em todos vocês <3

  426. Lais Campos    02/12/2015 - 12h57

    Lu, estou emocionada. Vc me inspirou de verdade. Vou tentar engravidar esse próximo ano e espero ter uma experiência assim, tão linda quanto a sua.
    Muita saúde, paz, amor e bênçãos de Deus para VC, seu esposo e sua Bia.

  427. Janaína da Fonseca    02/12/2015 - 13h01

    Seria um sonho se todas as mulheres tivessem esse acompanhamento , esperar a hora certa do bebê, mais nossa realidade é outra , algumas mulheres, escolhem cesárea, porque a própria obstetra diz ‘eu não faço parto normal, não posso ficar a sua disposição’ aí você pensa, se eu tiver normal vou ter com quem tiver de plantão, (sorte) de ter algum médico ,que terá paciência com você nesse momento único e que você vai ser assistida com todo o cuidado e atenção que aquele momento merece, o medo de que algo pode dar errado é maior . No meu caso foi assim, tive minha filha por cesárea, e deu tudo certo graças a Deus.

  428. Sônia Scussel    02/12/2015 - 13h01

    Lu!!!!!!!!! Esse foi o depoimento mais emocionante que já li na VIDA!!!!!!!!!!
    Já estou tentando engravidar, e ler seu post foi super emocionante pra mim!!!! Eu tinha a mesma impressão que a sua “parto normal, mas não precisa de banheira não” ahahhahahaha mudou totalmente minha ideia, vou querer parto na banheira sim!!!!!!!!!!!!
    Toda a felicidade do MUNDOOOOOOO para vocês três, vocês são uma familia linda!!!!!!!!!!!

  429. Olívia Adorno    02/12/2015 - 13h04

    Lu, sua linda. Você é uma mulher inspiradora. Muitas felicidades para sua família. Beijo grande.

  430. Audrea    02/12/2015 - 13h08

    Como estava ansiosa para ler seu relato do parto, me emocionei.. que lindo, estou de 20 semanas e ainda tenho minhas dúvidas, na verdade medos…e todo relato que lemos, nos dá uma força que não imagina…obrigado por compartilhar conosco.. Beijos pra vc e Bia….

  431. Neiane Gonçalves Dias    02/12/2015 - 13h09

    Meu Deus Lu que relato lindo. Que Deus abençoe a Bia linda!!

  432. Clara    02/12/2015 - 13h09

    Lu

    Que lindo relato … Muito bom poder ter a felicidade de um parto tranquilo e de uma experiência cheia de respeito e carinho.
    Sou defensora do parto humanizado também. Mas q fique chato que não necessariamente ele precisa ser normal, sem anestesia ou com outros detalhes.
    Por questões de necessidade passei pr uma cesárea mas continuo acreditando q foi humanizada também. Minha bebê estava em posição transversal e como estava já grandinha não conseguiu fazer a rotação. É mesmo sabendo da cesariana obrigatória me senti feliz pois tive o carinho e o respeito do meu médico.
    Acho q essa lição que devemos ter. Não precisamos ser radicais e acreditar q apenas uma via de parto é humanizada. Precisamos acreditar no profissional e que muitas vezes humanizar é pensar no bem do paciente.
    Muitas felicidades para vc e para a Bia

    • Lu Ferreira    02/12/2015 - 23h34

      Clara, penso exatamente como vc. Acho sim que existe a cesárea humanizada, estava preparada para a necessidade de uma de emergência e tenho certeza que seria respeitosa. Fico feliz que a sua tenha sido assim e que tenha dado td certo pra vc e seu bebê =)

  433. Juliana sanguedo    02/12/2015 - 13h09

    Que lindo!! Chorei desde o início!! Todas as melhores coisas do mundo a essa pequena e a família que ela tem ??

  434. letícia    02/12/2015 - 13h10

    luuuuuuuu, que liiiiindo chorei horrores quando fala da parte que pegou ela.. parabéns, ansiosa por videos com a Mini Bia <3

  435. Pauline    02/12/2015 - 13h11

    Lu, me emocionei lendo toda a sua narrativa sobre o parto!!! Muito legal perceber e conhecer outras possibilidades além daquelas que nos é imposta pela sociedade.
    Acompanhei todos os seus diários de gravidez e com toda certeza aprendi muitas coisas que nem sabia que existia.
    Obrigada por dividir conosco sua experiência.

    Seja bem vinda Bia e muitas felicidades pra vocês!!!!
    beijos

  436. Elisabeth    02/12/2015 - 13h11

    Oi Lu!
    Sempre sonhei com o parto humanizado, mesmo longe de ter filhos e sem saber tão profundamente.
    Consegui imaginar você sorrindo, plenamente feliz, narrando esse momento tão lindo.
    Acompanho o blog há anos e cada vez admiro mais seu trabalho.. mas desde que o início da gravidez, tenho admirado ainda mais sua postura como pessoa e mulher. Espero de verdade que os seus relatos e a felicidade da sua família sirva de inspiração pra muita gente!
    Muita luz e saúde! Sejam ainda mais felizes..
    Forte abraço em vocês!

  437. Andressa    02/12/2015 - 13h12

    Lú que lindo!!!!
    Chorei litros com sua experiência ?
    Vcs formam uma família linda ?????

  438. Thaína Nogueira    02/12/2015 - 13h12

    Luuu… Estou com 33 semanas e fiquei super emocionada com o relato do seu parto. Obrigada por dividir esse momento. Em minha cidade (Moc) os hospitais não possuem essa infraestrutura, além disso parece que os médicos aqui não estão preparados pra lidar com este respeito à gestante. Fico feliz que a Bia tenha vindo com tanta tranquilidade e amor envolvidos … Já estou ansiosa para minha princesa chegar.

  439. Bárbara Viana    02/12/2015 - 13h14

    Oi Lu!

    Muito lindo e emocionante seu relato!
    Foi a primeira coisa que eu li hoje ao acordar, e fiquei extremamente emocionada. Só agora eu vim comentar, porque fiquei até sem palavras com tanto amor…
    Sou Enfermeira e completamente apaixonada e defensora do Parto Humanizado. Acho que é muito mais que um direito da mulher e do bebê.
    Achei incrível a sua experiência e fico muito feliz que você tenha compartilhado isso tudo com a gente. Com certeza vai inspirar e ajudar muitas outras mulheres.
    E essa foto de vocês é a coisa mais linda do mundo!
    Desejo que vocês três, essa família linda, continuem sempre unidos e muito felizes. E desejo também que a Bia cresça sempre muito saudável, porque amor a gente vê que tem de sobra.

    Um beijo carinhoso dessa leitora que te acompanha há anos,
    Bárbara Viana

  440. Isabelli Furtado    02/12/2015 - 13h16

    Que relato lindo e emocionante Lú! Você nos contou tudo numa delicadeza, de uma maneira que parece que estávamos assistindo a tudo, nos mostrou uma possibilidade de parto muito mais humana e sem radicalismo. Adoro seu blog porque você é simples, fala sobre qualquer assunto com sutileza, sem julgar ou impor nada. Parabéns pela linda chegada da Bia, parabéns pela sua linda família.

  441. Bruna    02/12/2015 - 13h16

    Como não se emocionar com esse relato? Nunca comento em blog ou youtube, mas não tinha como deixar esse passar…
    Lembro quando eu era criança, falava que teria meu bebê na água, porque eu era uma sereia, rs. Claro que com o tempo esqueci essa ideia, mas sempre que eu entrava no youtube e via algum parto humanizado e na banheira, me emocionava, sempre.
    Sou muito nova ainda, 19 anos, espero que demore uns bons anos ainda para me preocupar com isso, mas quando chegar a minha hora, espero que eu realize a minha vontade de criança.
    Que a Bia tenha muita saúde e só leve mais amor e felicidades ao casal.
    Um beijo de uma leitora de BH, apaixonada pela família de vocês <3

  442. Thaynã Ferraz    02/12/2015 - 13h16

    Que relato mais lindo, sincero, emocionante, incrível! Todos deveriam ler para sentir o amor transbordar.. Meu maior sonho é ser mãe, passar por essa experiência, e não sei quão longe ou perto estou disso, mas com certeza você inspirou muito! Felicidades nova família, Deus abençoe! Parabéns, Lu e Leo (e Bia, claro) pela coragem e pelo amor! Beijos ?

  443. Evelyn    02/12/2015 - 13h16

    Lindo texto! Vou começar a pensar no parto humanizado!
    Parabéns e saúde para a Bia (amo esse nome)
    :*

  444. Renata    02/12/2015 - 13h18

    Que lindo…. que emocionante… feliz por vcs!

  445. Morgana    02/12/2015 - 13h18

    Oi Lu,

    Muito legal o seu relato, já li muitos relatos tristes sobre cesária. Ainda bem que esse movimento de parto humanizado tem crescido cada vez mais! Só fiquei com uma dúvida, como tem sido a sua recuperação? Vi que vocês não ficaram muito tempo no hospital, o que parece ser mais uma vantagem nesse tipo de parto.

    Bjs pra vc, Bia e Léo!

  446. Andriele    02/12/2015 - 13h18

    Luuu, que lindo! Não estou grávida e ainda longe disso mas acompanho você a um tempinho, desde antes de engravidar e adoro seu jeito. Acompanhei todos os diários e ficava ansiosa pelo próximo, sonho muito em ser mãe e nunca me passou pela cabeça um parto humanizado mas depois de ler o seu relato e me emocionar muito, o parto humanizado ficou no topo das minhas opções! Parabéns pela princesa Bia e sejam muito felizes. Aguardando ansiosa pelas aparições dela no seu canal haha!

    Um grande beijo.

  447. Sulian    02/12/2015 - 13h20

    Lu, confesso que não me imagino tendo um parto natural, mas só estando na situação de grávida pra saber. Não precisamos ter uma opinião concreta pra vida, mudar de idéia faz parte e o importante é ter sido especial pra vocês! Muita saúde pra essa Mini Mini mais fofa da vida! Beijos

  448. Thais Ribeiro    02/12/2015 - 13h21

    Nossa… Que emocionante, relato de parto mais tranquilo que já ouvi, que lindo. ?

  449. Rita    02/12/2015 - 13h21

    Como não se emocionar com o milagre da vida!
    Seu relato, com certeza, vai fazer a diferença na vida de muitas outras mamães e bebês. Sou mãe também, e entendo esse amor.

    Muita saúde e felicidades para toda a sua família!

  450. Geiza    02/12/2015 - 13h22

    Lu,

    Como agradecer por vc dividir esse momento tão lindo e íntimo?
    Fiquei encantada…compartilhei com o marido, com a cunhada, com a prima…queria que todo mundo lêsse e pudesse viver uma experiência tão mágica!!
    Muito emcionante!! Parabéns para vc, para o Leo e para Bia por ter pais tão lindos!! ??

  451. Anna Paula    02/12/2015 - 13h23

    Lu! Que declaração emocionante e cheia de amor, ao ler pude sentir o quanto tudo representou para você. Um ser tão pequenino que muda completamente a vida de uma família. Desejo a você, ao Léo e a linda Bia (nova residente do Planeta Terra) tudo o que a vida possa oferecer de melhor e que vocês possam curtir muito esse momento tão especial. Felicidades sempre.

  452. Lorena    02/12/2015 - 13h24

    Luuuu! Minha youtuber favorita! Experiência linda! Eu tbm tive e foi a melhor sensação do mundo! Felicidades e saúde!

  453. Aline    02/12/2015 - 13h25

    Que relato lindo Lu! Eu, assim como muitas, me emocionei e chorei lendo!
    Nunca pensei em ter filhos mas acompanhar vcs nesses 9 meses e “ver” o nascimento dessa linda família me fez pensar sobre tudo isso. Tinha uma ideia totalmente equivocada sobre gravidez, parto,etc.
    Obrigada por compartilhar com a gte essa felicidade, esse momento tão único. Meu coração se encheu de alegria durante todos os videos do diario da gravidez e mais ainda ao saber do nascimento da Bia e ler esse relato maravilhoso.
    Felicidades, paz e saúde para vocês 3

    Bjs

  454. Sulian    02/12/2015 - 13h26

    Lu, seria muito legal se o Léo tbm escrevesse um texto contando o lado dele, como ele se sentiu com tudo isso…Bjos

  455. Elisa Lobato    02/12/2015 - 13h27

    Que texto lindo, Lu! Eu lembro quando vi seu post no instagram anunciando a gravidez e eu fiquei muito, muito feliz, e depois a mesma sensação quando vi a foto da Bia. E agora, quase chorei lendo esse relato, e tudo isso sem nunca ter visto vcs pessoalmente! Admiro muito a sua coragem de ter feito essas escolhas. Eu ainda tenho 18 anos e pra mim, ter filhos ainda é um sonho beeeem distante. Mas tenho certeza que quando eu chegar lá eu vou me lembrar de ter te acompanhado por aqui, e espero ter a mesma coragem. Desejo tudo de melhor pra sua família maravilhosa, que a Bia cresça com muita saúde e que seja uma menina doce, fofa e muito feliz! Beijo :*

  456. Ana Dias    02/12/2015 - 13h29

    Lu, parabéns pelo nascimento da Bia! Me emocionei! Que vcs sejam ainda mais felizes com a chegada da Bia!
    Bjs!

  457. Priscila Torres    02/12/2015 - 13h29

    Luh, seu relato é emocionante! Sereno, de mta paz. Confesso que é diferente de td que já ouvi sobre o parto. Eu ainda não passei por essa dádiva,, e sempre temi.. Minha própria mãe diz que é uma dor absurda. Certamente não havia nada mto parecido na época… Eu pretendo seguir o que vc fez, pois com essa leitura vi tudo com ternura desde a gestação e não só qdo o BB chega! Que as bênçãos de Deus caíam sobre vcs… Muita paz!

  458. Débora Moura    02/12/2015 - 13h31

    Parabéns lu fico feliz de VC ter tido sua escolha respeitada. E triste saber que outras mulheres nao tem a mesma “oportunidade” . Gracas a deus eu tive uma experiencia boa não 100% pq hospital publico agt conta com sorte,mas tive meu parto sem interferências e em 10 hrs meu Miguel veio ao mundo pra me tornar a mulher mais feliz e realizada. O parto humanizado pra mim foi uma experiencia magica,INCRÍVEL. BJ em VC e na Bia.

  459. leticia gomes alastico    02/12/2015 - 13h33

    Que texto lindo! to mto emocionada, que felicidade ver vcs assim! parabens de novo!!

  460. Alexandra    02/12/2015 - 13h34

    Lu, não pretendo engravidar agora, mas tenho um enorme desejo de ser mãe, por isso desde sempre venho preparando o terreno para oferecer o melhor para meus filhos. Hoje estou na fase de preparação de estrutura financeira, familiar e emocional.
    Ler o seu relato de parto me fez refletir sobre como é importante um acompanhamento com profissionais que respeitam a mãe e o bebê e é isso que eu quero quando chegar a minha vez. Não adianta preparar tudo se na hora que o bebê vem ao mundo é um momento traumático, pois é um momento especial, é o primeiro contato dele com o mundo, é a primeira vez que ele vai olhar a mamãe, o papai… São muitas primeiras vezes e eu acredito que mesmo sendo tão pequeninos, a forma como somos recebidos pelo mundo influencia toda a nossa vida.
    Parabéns pela linda bochechudinha, parabéns pela coragem e obrigada pelo exemplo! Desejo tudo de melhor nessa nova fase para você, o Léo e a Bia!

  461. Sayuri Arakawa    02/12/2015 - 13h35

    Lu, em primeiro lugar, parabéns pelo nascimento da Bia!

    Agora, sério, já tenho 31 anos e nunca quis ter filhos. Tenho medo da dor, tenho medo da responsabilidade, nunca consegui compreender tudo isso, mesmo as histórias de partos humanizados de amigas e conhecidas. Mas o seu relato fez MUITO sentido para mim, fiquei profundamente emocionada!

    Que bom que você se tornou mãe com tanto amor, conhecimento e tranquilidade! Se um dia eu for mãe, gostaria que fosse assim.

    Desejo muita felicidade e sabedoria à nova família! Você e Leo serão pais maravilhosos, e tenho certeza que Bia será muito feliz. <3

  462. Raphaela Portilho    02/12/2015 - 13h37

    Lu, muito lindo, fiquei emocionada, parabéns por essa dádiva de Deus, que ele proteja sua família linda que você construiu. Sou sua leitora a pouco tempo, mas já to viciada em ler o seu blog. Felicidades…

  463. Fran    02/12/2015 - 13h37

    Eu não consigo descrever oque to sentindo depois de ler esse post.
    meu coração ta acelerado, suei a cada linha, parecia que eu tava vivendo cada momento contado.
    Lú, que coisa mais linda! Quanto amor.. quanto amor! To com uma vontade muito grande de chorar, mas não posso, kkk to trabalhando cara!

    Deus abençoe vocês, grandemente.
    Desejo tudo de melhor, tudo de mais lindo!
    PARABÉNS ? seja bem vinda Bia!

  464. Cibele Porto    02/12/2015 - 13h41

    Ahhh Lu, que post mais lindo. Quanta delicadeza, docura e informação.
    Meus olhos se encheram de lágrimas, lendo seu relato e imaginando esse momento tão incrîvel.

    Parabéns à essas três mulheres que permitiram que o nascimento da Bia fosse tão mágico. Que elas possam proporcionar o mesmo a outras mulheres.

    Parabéns e muitas felicidades à voce e ao Léo. Que a chegada da pequena Bia traga muitas bençãos pra voces.

  465. Caroline    02/12/2015 - 13h43

    Que parto lindo, Lu! Desejo toda a felicidade e saúde para vocês três. Mudei totalmente minha visão sobre o parto humanizado e achei maravilhosa sua experiência. Um beijo!

  466. Lorena Suhett    02/12/2015 - 13h44

    EMOCIONADA!
    Parabéns!

  467. Ana Carolina    02/12/2015 - 13h44

    Que história linda, Lu! Ainda estou chorando.. rs Desejo tudo de melhor para vocês três!

  468. Patrícia Tiemi Hashimoto    02/12/2015 - 13h45

    Que lindo Luh, parabéns! ;D Fico feliz pela experiência ter sido tão mágica assim e que tenha sido inesquecível… Muita saúde e felicidade pra vocês!!!

    E obrigada por dividir um pouco desse momento conosco, me emocionei MUITOOOOO

  469. Amanda Vilela    02/12/2015 - 13h46

    Luuuu,

    Parabéns pela Bia!!! Nossa, eu chorei aqui no meu trabalho lendo esse texto! Que coisa mais linda!
    Eu te acompanho há anos (faz muito tempo mesmo hehe) e, claro, acompanhei a sua gravidez toda!
    Nem tô perto de ter filhos, mas minha mãe teve os dois filhos dela (eu e meu irmão) de parto normal e eu sempre falei que queria o(s) meus(s) assim tbm. Seu relato foi lindo e só me fez ter mais certeza disso!
    Curta muito sua família! Vocês são lindos e iluminados! Beijos

  470. Mai/BA    02/12/2015 - 13h46

    Own :'(

    A vida é tão linda que… que nem consigo descrever. Parabéns Lu e Leo. :)

  471. Fabiana Oliveira    02/12/2015 - 13h46

    Lú, te acompanho mas não costumo comentar nunca!!! Desta vez, senti a necessidade de escrever que seu relato me deixou arrepiada, mesmo “ainda” não tendo filhos.
    Me preparo para engravidar no próximo ano e sempre pensei como você: Quero normal!!! Mas aqui, vi com outros olhos e perspectiva o parto humanizado que na realidade, nem conhecia muito sobre o assunto!
    Que sua família se fortaleça no amor cada vez mais e muito obrigada por compartilhar uma experiência tão única com suas leitoras :)

  472. Júlia    02/12/2015 - 13h47

    Lu, obrigada por compartilhar com a gente toda a sua trajetória até a chegada da Bia! Ainda não tenho filhos, e acredito que isso ainda demorará alguns anos, mas já me ajudou muito a pensar sobre como eu quero que esse momento seja para mim, quando ele chegar. Eu sou muito sensível a dor, então a vida toda minha família e amigos brincaram que pra eu ter filho, só de cesárea. Confesso que por muito tempo eu pensei que deveria ser assim mesmo, mais “prático”. Depois de um tempo já comecei a pensar que o mais natural seria o parto normal, que não custava tentar, sabe? Mas depois de acompanhar você e ler esse texto, sem dúvidas tudo o que eu pensava mudou e hoje espero que eu possa ter uma experiência como a sua.. Me identifiquei muito com você, com esse seu relato… Eu também era daquelas que não entendia o parto humanizado e achava meio loucura até, sabe? Muito “natureba” pro meu gosto, se é que me entende… Mas acompanhar sua gravidez foi extremamente esclarecedor, me fez ver o parto humanizado como ele realmente é, sem essas discussões de redes sociais que mais desinformam do que informam. Também compartilhava essa impressão errada do parto na banheira, mas foi bacana ver que as coisas simplesmente aconteceram de forma NATURAL, sem “forçar a barra”. Quando chegar minha hora serei menos receosa sobre isso! rs… Parabéns de novo pela chegada da Bia, que ela ilumine todos s dias da vida de vocês, e obrigada novamente por nos fazer sentir parte dessa fase da sua vida!

  473. Rafaella    02/12/2015 - 13h47

    Oi Lu! Nunca comentei no blog/youtube, mas sou sua fãzona e acompanho todos os seus videos/posts igual uma louca, não consigo não ver os vídeos assim que saem e sempre os recomendo pras migas que querem viajar hahahaha
    Fiquei imensamente feliz quando a Bia nasceu, nunca vi você mas me sinto tão íntima que assim que vi o snap senti como se fosse o filho de alguma amiga minha nascendo, foi impressionante. Desejo tudo de melhor pra vocês duas e pro Leo, que a família de vocês seja cada vez mais unida e com muita luz sempre! Mais felicidade ainda nessa nova fase!
    Um grande beijo :*

    ps: comentei nesse post porque não vi melhor espaço pra desejar isso em outro local, hehe

  474. Natália Bernardes    02/12/2015 - 13h48

    Parabéns pela filha linda, Luíza! A sua descrição do parto foi muito esclarecedora e deixou evidente como a humanização dos procedimentos hospitalares é importante. Seria muito bom se todos tivessem acesso a esse tipo de “escolha”. Infelizmente, e você mesmo pode comentar mais sobre isso, me parece que esse tipo de procedimento é muito mais acessível para quem pode pagar por uma equipe preparada para tal. A superlotação de maternidades, por exemplo, inviabiliza esse tipo de parto para todas as mulheres.

    De qualquer forma, Parabéns por ter feito essa escolha, dentro das suas possibilidades.

  475. Anna Luiza    02/12/2015 - 13h48

    Lu, que lindo texto!!! Que sensibilidade ao escrever este momento tão sublime!! Obrigada por compartilhar um momento tão íntimo e especial pra família!!!
    Confesso que estava ansiosa pra ler seu relato, mas claro, respeitando seu momento. Achei até que foi rápido, pois acaba que vc como blogueira, nem consegue ter uma licença maternidade direitinha… rsrs Não liga pro pessoal que fica cobrando não hein!!! Super entendemos seu momento.
    Me identifiquei muito com seus diários de gravidez, na verdade desde que anunciou sua história e tal, pois eu nunca tive essa vontade toda de ter filhos, mas agora confesso que a vontade está vindo, devagar, mas está. E seus relatos contribuíram de certa forma para isto.
    Mesmo sem ter vontade, sempre falei que faria parto cesária, pensava “pra quê sofrer” e blá blá blá. Mudei plano de saúde pensando nisso e tudo. Mas depois que fui trabalhar na esfera pública, sou da área da saúde, tudo mudou. Tive palestras sobre parto, amamentação e agora quero meu parto normal e principalmente respeito às minhas decisões como parturiente, assim como deve ser, e por isso, chamado humanizado. Enfim, não sou muito de comentar, mas aqui no “chata” vc faz posts tão interessantes, além deste, que me levaram a participar mais.
    Parabéns mais uma vez!!! :)

  476. Marina    02/12/2015 - 13h49

    NOSSA! que lindo! Estou super emocionada.
    Tenho um sonho de ser mãe, desde pequena. Li o seu texto e me senti na sala, junto com vc, sentindo tudo e vivenciando todos os momentos!
    Parabéns!

  477. Gabriele Fatima    02/12/2015 - 13h52

    Adorei seu post,estou gravida de 4 meses e nunca tinha ouvido uma historia tão bonita sobre o parto humanizado. Mudou totalmente meu conceito sobre o que pensar desse parto completamente natural.
    Que Deus abençoe a Bia e vocês…

  478. Gabriely Willms    02/12/2015 - 13h52

    Ups, caiu um cisco aqui… :)
    Que relato lindo!

    Sagitariana como eu… hehehe

    Lu, Leo e Bia! Felicidades!!!

  479. Tamires    02/12/2015 - 13h54

    Lú parabéns!! você é uma querida e merece tudo de bom!! chorei aqui viu!! muito emocionante seu parto!!
    certamente vou me inspirar em seu depoimento!! desejo toda felicidade do mundo pra vocês!! abraços…

  480. Marília Carvalho    02/12/2015 - 13h54

    Que relato lindo Lu!
    Meu parto ocorreu no dia 14/11/15 a minha Bia chegou ao mundo através de uma cesaria porque ela ficou sentada a gravidez toda impossibilitando o parto normal, queria muito ter passado pela experiência do parto normal mas Deus sabe o que faz e no meu caso a cesariana era o ideal… Anna Beatriz chegou ao mundo cheia de saúde com os olhinhos abertos e uma vontade imensa de mamar mesmo sendo um parto cesariana foi um momento inesquecível fiquei o tempo todo consciente conversando com minha médica e meu esposo depois que Anna Beatriz nasceu ela veio para os meus braços e de lá não saiu mais… em momento nenhum precisei me afastar dela. E pude ccurtir cada segundinho daquele dia tão especial.
    Parabéns por sua coragem de viver esse momento sublime de forma tão natural e também por esse relato tão lindo que tenho. certeza ajudará muitas mamães à optar pelo parto normal/humanizado.
    Parabéns por sua família que Deus abençoe a sua Bia com muita saúde!
    Marília Carvalho
    Belo Horizonte

  481. Bella lacerda    02/12/2015 - 13h55

    Que lindo Lu!!! Admiro sua força, seu tempo…tempo em compartilhar sua vida, você sabe dizer no momento certo o que é importante e necessario. Te acompanho a muitos anos…vi o quanto amadureceu profissionalmente, como pessoa e como seu estilo se firmou e se tornou altentico! Você sabe respeitar o limite do pessoal com o trabalho e sabe se permitir viver novas historias. Olhe onde chegou!!! Esta feliz em um novo casamento, constituiu um novo lar e o mais lindo e importante…sua família!!! Agora você tem uma #minilu! Você nunca foi tão importante como agora…você ê mamãe!!! Bjusss de uma velha seguidora?

  482. Carol    02/12/2015 - 13h55

    Lu, que relato emocionante! Acho que pela primeira vez pude ter um olhar diferente sobre o parto. Sempre que ouvia dizer que era um momento mágico, concordava, mas no fundo lembrava de quão horrível é estar naquela sala fria, branca, com todos te olhando… Espero que, quando grávida, eu possa ter a mesma felicidade! Bem-vinda, Bia! Parabéns e muitas felicidades pra vocês três!

  483. Rebeca    02/12/2015 - 13h56

    Lu,que texto lindo, me emocionei!!!! Concordo muito com o que você falou,espero que quando tiver filhos eu tenha um parto maravilhoso como o seu. Não acho que o parto é um sofrimento, tem dor sim, mas é uma dor que vai trazer uma alegria enorme. Acredito que o trabalho de parto deva ser como o seu! Em um ambiente acolhedor,com pessoas que você ama, afinal, é um processo que vai trazer seu filho ao mundo, enxergo assim, e não um sofrimento que tem que passar o mais rápido possível. Um dia estava conversando com uma amiga e ela me disse que quer ter filhos por cesárea,não quer ser acompanha pelo marido nesse momento, quer que aconteça tudo bem rápido. Não condeno a decisão dela, mas acho triste que muitas pessoas tenham essa visão “fria” do parto,como um momento se dor. Desde que você falou que queria parto normal fiquei torcendo pra você consegui, e que bom que você conseguiu da forma mais linda possível! Um beijao!

  484. Ingredy    02/12/2015 - 13h59

    Que lindo seu relato, Lu! Se vc estiver pensando em fazer um vídeo contando como foi ficarei muito feliz em assistir, principalmente se tiver as impressões do pai… Tive parto cesárea pq ainda que tivesse as contrações não tive dilatação suficiente, apenas 2 cm, mas foi um parto muito tranquilo tmb! Do próximo filho, espero que eu possa ter a experiência de ter um parto natural! Bia é uma gostosa, fico babando nas bochechas dela! Tudo de melhor para vcs, sempre!

  485. Michele    02/12/2015 - 14h00

    Parabéns luu que sua princesa seja linda cheia de saúde paz e muito amor que isso sei que ela vai ter de sobra.
    Mais uma chatinha pra gente amar muito
    Bjs lindas tdo dw ótimo sempre ?? ?

  486. Gabi    02/12/2015 - 14h00

    Nossa, Lu, que depoimento lindo! Chorei de emoção!

  487. Michelle    02/12/2015 - 14h02

    Fantástico!

  488. Leticia    02/12/2015 - 14h04

    Lu e Leo, quero agradecer muito por vocês terem divido esse momento com nós, os leitores. Eu nunca quis ter filhos, me assustava a ideia de ficar grávida e mais ainda a responsabilidade de criar e educar uma pessoinha.

    Eu acompanhei tanto pelo blog quanto pelo youtube toda a gestão, e as escolhas que vcs tomavam e para mim foi como se uma amiga estivesse grávida (nenhuma das minhas amigas tiverem filhos ainda), torcia a cada notícia que você dava. Quero dizer que algo mudo em mim durante esse tempo. Percebi que ter filho pode ser uma escolha incrível e repleta de momentos maravilhosos, apesar das dificuldades. Obrigada por mostrar que existe um jeito lindo e respeitoso de se tornar mãe.

    Acho que esse depoimento ter saído hoje, foi meio que uma carta para mim, é meu aniversário, dia que eu paro para pensar na vida e nas minhas escolhas e talvez no futuro a maternidade surja na minha vida, agora sem medos !!

    Sou sagitariana e posso te garantir que Bia vai trazer muita alegria pra casa e pra vida de vocês…

    Novamente obrigada, muita paz, saúde e luz pra vcs três

  489. Mônica    02/12/2015 - 14h04

    Lu primeiramente quero te desejar parabéns pela Bia.Que ela continue sendo uma criança muito saudável e abençoada.Você tem uma familia linda. Agora quero te desejar parabéns pelo post,eu acho que esse foi o post mais lindo e mais emocionante que já li em minha vida.Confesso que as lágrimas caiam enquanto eu lia o seu post.

    Você é uma mulher incrível parabéns.

  490. Thais    02/12/2015 - 14h05

    Nossa Lu me deu vontade de ter escolhido parto humanizado. Concerteza esse seu depoimento ajudará e dará forças para muitas mamãe!
    Parto lindo,parabens Lu!
    Tudo de bom para vocês e que Deus abençoe essa nova famlia.

  491. Cleo    02/12/2015 - 14h06

    Que lindo!
    Também sonho com um parto assim no futuro, com respeito e acolhimento.
    Parabéns!

  492. luiza    02/12/2015 - 14h07

    Um post incrivel! Acompanhar o diário, saber de tudo o que acontecia criou uma proximidade gigante entre eu, como leitora, e vocês. Que casal maravilhoso! Impossivel não se emocionar durante esses meses. A vcs, só posso desejar tudo de melhor que houver nesse mundo e que daqui em diante o mundo se torne um lugar melhor pra nós e pra Bia!

  493. Anita    02/12/2015 - 14h08

    Parabéns pela princesa e pelo lindo texto !!
    Estou grávida de 15 semanas e quero ter uma experiência tão linda e mágica como a sua . Suas palavras foram tão lindas e transmite tanta paz que emociona . Mais uma vez parabéns e muita saúde pra família . Beijos

  494. Tahyne    02/12/2015 - 14h11

    Já estou lendo pela segunda vez seu relato, Lu! Me emocionei a cada parágrafo escrito!!
    Minha admiração por ti só aumenta a cada dia, a cada post e a cada vídeo. Já posso desejar Lu todos os dias no blog, no canal, e toda hrs no snapchat?! Haha

    Parabéns por compartilhar conosco seu relato de um parto humanizado bem sucedido, Lu! São tantos os posts e histórias por aí de terror ao parto normal/humanizado, e ver o seu cheio de luz nesse meio traz extrema alegria.

    Beijos!! ??

  495. Gabriela    02/12/2015 - 14h11

    Lú é o relato de parto mais lindo da vida que li, muito emocionante..enfim acompanhei todos os diarios da gravidez achei um maximO ..Deus te abençoe ainda mais com a chegada da Bia que já amoooo antes dela nascer ..agora puro Amô beijoo

  496. Monique Moura    02/12/2015 - 14h12

    Que lindo Lu! Me emocionei com o relato do seu parto, por um momento me imaginei vivendo esse momento que concerteza deve ser o mais lindo da vida. Que Deus abençoe sempre sua filhinha.

  497. Isabella Rodrigues    02/12/2015 - 14h12

    Esse foi o relato de parto mais lindo que já li.
    Lu,Parabéns pela determinação em fazer desse o melhor momento da sua vida. Com certeza a sua história é uma inspiração. Ainda sou nova,mas quando chegar minha vez de ser mãe, sem dúvida alguma os profissionais que me acompanharem saberão da sua história, pois é o modelo de gestão e parto que quero para minha vida.
    Desejo todo o amor do mundo para sua família!
    Você,Léo e Bia são muito especiais!
    Um beijo da sua conterrânea de BH!

  498. Flávia    02/12/2015 - 14h13

    Que lindo texto, dá vontade de passar por isso tbm. Parabéns e felicidades!

  499. Bruna    02/12/2015 - 14h14

    Ai que emocionante, Lu. Muito obrigada por compartilhar!
    Tudo de melhor pra vocês e pra toda a família, muitas felicidades e amor e carinho e saúde. Sintam-se abraçados <3

  500. Mariana Lacerda Ribeiro    02/12/2015 - 14h14

    Que lindo Lu!
    Parabéns e que toda felicidade esteja com vc e com o Leo!….Faça um vídeo no seu canal do youtube contando essa experiência, seria ótimo!

  501. Letícia    02/12/2015 - 14h16

    Ahhhh que coisa mais linda!!
    Estou gravida de 22 semanas, e li tudo isso no escritório… chorando é claro.
    Vc contou com tanta clareza, tanta emoção nas palavras…
    Não vejo a hora do meu Luiz Gustavo nascer!!

    Parabéns!!
    Que ela continue dando alegrias e grandes (e boas) emoções na vida de vcs

  502. Sabrina    02/12/2015 - 14h16

    Parabéns, aos dois, tenho certeza de que a Bia vai ter ótimos pais. É emocionante o nascimento da Bia, poder ver esse bebê tão querido que parece parte da minha família.

    Muita saúde e felicidade para a família de vocês.

  503. Hileana    02/12/2015 - 14h17

    Lu, mto bonito seu relato… Lembrei do meu parto. Eu fico mto feliz com essa sua militância. Vejo que mtas mulheres têm o parto roubado por pura falta de informação e mtas vezes essa idéia de parto humanizado é vista como coisa de “hippie/feminista”. Você tem um importante meio de comunicação com acesso a diferentes tipos de mulheres e de repente você abra um horizonte para várias delas. É importante a gente pensar em bebês vindo ao mundo com mais respeito.
    Parabéns pela Bia.

  504. Ana Clara    02/12/2015 - 14h17

    Lu, que história linda e inspiradora! Sua filha é abençoada e vcs serão os melhores pais do mundo para ela! Saúde e muito amor para vcs! Beeijos!

  505. Maysa    02/12/2015 - 14h19

    Que texto mais lindo, Lu! Comecei a ler e logo me vi chorando. Felicidades pra vocês três <3

  506. Thaynara    02/12/2015 - 14h19

    Emocionante Lu,
    Sempre fui defensora do parti normal; mas era como vc antes, pra mim tudo bem se precisar d anestesia, mas dps de ler esse seu texto acho que até mudei de ideia. E é lindo virar militante de uma causa tão nobre em um país q é campeão de parto cesáreo.
    Parabéns pela Bia e por dividir a expectativa do parto dela com a gente.
    Bjos

  507. Ana Clara    02/12/2015 - 14h20

    Parabéns, Lu! História incrível e linda de se contar!
    Saúde e amor para Bia!!!

    Beijos e sou sua fã!

  508. Aline Paes    02/12/2015 - 14h20

    Que lindo seu relato! Fiquei emocionada…

  509. Débora    02/12/2015 - 14h21

    Oww Luh, que coisa mais linda.. Nem sou muito de comentar, mas conforme eu ia lendo ia imaginando a cena e me emocionando! Talvez tenha sido o relato de parto mais lindo que já li até hoje… A Bia tem muita sorte de ter vc como mãe e o Leo como pai… Parabéns por essa nova fase e muito obrigada por compartilhar isso conosco.. Desejo a essa família linda toda a felicidade e saúde do mundo!!!

  510. Enoele    02/12/2015 - 14h21

    Lu, adorei o texto! Fiquei muito empolgada, estou planejando ter filhos daqui 2 anos e já estou pesquisando a respeito! Não conhecia o parto humanizado, mais agora que li achei muito lindo e estou pesquisando muito a respeito.
    Porque você não faz um vídeo falando mais sobre o assunto e falando em relação aos valores desse parto?
    Ficaria muitooooo feliz se fizesse.

    Bjus!!!

  511. Maria Rita Xavier    02/12/2015 - 14h23

    Que relato lindo. Me emocionei.

  512. Letícia Diniz    02/12/2015 - 14h23

    Só tenho uma coisa a dizer. Foi excepcionalmente emocionante. Não tinha muita informação a respeito do assunto, e fiquei sabendo de uma forma incrivel. Foi lindo!
    Senti a docura e carinho nas suas palavras. Desejo tudo de bom que uma pessoa possa querer a outra.
    Um grande abraço.

    Letícia.

  513. Natalia    02/12/2015 - 14h24

    Emocionante!!!! Que benção!!

  514. Sarah    02/12/2015 - 14h25

    Acompanho o Chata há alguns anos (vc tinha acabado de concluir a faculdade!) e nunca comentei nada. Sou dessas que diz que parto normal não tem nada de normal! hehe Mas, lendo o seu texto, sabe que fiquei balançada? Quando eu engravidar, vou realmente considerar a hipótese de um parto humanizado. Quando se trata de Vida, tem que ser tratada de modo único, especial, né? Parabéns a vocês dois, Lu. A sua filha é linda e com certeza trará muita felicidade e amor a esse mundo louco em que estamos vivendo. Que vocês cresçam muito e que a sua família seja sempre muito muito muito muito muito feliz e unida. Deus abençoe vocês!

  515. Chris    02/12/2015 - 14h27

    Pode chorar e rir ao mesmo tempo quamtas vezes? Pois foi isso que aconteceu lendo o seu post. Eu também não chorei no meu parto, mas toda vez que leio um relato a emoção de tudo vem à tona e toma conta de mim. É uma experiência única e singular, a melhor! Não tem como ficar indiferente. Amei ler o seu post e fico muito feliz de ter dado tudo certo para vocês. Na verdade torci sua gestação toda para que você vivesse isso, a experiência do parto natural. Eu acompanho seu blog desde tempos remotos rsrs de 2008, hoje já estou com duas menininhas por isso deixei de comentar, mas nunca deixei de acompanhar seu blog. Moro na Holanda e as duas masceram aqui, mas leio tudo sobre a militância do parto humanizado no Brasil. Eu tenho dois tipos de experiência, uma ruim que começa com o falecimento da minha irmã em 2002, uma semana após o nascimento do meu sobrinho, ela passou por um parto normal cheio de intervenções quando ela estava de 8 meses ainda. Depois tem a minha experiência com o parto natural que tem os profissionais maravilhosos, preparados, acolhedores que me proporcionaram viver o parto da melhor forma possível. Eu amo ler os relatos sobre o parto no Brasil e o seu vem com certeza reforçar positivamente essa militancia. Espero que sua experiência toque várias mulheres que vivem agora um período de medo e dúvidas. Informação é o melhor remédio para o medo. A minha filha mais velha, Elise, nasceu em 2013 e na época foi que o documentário o Renascimento do parto surgiu então vi com isso crescer a discussão sobre partos no Brasil. A minha filha mais nova ( que se chama Julia =) na verdade eu já gostava do nome, mas sua irmã fortaceleu o meu gosto pelo nome) nasceu esse ano em julho, então curti um pouco da minha gestação curtindo a sua. Eu também apoio e luto pelo humanização do parto e me enche de alegria ler esse seu post… É simplesmente lindo! Viva a Bia!!! Essa lindeza que está enchedo o blog de alegria e mais amor! Ah… Tá na hora de acrescentar ai na descrição do blog o assunto Maternidade ? tenho certeza que vamos ver muito por aqui! É um assunto mais que bem vindo ????? beijos

  516. Ana Pires    02/12/2015 - 14h32

    Querida Chata de Galocha,
    Ao ler o seu relato de parto as lágrimas surgiram… Senti um calafrio nas minhas costas…
    Todos os dias eu fui visitando o seu Instagram de modo a conseguir ficar actualizada para ver se a Princesa Bia já havia chegado.
    Foi com muita emoção que recebi essa maravilhosa notícia.
    Mas fiquei sempre com aquela preocupação de como teria sido o seu parto, se teria sido como você queria ou não.
    Confesso que sou mãe de um menino de 4 anos chamado Simão e também tive parto natural… Não tão natural quanto o seu mas o meu filho também veio quando quis e na hora que quis, no meio hospitalar comigo a fazer força deitada sem muita interferência do médico…
    Fico mais emocionada pois estou a tentar engravidar à cerca de 15 meses e não tem sido uma etapa fácil, mas ao ver a sua força acredito que tudo irá ficar bem!
    Quero-vos desejar as maiores felicidades, muita saúde e muito amor!
    Beijinhos para vocês três Luísa, Leonardo e princesa Beatriz.
    Esses são os votos da vossa admiradora Ana de Lisboa, Portugal.

    P.s: Bia também é Escorpião, vai ser uma guerreira e uma teimosa. Meu filho nasceu a 18 de Novembro.

  517. Denise    02/12/2015 - 14h33

    Que lindo!!! Parabéns!

  518. Rafaela Lima    02/12/2015 - 14h38

    Lu, acompanho seu blog faz um bom tempo. Acabo me sentindo íntima (como aquela amiga que mora em outra cidade) porque acompanhei os relatos do seu casamento, da sua gestação e do nascimento da sua filha. Não tenho filhos, mas ficava todo domingo esperando o vídeo do diário de gravidez. Alias, estou dando F5 feito doida no youtube esperando o diário da 38 e 39 semanas.. rsrsrs. Na verdade, só gostaria de ratificar tudo aquilo que foi dito pelos leitores até agora, seu relato está emocionante, não só pela experiência única que você e seu esposo viveram, mas pela sensibilidade que você teve ao repassar essa experiência pra gente. Obrigada por compartilhar seu milagre conosco, me sinto um pouco tia da Bia por isso. Votos de muita saúde pra vcs três.

  519. Bianka de Freitas    02/12/2015 - 14h40

    Parabéns Lu pela coragem!!!! me emocionei muito com os seus detalhes…senti como estivesse ali presente, meu Filho Também nasceu dia 25/11/12, data Linda!!!! É a primeira vez que escrevo, mas te acompanho há muito tempo, filho é bênção, maravilhoso, que Deus abençoe Vcs!!! bjs

  520. Carolina Rodrigues    02/12/2015 - 14h43

    Lu, obrigada por este relato tão lindo. Tou emocionada e repensando o meu conceito sobre parto normal, daqui uns anos espero ter a oportunidade de contar de como foi o meu.

  521. Sandra Luz    02/12/2015 - 14h48

    Gente! Que incrível!!!
    Impossível não se emocionar com esse relato! Me arrepiei toda aqui!
    Não penso em ter filhos, mas se um dia tiver vou querer que seja assim também!

    Parabéns a você e ao Leo pela chegada da Bia, ela é linda demais!!!
    Beijos

  522. Karoline    02/12/2015 - 14h53

    Nossa, que relato emocionante! Fico maravilhada em ler histórias como essa, pq provam quão perfeito é Deus! Pq esse literalmente é o verdadeiro parto natural…sem nenhum tipo de intervenção! Parabéns !! Deus abençoe sua família ! ?

  523. Julia    02/12/2015 - 14h54

    Lindo seu relato!
    Hoje minha filha faz dois anos, e nasceu com a mesma equipe que a Bia. Lena foi um anjo no meu parto, que também foi natural, na banheira.
    Fico muito feliz que o nascimento da sua pequena tenha sido assim, respeitoso e na hora dela. Parabéns pela família incrível que você construiu.

  524. Juana Morales    02/12/2015 - 14h54

    Grávida de 38 semanas e 3 dias não aguento mais de ansiedade de ter minha pequena nos meus braços também… Que texto lindo! Descreve exatamente o que eu espero sentir quando chegar o momento… Chorei de verdade! Parabéns, muita luz e felicidade!

  525. Natália Rasteiro    02/12/2015 - 14h56

    Lu, que relato lindo ! É assim que todas as mães deveriam se lembrar de seus partos.
    Realmente, existe muito falta de humanidade por trás dos partos, em que as mães e seus bebês são apenas mais um número para os médicos, que por sua vez, estão ali somente pelo dinheiro. ( não generalizando, existem ótimos médicos).
    Ainda não tenho filhos, mas fiquei feliz em ler sobre sua experiência e saber que existem opções de parto que levam em conta nossos desejos e principalmente nosso conforto e segurança.

    Parabéns Lu e Léo, a Bia é linda! Que Deus encha mais ainda a vida de vcs de bênçãos, saúde e paz. Curtam bastante esse momento feliz!

    Bjss

  526. Hayda    02/12/2015 - 14h57

    Tenho 26 anos, planos 0 de ter filhos, mas um medo medonho de tudo que envolve gravidez e principalmente parto.

    Mas fiquei muito emocionada com o seu relato, parabéns Lu, mesmo!

  527. Kamila    02/12/2015 - 14h59

    Que relato mais incrível Lu!
    Acompanho o blog a muito tempo e sou muito grata por você e o Leo terem compartilhado toda a experiencia com a gente. Mas a maior gratidão de todas foi por esse relato que me deixou emocionada sobre o parto humanizador.
    Apenas obrigada
    Que a Bia cresça saudável.

  528. Ellen    02/12/2015 - 15h00

    Chorei muito lendo esse relato, e de felicidade que é o melhor. Estamos tão acostumados a ler relatos tristes e sofridos de parto, que ler o seu fez meu coração bater mais forte de felicidade. Com certeza suas palavras mudaram alguns pensamentos meus. Parabéns pela sua linda filha ?

  529. Kawana    02/12/2015 - 15h01

    Lu, que depoimento lindo… Você mostrou o lado doce e puro que é ser mãe… Ainda não tive esta graça, mas seus relatos me fizeram ver este momento como ainda mais especial e tiraram muitos receios que eu tinha …
    Que Deus e os anjos abençoem você e sua linda família…. Beijos e Abraços

  530. Lucília    02/12/2015 - 15h07

    Nossa eu nem sou emotiva mas estou tão emocionada por esse relato. Vejo tantas histórias de mulheres que sofreram violência obstétrica ou que são mal informadas que ler está história me dá esperança. Esperança de que a quantidade de partos humanizados aumente, que eu possa ter o meu parto sem dor, somente amor. Mesmo sem te conhecer pessoalmente fico muito feliz por você ter vivido isso e ter confiado na equipe, mas também no seu corpo que sabia exatamente o que fazer pra ter um parto saudável e sem sofrimento. Muita saúde e alegria pra sua família

  531. Thais Moreno    02/12/2015 - 15h08

    Que relato mais lindo e emocionante,Lú! Singelo e do jeito que todos mereceriam ter…
    Parabéns pela chegada da Bia,pela nova fase e por tudo de mais especial que ainda está por vir.
    Um beijo nos 3 =)

  532. Kendoli    02/12/2015 - 15h08

    Nossa que parto incrível… Me emocionei muiiiito… Lu vc é incrível. Parabéns que Deus abençoe muito vc, a Bia e o Leo. ?

  533. Andreza    02/12/2015 - 15h09

    Que lindo Lu!
    Fiquei muitíssimo emocionada e feliz por esse relato.
    Muita saúde e luz para a família toda.
    Um beijo!

  534. Angela Friedemann    02/12/2015 - 15h09

    EMOCIONANTE!
    Lindo Lu, impossível não chorar de alegria com suas palavras e experiência.
    Você nos ensinou a seguir o melhor caminho com tudo isso. E que nem sempre o melhor caminho é aquele que nascemos acreditando.
    Que este momento se repita à muitas outras famílias todos os dias.
    Fiquei realmente muito feliz em ler tudo isso.
    Parabéns pela família linda que estão construindo. Sejam muito, muito, muito felizes!

    Beijos de uma leitora que fica feliz por vocês em casa momento, por cada conquista! :)

  535. Cintia do Espírito Santo Costa    02/12/2015 - 15h09

    Oi Lu,

    Sou sua seguidora há alguns anos e nunca tive coragem de comentar. Minha filha foi sua colega de colégio, e indicou o seu blog ,e confesso que adoro acompanhar você. Fiquei muita emocionada com seu relato. Minha filha teve dois partos iguais ao seu com diferença de 1 ano e 4 meses. Vocês são guerreiras e criarão um vínculo muito forte com suas crias. Parabéns!

  536. Larissa    02/12/2015 - 15h11

    E foi por sua causa, por aquele seu texto sobre o parto que eu resolvi entrar também nesse mundo humanizado. Por que haver outro senão esse? Choro enquanto escrevo isso, porque meu desejo é que meu Enzo chegue da mesma forma de sua Bia, com lembranças doces e felizes. Também virei militante do parto humanizado. Um beijo em vcs 3 e nos queridos profissionais que existem nesse mundo e que querem formar humanos felizes!

  537. vanessa sales    02/12/2015 - 15h12

    PERFEITO!

  538. Marina Morena    02/12/2015 - 15h12

    Quw relato lindo ? Fiquei bastante emocionada. Muito amor pra vocês ???

  539. Jessica da silva    02/12/2015 - 15h13

    Nossa Lu que lindo o seu relado de parto fiquei muito emocionada.
    Desejo toda a felicidade pra vc, Bia e o Léo Parabéns mais uma vez beijos.

  540. Adriana Cunha    02/12/2015 - 15h17

    Lu, que lindo o seu relato. Fique verdadeiramente emocionada e feliz por você ter feito dessa experiência única algo tão mágico e digno de ser lembrando.
    Um grande abraço de uma leitora que a anos te acompanha e que só agora fez algum comentário.
    E desejos da mais pura felicidade pra sua família!

  541. Daniele    02/12/2015 - 15h17

    Que lindo! Foi perfeita a forma como você descreveu sua experiência, não é o que eu imagino pra mim quando for mãe, mas me senti bastante tocada com a forma mágica e comovente através da qual você sintetizou este momento! Muitas felicidades para vocês!!

  542. tatiane    02/12/2015 - 15h17

    Lu, seu relato é emocionante, acompanho seu blog há anos e mesmo não te conhecendo pessoalmente, vibrei, curti sua gravidez e desejo só bençãos para essa família.Acho que o mais importante é o amor. Meu parto foi cesárea por opção e não me arrependo nem um minuto da minha decisão.Acho que cada ser humano é único e a vontade e desejo de cada um deve ser respeitada e decidida com amor, aí no final tudo dá certo!

  543. Taís Duarte    02/12/2015 - 15h21

    Lú, o que te dizer diante de tanto amor? Sou tua leitora diária há anos, acompanhei com muito carinho e ansiedade a gravidez, fiquei literalmente apaixonada com as primeiras fotos da Bia no insta e, agora, muito emocionada com o relato do nascimento. Não consigo parar de chorar e de sorrir! Queria muito poder te dar um acolhedor abraço e te dizer muito obrigada… por tudo: por partilhar esse momento tão lindo com a gente, por tua sensibilidade, por tuas escolhas, por seres exatamente como és – tão inspiradora. Eu te tenho como uma amiga íntima, apesar de nem nos conhecermos. Sério, tens um espaço grande do meu coração e eu me assusto com isso! rs Mas o amor, o bem querer é assim: não há como explicar, não é racional, apenas se sente e pronto. Desejo muitas bençãos e toda felicidade dos céus pra vocês! Continuarei aqui contigo, minha dose diária de alegria, acompanhando essa linda história de amor a 3!

  544. Mari    02/12/2015 - 15h25

    Luu, vc não chorou mas fez todo mundo chorar! que lindo sua história, eu mesma sou dessas “eca, na banheira”, mas lendo vc, vejo que esse é um pensamento muito pequeno.
    parabéns por suas decisões, parabéns por essa menina linda que vc trouxe ao mundo, e obrigada por compartilhar tudo conosco.
    muito amor pra vcs 3!
    bjo grande

  545. Rê    02/12/2015 - 15h26

    Puxa Lu, fiquei emocionada com esse relato. Não pretendo engravidar nos próximos anos, mas se um dia isso acontecer, com certeza vou procurar me informar sobre esse tipo de parto. Claro que muitas vezes o natural não acontece (por diversos motivos alheios à vontade da mãe), mas é como você disse, o humanizado é respeitar a mãe e o bebê.
    Muuuuiitas felicidade pra vocês <3
    Beijo

  546. Dani FRZ    02/12/2015 - 15h26

    Que mágico, Lu!
    Apesar de ainda ter 19 anos,sou muito curiosa com as coisas que acontecem e que podem vir a acontecer em nossas vidas, por essas e outras que seu blog é uma grande inspiração e parte fundamental dos meus dias. A cada relato posso suprir um pouquinho de minhas curiosidades. OBRIGADA POR ISSO!
    Já criei e não publiquei um blog mais de uma vez, mais de 5, 6.. na verdade, mas quero te agradecer,poque desde quando descobri seu cantinho, me sinto cada vez mais segura para criar o meu também. Além disso, acho incrível como você leva sua vida, sempre atualizada, feliz e encantadora; uma referência!
    Espero,com toda sinceridade, que seus dias possam ser cada vez mais bonitos, felizes e cheios de emoções (boas). Que você, o Leo e Bia estejam sempre felizes, saudáveis e aqui, conosco na web. Sendo uma inspiração para outras famílias e para pessoas que,assim como eu, buscam informação e inspiração para conduzir a vida de acordo com as melhores possibilidades de ser feliz!
    Meus parabéns pela magnífica família!
    p.s: Anna (minha irmã de 6 aninhos), te acompanha junto comigo e ama seus vídeos. Mostrei uma fotinha da Bia no insta e ela a chamou de “especialista em estilo” kkkkk
    Beijos e desculpe ter me alongado na mesansagem.

  547. Carla    02/12/2015 - 15h32

    Lu que emoção seu relato foi tão minucioso que me senti lá junto, chorei óbvio, que Bia seja uma pessoa abençoa com uma vida repleta de felicidade e saúde!

  548. Camilla Lima    02/12/2015 - 15h33

    Lú, sua chata MARAVILINDA … mesmo sendo só mais uma das suas milhares de leitoras estou aqui pra dizer que você é uma guerreira, forte e maravilhosa … Não penso em ter filhos ainda mas sempre disse que quando acontecesse eu com certeza iria querer uma cesária, mas vc me fez mudar de idéia sabia ? quero muito poder viver uma experiência como a sua um dia :) !

    A Bia é liiiinda, buchechuda e princesa !

    Acompanho o blog a muito tempo e me sinto imensamente feliz por vocês :)
    Família Linda, que Deus os abençoe muiiito !

    Beijos de uma leitora que te admira muito ;*

  549. Viviane Brederodes    02/12/2015 - 15h35

    Emocionante o seu relato, Lu! Estou tão feliz por vcs… Que Deus os abençoe sempre!

  550. Celia    02/12/2015 - 15h35

    Maravilhoso…..q lindo seu depoimento. Tb sou mãe, de um menino.

  551. Bruna    02/12/2015 - 15h36

    Que coisa lindaaaa, chorei lendo e imaginado como foi, Luh vc é uma super inspiração pra mim, ainda to bem longe de ter um bebe, mas com certeza quando for o meu momento quero seguir dessa forma, obrigada por compartilhar esse momento, que Deus abençoe vcs nessa nova etapa?

  552. Bruna Oliveira    02/12/2015 - 15h40

    Lu…
    Que lindo essa post, acho que é o mais importante da sua vida e do Leo né…
    Vc não chorou???? Eu to aqui até com a garganta doendo de emoção. Como descreveu tudo, foi tão lindo.
    Pretendemos engravidar o ano que vem e sou sincera, sou super medrosa e não gosto nada de sentir dor, mas depois da sua gravidez até já estou cogitando esse tipo de parto, pois parece que a ligação de vcs 3 é impressionante. O Leo com vc na banheira, a Bia saindo a hora que ela quer e você só esperando.
    Que Deus abençoe essa nova fase de vcs e a vida da Bia – que já é tão querida pelas suas fãs.
    Um grande beijo,
    Bruna

  553. Marcella    02/12/2015 - 15h45

    Obrigada por ter mandado noticias, minha mae esta adorando os lookinhos da Bia, estamos achando o maximo tudo, eh como se algum da familia tivesse tido um bebe :) Obrigada pela cia, sempre por videos e posts que leio diariamente :)

  554. Thabata    02/12/2015 - 15h47

    Que lindo Lú!
    Fiquei extremamente emocionada com o seu post, tenho ctza que outras leitoras também ficaram.

    Seja bem-vinda Bia, muita saúde e sucesso <3

  555. Tiaka Vasconcelos    02/12/2015 - 15h48

    Lu, boa tarde!
    Emocionante o seu depoimento, parabéns pelo parto lindo da Bia!
    Que Deus continue abençoando sua família linda!

  556. Mariana    02/12/2015 - 15h49

    Lu, eu que não sou mãe estou com os olhos molhados. A foto na banheira, o relato, a sua força são simplesmente esplêndidos. Não tenho filhos, mas nasci de parto cesárea e tenho um histórico familiar de dificuldades no parto. Muitas mulheres morreram, e eu pretendo mudar essa história. Quando for a minha vez, também ter o parto normal. Cada vez que vejo esses relatos me sensibilizo, porque acredito que precisamos mudar a forma de nascer se quisermos mudar o mundo. Parabéns por ter se empoderado. Bia é linda, você e o Leo também. Que mulher guerreira e que marido/parceiro incrível. Com essa combinação não teria como a Bia vir ao mundo de outra forma: cheia de paz e luz. Parabéns. Estou arrepiada com toda essa emoção. Seja bem-vinda, Bia.

  557. Tuhane Masschmann    02/12/2015 - 15h52

    Lu, foi o relato mais lindo que eu já li.

    Parabéns pela força, pela família e por ser tão iluminada ao ponto de por muitas vezes nos inspirar *—*

    beijos

  558. Carol Couto    02/12/2015 - 15h54

    Lindo texto, me emocionei. Vc tem razão Lu o parto humanizado (seja normal ou cesaria) era o único que deveria existir. Parabéns pela família, esperei a semana inteira ela nascer, veio linda, fofíssima e com certeza trouxe mta felicidade com ela!

  559. Carol Matias    02/12/2015 - 15h56

    Eu to lendo esse post aqui no trabalho e comecei a chorar! rsrsrs
    Muito emocionante! Parabéns, Lu e Leo! A Bia é linda!!!

  560. Martina    02/12/2015 - 15h56

    Me emocionei, Lu!
    Não tenho e a princípio não pretendo ter filhos (muito menos de parto normal), mas confesso que seu relato me fez reconsiderar tudo que eu pensava sobre o assunto…
    Sou estudante de Medicina e tenho certos medos e preconceitos quanto ao “parto humanizado” em casa, mas quando realizado em ambiente hospitalar, considero a maneira mais segura e acolhedora de trazer uma pessoinha ao mundo <3
    Muita saúde pra você, Bia e Leo!

  561. Vanessa    02/12/2015 - 15h57

    Lu, fiquei toda arrepiada! Parabéns pelo texto e pela Bia. Sou médica e penso exatamente como você pensava. Sou contra extremismos e riscos que um parto em casa pode trazer. Meu desejo é parto normal com anestesia, por medo da dor mesmo. Todos me julgam louca. Todas as mulheres da minha família tiveram cesárea, algo cultural mesmo, parto normal nunca nem passou pela cabeça delas. Assim como parto na banheira nunca passou pela minha, até ler o seu texto.

    Parabéns! Ainda não planejo filhos, mas quando chegar minha hora voltarei a esse texto para inspiração.

    Beijos. Muita luz e saúde pra sua família.

  562. Talita R.    02/12/2015 - 15h58

    Que lindo seu relato, Lu! Me emocionei demais. Só desejo coisas boas para você e sua linda família.

  563. Ana Júlia    02/12/2015 - 15h59

    Lindo o seu relato! Tbm sou defensora do parto humanizado, desde que acompanhado por uma equipe experiente, capaz de intervir se houver complicações, como foi o seu!
    Mas, e o pediatra na sala de parto?? Ele é o profissional mais capacitado para assistir o bebê nos primeiros minutos de vida!
    Bjo!! E felicidades para a sua família!!!!

    • Lu Ferreira    02/12/2015 - 21h43

      Ana Júlia, estávamos em um hospital, então se fosse preciso o pediatra estaria logo ali. Mas não foi. Bia nasceu e foi direto pro meu colo, mamar. Ficou ali por quatro horas e só então foi examinada e medida ;D

  564. Beatriz A.    02/12/2015 - 16h01

    Lu, parabéns por esse relato incrível! Por dar voz para tantas mulheres, principalmente nesse momento de grande força feminina! Esse momento foi seu, da Bia e, também, do Léo como deveria acontecer em todos os partos!! Me arrepiei com o relato e chorei!
    Que a Bia traga muita alegria e amor!!

    Beijos

  565. Paula    02/12/2015 - 16h02

    Aí Lu, quanta emoção!
    Estou em lágrimas dentro do ônibus lendo seu relato. Cada dia me apaixono mais pela obstetrícia e pelo parto normal e humanizado. Quero isso para meus futuros partos e serei sempre uma defensora disso, como é lindo ver o vínculo da mãe e do bebê neste momento, como é lindo ver que não é preciso nenhuma intervenção, tudo acontece natural, perfeito, na hora certa. Esses relatos me fazem ter mais certeza da profissão que desejo seguir, ser enfermeira obstetra, para levar para outras mães a oportunidade de entender que é lindo, que é importante e que é o melhor. Fiquei acompanhando o instagram para saber o dia que a Bia nasceu, mas não imaginava que você viveria tudo isso. Me sinto mais feliz em ter acompanhado todos os diários de gravidez! Parabéns pra você e pro Léo. Que vocês sejam muito felizes, pois tenho certeza que já são país maravilhosos. Beijos

  566. Suelen    02/12/2015 - 16h02

    Lindo relato, Lu! Fico Feliz por ver você feliz. Te sigo há tantos anos… Sua felicidade é contagiante!

  567. Silvia Miyabe    02/12/2015 - 16h04

    Ai que emoção!

    Parabéns pela bebê e pelo lindo texto!

    Ainda não tenho filhos e sempre imaginei que a dor do parto fosse a mais insuportável de todas as dores, mas ao ler seu relato entendi que a hora do parto pode ser o momento mais lindo, emocionante e feliz para uma mãe.

    Você é um exemplo de grávida e mãe sem frescuras. Acompanhando sua gravidez por aqui, podemos notar o quanto foi tranquila e continuou sua vida normalmente, trabalhando (até a véspera do parto), viajando e fazendo até mudança de casa!
    Tenho certeza que isso tudo será refletido na vida da Bia, que crescerá feliz e serena.

    Que Deus abençoe sua linda família com muita saúde, paz e prosperidade!

    Beijos e Felicidades!

  568. Patricia    02/12/2015 - 16h04

    Lu! que texto maravilhoso! me segurei pra não chorar.
    desejo muuuuita saúde e felicidade pra sua família <3

    sempre fui do tipo que nunca nem cogitou fazer parto normal, até preferiria nao ter um filho a passar por tanta dor, mas depois de ler toda a sua história comecei a pensar no momento incrível e bom que deve ser!
    obrigada por compartilhar com a gente essa experiencia maravilhosa!

  569. Adriana    02/12/2015 - 16h09

    Parabéns, Lu!!!
    E obrigada pelo grande serviço que acaba de prestar à sociedade ao fazer um relato desses.
    Sei que forma opiniões e falar sobre parto humanizado dessa forma é maravilhoso para influenciar toda sua legião de seguidoras!
    Também tive um parto humanizado, mas foi em casa após uma cesárea. Impossível não militarmos. E milite sempre, é uma semente que podemos plantar num coração propício!
    Muita saúde pra vocês!!

  570. Thata    02/12/2015 - 16h12

    Parabéns Lu e Léo, acompanhando seu blog, tenho certeza de que serão pais incríveis.
    Deus abençoe vocês cada dia mais. Seja bem vinda Bia.
    Fiquei muito emocionada com seu relato e confesso que rolou uma certa inveja sabe. Tenho a Julia, hoje com 6 anos, e tive um parto cesáreo, tranquilo perto de outros por ai, mas minha filha demorou a mamar, teve problemas com a imunidade baixa e vendo hoje esse parto humanizado, creio que não teríamos alguns problemas decorrentes da cesárea. Certa vez li um relato de uma atriz sobre o parto humanizado, mas achei meio louco sabe.
    Seu relato é o mais lindo e mais real que eu já li e com certeza, caso eu tenha uma nova gestação, lembrarei de ler seu blog.
    Obrigada por arrumar um tempo de contar sua experiência.
    Que o amor de Jesus Cristo sempre guie sua família.
    Bjs Bjs

  571. Letícia    02/12/2015 - 16h12

    Luu, parabéns!! Bia é uma fofa *-*
    Estava no face e vi um vídeo sobre acalmar bebês. Lembrei de vc na hora. Bia é agitada né? haha
    http://www.youtube.com/watch?time_continue=197&v=j2C8MkY7Co8
    Um graça!

  572. Erika Souza    02/12/2015 - 16h16

    Lu, q relato lindo, chorei… Rsrs

    Foi lindo acompanhar a sua gravidez, seu empoderamento e a chegada da Bia. Ver como vcs dois participaram de tudo junto, Leo praticamente ficou grávido com vc, foi maravilhoso ter o privilégio de acompanhar um pouquinho disso tudo.
    A chegada da Bia foi mágica mesmo, com muito amor e respeito.
    Realmente todo mundo devia passar por essa experiência.

    Parabéns para vcs três, muita saúde e muito amor!!!!
    Bjo

  573. Joice Garcia    02/12/2015 - 16h18

    Estou sem palavras, simplesmente de frente pro pc , admirando a foto e muito mas muito emocionada, com sua história tão linda!! Obrigada por compartilhar conosco, de forma tão emocionante e ao mesmo tempo tão serena, esse momento único , intimo e abençoado!!Através de você Lú, conheci o parto humanizado e quando for mãe, quero ter a oportunidade que meu parto seja como esse também !!Parabéns pela linda família!! E toda felicidade do mundo!!

  574. Flávia Barbosa    02/12/2015 - 16h20

    Que coisa mais linda de ler. Estou muito feliz por essa experiência de vocês ter dado certo, e por toda a segurança que você e a Bia tiveram, Lu. Sei que não nos conhecemos pessoalmente, mas gostaria muito que você e o Leo soubessem de todo o carinho e felicidade que eu desejo a vocês. Eu ainda tenho 21 anos e está muito longe de eu ter filhos, mas espero que a minha experiência seja tão acolhedora, como a de vocês. Espero que a Bia se mantenha com muita saúde e que você e o Leo se saiam muito bem nessa nova fase!! Um beijo grande, adoro vocês, Lu! :*

  575. Laura    02/12/2015 - 16h22

    Que felicidade! Parabéns!!! Muita saúde!!!
    Sempre me emociono com relatos de parto!
    Um beijo!

  576. Tainá    02/12/2015 - 16h23

    Chorei lendo esse texto maravilhoso Lu! Você, Leo e Bia merecem todo amor do universo, sempre!

  577. Mayara Cordeiro    02/12/2015 - 16h24

    Que relato lindo, Lu! Fiquei fascinada com o parto na água desde que vi um vídeo em um curso de cuidadores de crianças do qual participei em 2008. Nem imaginava o que seria um parto humanizado, mas achei tão lindo, tão natural. Obrigada por compartilhar sua experiencia conosco. Nem sei quando terei filhos, mas já sei como quero que eles venham ao mundo.

  578. Carol    02/12/2015 - 16h24

    Apesar de acompanhar toda a sua gravidez, acho que nunca comentei um post seu… mas não consegui ficar sem comentar esse relato! Nunca tive filhos, mas quando tiver, gostaria de passar por uma experiência como a sua.. O seu texto me deixou arrepiada, emocionada e feliz! Que lindo!!!!!! Que a Bia tenha um futuro assim como seu nascimento: lindo, tranquilo e repleto de amor! Muita felicidade pra vcs!!!!!!!!!!!!!!!!!

  579. Mariana    02/12/2015 - 16h26

    Lu, muito obrigada por compartilhar esse relato com a gente! Eu tenho o pensamento muito parecido com o seu em relação ao parto e hoje, ainda longe de ter filhos, tenho a mesma ideia sobre anestesia que você tinha antes de chegar o momento. E tenho também muito medo dos hospitais que não respeitam as mães. Saber as (de certa forma) indicações das pessoas e lugares pelos quais você optou também me ajuda muito, pq, mesmo sendo de SP, meu futuro está em BH e meus filhos também serão mineirinhos! haha
    Foi um dos relatos de parto mais lindos que já li!
    Vocês são muito abençoados e muito queridos! A Bia nasceu linda, saudável, bochechuda e cheia de amor!
    Que a felicidade de vocês aumente cada dia mais com esse novo motivo para amar a vida!

    Beijos Lu, Leo e Bia ?

  580. Gabriela Oliveira    02/12/2015 - 16h27

    Foi um dos textos mais lindos que li sobre parto, amei cada detalhe! Parabéns pela linda família!

  581. JulIa    02/12/2015 - 16h27

    Não costumo comentar em lugar nenhum, mas senti uma vontade muito grande de dizer como o seu relato me deixou feliz. Sensação inexplicável; não sou mãe, não estou grávida, não penso muito em ter filhos…, mas de alguma forma esse seu post me tocou. Desejo tudo de bom para vc e para a nova pessoinha que transformou a sua vida :)

  582. Manu.EASS    02/12/2015 - 16h28

    Que história Linda!! S2… Felicidades Lu

  583. Luana    02/12/2015 - 16h29

    Que lindo!! Fiquei muito feliz por vocês!!! Que ótimo que foi como vocês tinham planejado, sem traumas… Ficou apenas a doce lembrança de algo incrível na vida de vocês!!
    Lu, obrigada por compartilhar essa experiência conosco!!

  584. clara beltran    02/12/2015 - 16h30

    Que depoimento mais bonito de se ler. Não tenho filhos ainda, mas tenho uma vontade muito grande de ser mãe, e te agradeço por compartilhar esse momento tão especial com tantas pessoas que não conhece. Você abriu meus olhos, e mostrou algo que não conseguia ver. Muito obrigada, e desejo toda saúde do mundo à sua filha! Um grande beijo

  585. Janaina    02/12/2015 - 16h31

    Lindo! Parabéns por tudo.

  586. Renata Palmeiro    02/12/2015 - 16h33

    Nunca havia lido um relato tão intenso e bonito…foi como se tivesse vivendo isso tudo com vocês!
    Sonho muito em ser mãe e tenho plena certeza que quero meu parto humanizado. Obrigada por compartilhar tudo isso com a gente…é realmente um privilégio!

  587. Cristiane Moura    02/12/2015 - 16h35

    Parabéns por compartilhar sua experiência. Estou com 24 semanas e com os mesmos pensamentos que os seus … procurando outra medica. O único problema que vejo no parto humanizado é o valor que estão cobrando !! Infelizmente não tenho condições de ir no instituto nascer, conheci a Dra. Quésia e amei, mais infelizmente hoje ela não atende mais meu plano, só no Instituto, que é pago. Nossa unica opção é encontrar um medico que atende nosso plano ou ir para o Sofia Feldman, que por não conhecer ficamos inseguros. Mais se Deus quiser vou conseguir ter minha filha da melhor maneira possível !!

    • Natássia    03/12/2015 - 14h46

      Lindo relato. Fotografei um parto la no Sofia Feldman com a mesma doula. Foi fantástico! Incrível como um hospital do Sus pode funcionar tão bem. Para quem está a procura de um parto humanizado, seguro e gratuito essa é uma excelente opção.
      Link do vídeo https://www.youtube.com/watch?v=2V7S-0ljmtM

  588. Nany    02/12/2015 - 16h42

    Que depoimento maravilhoso, Lu! Me emocionei a cada palavra que você escreveu, lindo demais. Desejo toda a felicidade do mundo pra vocês nessa nova fase. Parabéns por esse presente maravilhoso que a vida te deu. <3

  589. Cyndi    02/12/2015 - 16h43

    Lu, que texto lindo!

    Parabéns pelo nascimento da Bia!

    E obrigada por compartilhar esses momentos!

    Beijos

  590. Lidiane Oliveira    02/12/2015 - 16h44

    Qual cidade vc ganhou? qual hospital?

  591. Luana    02/12/2015 - 16h47

    Lu, fiquei emocionada com o seu relato, você é um exemplo de pessoa! Parabéns!

  592. Jessica Braçarotto    02/12/2015 - 16h50

    Emocionante! Lu você abriu meus olhos com relação ao parto humanizado, que depoimento emocionante, tenho sonho de ser mãe e assim como você vou querer ter mais conhecimento sobre o assunto! Tenho acompanhado seu trabalho e estou encantada com tamanho profissionalismo e paixão pelo que faz, parabéns …. Bjs a família

  593. Clarissa    02/12/2015 - 16h54

    Que relato lindo e emocionante!! As lágrimas rolaram soltas!!! =)
    MUITA saúde para essa família linda!

    Bjos

  594. Alê    02/12/2015 - 16h58

    Lú, que lindo seu relato! Parabéns pela coragem de lutar pela sua vontade! Me identifico muito com seu modo de pensar, tipo que é chato que fiquem chamando a gestante de “mamãezinha” e visitas nesse momento atrapalham mais que ajudam, sim acho que sou chata tb, rsrs.
    Ainda não tenho filhos e nem sei se vou ter justamente por ter medo do parto, já ouvi relatos horríveis e até inacreditáveis de partos de pessoas próximas a mim, isso me deixou com menos vontade de ter filhos, acho que se eu fosse homem e não precisasse passar por isso seria bem mais tranquilo, rsrs.
    Sou uma pessoa que gosta muito que minha vontade seja respeitada e tendo essa vontade desrespeitada durante um momento tão importante como o parto me deixa muito revoltada. Minha mãe me teve de cesárea marcada porque não queria sentir dor e desde então essa prática infelizmente virou moda no Brasil. Existe muitos obstetras preguiçosos que induzem a gestante fazer cesárea falando bobagens como depois do parto normal se perde elasticidade no canal vaginal ou, como uma amiga médica me contou, fazem episiotomia porque não querem esperar toda a dilatação e dão ocitocina sintética para aumentar as contrações. E infelizmente canais de mídia que deveriam ajudar a mudar a mentalidade da população brasileira, como as novelas da Globo, mostram o parto normal sendo feito numa sala cirúrgica, totalmente fria, cheia de luzes fortes, com o acompanhante paramentado como fosse acompanhar uma cirurgia, e a gestante de avental e toca e deitada na pior posição para o parto normal, deitada na maca com as pernas presas para cima. Quando vi o parto da Flavia Calina, que foi nos EUA, fiquei maravilhada, ela tendo a filha no quarto sendo acompanhada sem que induzissem ela a nada, na hora que ela quis ela pediu a anestesia e foi atendida. Espero que num futuro não muito longe possa ser desse jeito em todos os hospitais do Brasil, sendo do SUS ou particular.
    Por essas coisas, que relatos como o seu são cada vez mais importantes, obrigada por compartilhar esse seu momento tão especial. Desejo toda a felicidade do mundo para a pequena Bia (minha gatinha tem o mesmo nome dela e nasceu dia 21/11). Beijos!
    OBS: Se eu engravidar gostaria de ter o meu parto em casa, pois considero o hospital um ambiente frio e sei que não estaria confortável lá, porém meu marido que é médico é contra… :/
    OBS2: Amei a foto! <3

  595. Letícia    02/12/2015 - 16h59

    Dei uma choradinha de leve com seu relato.
    Eu não sou mãe, mas só de ler sobre sua experiência fiquei tocada, sério…lindo.
    Foi puro, foi um momento único da vida de vcs.
    Realmente existe muita coisa obscura sobre o parto, sobre a dor que pode rolar…mas acho que muito disso é mito e medo colocado nas mulheres para que seja feito procedimento cirúrgico sem necessidade. A gente é mais forte do que imagina. E como vc disse, é uma dor de felicidade, que vai trazer algo maravilhoso no final.
    Parabéns pra vc, foi forte, decidida e deixou sua filha nascer qdo estava preparada.
    Parabéns ao Léo tb, por estar por perto, por ter apoiar.
    Acompanho seu blog há anos, comecei a assistir os vídeos dps q vc ficou grávida, então desejo somente felicidades e muita saúde a vcs 3!
    <3

  596. Nathalie    02/12/2015 - 17h00

    Que história linda e emocionante Lu,,quase chorei. Que bom que sua esperiencia tenha sido memorável,lembro de você falando em alguns vídeos sobre como tinham partos que dava errado,e fiquei torcendo para que o seu fosse totalmente o oposto e que a Bia nascesse com saúde e trouxesse muita alegria com ela para você e o Léo que com toda certeza serão pais incríveis. Às vezes parece que eu como leitora e que te acompanho no YT e nas redes estava aí com vocês,aguardando a Bia vir,todos os diários de gravidez,comprinhas de bebê e um dos vídeos mais engraçados e emocionantes,o que vocês descobrem o sexo da Bia,amo aquele vídeo. Quase cai da cadeira quando entrei no YT e vi o vídeo ” Estamos grávidos ” vi na hora e confesso que chorei.Estava só esperando a Bia nascer e pelo que você contou no último diário no YT,atualizava o Instagram toda hora para ver se ela tinha nascido.Na quarta entrei de manhã e nada,depois me deu um estalo e resolvi abrir e lá estava a foto da bebê mais esperada e amada do YT,fiquei muito feliz,sai compartilhando?.
    Parabéns pela Bia.
    Beijos??

  597. Amanda Farias    02/12/2015 - 17h00

    To emocionada depois de ler essa experiencia descrita de uma forma tão linda e magica que não sei nem o que dizer. Lindo Lu tudo maravilhoso que Deus abençoe muito muito a Bia e que essa família seja muito feliz. ? ?

  598. Dani    02/12/2015 - 17h01

    Parabéns!
    Que relato lindo, suave e feliz!
    Tb virei militante depois do meu parte. E é um mundo paralelo mesmo, só quem se informa tem acesso.
    Uma pena a sociedade rotular tanta coisa e se manter na ignorância. Um parto respeitoso é o mínimo que toda mulher merece!!!!

  599. Cristina Gomes    02/12/2015 - 17h03

    Oi Lu! Parabéns pelo nascimento da sua princesa! Eu estava torcendo para que você fizesse um post assim, relatando seu momento. Eu ainda não tenho filhos, mas pretendo começar a tentar no próximo ano. Tenho aflição em pensar na dor do parto normal, sempre tive essa preocupação, mas relatos como o seu nos fazem encorajar e pensar mais no assunto. O duro é que nem todas as cidades tem uma estrutura boa para parto humanizado, mas torcemos para que isso mude.
    Bjss

  600. Flavia    02/12/2015 - 17h05

    Que relato emocionante, Lu!!! Obrigada por dividir a sua incrível experiência com o parto, me fez repensar esse momento que é sempre associado à dor e ao sofrimento! Histórias como a sua inspiram muito :) Felicidades com essa fofura que é a Bia. Um beijo pra vocês três!!!

  601. Franci Polo Michelon    02/12/2015 - 17h06

    Lindo, lindo, lindo! Emocionada… espero um dia ter a mesma força e persistência que você!

  602. Fabiana    02/12/2015 - 17h10

    Que relato emocionante! Quem tirou essa foto perfeita de vcs??? A mais linda ever!

  603. KARLA CARMELA    02/12/2015 - 17h14

    Que lindo seu relato Lu, muito emocionante, perfeito. Você vai fazer um post da sua experiência com amamentação, como a está sendo com silicone? Beijos pra vocês 3, muitas bênçãos

  604. Mayara Ramos Campagna    02/12/2015 - 17h16

    Luh, parabéns por ter sido abençoada com essa dádiva que é ter um filho. Sonho em ser mãe e, me identifiquei muito com seus relatos e diários. Sou sua leitora há muito tempo, mas sempre fui muito cética quanto a escrever comentários, eu não sei o quanto ele realmente chegaria até você. Mas, esse post tocou láaaa no fundo do meu coração, puxa que bom que você teve uma ótima experiência e quando eu for ter meu baby, com certeza, vou refletir sobre tudo isso que você escreveu. Tomara que eu tenha a sorte, a benção de encontrar pessoas tão especiais como essas aqui em SP quando chegar a minha vez. Que a vida seja plena, bela e feliz para você, para o Léo e para a Bia. Acho que quando temos um filho, o significado da vida, do amor…realmente se tornam eternos. Parabéns!! Adoro você. Um beijo. May Campagna.

  605. Glaucia    02/12/2015 - 17h18

    Este foi o post mais bonito que li até hoje! Parabéns para família!

  606. Tamires Nascimento    02/12/2015 - 17h20

    Lu, não tô nem perto de ser mãe, mas amei acompanhar sua gravidez. Foi tranquilizante ler o seu relato, me acalmou pra quanto chegar a minha vez!
    Deus abençoe você, o Leo e a Bia ?

  607. Malu    02/12/2015 - 17h21

    Emocionante, Lu.

    Ainda não sou mãe, mas fiquei com muita vontade de ter um parto natural.

  608. Aline Silva    02/12/2015 - 17h22

    Lu, no vídeo do seu casamento comentei(que venham muitos Leozinhos e Luluzinhas), e logo vem você em outro vídeo anunciar sua gravidez. Seu relato do parto foi lindo e agora venho aqui desejar muita saúde e bênçãos para vocês. Que Jesus e Nossa Senhora iluminem a sua família. Beijos!!!!

  609. Gleice    02/12/2015 - 17h25

    Parabéns Lu!!!
    Parto natural e o que há. Fiquei muito feliz qdo vc disse que tinha mudado de GO e agora fiquei feliz como se tivesse parido também.
    Muitas bênçãos e muito leitinho pra Bia.

  610. Nany    02/12/2015 - 17h30

    O relato mais doce que já vi ? Emocionadissima!!! Parabens e mu7tas felciidades p essa familia ???

  611. Jessica Freires    02/12/2015 - 17h38

    Oi Lu!Tudo bem lindona?Eu sou a Jessica Freires, sou sua mais nova leitora! Que coragem mulher! É lindo e tão inspirador seu relato de como você trouxe ao mundo a Bia!
    Com certeza você e o Léo já estão sendo ótimos pais!
    Desejo tudo de bom, lindo e puro pra você e sua família!
    Felicidades sempre!!!
    E um beijo carinhoso pra você, Léo e Bia.

  612. Bruna    02/12/2015 - 17h41

    Quase chorei aqui Lu!!!
    Parabéns! Achei muito lindo e inspirador seu relato ?

  613. Michelle    02/12/2015 - 17h45

    Oi Lu,
    Fiquei muito emocionada com o seu relato! Isso com certeza pode melhorar muito a visão das mulheres sobre o parto e em suas escolhas. Alguns profissionais esquecem que o corpo é da pessoa, e ela quem dita as regras. Infelizmente ainda existem muitos relatos de partos mal sucedidos e de mulheres com sequelas eternas. Muito legal da sua parte ser militante no assunto agora.
    Muito amor para você e sua família! Que a Bia seja sempre abençoada.
    Beijos,
    Michelle

  614. Adryelle    02/12/2015 - 17h50

    Lú e Léo, que emocionante acompanhar a experiência de dois país de primeira viagem, com todos seus medos, dúvidas e o melhor todo o lindo final e as resoluções das dúvidas. Meus parabeens a filha de vocês é linda, a forma com que mostraram a história de vocês para seus leitores e inscritos foi corretamente usada. Obrigada por fazer da felicidade de vocês a nossa. E no final da história aprendemos com o Léo ” quando o ambiente fica pronto para a chegada do bebe, ele virá em pouco tempo ” Lú você zombou dele e nos ficamos aqui torcendo isso isso isso ! Haha

    Um grande beijo enorme pra família fiquem com Deus

  615. Laura Larre Borges    02/12/2015 - 17h52

    Emocionante, Lu!
    Um dia quero passar por isso tb porque acredito muito nessa forma de parto!
    Seja feliz!
    <3

  616. Tatiana Ferreira    02/12/2015 - 17h58

    Parabéns Lu, muita saúde pra Bia e muitas alegrias pra essa nova família. Nasceu uma mãe, um pai e uma criança linda. Foi muito legal ver seu empoderamento. Também desejo isso á todas as mulheres e a cada criança. Esse respeito faz toda diferença!

  617. Gabriella    02/12/2015 - 17h58

    Lú e Léo… Parabéns pelo nascimento da Bia… Lindo relato. Estou emocionada.
    Bem-vindos ao maior amor do mundo…
    Bj

  618. Luisa    02/12/2015 - 18h00

    Oi Lu.
    Sou apaixonada pelos seus vídeos e pelo modo como você enxerga a vida. Me identifico muito com suas idéias e me inspiro muito com os seus dizeres imperfeitos. Obrigada por compartilhar com a gente a sua vida e agora a Bia. Estava com saudades. Beijos.

  619. Alana Nogueira    02/12/2015 - 18h01

    Lu, obrigada por nos presentear com este texto. Ele é lindo, é sincero e cheio de energias boas. Foi emocionante do começo ao fim, e quando me aproximei da parte em que a Bia aparece, de fato, não contive as lágrimas.
    Tenho 24 anos, sou redatora em uma agência e não tenho filhos, nem estou grávida. Mas é impossível não me envolver com essa tua história, já que acompanho parte da tua vida no blog. Né? Só sei que o dia que eu engravidar, vou querer ter uma experiência tão feliz quanto a tua! E até mesmo a banheira, agora pode virar uma opção.

    Mais uma vez, obrigada por compartilhar com a gente. A foto é incrível, o texto é de calar. E suspirar!
    Desejo a você, Leo e Bia, toda a saúde do mundo para viverem grandes alegrias juntos. Porque amor, vocês já têm de sobra e é inspiradora a sintonia de vocês!

    Um abraço!

  620. Fernanda    02/12/2015 - 18h04

    Menina, que notícia boa!! Que bom que saiu tudo bem e melhor do que o esperado!! :D
    Post maravilhoso, viu? Não só pela boa nova, mas também porque é um verdadeiro incentivo pra todo mundo que não sabe o parto que quer ter. Honestamente, eu mesma sempre tive uma visão horrível do parto normal, pelos relatos horríveis e monstruosos que as pessoas fazem… E eu nem considerava essa ideia pra quando eu for ser mãe, mas lendo esse post, realmente deu uma pontinha de felicidade por saber que parto normal pode ser uma coisa boa e uma das coisas mais lindas que fazem parte do processo da vida.

  621. Ana Carolina    02/12/2015 - 18h05

    LUUUUU!!!!! Não vale fazer as leitoras chorarem tanto de emoção… pelo que vi não fui a única.

    Acompanhei todos os diários da gravidez e é incrível ver você falando do seu parto! Quando vi a foto de vocês na banheira parei e pensei: Meu Deussss a Lu vez o parto na banheira (a mais intima né)
    Foi indescritível a sensação de felicidade por você. Ler o seu relato detalhadamente me fez pensar: Poxa vida, é isso mesmo o que eu quero para minha gestação (porém só daqui á alguns aninhos. :( tenho só 21 hahahaha)

    Lu, mais uma vez parabéns! Se a Biazinha veio tão bochechudinha como você descreveu no minimo ela será um tanto simpática como você…

    Todas as energias positivas á sua família, á vocês três!!!!
    Um beijo com carinho :*

  622. Eloisa Maia    02/12/2015 - 18h05

    Lu, me emocionei com esse texto sobre o seu parto, muito lindo! Parabéns pra você e pro Léo e muita saúde pra Bia!

  623. Cris    02/12/2015 - 18h11

    Parabéns Luh!
    Fico muito feliz por tudo ter ocorrido de forma tão mágica. É lindo saber que a vida da Bia já começou assim! E foi maravilhoso ler que o Leo estava com você durante esse momento.
    Esse parto na banheira é espetacular. Toda vez que ouço sobre ele, acho lindo!
    Só acho importante ressaltar que deve ser feito com profissionais perto e que a mãe sempre tem outra escolha. Acho que o fez muita diferença para você é saber que você poderia ter a anestesia se quisesse, poderia ir para a banheira se quisesse, poderia ficar na posição que quisesse… Acho de extrema importância que a mãe lembre que sempre pode escolher entre as opções que não afetem a saúde dela mesma e do bebê.

    Desejo que seu post sirva de inspiração para muitas mães e que essa magia do nascimento, das primeiras horas, perdure por muitos anos.

    Parabéns Família!
    Feliz Natal para vocês três!
    Um Ano Novo com muitas descobertas da Bia!!

  624. Priscila    02/12/2015 - 18h14

    Lu, Parabéns pra você e p/ o Léo!!! A Bia é linda!
    Estou tão feliz com esse relato, tão feliz por muitas seguidoras tomarem conhecimento do parto natural/humanizado. É o melhor para mãe e bebê, a criança nasce no tempo certo, quando está preparada para vir ao mundo e não é preciso interferência, a mulher sabe parir…o corpo é fantástico, você sente vontade de fazer força e o bebê simplesmente nasce!
    Sempre gostei de você, seu jeito de escrever, estilo, temos o mesmo formato de rosto, te admirava como profissional, mas hoje te admiro como mulher!
    Uma lua de leite maravilhosa pra você, curta muito esse momento, aproveita porque passa muito rápido…. Não precisa ter pressa pra atualizar blog, instagram, snap porque esse momento é único, tenho certeza que suas seguidoras terão paciência.

    Que Deus os abençoe mais e mais! Muita saúde e felicidades!
    Beijos, Pri

  625. Karine Goncalves    02/12/2015 - 18h15

    Lu, li o texto com o olho cheio de lágrimas…Te acompanho há anos, desde que eu era acadêmica de medicina e você tinha o cabelo curto. Dei vários plantões com a Dra Quesia no internato de Ginecologia e Obstetricia, e ela sempre foi uma fofa, com um projeto lindo (o Instituto tava nascendo), com um calendário fofo com todas as gestantes e as datas mais prováveis de parto; quando ela estaria sempre no sobreaviso e pronta pra atendê-las…Enfim, parabéns pela coragem, pela escolha de obstetra (uma fofa, querida!)!
    Boa sorte e toda a torcida e energia positiva pra vocês!

  626. Raquel    02/12/2015 - 18h22

    Lu, parabens! Me emocionei com o relato! Mas fico preocupada com a militância. Achei vc coerente em todos os diarios e em todos os relatos, inclusive o do seu lindo parto. No entanto, eu, como medica, estou percebendo que muitas vezes, nao sempre, a militância tende a radicalidade. E mulheres perdem o direito de escolha. Assim como elas devem ter a escolha de um parto normal, elas tambem podem escolher a cesarea sem serem julgadas por isso. Sou super a favor do parto normal, mas a radicalidade faz forçar partos que nao precisavam ser forçados, nos faz atender criancas sequeladas que nao precisavam ter sofrido por isso… só isso que acho. Fora isso, quero parto normal para mim tbm! Se tudo correr bem, claro!

    • Lu Ferreira    02/12/2015 - 21h36

      Ei Raquel,

      Sou super a favor da escolha. Não julgo ninguém, afinal é uma coisa muito pessoal, envolve muita coisa e acho que o importante é a mãe estar segura, o bebê nascer bem e a lembrança do parto positiva. Tenho certeza que meu parto só foi tranquilo assim pq tinha certeza que minhas escolhas seriam respeitadas, quaisquer fossem elas =)

  627. Júlia Bulhões    02/12/2015 - 18h27

    Nossa Lu que texto mais lindo!! Estou emocionada com essa experiência tão mágica, parabéns pela sua atitude de nos contar e fico feliz de você estar informando tantas pessoas sobre o parto humanizado, que como você falou deveria ser o unico a existir. Espero daqui a uns anos vivenciar essa magia também. Sua familia é linda e muito amada pelas suas leitoras. Obrigado por dividir conosco sua gravidez, sinto como se uma amiga proxima tivesse tido uma filha linda e bochechuda, beijos

  628. Paula Nery    02/12/2015 - 18h28

    Lu, Léo e, agora, Bia li o texto bem mais cedo e ensaiei um comentário, mas percebi que mesmo que eu dissesse coisas lindas e emocionantes inspiradas em seu texto,nada vai ser tão maravilhoso quanto esse momento que você viveu. Só posso dizer que, como de costume, olhei a foto antes de recorrer ao texto e … Li suas palavras na imagem. Engraçado como o elo é construído sem nunca ter convivido com vocês ou se quer visto passando na rua. Parabéns por tudo e sua filha é linda, mas isso vocês já sabem.

  629. Karlla Honorio    02/12/2015 - 18h31

    Luuuuuu, sua lindaaa *–*
    Acho que este é o meu primeiro comentario em um blog na vida HAHAHA Acompanho vocês a anooos haviam poucos post’s lembro que gostei tanto que li todos os que haviam HAHAHA
    Desde então sempre entro no blog.

    Este é o post sem sombras de duvidas mais lindo que já li por aqui e dizer de todos os que já li entre este e outros, você descreveu a maternidade de tal forma que consegui me sentir no seu lugar, a emoção, ansiedade, felicidade… Minha vó sempre disse: Quando nasce uma criança, não nasce uma mãe junto, nasce um novo ser, novas formas e metricas ao mundo.
    Ainda não sou mãe, mas já li tanto pesquiso, parto humanizado é que sempre quis espero ter condições físicas para conseguir.

    Que a Bia encha cada dia mais sua vida de luz, um filho é uma dadiva de Deus!

  630. Thaís Alcará    02/12/2015 - 18h35

    Meu Deus, Lu! Que relato estupendo!!! Eu estava ansiosa esperando um post que contasse sobre esse momento e foi uma surpresa magnífica agora saber com detalhes sobre o seu parto! Que grande experiência, muito inspiradora e emocionante, não consegui conter as lágrimas! Maravilhoso… Que sua família continue sendo muito abençoada, cheia de saúde e alegrias!! Um grande beijo!

  631. Adriane Gerhardt    02/12/2015 - 18h39

    Simplesmente lindooo, choreii o texto todo, consegui sentir a tua sensação se isso seria possível?! Lu, Leo e Bia, eu amo vocês e admiro demais o trabalho da Lu e agora essa família linda está completa com a chegada da princesa. Desejo a vocês só coisas boas. Bjsss

  632. Patrícia Oliveira    02/12/2015 - 18h40

    Quanto amor :) Texto lindo Luh!
    Emocionei-me :’)
    Desejo tudo de bom para vocês três, muita paz, saúde, alegria, enfim tudo de bom :)
    beijos enormes de Portugal

  633. Karine Martins Ribeiro    02/12/2015 - 18h50

    Esse foi o relato de parto mais lindo que já li. -Caiu um cisco no meu olho- Não penso em ter filhos por agora mas com certeza quando engravidar quero um parto humanizado. Parabéns Lu e Leo, e seja muito bem vinda linda Bia. Que seus passos sejam sempre iluminados e que vocês sejam mais e mais felizes. Amo vocês!!!

  634. cris    02/12/2015 - 18h50

    Realmente emocionante!! Pena que a cesariana também existe e é o único caminho quando as coisas não vão bem.. Como no meu parto de emergência. Eu com 39 semanas e 6 dias, esperando o parto normal, fui surpreendida com o ultrasson que indicava sofrimento fetal. Depois da correria meu filho nasceu bem, graças à cesariana. Bjs

  635. Mônica Barbosa    02/12/2015 - 18h50

    Faz muito tempo que não leio algo tão emocionante, tão tocante.
    É muito bonito ler e perceber nessa leitura todo o sentimento humano de amor, desprendimento, ternura e sinceridade. Quando digo “sentimento humano”, é que não consigo achar uma palavra que se encaixe melhor nessa pequeno e emocionante relato real de um parto feliz e verdaeiramente humano, no todo sentido literal da palavra.
    Parabens pela coragem do parto humanizado, infelizmente ele não é muito divulgado e acredito (mesmo não sendo mãe) que seja o melhor para a mãe e o bebê.
    Eu espero que voce possa ajudar a muitas mães com este relato lindo. Quero agradecer por dividir este momento intimo conosco (leitores), muito obrigada.

  636. Safire Pires    02/12/2015 - 18h52

    Você sempre foi minha blogueira favorita, Lu. E depois desse post e de todo caminho que você percorreu durante a gravidez, em busca de um parto humanizado, meu carinho e admiração por você só aumentaram! Tenho certeza que você e Léo serão os melhores pais que a Bia poderia ter. Desejo toda felicidade do mundo pra vocês e espero um dia (daqui alguns anos haha) ter um parto tão lindo quanto o seu.

  637. Sarah Berberte    02/12/2015 - 18h53

    Uau Lu!!! Esse texto, essa foto que fala, nossa… sem palavras! Obrigada por compartilhar conosco esse momento tão lindo. Não vejo a hora do vídeo em que vc irá apresentar a Bia. Sua família é muito amada. Bjs

  638. Karoline Berrondo    02/12/2015 - 18h59

    Nossa, Lu! Que relato mais lindo, mais emocionante! Tô arrepiada até agora! :O Infelizmente meu filho nasceu por meio de cesária, era nova tive medo e ninguém pra me instruir a optar pelo parto humanizado. Se pudesse voltar no tempo, com certeza proporcionaria esse modo maravilhoso de vir ao mundo ao meu filho. Que sua família continue linda e cheia de alegrias! Muita saúde e sucesso a essa bebê fofíssima! Beijos.

  639. Diana    02/12/2015 - 19h11

    Lu, que lindo o seu relato!
    Estou beeem longe de ter filhos mas, definitivamente, quero que o meu seja emocionante e especial assim como foi o seu.
    Conheço o canal do youtube e o blog a pouco tempo mas já não consigo me desgrudar.
    Você fazem um trabalho incrível. Felicidades e muita saúde. <3

  640. Anne    02/12/2015 - 19h13

    Nossa … EMOCIONADA..
    Lu vc me surpreendeu positivamente ..
    Nossa como vc foi forte .. guerreiraaa
    Esse relato foi o melhor que já li ..
    Tenho dois filhos de parto “normal” cheio de intervenções …e já li muitos relatos ..
    Gente como vc tem a sensibilidade de tocar nossos corações … Não só no blog .. mas no canal no insta ..
    Te admiro DEMAAAIS DA CONTA …
    Fique com Deus .. Fique bem .. bjs ..
    Sua admiradora nada secreta ;)

  641. Caroline Cecilie    02/12/2015 - 19h19

    Lu, que felicidade ler seu relato, e que engraçado… Sou Doula e quando tive acesso ao seu primeiro texto que comentava sobre a mudança de obstetra eu pensei “Ixi, bichinho no parto humanizado vai picar a Lu”, mas sabia eu que já tinha picado. Depois a cada Diário que você falava que as pessoas tinham uma ideia equivocada de parto humanizado eu pensava “que maravilhosa uma blogueira famosa, formadora de opinião, compartilhando essa informação de um jeito tão sutil e bacana”. Quando em algum vídeo você comentei que usaria anestesia, eu pensei eu deixar um comentário explicando as intervenções que podem vir depois da anestesia e o impacto dela no ambiente e no nascimento, mas desisti porque pensei “ela está bem assistida e há algumas portas que só se abrem por dentro e aos pouquinhos”… Torci muito para seu parto ser uma experiência super positiva pois sabia que se fosse, você desejaria isso pra qualquer mulher, e hoje fiquei imensamente feliz de ver que foi. Tenho certeza que essa experiência não só transformou você como mãe, mas como mulher e como ser humano. Depois que temos contato com esse mundo, nos tornamos muito mais empáticos com os outros e com nós mesmos, nos tornamos mais HUMANOS. Parabéns pela sua família, Lu. Continuamos (agora juntas) na luta pelo parto com respeito! Beijinhos e uma ótima lua de leite!

  642. Daniel Alves    02/12/2015 - 19h32

    Parabéns infinitos a você e ao seu marido. Parabéns pela coragem de mudar de médico e parabéns pelo seu interesse em buscar informação! Você deu um exemplo para muitos, ativismo por ativismo não resolve nada, mas atitudes como a sua de tomar a escolha que não são as “convencionais” e ter a mente aberta a outras opções, como no caso da anestesia e da banheira, são o que muda a situação atual dos partos no brasil.

  643. Ligia Moreira    02/12/2015 - 19h32

    Oi lu, que relato lindo, que nova história de vida linda que se inicia! Desejo que Deus abençoe muito essa família, com muito amor, alegria, harmonia e paz!
    Um super beijo, foi emocionante!

  644. Malú Loiola    02/12/2015 - 19h44

    O que dizer desse ralato tão especial, repleto de amor! Sou grata por existirem pessoas como vocês nesse mundo! obrigada por dividir com a gente a fase mais especial da vida!

  645. Vanessa    02/12/2015 - 19h48

    Parabéns Lu e Léo! Seu relato foi super detalhado e emocionante…estou de 7 meses e não vejo a hora do meu Lorenzo chegar…que Deus abençoe essa linda família ??

    Beijos,
    Vanessa

  646. Raque    02/12/2015 - 19h49

    Lu, que lindo! Maravilhoso seu relato, me emocionei!
    Tenho um filho de 9 anos e o parto foi normal. Durante os três primeiros anos, não conseguia lembrar do dia sem me arrepiar inteira, parecia que tava sentindo a dor de novo. Foi uma experiência difícil, mas hoje é motivo de orgulho. Quero ter outro filho e penso no parto humanizado. Acredito que nosso corpo está preparado pra isso, preciso apenas preparar a mente.
    Parabéns pela Bia! Acompanho vocês por aqui e pelas redes sociais e torço muito para que a família de vocês continue assim, linda, feliz, com essa luz que conseguimos perceber, mesmo pela tela do computador. Os melhores anos da sua vida chegaram, ter uma criança em casa é maravilhoso.
    Beijo grande pra você, Léo e Bia :)

  647. Raquel    02/12/2015 - 19h55

    Nossa chorei muitoooooo! Que história linda! Lendo esse texto lindo, lembrei de toda sua trajetória. Da sua evolução, na sua vida pessoal, profissional. O quanto é merecedora. O quão felizes são. Sejam felizes vc, Leo e bia fofa. Estou louca pra vê-lá com a galocha de patinho.

  648. Camila Valeriano    02/12/2015 - 19h56

    Boa noite Lu,

    eu não tenho filhos (e nem a previsão de tê-los num futuro próximo), mas acompanhei todos os seus diários, assim como acompanho todos os seus vídeos e posts faz um tempo. Nunca comentei aqui, mas me senti na obrigação de fazer.
    Todo relato de parto humanizado me toca de uma forma que não sei explicar. Talvez seja a vontade louca de ser mãe e ter um parto assim, mas a sua descrição me tocou MUITO. Pensei em até não ler, pois sabia que a quantidade de lágrima derramada seria absurda HAHA Me senti como uma tia, lendo o relato do nascimento de uma sobrinha muito amada!
    Fico feliz que você conseguiu ter um parto mais perfeito do que ser possível.
    Fico mega feliz em ver o Leo participando de tudo como se ele fosse parir.
    Fiquei hiper feliz em ver que a Bia é linda, saudável e que espalha amor dessa forma!
    Desculpa o textão HAHAHA mas foi inevitável!
    Muito amor e saúde para família inteira (pais, tias/os, avós).

    Bjks.

    ps: li todos as “” com voz de dramatização dos vídeos AHAHAH

  649. Ana    02/12/2015 - 20h01

    Puxa!!! Maravilhoso seu relato! Te acompanho a tanto tempo por aqui e nunca comento, mas, esse post mereceu: meus Parabéns! Parabéns pra você, para o Léo que esteve e está do seu lado. Ah, se mais crianças viessem ao mundo assim…!!! bjs

  650. Carol    02/12/2015 - 20h08

    Quando vc anunciou sua gravidez eu imaginava que vc faria cesarea, daí vc fez o primeiro video respondendo perguntas sobre a gravidez dizendo que queria parto normal e eu tive uma grata surpresa. Vc não sabe como mudou, amadureceu de uns anos pra cá. Sua saída do fhits te tornou mais madura, menos futil e com mais credibilidade também. Até o conteúdo do blog mudou. Pra melhor, é claro! Eu sempre gostei do blog, mas agora eu o vejo mais como uma revista eletrônica do que um blog pessoal. Voltando ao assunto do parto qdo eu comecei a ler agora tudo que você passou e todas as suas escolhas eu fiquei chocada! Não imaginava que vc teria essa coragem (?) toda! Eu confesso que estou mto surpresa por vc ter passado por isso tudo sem anestesia, com essa tranquilidade toda. Vai incentivar mtas meninas, eu inclusive, a pensarem melhor sobre o tipo de parto que escolhemos ou que mtas vezes deixamos que escolham para nós e para nossos filhos. Mto amor pra vocês 3 e obrigada por compartilharem conosco tudo isso. <3

  651. Caroline Fernanda    02/12/2015 - 20h08

    Oii Chata de Galocha , sou sua seguidora a algum tempo , assisto todos os seus vídeos , confesso que o meu vídeo preferido é aquele em que você e o leo estão falando da chegada da pequena chatinha de galocha a baby mini como você mesma fala , desde então te acompanho em todos os vídeos do diário da gravidez , e a cada diário eu ficava feliz em ver a felicidade de vocês , em ver a família linda que vocês são hoje , e isso me inspira todas as dicas da sua gravidez eu vo levar comigo pois sei que se um dia eu ficar gravida vou ser igual a você , um beijo enorme para essa família linda e adorada por todos , e te desejo Parabéns por essa princesa linda que você trouxe ao mundo . Um beijo da sua leitora sua fã Caroline Fernanda .

  652. Carolina Conti    02/12/2015 - 20h13

    O post mais emocionante de todos!!! Foto maravilhosa… muitas e muitas felicidades!!!

  653. Malu    02/12/2015 - 20h14

    Lu,
    Quer matar do coração? To chorando por um relato de alguém que conheço somente na internet. Como é linda a sua estória! Ao longo destes anos seguindo o blog, o maior post escrito tinha que ser esse, meu Deus que seja abençoada a sua jornada Bia e eu sabia que este Leo veio pra ficar e te melhorar de todas as formas que o amor faz. Felicidade é isso, o simples o natural. Bjokas minha linda.

  654. Carolina Marcon    02/12/2015 - 20h18

    Chorei…chorei e chorei…
    Lindo depoimento Lu, mais do que emocionante, motivador! Quando ficar grávida tb quero meu parto humanizado.
    E quero desejar boas vindas à Bia, que Deus lhe conceda muita saúde e que vcs três sejam abençoados com muito amor e paz!
    Um grande beijo de quem admira seu trabalho e sua história há anos e agora também virei fã dessa fofura, a mini mini!
    Fiquem com Deus
    Carol

  655. Carlinha    02/12/2015 - 20h19

    Lú, me emocionei demais lendo o seu relato… Porque torci demais para que vocês pudessem viver esse momento do jeitinho que viveram, porque sou mãe e sei a sensação indescritível que é receber o filho nos braços (e tudo mais encantador que vem dai em diante!), porque gosto demais de você (única blogueira que escolhi acompanhar, pois tem conteúdo, é interessante, inteligente, simpática, etc.), porque sei o alcance que essas suas palavras podem ter, chegando a muitas jovens, ajudando-as a encaminhar melhor as próprias experiências… Lindo demais… Parabéns!! Muito beijos, com todo carinho…

  656. Erika    02/12/2015 - 20h20

    Lu! Fiquei encantada com seu relato, você descreveu tudo que eu sempre imaginei e fico alimentando na minha cabeça quando penso em engravidar (espero que o pensamento se materialize nos próximos dois anos). Mas fiquei com uma dúvida, o Instituto é particular, correto? O parto foi em um hospital “indicado” pelo Instituto, ou você escolheu e a equipe te acompanhou na hora do parto? Pq o Sohpia só atende pelo SUS né? Um beijo enorme!

    • Lu Ferreira    02/12/2015 - 21h32

      Isso, o Instituto é particular! Mas eu podia escolher qual maternidade queria, dentre as que a minha obstetra atende. Nós que escolhemos e a equipe (no caso a médica e a doula) foram até lá =)

  657. Sofia Caetano    02/12/2015 - 20h22

    OMG… Que texto lindo, informativo, bem descritivo, inspirador e muito fofo, como você! Adorei. Adorei aprender coisas novas e adorei conhecer uma boa experiência é muito inspiradora! Linda!!!!

  658. Priscilla Fogiato    02/12/2015 - 20h22

    Muito muito incrível você compartilhar tudo isso. Muito emocionante, Lu. Que coisa mais linda do mundo! Parabéns a vocês três, às três pessoas incríveis que os ajudaram no dia 25. Que a Bia traga ainda mais alegria para vocês, sempre. Obrigada por compartilhar isso tudo <3

  659. Rayane Cândido    02/12/2015 - 20h23

    Que lindo!! Parabéns por essa bênção de Deus… Que vc e o Leo sejam muito felizes com a pequena Bia… Que Deus abençoe muuito a sua família… bjus ?

  660. Leticia    02/12/2015 - 20h24

    Que maravilha! Parabéns, muita saúde e muitas alegrias!
    Uma dúvida Lu, como funciona a Doula, você tem que “contratar” com antecedência? Ela tem q ser parceira da obstetra? Tipo indicação? Tem que passar com consulta com ela também? Conte mais sobre essa profissão, achei genial! Acho que o que fez a diferença no seu parto foi a informação, vc estava preparada. A gente só tem medo daquilo que a gente não conhece, né! Parabéns pelo seu profissionalismo, bjbj

  661. Juliana Delabeneta    02/12/2015 - 20h29

    Lu eu acompanho desde o início sua gravidez e a Bia veio no dia 25 de novembro no dia do meu aniversário rs. Que texto lindo e emocionante… E eu lembro em um vídeo que você só ia ser chamada de mamãe quando a Bia nascesse RS então parabéns mamãe Lu Ferreira só desejo coisas boas a nova família. Que parto emocionante ficou impossível segurar a emoção sou a favor do parto humanizado é agora que o bebê escolhe vim! Parabéns beiiiijos ????

  662. Fernanda    02/12/2015 - 20h31

    Parabéns… Lu!
    Muita saúde, paz, amor… pra você, Léo e Bia, uma família linda, Deus abençoe. Estou feliz por vocês.
    Foi muito bom você abordar sobre o parto humanizado aqui no blog e no YouTube, aprendi muito com você. Infelizmente é um assunto pouco abordado, e sim agora concordo ainda mais com você que é o único que deveria existir e que somente urgências iriam para cesária. Parabéns… Muitas Felicidades… Um abraço…

  663. Jul    02/12/2015 - 20h31

    Meu Deus! Que coisa mais linda, eu pude imaginar com clareza cada detalhe do parto. Parabéns, saúde, sabedoria e muito amor para vocês.

  664. Ana Paula    02/12/2015 - 20h35

    Lindo… impossível não se emocionar com esse relato! Boa lua de leite pra vcs :*

  665. Renata Ávila    02/12/2015 - 20h40

    Obrigada por compartilhar sua experiência tão íntima e especial, que pode ajudar tantas mulheres. Lindo relato. Bem-vinda Bia e saúde pra família. Bjo!

  666. Mariana Bezerra    02/12/2015 - 20h40

    Lu, que texto lindo, que mensagem linda… Impossível ler esse seu relato e não se emocionar, logo eu que sempre tive medo desse momento, não estou grávida (ainda) mas a gente ler tantos relatos tristes e dolorosos desse momento que pensamos logo em quão doloroso e sofrido deve ser, e o medo é inevitável. Esse seu post me faz ter esperança e me inspira em pensar diferente e BUSCAR algo diferente para esse momento, quando for minha hora. Obrigada por dividir conosco a sua experiência e parabéns pela Bia.

  667. Flávia P.    02/12/2015 - 20h52

    MINHA NOSSA!!!!!! Que relato MAIS EMOCIONANTE!!!!
    Estou sem palavras!
    Obrigada por compartilhar essa experiência tão mágica….. tão linda….
    Muita luz pra vcs!

  668. Flávia    02/12/2015 - 20h57

    Parabéns, vcs são uns lindos e merecem toda essa felicidade. Bjs

  669. Caroline Ciofi    02/12/2015 - 21h01

    lágrimas nos olhos… amo relatos de parto! vc nunca vai esquecer essa sensação da primeira troca de olhares, é mágico!!! que vc inspire muitas mulheres, para que realidades de violência obstétrica sejam transformadas!

  670. Fernanda    02/12/2015 - 21h06

    Lu, eu estou emocionada com seu relato de parto. Minha filh nasceu de cezarea, mas antes disse tive um aborto espontaneo e sofri muito antes de colocar pra fora! Por esse motivo tinha pvor da minha filha nascer de prto normal, ela encaixou no quinto mês. Graças à Deus, meu prto foi perfeito e no pós sem dor alguma. Estou feliz de ler o que vc escreveu e na minha segunda gravidez vou procurar sim o prto humanizado!! Tomara que aqui na minha cidade exista!!!
    Sejam felizes demais e que a Bia traga mais amor pra sua vida!!!
    ?????

  671. Jussara    02/12/2015 - 21h11

    Acompanhou seu blog diariamente, muitas e muitas vez chorei de rir com seus videos. Mas hoje foi diferente, chorei ao ler sobre seu parto. E uma bencao uma muller poder por no mundo uma nova vida. Que a Bia ten ha uma vida iluminada , com muita saude e cheia de momentos maravilhosos. Abracos Jussara

  672. Nayara    02/12/2015 - 21h12

    Que relato lindo!!!!! Me emocionei muito e olha que sempre tive um medo quando me falavam de parto natural, kkkkkkk É bom saber que aos poucos as mulheres estão mudando e procurando outras opções e relatos assim só ajudam a mostrar como esse momento pode ser mágico! Parabéns pela chegada da filhota, que é linda, parabéns pela família e parabéns pela escolha do parto e por dividir essa experiencia! Que esse seja apenas o começo de uma história fantástica e maravilhosa, a história da Bia!

  673. Ana Paula Götz    02/12/2015 - 21h13

    Lu querida acompanhei a distancia sua gestação mandando sempre muitas vibrações de amor e carinho pra vcs todos. Fiquei muito emocionada com seu relato!!!

    Seus vídeos sobre a gestação me ajudaram (e ajudam ainda) demais! Sou muito grata!

    Ler seu relato foi a cereja de um bolo feliz! <3

    Toda felicidade do mundo para essa família linda.

    Um grande abraço!

  674. Cristiana    02/12/2015 - 21h14

    Parabenssss!
    Texto lindo. Atitude corajosa.

  675. Daiana Leripio    02/12/2015 - 21h16

    Impossível não se emocionar. Lágrimas de alegria! Bem vinda Bia! Saúde e que você seja muito feliz!

  676. Vanessa    02/12/2015 - 21h18

    Que linda história Lu…com certeza vou pensar na possibilidade do parto normal depois de ouvir sua história…obrigada…Bem vinda Bia!!! =DDD parabens pra vcss!

    bjss

  677. Rafaela    02/12/2015 - 21h18

    Nossa que emocionante!! Parabéns pela Bia!! Que vcs sejam mais que felizes!!
    Tenho 2 filhos lindos (Isabela e Rafael) e posso te dizer: é AMOR que não tem adjetivos…

  678. Mara Souza    02/12/2015 - 21h19

    Lú que emocionante ler seu relato! Que Deus abenço, vc , Léo e Bia infinitamente…

  679. Caroliny Eduarda Gonçalves    02/12/2015 - 21h33

    Aí Lu , fiquei tão feliz quando a Bia nasceu, contava os segundos para ver como ela seria , que bom que você está bem , ela e o Léo também! Que Deus abençoe sempre essa família linda. E que a Bia seja sempre espoletinha igual na barriga , quem diria que um Bebezinho me faria ver deu canal né?! Seja Bem-vinda baby Bia. #minimini

  680. Gabriela    02/12/2015 - 21h35

    Maravilhoso! Tudo o que Deus faz é perfeito.

  681. Bruna    02/12/2015 - 21h38

    Lu, primeiramente Parabéns pelo nascimento da Bia e pela garra do parto natural. Acredito que o parto humanizado fará com que você enfrente as dificuldades desse primeiro mês com muito mais força. Aliás, a experiência fará de vc uma pessoa muito mais valente.
    Comigo também aconteceu o mesmo. A minha filha Rafaella veio ao mundo há 4 meses ao som de Lenine e via parto natural.
    Felicidades! Curta mto cada minuto.
    E obrigada por compartilhar conosco seu relato.

  682. Day    02/12/2015 - 21h53

    Oi Lu querida! Parabéns a ti, Leo e toda a família pela chegada da Bia. Que relato inspirador. Sou médica, não tenho filhos e nem pretendo. Mas sempre fui fervorosamente a favor do parto cesárea, não pela questão de sentir dor, muito pelo contrário. Eu sempre soube que, para a mãe, a recuperação da cesariana é muito mais difícil e dolorosa que a do parto normal, informação essa pouquíssimo divulgada, aliás. Sempre foi uma opinião baseada na segurança do bebê, já que existem, sim, muitos riscos associados ao parto normal quando não bem conduzido. Mas eu tinha a concepção de que valeria a pena ter subtraída toda a emoção do que você descreveu em troca de mais segurança para o bebê.
    Sem falar que eu sempre achei essa história de banheira alternativa demais para o meu gosto, hehe! Que estupidez! Se sou a primeira a adorar uma imersão para relaxar e soltar a musculatura e a tensão depois de um dia de trabalho…
    Mas como não se emocionar? Como não desejar a cada mãe o mesmo sentimento que você viveu? Eu realmente desconhecia uma estrutura de parto humanizado dentro de uma maternidade convencional. Porque sigo convicta de que é fundamental ter toda a estrutura de socorro imediatamente à disposição. Parabéns por ter vivido tudo isso de forma tão intensa, com coragem mas também totalmente respaldada para a segurança da Bia. Obrigada por compartilhar esse momento tão íntimo de forma tão honesta e emocionante. Que isso nos permita reivindicar essa experiência para outras mulheres, mesmo as menos favorecidas financeiramente.
    E um abraço mais do que especial ao Leo. Meu marido é o homem mais maravilhoso, mas não sei se encararia tudo isso com tanta coragem e serenidade.
    Parabéns mais uma vez e obrigada. Torço que a vida abençoe demais a tua família, e em especial tua pequena Bia : D

  683. Marina Géa    02/12/2015 - 21h58

    Confesso que comecei a ler o seu texto com um certo preconceito, Lu (por motivos pessoais e que não vem ao caso). Eu faço medicina e apesar de ainda não ter estudado ginecologia e obstetrícia é uma área que me interessa muito! Com tudo o que já aprendi na faculdade (apesar de ser pouco) sempre concordei com as opiniões sobre parto normal, com anestesia, e cesárea em casos de risco para a mãe ou neném. Os outros tipos de parto sempre achei meio “natureba” e confesso que agora percebo que talvez tenha sido por pura ignorância e falta de conhecimento mesmo! Comecei seu texto com preconceito e terminei chorando rs. O jeito que você descreveu todo o processo me fez querer conhecer mais sobre os tipos de parto, as fases, todo o processo. Me fez perceber também que eu estava errada sobre uma coisa que sempre pensei que no parto normal as consequências já eram mínimas: o” trauma”psicológico para o bebê. Mas o jeito como você relatou a Bia vindo ao mundo me deu um nó na cabeça rs. Na hora que li que ela não chorou pensei: “será possível mesmo?”. O fato dela ter permanecido nos seus braços depois do processo todo me impressionou. Me passou a impressão de ter sido um momento muito tranquilo e feliz pra vocês duas. Apesar de estar longe de ser mãe penso muito sobre como quero viver essa experiência, e esse seu texto me fez querer conhecer mais sobre todo o processo, não só por pensar na minha própria experiência . mas também na de todas as pacientes que eu venha a atender caso siga essa carreira. Já te admirava muito como profissional e pessoa e agora admiro ainda mais. Desejo o melhor pra vocês três e toda a saúde, felicidade e amor do mundo pra Bia ! Obrigada pelo seu texto :)

  684. Talita Almeida    02/12/2015 - 22h01

    Lu, que post mais lindo!
    Quase chorei lendo algumas partes para o meu marido.
    Pretendo ter um bb em 2017.. E confesso que a visão de parto é todo o contrário do que foi para você. Sem dúvida vc é uma inspiração para que eu me informe bem como vc fez. Com ctz.. Todos os partos deveriam ter o desfecho lindo que o seu teve.
    Fiquei emocionada. É o post mais lindo que você escreveu.
    Parabéns pela sua coragem.
    Fiquem com Deus ???

  685. Bruna Araújo    02/12/2015 - 22h04

    Meu Deus do Céu, que lindo!!! ? ???
    Nunca me emocionei tanto com um post.
    Que relato mais lindo, mais cheio de amor.
    Lu, que Jesus abençoe imensamente a sua família. E que esta nova fase de sua vida seja repleta de descobertas incríveis e momentos marcantes como foi o seu parto.
    Realmente mudou o meu conceito sobre parto, sobre o que eu achava que sabia sobre ele.
    E me deixou super feliz saber que em BH temos esta possibilidade. (RS).
    Beijão para você, Léo e Bia. ?

  686. Milena    02/12/2015 - 22h06

    Parabéns lu… acompanhei todos os diários e estou convencida do parto humanizado… linda experiência.

  687. Kátia    02/12/2015 - 22h08

    Parabéns Lu! Que felicidade! Tive dois em casa, sempre digo que não podia passar por essa vida sem ter essa experiência. Muito feliz por ti! Bjs e bem a vinda Boa! Parabéns para o Léo tb, ter o apoio do parceiro faz a diferença, e aposto que ele curtiu muito. Bjs

  688. Kátia    02/12/2015 - 22h11

    *bem vinda Bia!

  689. Júlia    02/12/2015 - 22h12

    Maravilhoso. Parabéns, Lu. Tinha certeza que tu conseguiria ter o parto normal. A Bia é linda. A cara da mãe.

  690. Carolina Vilella    02/12/2015 - 22h13

    Oi Lu, que lindo seu texto.
    Fiquei super emocionada. Eu tenho apenas 3 meses de casada e ainda não me sinto pronta para ter filhos, mas vivo pensando nisso e essa noite mesmo sonhei que adotei uma criança.
    Minha mãe me teve de parto normal e eu sempre achei muito melhor do que a cesárea (tenho pouco conhecimento sobre o assunto). Eu já fiz uma cirurgia para retirada de um ovário e talvez existam restrições ao meu parto (quem sabe em 3 anos?!!).
    O seu relato me fez querer pesquisar muito, muito sobre o parto humanizado.

    Meus parabéns pelo que escreveu, mas principalmente pela filhota linda e saudável.
    Toda a felicidade do mundo para vocês três e curta muito a Bia.

    Beijos!

  691. Carina    02/12/2015 - 22h28

    Luh, que emoção ler o seu relato de parto! Eu acompanhei todos os seus diários de gravidez vibrando com cada passo seu dado rumo ao parto humanizado! Através de suas palavras lembrei de meu parto ocorrido há um pouco mais de 8 meses. Toda mulher deveria ter o direito de viver essa experiência mágica! Me arrepio só de lembrar!
    Muito leitinho e saúde para vocês! É clichê, mas curta cada momento, passa tão rápido! ;)

  692. Amanda Miyamoto    02/12/2015 - 22h29

    Uau Lu! Amo o seu blog, te acompanho a muito tempo e entrei em êxtase junto com vocês quando soube da gravidez.
    Estou no quarto ano de medicina e muito se fala sobre o parto humanizado, porém aula nenhuma havia me ensinado tanto, até ler este relato! Que maravilhoso! Fiquei arrepiada com a história! Parabéns!!

  693. Michelle Dall'Acqua    02/12/2015 - 22h29

    Que relato maravilhoso. Eu tinha preconceito pelo parto humanizado e vc me abriu os olhos. Eu estava realmente com um pré conceito e errado. Nao estou grávida ainda mas ja escolhi como será o meu parto: humanizado!
    Um grande bjo!

  694. Luma Magalhães    02/12/2015 - 22h32

    Luh, me emocionei de verdade lendo o texto! Quando terminei senti uma lagrima rolando no rosto! Se um dia eu for mãe quero poder ter uma experiência tão linda e humana como a sua! Parabéns pelo nascimento da Bia! Que Deus abençoe ricamente sua família (que agora cresceu)! Beijokas!

  695. Lea    02/12/2015 - 22h34

    Que delicadeza seu relato…fiquei emocionada! Que maravilhoso seria se todas tivéssemos uma experiência tão maravilhosa. Eu não tive, acredito que a grande maioria também não. Estou feliz por você!

  696. Adeline    02/12/2015 - 22h35

    Lu, sempre te acompanhei por ser um blog de beleza e moda… não estou grávida e nem pretendo engravidar tão logo. Mas mesmo assim acompanhei o diário da gravidez e sempre achei muito legal a sua posição e como levava a gravidez. É lindo ver como vc e o Leo são apaixonados. Hoje, lendo a história do parto me emocionei. Passei pro meu namorado ler o parágrafo do nascimento e também se emocionou. Obrigada por compartilhar conosco a sua experiência e transmitir a sua emoção. Desejamos muitas alegrias, luz e saúde para a família. Especialmente para a pequena Bia.
    Obrigada
    Adeline c s Dal Prá

  697. Gizela    02/12/2015 - 22h36

    Lu, lindo o seu relato! A foto então… sem comentários! Uma coisa que me admira muito em você e, ao mesmo me inspira, é a sua postura decidida, como se enxergasse tudo com muita clareza e objetividade. Concordo plenamente com a sua colocação: boa parte dos nossos medos vem do desconhecimento. Informação é tudo! Muito legal acompanhar sua experiência, compartilhada de uma forma tão doce… Super beijo pra vocês!

  698. Aline Veras    02/12/2015 - 22h37

    Não tem nada mais emocionante, consigo sentir a alegria, a emoção. Saber que tudo foi tão lindo. Todo dia desde que a Bia nasceu vou no Instagram da Lu pra olhar pra quelas bochechas gostosas. Só desejo muitas felicidades e muita luz sempre !

  699. Maíra Trintinalia    02/12/2015 - 22h49

    Lindo texto e linda imagem! Reflete muito o momento de vocês! Felicidades Lu!

  700. Jamile Sousa    02/12/2015 - 22h51

    Impossível não se emocionar. Sou tão feliz pela vida de vocês, e grata, por ter a oportunidade de sempre tá aprendendo o melhor que vocês nos proporciona. Felicidade Lu, que as bênção de Deus sejam imensurável na sua vida e de sua família! ??

  701. Marjana Valim    02/12/2015 - 22h52

    Eu não leio a respeito disso geralmente, mas fiquei emocionada com a maneira como tu descreveste este momento único na vida de vocês. Incrível!
    Parabéns Lu e Leo! Que Bia continue trazendo novas alegrias a cada dia para vocês!