Carregando...
Lifestyle

Nunca se apaixone por escritores

30.06.2016
Marcella Brafman


Escritores são seres humanos incríveis. E apaixonantes. E sempre, sempre apaixonados por alguma coisa – entre uma paixão e outra, uma inspiração e outra. Entenda: pra eles, têm coisa que só sai por escrito. Sem querer puxar sardinha para o meu lado escritora, já me apaixonei por outros escritores e sei o quanto eles são únicos.
Eles escrevem sobre seus amigos, família e principalmente, sobre o próprio coração. Quando se apaixonam, criam histórias mirabolantes e estão sempre inventando onde não tem. Se prepare.

Quando publiquei meu primeiro livro, as pessoas me perguntavam: “é sobre você?” e eu respondi diversas vezes “não, é sobre a minha personagem”. Eu não conseguia admitir que eu não sou a Mikaela, mas a Mikaela é um pouco (muito) de mim. Minha primeira personagem é uma mistureba das minhas amigas, conhecidas, primas e até mãe. Já o Felipe, o amor dela, a mesma coisa. É uma mistura de quem eu amo hoje com quem já amei há dez anos atrás e várias pessoas que nunca passaram na minha vida. Entendeu o quanto é louco? O escritor inventa até o que não conhece. Eu fui honesta e avisei todo mundo: ó, conviver comigo enquanto eu escrevo livro poderia ser perigoso, hehe. Perguntei várias vezes para as amigas “nossa, adorei esse caso, posso usar?”.

Escritores ficam obsessivos por palavras. Conseguem sentar na frente do computador por horas e só param para fazer xixi. Ficamos irritados se algo interrompe uma grande ideia. Sabe quando os nossos dedos ficam frenéticos no teclado? Esse é o pior momento para interromper.

Não existe meio termo. Escritores disparam a escrever quando estão caindo de amor ou caindo aos pedaços. Somos péssimos em discussões de relacionamento, mas profissionais em fazer “textão” em brigas por mensagem. Escrevemos cartas que nunca serão enviadas e desabafos no bloco de notas que dariam músicas.
Colocar em palavras dá um alívio danado.

Nunca se apaixone por alguém que escreva se você não quer que outras pessoas leiam um pouco da sua história. O coração do escritor é o seu laboratório. A grande inspiração é tudo aquilo que está dentro dele. Você vai aparecer nas nossas histórias. Sabe quando você acha que é você naquele texto? É você.

10 Comentários  |  Deixar Comentários

Comentários:
  1. mila    30/06/2016 - 18h02

    “Escritores disparam a escrever quando estão caindo de amor ou caindo aos pedaços. Somos péssimos em discussões de relacionamento, mas profissionais em fazer “textão” em brigas por mensagem. Escrevemos cartas que nunca serão enviadas e desabafos no bloco de notas que dariam músicas.”, melhor definição para mim mesma. Adorei o texto, Marcella.

  2. Mônyka Echeverria    30/06/2016 - 20h29

    caraaaaaaaa, isso é muito verdade kkk tudo o que vivo com namoro, amigos, família… TUDO vira texto kkk e a melhor coisa é poder escrever um monte de coisa que eu queria falar para um monte de gente.. mas que na verdade eles nunca vão saber por que vai estar em algum caderninho meu que eu espero que nunca seja lido. Muitas revelações por la kk

  3. Zilandra Batista Rodrigues    30/06/2016 - 23h39

    ahahhhh
    eu ameiiii o post
    muito top
    O coração do escritor é o seu laboratório.AMEI

  4. Juliana    01/07/2016 - 05h56

    “Se um escritor se apaixonar por você, você nunca morrerá”
    Adorei o texto, Marcella! Lindo, lindo!
    Beijos

    http://madamebr.com

  5. Marcela (Mar)    02/07/2016 - 14h00

    E quando uma escritora se apaixona por um escritor (que por obra do acaso temos o mesmo nome e os mesmos exageros)? Tem ideia da bagunça que isso dá? Porque olha, estou vivendo isso no momento e é tanta carga emocional que carrego que já completou 30 páginas de baboseiras no Word. Meu bloco de notas do celular nunca esteve antes tão movimentado. Meu Spotify é todo de músicas que lembram ele. E ele se foi. Faz uma semana e ele se foi e o Word está aberto para eu descarregar tudo que sinto em excesso.

  6. Mim    04/07/2016 - 11h56

    Nossa, amei esse texto.
    É muita verdade, nunca me apaixonei por escritores, mas sou escritora, então sei bem ver muitas verdades aí!

    http://www.mimiquices.com/

  7. Melissa Meoreira    08/07/2016 - 19h01

    Nossa que post lindo, falou totalmente a verdade, está corretíssima, embora agora eu esteja um pouco pensativa sobre o futuro haha “O coração do escritor é o seu laboratório”Que frase linda! Fiquei curiosa, será que todo mundo que tem um escritor dentro de si, já nasce assim? Amei o seu blog Flor, BEIJÃO!

  8. suellen    12/07/2016 - 13h03

    ¨Somos péssimos em discussões de relacionamento, mas profissionais em fazer “textão” em brigas por mensagem. Escrevemos cartas que nunca serão enviadas e desabafos no bloco de notas que dariam músicas.”

    Adorei o texto. Sempre fui muito melhor escrevendo do que falando, todas as vergonhas e falta de assunto somem quando estou escrevendo. E tenho milhares de textos sobre assuntos do cotidiano que não tenho
    coragem de contar para ninguém., e inventar personagens funciona muito. Meu bloco de notas vive lotado. Escrever é sempre muito libertador.

  9. Cássia    12/07/2016 - 16h22

    Não sou escritora, apesar de fazer emails enooormes durante alguns momentos da minha vida, e deixá los lá como rascunho, relendo vez ou outro e muitas das vezes me sentindo O Drama em pessoa.
    E particularmente não entendo essa implicância que certas pessoas tem com isso. Só observar como a Taylor Swift é criticada por sempre escrever sobre sua vida ou de pessoas próximas, seja ela amorosa ou não.
    Dou graças por existirem pessoas que conseguem expressar seus sentimentos e momentos em palavras. Conseguem tornar físico coisas que eu não consigo, e que muitas vezes preciso pra conseguir “explicar” o que está acontecendo comigo.

  10. João Pedro Kans    04/01/2017 - 17h01

    Agradeço-lhe por nos detalhar tão bem! Obrigado, assim fica claro, pra todo mundo..

Meu episódio favorito até hoje de #ModaSemChatice acabou de entrar no canal! Vem comigo ver 5 tendências pro próximo verão: youtube.com/luferreira 🖤
Mais sobre Lifestyle