Europa, Inglaterra, Londres, Viagem

Londres para Chatos de Galocha – roteiro para 4 dias na cidade!

Já escrevi um roteirinho para NY e outro para Paris, e estava devendo o de Londres (e o de Milãooo, eu sei!). Londres é uma das cidades que mais visitei fora do Brasil, mas ainda não cansei, viu? Hahah! Já fui a passeio e a trabalho e tive a sorte de ter sido convidada pelo órgão de turismo da Grã Bretanha para uma viagem até lá no início desse ano, então já conheci a cidade de várias maneiras.

londres

Posso começar falando uma coisa: acho quatro dias em Londres pouco! Se você puder, passe no mínimo uma semana por lá, você não vai enjoar! Mas o desafio é montar um roteiro legal para pouco tempo, então se você só tiver quatro dias, eis uma sugestão:

londres1
Eu sempre gosto de chegar e já ir vendo o principal ponto da cidade, pra sentir que cheguei mesmo, sabe? No caso de Londres é o Big Ben, né? Acorde cedo e desça na estação Westminster, pra sair bem em frente à ele. Gaste um tempinho nas fotos e então siga para a Westminster Abbey, a igreja da realeza. Quer se animar pode pagar uma taxa e visitar o interior.

Não demore! Às 11 da manhã acontece a troca da guarda do Buckingham Palace e a ideia é caminhar pelo St James Park até lá, então fique na igreja até umas 10 da manhã para então seguir para o palácio (pertinho!). Verifique antes no site se a troca vai acontecer naquele dia (eles alteram o calendário de acordo com as estações do ano), hein? Depois você pode visitar a lojinha do palácio que fica na lateral esquerda, na The Queen’s Gallery. Os souvenirs são bem divertidos!

londres2

pcruciatti / Shutterstock.com

Quando acabar você deve estar com fome, né? Hora de ir até o Borough Market para passear e almoçar! Pegue a Jubilee line em Green Park e desça na estação London Bridge. O mercado é uma graça e tem mil opções de comidinhas, escolha a sua e aproveite o passeio!

Depois do mercado é hora de ver a cidade de cima: London Eye! Compre os ingressos antes, pela internet, assim você pega uma fila mais tranquila e com hora marcada. O passeio dura meia hora e é lindo! Pra chegar lá é só pegar a mesma Jubille line e descer em Waterloo.

Pra fechar o dia, eu jantaria num restaurante bem legal! Aqui tem posts sobre alguns que já fui na cidade, escolha o que parecer mais bacana e não deixe de fazer reserva! Uma coisa importante é que a tal pontualidade britânica é séria, viu?? Não se atrase!

londres3

Bikeworldtravel

Comece o dia em Portobello Market, no meio de Notting Hill. Aos sábados o mercado é maior e mais cheio, mas durante a semana também dá pra aproveitar as lojinhas e algumas banquinhas que aparecem por ali. Reserve algumas horas para passear com calma e explorar cada lojinha, tem muita coisa legal!

Quando se cansar de Portobello vá para a região de Covent Garden. A ideia é almoçar por ali (sugiro o Jamie’s Italian, preço legal e comida gostosa!) e depois seguir para o mercado, que hoje tem lojas como Apple Store, Burberry e Chanel beauty, Accessorize… Tem muita coisa pra ver! Passeie pelos corredores e aproveite para fazer algumas compras por ali.

londres4

Ron Ellis / Shutterstock.com

Depois de Covent Garden siga em direção à Trafalgar Square, uma praça enorme que tem ao fundo a National Gallery, um museu que tem obras de artistas como Monet, Cézanne, Rembrant… Depois do museu é hora de provar uma tradição inglesa – o chá da tarde!

Eu AMO o chá da tarde, que sempre vem acompanhado de sanduichinhos frios, scones (um pão doce inglês que eu sou apaixonada, com geléia e cream então… Nhammm!) e docinhos. Quase sempre existe a opção de um champagne tea, que te dá direito a uma tacinha de champagne também, heheh! Gosto do chá da Fortnum & Mason, loja de departamentos super tradicional, e também o do The Connaught Hotel. Faça reservas! Ah, e não se engane: come-se muito num chá, heheh, não vai dar pra jantar depois!

londres5

Pedro Rufo / Shutterstock.com

O dia começa no V&A, o museu que acho mais legal na cidade! O motivo é o acervo de moda e design, já fui em exposições muito legais por lá! Vale checar quais estão rolando antes de ir. Eu também adoro o pátio desse museu, então se quiser tomar café ao ar livre, deixe para comer quando chegar até lá, o ambiente é bem gostoso.

Depois do V&A você vai até o Spitalfields Market. Se estiver na cidade em um domingo deixe para fazer a dobradinha Spitalfields + Brick Lane, mas se for dia de semana dá pra passear no mercado fechado também. Depois de rodar pelas lojinhas e barracas, é hora de almoçar! Vá ao Poppies, um dos fish & chips mais famosos da cidade! A loja fica em frente ao Spitalfields Market e é uma gracinha, a comida é gostosa e rápida.

Assim que acabar de almoçar acho divertido dar um pulo em Camden Town! Foi lá que o movimento punk apareceu e também era a região onde Amy Whinehouse morava, tem até uma estátua dela em um dos mercados! O lugar é interessante, com lojas diferentes e mercados enormes, dá pra gastar um bom tempo passeando e comprando!

londres6

Beata Aldridge / Shutterstock.com

Comece o último dia do nosso roteiro começa na Tower of London, uma construção liiinda! Dá pra visitar as jóias da coroa e também aproveitar para conhecer a Tower Bridge, uma das mais lindas que já vi! Aproveite o passeio e tire muitas fotos, porque no resto do dia não teremos mais atrações turísticas… Vamos às compras!

Londres é um dos lugares mais legais para se fazer compras – não pelo preço, não se anime, a cidade é bem cara – mas pela quantidade de lojas legais que encontramos por lá. Comece pela Oxford Street e vá descendo em direção à Oxford Circus, o cruzamento com a Regent Street. Na Oxford você encontra a Primark, Selfridges, Forever 21, Zara e todas as fast fashions possíveis! Não deixe de ir até a loja da Topshop (que fica um pouco além do cruzamento com a Regent), ela é enormeeee! E quando passar pela lojinha micro do Ben’s Cookies compre alguns. Não caia na besteira de comprar um só, é delicioso e você vai se arrepender, hahah! Depois entre na Regent e vá descendo, aqui a minha loja favorita é a Liberty – adoro a seleção de peças deles! Mas também tem &Other Stories, Karl Lagerfeld… Se você caminhar tudo você ainda conhece Picadilly Circus, outro ponto turístico, mas eu duvido, tenho certeza que você não vai resistir às lojas, heheh!

Algumas observações: Londres é uma cidade cara, inclusive o transporte. Avalie bem se vai valer a pena pegar o metrô, estando em grupo muitas vezes vale encarar um táxi (tem que andar no black cab pelo menos uma vez!). Existe um tipo de táxi mais barato, que você pede pelo telefone ou mensagem, o mini cab (não chame por eles na rua, pode ser perigoso!), muito mais barato. Você consegue reservar através desse site.

Não deixe de ler os outros posts sobre Londres no blog! Aqui tem todos e aqui tem o link para um video que mostra vários dos passeios que recomendo no roteiro! Quem tiver mais dicas de passeios legais na cidade conta aqui embaixo!

Moda, Viagem

Como NÃO se vestir para viajar de avião

Por mais que vira e mexe embarque num avião, eu sou uma pessoa voada (hahah) e mesmo tendo experiência acabo usando algumas coisas que definitivamente não funcionam em viagens, principalmente se o voo for longo. Essa listinha é pra ajudar quem está de viagem marcada e também pra me lembrar que na próxima viagem, nada de:

roupaclara
Roupa clara
De vez em quando invento de viajar de camiseta clara (eu tenho um uniforme de viagem que inclui uma camiseta longa!) e 90% das vezes que uso, me arrependo. Eu sou meio desastrada, mas convenhamos que não é difícil sujar a roupa comendo apertadinha no avião! Fora que depois de umas 10 horas de voo + 5 de aeroporto você merece um prêmio se sair impecável, hahaha! Prefira peças escuras, no máximo um cinza mescla, senão a sujeira fica muito visível, não dá!

salto
Sapato de salto ou difícil de tirar
Isso eu nunca fiz, pegar voo longo de salto NÃO dá! Aliás, mesmo os curtinhos não recomendo, os pés costumam inchar e ninguém merece sapato apertado AND de salto! E sobre serem difíceis de tirar, lembre que antes de embarcar você vai passar pela segurança e muitas vezes é necessário tirar os sapatos para que eles passem no raio x. Não tem nada mais irritante do que ter que tirar mil fivelas, desamarrar um monte de cadarços pra assim que passar pela máquina ter que refazer tudo!! Minha dica? Vai de sapatilha! Sapatilha, slip on, mocassim… Qualquer sapato que você tire sem nem olhar, sabe como?

colar
Muitos balangandãs
Minha roupa de viagem é bem simples e muitas vezes acho que fica meio boba, basicona, sabe? E nessas acabo inventando de colocar anéis, pulseiras, colar… Só que não dá pra viajar com esse tanto de acessório, as mãos incham, o colar atrapalha na hora de dormir, as pulseiras marcam os braços… Pense bem antes de escolher o acessório do look! Quer uma sugestão? Um bom lenço! Bonito, levanta o look e ainda ajuda a proteger contra o frio do avião =)

jaqueta
Esquecer a jaqueta
Falando do frio… Aeroportos e aviões são muito imprevisíveis, mas são grandes as chances de você ter que se proteger do ar condicionado voraz! Já gripei feio porque meu voo atrasou e o aeroporto estava vazio de madrugada com o ar no talo, ou seja: um iglu!! Nunca viaje sem pelo menos uma jaqueta com você, por mais quente que esteja o local de origem e a previsão do destino!! Ah, e já que estamos falando de frio, coloca uma meia bem quentinha na mala de mão também, tornozelo gelado atrapalha a dormir hahah!

calcas
Calça apertada
Eu vejo algumas pessoas viajando de jeans e não sei como conseguem, qualquer coisa apertada me incomoda depois de algumas horas! Então escolha bem a calça que vai ser sua segunda pele por tanto tempo! Eu viajo de legging, sempre! Não consigo usar outra coisa, conforto em primeiro lugar!

Alguma outra dica pra escolher o look perfeito pro avião? Me conta aqui nos comentários!

Links da Semana, Site Bacana

Links da semana: viajando pelo mundo

Uma das melhores coisas da vida é compartilhar momentos especiais com pessoas queridas, e foi desse pensamento que surgiu o Para vovó Zu. Um Instagram que serve de espaço para a Lu mostrar para sua avó tudo que ela tem vivido na sua viagem de volta ao mundo. Mais fofo impossível, né? Vem ver:
L1
1. Para vovó Zu

L2
2. Top 10 hamburgueres do Rio

L3
3. O fim dos diálogos *

L4
4. 20 viagens de trem para se fazer pelo menos uma vez na vida

L5
5. Vocês lembram da blogueira Tavi Gevinson? *

L6
6. Shopping não é lazer

L7
7. Para inspirar: a história da Vanessa

L8
8. Eurotrip: Vinícolas na Toscana

L9
9. O homem-bagunça