Beleza, Compras, publieditorial

Black friday na L’Occitane au Brésil

A gente escuta falar de um monte de ofertas de Black Friday, mas sabe o que eu acho que realmente vale a pena nessa época? Focar em marcas que a gente sempre deseja que estejam com boas promoções e também aproveitar pra adiantar alguns presentes antes da loucura de dezembro!
lab2

L’Occitane au Brésil é uma das minhas marcas favoritas de cosméticos, as linhas são deliciosas e as embalagens são lindas! E o site está cheio de promoções legais, tanto pra renovar o estoque em casa quanto para presentear as amigas. Alguns dos best sellers da marca, como as linhas Capim-Limão, Olinda, Dama da Noite, Cana-de-Açúcar e alguns dos últimos lançamentos, como Presente Cumaru, Presente Fragrâncias Águas do Brasil e Presente Banho e Hidratação Caju estão com até 30% off no site.
lab1
Outra promo que eu achei ótima é que escolhendo 4 produtos do mesmo segmento você só paga por 3. Eu sou apaixonada pelos cremes de mãos da marca e taí a oportunidade de ter estoque por mais tempo gastando menos! Também dá pra garantir a lembrancinha das amigas comprando três composições de presente e levando a quarta de graça.

Um kit bem cheiroso é certeza de agradar no presente, né? Não conheço quem não curta um mimo para cuidar um pouquinho de si! As promoções estão rolando no site e além de tudo ainda dá pra parcelar em até 10x sem juros e ainda levar em qualquer compra 2 amostras grátisClica aqui pra aproveitar ;D

Blog Chata de Galocha

Bolo Pink Lemonade | O Chef e a Chata

pinklemonade
Essa semana é o aniversário da Bia e claro que não perderíamos a oportunidade de fazer um bolo, né? Um bolo colorido, com cara de festa, pra comemorar o primeiro aninho da pequena =)

Ingredientes:

massa:
6 ovos
140 ml (1/2 xícara + 2 colheres de sopa) de leite
100 ml (1/2 xícara – 2 colheres de sopa) de óleo
200 g (1 xícara e 1/2) de açúcar demerara ou cristal
300 g (2 xícaras e 1/2) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de baunilha
raspas de 1 limão
corante alimentar rosa

recheio:
100 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
450 g de cream cheese em temperatura ambiente
90 g (1/2 xícara) de açúcar cristal
2 colheres (sopa) de mel
suco de 1 limão

calda:
100 ml (1/2 xícara) de água
suco de ½ limão
50 g (1/3 de xícara) de açúcar

Framboesas (ou outra fruta vermelha) para decorar

pinklemonade2
Preparo:

Comece pelo bolo: unte 3 formas de 18 cm de diâmetro com manteiga e enfarinhe. Pré-aqueça o forno a 180ºC. Misture os ovos, o leite e o óleo. Em seguida misture o açúcar e as raspas do limão. Peneire a farinha e o fermento, junte à mistura e mexa bem. Pingue um pouco do corante e misture, colocando mais pouco a pouco, se necessário, até dar a cor desejada. Divida a massa nas 3 formas. Leve para assar por aproximadamente 20 a 25 minutos ou até que o palitinho saia limpo. Retire do forno e deixe esfriar. Quando estiver morno, desenforme os bolos e deixe-os repousando sobre uma gradinha.
Enquanto o bolo assa, prepare o recheio: coloque todos os ingredientes no bowl da batedeira e bata até que a mistura fique homogênea. Prepare também a calda: numa panelinha coloque o açúcar e a água e leve para ferver. Assim que o açúcar estiver completamente dissolvido, desligue.
Montagem: Acerte os topos dos bolos e, com um aro (usamos um de 17 cm), retire as laterais para que o bolo fique mais bonito. Coloque um bolo como base. Pincele um pouco de calda e esparrame uma fina camada de recheio. Coloque as framboesas formando a lateral do recheio e, com a ajuda de um saco de confeitar, recheie o bolo com 1/3 do creme. Cubra com outro bolo e repita o procedimento. Finalize com mais creme e framboesas. Leve para gelar por pelo menos 1 hora antes de servir.

pinklemonade3

Quando fizer essa receita, não esqueça de postar no instagram com a #ochefeachata pra gente ver! Aproveite pra se inscrever no canal e assistir aos videos primeiro.

Europa, Gastronomia, Inglaterra, Londres, Viagem

Restaurantes em Londres

Por mais que eu tenha mania de repetir meus lugares favoritos quando visito novamente uma cidade, dessa vez que estive em Londres me obriguei a conhecer lugares diferentes (tá, repeti UM lugar, hahah). Vem ver porque voltamos rolando e anota aí se você está com planos de visitar a cidade:
bobbob

Nossa primeira noite em Londres foi com jantar no Bob Bob Ricard, um restaurante maravilhoso mas que eu só conhecia por um detalhe: o botão “Press for Champagne”, que claro, eu apertei, hahah! Mas Bob é bem mais que o (fantástico) botão. O ambiente é maravilhoso, uma coisa vagão de trem de luxo de antigamente, sabe? Muita textura, luz baixa e todas as mesas são “booths”, o que eu amo.
Depois de apertar o botão do champagne um garçom magicamente aparece do seu lado (demorou 1 segundo, JURO! Eu assustei e comecei a rir do meu susto) e explica as opções da casa. Pedimos duas taças de Ayala rosé e fiquei toda feliz, hahah!
Na hora do jantar pedimos o Vareniki de batata trufada (?£11.50) de entrada e OMG! Gente, eu nunca tinha comido comida russa além do strogonoff (bom, da nossa versão, heheh!) e fiquei bem interessada depois desse jantar! Meu prato foi o Frango Kiev (?£24.50) e mais uma vez me surpreendi, que delícia! Ficou perfeito acompanhado do milho doce (?£4.95), que foi a sugestão da garçonete.
No site tem o menu completo então dá pra se programar e não ter sustos na hora da conta.

oxo

O Oxo Tower Restaurant foi uma supresa maravilhosa: escolhemos por conta da vista (ele tem um janelão lindo e uma varanda, que funciona no verão) e depois de provar a comida a vista virou detalhe!
Estava friozinho e por isso escolhi sopa de lentilha (£9) de entrada. Adoro sopa de lentilha, mas nunca havia provado uma tão diferente! Ela tinha um creme no meio que tinha um sabor refrescante, me lembrou capim limão… Nossa, muito diferente e gostoso, perfeito pro clima. Meu prato principal foi fillet com purê de couve flor e trufas (£38), e rolou uma mini emoção ao ver as lascas de trufas no prato, hahaha, nunca tinha comido. Nossa, eu tava muito boa na escolha esse dia, hahah, era delicioso. Leo comeu um roast típico inglês e também amou.
Outra coisa legal do Oxo Tower é que o sommelier é brasileiro e muito simpático. Fomos super bem atendidos (bom, mas eu nunca reclamei de nenhum atendimento em Londres, é impressionante como sabem atender!) e saímos felizes. Também dá pra ver o cardápio completo antes de ir, aqui.

shoryu

Já contei que eu e Leo somos malucos por ramen e sempre damos um jeito de conhecer algum, né? Em Londres fomos no Shoryu Ramen, um lugar pequeno e simpático, com atendimento eficiente e sem frescuras. Gente: MELHOR RAMEN! Hahah, é que em Barcelona (onde estávamos antes de seguir a Londres) ficamos decepcionados com o que fomos, então foi aquela felicidade na hora que provamos, hahah! Eu pedi o Origin Tonkotsu (£9.50), só com cebolinha, barriga de porco e cogumelos e gente, pra quê mais? Hahaha! O brodo desse ramen é indecente, tempero perfeito! Leo pediu o Kimchi Seafood Tonkotsu (£14.50) e também amou. Eu cheguei a pedir mais carne como extra mas é bobagem, coisa de gente gulosa, não precisa. Dá pra conhecer o menu aqui.

pret

Se tem uma coisa que eu AMO em Londres é o tal do chá da tarde!! Que invenção ótima! Eu amo chá, mas amo ainda mais quando o tal afternoon tea é um champagne afternoon tea, hahaha! Fomos no Prêt a Portea do The Berkeley Hotel, hotel onde nos hospedamos, e foi ainda mais gostoso do que eu lembrava (esse é o restaurante repetido!). O conceito desse chá é muito fofo, é um chá que os docinhos são inspirados nas últimas coleções desfiladas na London Fashion Week. No nosso caso era uma edição comemorativa dos 10 anos do Prêt a Portea (£52 por pessoa com tudo) e por isso a seleção diferente (aquelas que justifica a bolsa Moschino heheh).
Você escolhe um chá para a parte salgada e aí recebe um pratinho com vários tipos de mini sanduíches: tem de salmão, frango, vegetariano… Quando acaba eles perguntam se você quer repetir algum, o que é muito tentador (sério, delícia), mas a segunda parte é tão farta que é melhor não, heheh! Depois dos sanduichinhos vem aquela torre fofa, com três pratos em um suporte, e um monte de docinhos: bolos, cremes, eclairs… Tem de tudo! É tudo pequenininho, então dá pra provar sem se empanturrar =) O mais gostoso é que o ambiente é muito agradável e a gente não sente a menor pressa, sabe? É uma espécie de ritual… Enfim, amo chá da tarde e sempre que vou a Londres marco um pra conhecer. O do The Berkeley é ótimo e um dos mais originais. Dá pra saber mais no site e se eu fosse você não marcava jantar pro mesmo dia do chá, heheh!

wagamama

Sabe aquele lugar rápido, fácil e com preço bom? Wagamama! Você vai ver várias unidades na cidade do restaurante, que é um asiático meio fast food. Adivinha o que comemos? Ramen, hahah! Fomos no que fica em frente à London Tower, no dia mais frio que enfrentamos por lá! Não tem nada mais gostoso do que sopa quentinha no frio heheh!
Pedi um Gyoza de pato de entrada e amei, picante na medida e com um molhinho bem gostoso. O ramen estava bom, mas depois de provar o do Shoryu é até sacanagem comparar, heheh! Se eu fosse resumir, diria que a comida do Wagamama é gostosinha. Boa opção quando estiver com pouco tempo pra comer mas não quiser apelar pra um sanduíche, sabe?
peggy
E pra terminar o post, uma opção gracinha de onde comer sobremesa! A Peggy Porschen é uma confeiteira bem famosa por lá e a loja dela é um amor!! Tudo rosa claro, com mil biscoitos nas prateleiras e uma vitrine cheia de bolos e cupcakes. Provei o cupcake de chocolate com caramelo salgado, o bolo de baunilha com frutas vermelhas e esse do meio que é meio um bronwie com mil coisas: avelãs, pistache, marshmallow..! Tudo acompanhado de chá, claro. Adorei os bolos e a loja, muito bonitinha. O site deles é uma coisa também, e dá pra encomendar bolos caso alguém vá fazer aniversário durante a viagem ;D

Aff, escrever esses posts é uma tortura, hahah! Se você estiver indo pra Londres, aqui tem um roteiro para quatro dias na cidade, aqui mais dicas de restaurantes e aqui tem mais posts com experiências que já vivi por lá.

Moda, Video

Pantacourt | Moda sem chatice

pantacourt3
Uma das tendências mais polêmicas dos últimos tempos tem nome chique: vocês curtem as pantacourts? Pantacourts são as calças amplas que acabam no meio da canela – na minha cabeça o nome faz todo sentido porque elas bem lembram pantalonas curtas mesmo!
pantacourt1
Eu curti a tendência e mesmo ouvindo muitas vezes que o modelo achata – e eu já sou naturalmente achatada, né – uso feliz da vida! A peça é elegante e deixa o look mais sofisticado sem muito esforço, e o melhor – é super confortável!
pantacourt2
Outra coisa que me faz gostar da tendência é a versatilidade: a pantacourt funciona bem no ambiente de trabalho (com o bônus de atualizar o look careta) e em ocasiões mais informais. Mas assim, informais MESMO, tipo no restaurante na beira da praia, heheh!

Se a história de encurtar a silhueta te incomodar é só usar a peça com truques que alongam: scarpins são os melhores modelos de sapatos pra isso, mas tudo que seja nude e sem tiras grossas no tornozelo ajuda. Outra dica alongadora é usar a pantacourt com sapatos da mesma cor – o olhar nem vai perceber que a calça parou ali no meio da canela! Seguindo a mesma lógica, blusas da mesma cor da calça também ajudam a criar a ilusão de alguns centímetros a mais.

pantacourt4Se você não ligar pra isso tenta combinar a pantacourt com oxfords, tênis e flatforms – fica super moderno e confortável! Estou amando usar as pantacourts, e vocês?

compre