Compras online, Gravidez e maternidade, Moda

Quatro boas compras pro meu guarda roupa de grávida

Já contei pra vocês que ando super viciada em compras online – nada mais prático com um barrigão de grávida (morria de preguiça de sair de casa) ou um bebê novinho em casa! Por isso boa parte do meu guarda roupa de gravidez e de pós parto foi comprado online. a maior parte dele vocês já conhecem através dos looks que posto aqui e no Instagram (me segue no @chatadegalocha!), mas as melhores compras vocês nunca viram e hoje vim mostrar:
compra1
A primeira delas foi esse kit, que vem com três faixas de tecido de cores diferentes e dois extensores para shorts e calças. Já tinha visto algumas mulheres usarem gominhas de cabelo para essa função, mas confesso que achava tosco (#chatadegalocha) e nunca nem tentei… Aí num google da vida achei esse site e comprei. Usei muuuuito durante a gravidez!! Comecei a perder as primeiras peças lá pelo sexto mês e até o oitavo dava pra usar algumas usando esse truque. O extensor aumenta a cintura da sua peça e a faixinha ajuda a deixar a barriga tampada, já que à medida que cresce, as blusas ficam mais curtas (e eu nunca tinha me tocado disso até estar grávida, kkk). Custa R$79,90 e no site dá pra comprar também faixas avulsas de outras cores.
compra2

Essa regata é ótima em dois momentos: por ser comprida e ter essa costura na barriga, é ótima durante a gravidez – usei muito regatas mais compridinhas com kimonos e casacos! E depois que Bia nasceu ela virou meu uniforme – comprei preta e branca e uso o tempo todo, já que o decote é perfeito para amamentar. Custou R$85 e no site tem várias opções de modelos similares.

compra3

Meu peito cresceu muito durante a gravidez e eu aproveitei pra comprar ainda grávida alguns sutiãs de amamentação. Testei uns 4 modelos diferentes e elegi esse da Simple Wishes como o melhor. Ele é o mais caro de todos que comprei (custa R$206!), mas tem um detalhe que nenhum outro tem: você consegue ordenhar o leite com a bombinha sem ficar com as mãos ocupadas! Gente, isso é MUITO maravilhoso! Você quase não tem tempo livre com o bebê pequeno, então ter suas mãos livres enquanto tira o leite é sim importante. Claro, isso só é válido pra quem quer tirar leite (e com bombinha elétrica né, porque com a manual você ocupa as mãos de qualquer maneira!), mas se for o seu caso recomendo muito. Dá pra comprar aqui.

compra4

E por fim, uma compra que foi dica de uma de vocês nos comentários do Instagram, quando pedi dicas de roupas para amamentação: essa regata é genial!! Com ela você pode usar qualquer blusa por cima (bom, qualquer blusa mais soltinha, eu diria) e quando for amamentar você suspende a blusa, desce o lado do sutiã que for usar, e o resultado é seu peito coberto pela sua blusa de cima, sua barriga pela regata e seu bebê feliz amamentado em qualquer lugar! Eu sei que tem quem não ligue pra isso e amamente tranquila em lugares públicos, mas não é meu caso… Comprei uma preta e uma cinza e a vontade é comprar uma de cada cor disponível. Tem duas desvantagens: uma é o calor, mas pra usar minhas roupas normais de novo depois de tanto tempo eu acho que vale a pena! E a segunda é o preço: R$120 (acho mega caro pra uma regata que convenhamos, não tem nem alça, kkk). Dá pra comprar aqui.

Gostaram das dicas? Se você tem outra de peça bacana pra quem está nessa fase conta aqui nos comentários! 

Links da Semana, Site Bacana

Links da semana: seja você mesmo

Eu sempre fui alguém que procurava agradar a maioria das pessoas que me cercavam, e por essa razão nem sempre agradava a mim mesma. A gente tem essa mania de tentar ser quem não somos verdadeiramente apenas para ser quem o outro quer que sejamos… Mas nem sempre é fácil. Isso e mais um pouco nos links dessa semana:

L1
21 momento inesquecíveis de O Diabo veste Prada

L2
Será que você merece o que eu sinto?

L3
Como é viver com depressão

L4
Não é sua obrigação fazer com que todos gostem de você

L5
Obrigada por me fazer lembrar

L6
Por um #projetoverão que seja sobre amor próprio

L7
O labo B de uma mudança de vida

Moda

Resolução de armário novo (de novo!)!

Já escrevi inúmeros posts aqui sobre meus desejos de moda e sobre estilo. E toda vez que penso neles, me vejo constantemente repetindo mais ou menos a mesma coisa, o mesmo desejo, as mesmas vontades do que usar. Mas porque então eu simplesmente não me atenho a eles e resolvo essas vontades, né?
Fui parar pra pensar que tenho vontade de jogar metade do meu guarda roupa fora não uma, não duas, mas umas quatro vezes ao ano (obrigada por existir, Enjoei!). São muitas as vezes que vou olhando as peças e chego à conclusão de que não tenho nada pra usar, mesmo sem espaço pra colocar mais um mísero cabide. E bem, os cabides não fabricam roupa, né? Porque será então que eu continuo comprando as peças erradas? As que eu curto na hora mas depois de pouco tempo já odeio?
Fiquei pensando nisso e cheguei a uma conclusão: por mais que eu odeie admitir, é por preguiça. Por exemplo: durante a gravidez eu precisei comprar peças novas, basicamente vestidos, que eram mais confortáveis com o barrigão. Mas vocês precisam ver como é difícil achar vestidos mais soltos, de modelagem larguinha, sem serem estampadões! Uma das coisas que compro e me arrependo de comprar são peças com estampas marcantes, principalmente as de cores muito fortes… E agora estou aqui com uns 7 vestidos exatamente assim parados no armário, porque era difícil achar os que não fossem estampados e eu simplesmente desisti de encontrar os que me agradassem de verdade e preferi resolver rápido meu problema. Eu sou uma pessoa prática, sabe? Gosto das coisas resolvidas, sem rodeios. Mas essa característica faz com que às vezes eu não pense à longo prazo, e no guarda roupas a consequência é um monte de peça que enche minhas araras e que logo menos não quero usar.
Sei que é clichê ter como resolução de ano novo “comprar menos” (quem aí também tá nessa?), mas acho que a minha é um pouquinho diferente: quero comprar apenas o que eu AME. Quero parar de comprar coisas que “funcionam” e comprar apenas as que me fazem perder o ar ao bater o olho, as que me deixem feliz toda vez que usar e não só durante o trajeto entre o shopping e a minha casa. E pra isso resolvi fazer um exercício pra visualizar melhor o que tenho mais vontade de usar e o que costuma ficar parado depois de algum tempo:

yes

Eu sempre tenho vontade de usar:

-Estampas geométricas! Principalmente listras e em cores discretas (se for p&b então…), mas padrões geométricos em geral me atraem muito!

-Alfaiataria: amo blazers e peças mais estruturadas, elegantes, principalmente se misturadas com…

-Jeans!! Pra trazer contraste com as peças mais formais e acessórios girly que gosto de usar.

no

E o que costumo comprar e ficar parado:

-Peças com ar boho: estampadas, soltinhas demais, molengas demais. Gosto de estrutura, mas acabei comprando vários assim na gravidez… Em breve na minha lojinha do Enjoei :P

-Estampas muito coloridas e marcantes: não dou conta!! O problema aqui é que amo estampas, acho bonito… Mas de ver, sabe? Não pra eu usar! Mas preciso lembrar disso na hora das compras.

-Romantismo em excesso: odeio me ver com peças românticas demais… O problema é que já fui super romântica no vestir, cheia de laços, babados e cores suaves no armário, então essa preferência da Lu de alguns anos atrás ainda me confunde, sabe? Vez ou outra me pego olhando uma foto de vestido fofinho demais e me odiando por aquela escolha, kkkk!

Hum, até que depois de ver assim facilitou, hein?? Agora preciso arrumar um tempinho pra fazer mais uma limpa no guarda roupa e eliminar as peças que estão enchendo as araras mas que nunca uso. Amo esse momento “limpeza” porque a gente acaba redescobrindo várias peças que costumam ficar escondidas no meio das peças erradas!

Vou anotar na agenda para checar no final do ano se consegui focar nisso… Me lembrem em dezembro, combinado?

Alguém mais quer mudar o guarda roupas em 2016?