Textos

Você agora é um pensamento bom

IMG_0310

Ex,

Demorou um tanto, mas hoje passei na sua rua de carro e pela primeira vez me veio um sentimento bom. Olhei para a portaria, onde tantas vezes entramos de mãos dadas, depois reparei o portão apertado da garagem, onde tantas outras vezes embicamos o carro e abaixamos o volume da música para entrarmos juntos. Foi bom de lembrar.

É uma loucura pensar que há alguns anos, nos encontramos no mesmo lugar, na mesma hora e no mesmo balcão de bar. Já faz o que? Mais de 200, 300, um número assim de dias, que os nossos segundos nunca mais se encontraram. Depois daquela terça triste, nunca mais nos vimos. Por dias, torci muito para que isso acontecesse. Esse desencontro mostra o quanto somos diferentes. A cidade é imensa, mas se fosse para ser, a gente ia acabar trombando em algum lugar.
Tenho notícia sua pela Tati, que diz que você “tá bem, ganhando melhor no emprego, morando no mesmo apê e namorando uma ruiva gente boa”. Por aqui está tudo bem também.

Várias vezes me peguei questionando o porquê da gente não ter conseguido continuar amigos. Por meses em momentos tristes, pensei que o seu colo seria o melhor lugar do mundo, mas desistia de pensar quando imaginava que a gente ia acabar se beijando e estragando tudo outra vez. Não tenho na agenda, mas ainda sei o seu numero de cor. Troquei as duas fotos daquela porta retrato (coloquei uma do Toby e outra da minha viagem para a Tailândia). Doei três blusas e uma ficou apertada. Nunca mais ouvi as mixtapes e mesmo você estragando todas as músicas do Bob Dylan, mês passado voltei a escutar o Blode On Blonde sem pensar em você.

Seria tão bom se a gente conseguisse tomar uma garrafa de vinho ou umas cervejas. Eu contaria como finalmente pedi demissão, sobre o meu trabalho novo, as aulas de meditação, o desespero de quando o Toby ficou doente e que agora ele está bem.

Me perguntaram outro dia porque a gente terminou. Eu não sabia dizer ao certo. Acho que foi uma mistura de coisas. Uma falta de timing danada e uns xingamentos desnecessários que vinham com choro e mágoa e desespero de não conseguir fazer tudo voltar a ser como era antes nunca.
Desejei tantas coisas ruins. Dizia para as minhas amigas que você nunca encontraria alguém legal como eu, que aguentava as suas crises e o seu mal humor. Quanto egocentrismo meu.
Também escancarei a nossa intimidade e jurei para a Flávia que o sexo com você não era o melhor da vida. Que mentira minha. Era ótimo, tinha amor. É que fiquei muito magoada, mas no final das contas aprendi tanto com a gente, que até no processo do término, amadureci.

Se falasse assim antes, não soaria sincero, mas agora é: Boa sorte na vida. Boa sorte em tudo. Que você tenha a vida mais linda e leve que puder ter. Caso a gente nunca mais se fale, vou ficar feliz de imaginar você contando para os seus netos sobre as nossas viagens de carro e do dia que entrou um sapo na sua (nossa) barraca de camping. Tivemos a maior sorte de dividirmos um pouquinho da vida, já que a gente nunca sabe quando ela termina. Muito obrigada.

Beleza

Beleza de ano novo

Se tem uma coisa que aprendi com um pouco de experiência em moda e muita curiosidade, é que bacana mesmo é pegar uma tendência cá, outra lá e incluir aquilo no seu próprio estilo. É gostoso aproveitar as tendências pra valorizar o que você mais gosta e construir uma identidade própria com ajuda de um corte, uma make diferente ou um look, não é?

Na minha busca em descobrir o que viria forte como tendência em 2016 nos quesitos cabelo e make, esperava encontrar algo muito inusitado e contar para vocês alguma bomba tipo “o batom amarelo não vai sair da boca de vocês esse ano”, mas conversando com profissionais bem legais de todo o Brasil, cheguei à conclusão de que as tendências que começaram ano passado devem ganhar mais força e nova roupagem em 2016, o que é bom, já que ninguém se assusta e fica livre para temperar o requentado com um bocadinho de novidade. Gostei das palavras do Washington Rodrigues, um dos meus entrevistados: “Tendência é pessoal, é estar bem com seu eu, mas acho que toda menina deve se embelezar e valorizar o que ela tem de mais bonito. Nada melhor que pegar referências nas passarelas e revistas pra isso”. Então vamos lá!
cabelo_corte

O estilo longbob deve continuar dando trabalho para as tesouras. Em destaque desde 2014, o corte na altura dos ombros, com base reta e pontas assimétricas continua reinando em 2016, mas Daniel Saphiro, do Salão Tif’s de Belo Horizonte, afirma que nem só de comprimentos médios o ano será feito. “Os longos vêm em versões pouco repicadas acompanhados de franjões na altura do queixo, já que no Brasil o comprimento do cabelo é muito valorizado”, explica. Para quem quer surecar as madeixas, Dani aposta no estilo “pixie”, aquele bem curtinho, liso e levemente desfiado. Apesar do charme, o profissional acha que poucas têm a coragem de aderir à moda. “Tem que ser bem ousada e despojada”, comenta.

cabelo_cor

Em termos de coloração, os cabelos com várias tonalidades de mechas permance em alta, porém a tendência que promete consolidar esse ano são as mechas coloridas. “De tempos pra cá, as meninas começaram a pintar os cabelos de rosa, azul, roxo… Esse ano é hora disso se tornar sofisticado e perder aquele ar de menina rebelde”, conta César Augusto, embaixador da L’Oreal e profissional do Salão Mirage de Porto Alegre. Para os curtinhos “pixies”, César aposta em tons monocromáticos como castanho, marrom ou super platinado.

make

Quando o papo é maquiagem, a make up stylist Joana D’ Arc do Studio Tez em São Paulo, explica que as maiores referências vêm das passarelas, revistas e celebridades, por isso é um pouco difícil adiantar o que vai pegar logo em janeiro. O que ela me disse é que as cores do ano eleitas pela Pantone – Rosa Quartzo e Azul Serenity – já têm seu lugar garantido nas paletas de sombras dos maquiadores. “Elas fazem referência às candy colors e ficam lindas com delineadores coloridos”, sugere. Complementando as sugestões levinhas da Joana, outro maquiador, Washington Rodrigues do Sorelli Beauty Lounge de Belo Horizonte, aposta nos lip balms e sombras cremosas para dias mais quentes. Adiantando o calendário, para o inverno, ele diz que os tons de marrom e berinjela permanecem em alta como no ano passado. “Para completar, o uso de iluminador em pontos estratégicos do rosto é super bem vindo, além do contorno do nariz à bochecha, em formato do número três”, indica.

E qual é a sua aposta para 2016 no quesito beleza? Conta pra gente nos comentários!

Moda

Vontade de… Ferrugem!

ferrugem1
Sabe uma cor que você JAMAIS imaginou que usaria? Pois é, tô sorridente nessa foto aqui em cima usando uma camisa num tom que defini como ‘ferrugem’ (mas se você tiver outro nome me conta!), tom esse que eu jamais teria escolhido sozinha numa loja. Quem me deu essa camisa foi minha irmã, e eu provavelmente a teria trocado se estivesse conseguindo sair mais de casa (com recém nascido é difícil!), mas olha, ainda bem que não consegui! Tinha um preconceito bobo com o tom, achava esquisito mas nunca tinha provado… E depois de usar pela primeira vez mudei completamente de ideia e agora tô apaixonada!
E depois de usar e curtir comecei a reparar que o ferrugem está em alta – ando vendo a cor em tudo quanto é coleção! Com a minha nova paixão pela cor acabei indo atrás de looks no mesmo tom pra me inspirar:
ferrugem

Vendo os looks dá pra concluir que é uma cor muito democrática, né? Loiras e morenas ficam bem, e apesar de não ter encontrado nenhuma negra usando no Pinterest imagino que seja uma cor que funcione também, afinal é um quase neutro, né? Gostei bem do contraste dos acessórios brancos no look do meio!
ferrugem2

A cor fica linda combinada com os neutros, principalmente os tons de bege: esse look da calça com botões é muito chique! Nele o ferrugem é um neutro ‘com emoção’, sabe?
ferrugem3

E finalmente o mix que acho o mais difícil e o mais bonito: com outras cores! O ferrugem fica lindo com tons mais fechados, tipo vinho e verde escuro. Ele também fica ótimo com jeans, se você parar pra pensar é dessa cor as costuras das calças tradicionais, repara!

Minha camisa nova ainda vai render muitas combinações! E vocês? Usariam o tom?