Textos

Prima é irmã de coração

dizer (6)
Você nunca é filha única ou se sente sozinha se tem uma prima muito parceira. Mulheres sortudas são aquelas que cresceram com uma prima de primeiro grau que “só tem dois anos de diferença” ou nasceu no mesmo ano. Ela pode ter sido a sua melhor amiga durante toda a vida – e você nem reparou. Nos momentos mais íntimos, era ela quem estava lá. Lembrou?

Essa prima pode morar em outra cidade ou ser a sua vizinha. Vocês dividem o armário e quase nunca devolvem as roupas. Ela conta que comprou um vestido lindo em promoção e você pensa: oba, vou poder usar também. O vestido acaba ficando um ano no seu armário antes de voltar para o dela (e vice-versa) – e está tudo bem.

A vantagem de dividir a mesma família te aproximam ainda mais. Vocês compartilham das mesmas piadas do Natal, os papos inconvenientes de tios nos aniversários e em almoços de família se entendem pelo olhar. Existe aquela proteção de querer o bem porque você ama muito aquela pessoa com o bônus de que cresceram no mesmo teto. E ao mesmo tempo são tão parecidas.

Prima parceira é aquela que opina, discorda e chora junto. O conselho dela vai doer, mas pode acreditar que é o mais sincero. Vocês cresceram juntas e ela te conhece tão bem quanto os seus pais. É aquela que você não se importa de dar bronca, porque sabe que vai continuar lá.

Mulheres sortudas são aquelas que cresceram com uma prima de primeiro grau que já dividiu a mesma cama, brinquedos e nóias da adolescência. Vocês reconhecem a importância de cada fase rebelde ou difícil que passaram juntas. Hoje, se zoam e contam micos para os namorados. E se ela começa a namorar antes de você, é um saco, porque você perdeu uma parceira de festas. Mas, ela te apresenta os amigos do namorado e te coloca na turma, então fica tudo bem.

Prima assim não é só parente, é irmã. Que sorte a sua ter lembrado de alguém.

Batom, Beleza, Maquiagem

Batom cintilante: vai encarar?

Temos colaboradora nova por aqui! Karla Lopes, querida que conheço há anos, é jornalista e nas palavras dela: é escorpiana nata haha, apaixonada por moda, beleza e comportamento e entusiasta da comunicação criativa! Ela também escreve no seu próprio blog, o Hey Cute, e a partir dessa semana veio deixar o Chata mais completo. Seja bem vinda!

Se bem me lembro, nos anos 90 minha mãe só usava batom cintilante (e dourado hehe!). Na época eu ficava observando aquele brilho todo na boca dela e até arriscava um brilhinho labial para tentar imitá-la! De uns dois anos pra cá para que qualquer tipo de brilho sumiu dos batons, repararam? Veio a onda matte e todo mundo surfou (e ainda surfa!) loucamente nela, a quantidade de marcas com seus batons sequinhos que temos por aí não me deixa mentir.
mattecintilante2
Mas parece que isso está mudando! Muitas empresas estão adicionando brilho aos seus batons mattes! Explico: a textura do produto ainda é seca, mas agora ela vem com um brilho cintilante – sendo ele discreto ou bem mais chamativo. É estranho pensar nessa mistura, né? A ideia ainda está um tanto quanto tímida, mas pelo o que tenho visto, já dá para apostar que vai aparecer bastante!
O primeiro contato que tive com essa novidade foi com marcas gringas, como a Anastasia e a Lime Crime. É só procurar imagens de maquiagens no Pinterest que vocês vão ver um monte de cores bem bonitas. Aí ano passado a Bruna Tavares, do blog Pausa para Feminices, também apareceu com essa ideia em sua coleção para Tracta. E este ano a Quem Disse Berenice colocou, recentemente, batons matte cintilantes em seu portifólio.
mattecintilante
Para fechar, Kylie Jenner postou nesta semana uma novidade para sua linha de batons e, claro, eram cores matte e metalizadas. Já deu para perceber que essa ideia pode vir a pegar, né? A gente tá vivendo num momento que muitas coisas dos anos 90 estão voltando a serem usadas e essa é mais uma delas.
Não consigo dizer se pega loucamente por aqui como aconteceu com a versão fosca, ou não. Pode ser que quem tende a ser mais discreta passe essa cintilância toda, mas estou ansiosa para o que as marcas podem oferecer em questão de cores. Acho que vem muita coisa bonita por aí e, aos poucos, o brilho tão esquecido vai voltar a ter um pouco de espaço nas nossas maquiagens! Você usaria?

Gastronomia, O Chef e a Chata

Torta de Paçoquinha com Chocolate – O Chef e a Chata

torta3
A receita de hoje é aquela sobremesa que agrada praticamente todo mundo: torta de paçoquinha com ganache de chocolate, nham!! E como se não bastasse o resultado delicioso, Gui ainda ensinou a aproveitar a massa da torta para fazer biscoitinhos e deixar tudo ainda mais gostoso! Vem ver:

Ingredientes:

Massa
160 g (1 e 1/3 xícara) de farinha de trigo
100 g (1/2 xícara) de manteiga sem sal gelada
60 g (4 paçoquinhas) esfareladas
1 gema de ovo
3 colheres (sopa) de água

Recheio
120 g (1 e ½ xícara) de amendoim levemente torrado
395 g (1 lata) de leite condensado
200 g (3/4 de xícara) de creme de leite
2 gemas de ovo
3 colheres (sopa) de manteiga com sal

Cobertura
200 g de chocolate meio amargo picado
80 ml (1/3 xícara) de creme de leite pasteurizado
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal

torta2
Preparo:

Comece pela massa: misture a farinha, a paçoquinha esfarelada e a manteiga com os dedos até formar uma farofinha úmida. Abra uma coroa e coloque ali no meio a gema e a água. Amasse até ficar homogêneo. Cubra com plástico e leve à geladeira por uns 20 a 30 minutos. Abra a massa, coloque numa forma (usamos uma de 20 cm de diâmetro), faça furos com um garfo. É importante cobrir com papel alumínio e colocar feijões para pesar. Asse por 10 minutos em forno médio e retire o alumínio com o feijão.
Para o recheio: Triture o amendoim até virar farinha, tomando cuidado pra não triturar demais e fazer pasta de amendoim. Eu costumo comprar amendoim já torrado e em pedacinhos tipo aquele pra por sobre sorvete (é sem sal!), mas se você for torrar em casa é só colocar numa assadeira, sem deixar um em cima do outro e levar em forno bem quente por uns 5 a 10 minutos. A casca sai esfregando com a mão. É importante não torrar muito senão vai ficar com cor de cajuzinho. Numa panela misture o leite condensado, a manteiga, as gemas (recomendo peneirá-las pra que a película não vá para o doce), o creme de leite e o amendoim. Leve em fogo baixo e cozinhe mexendo sempre. Desligue o fogo quando começar a ferver, com bolhas grandes e o creme querendo pular na hora que estouram. Deixe esfriar.
Por último, prepare a cobertura. Aqueça o creme de leite e despeje sobre o chocolate picadinho. Aguarde 30 segundos e misture bem. Se faltar dissolver um pouco do chocolate, leve por 30 segundos ao microondas. Quando a massa estiver assada, coloque o recheio sobre ela e cubra com a ganache de chocolate. Pode servir em temperatura ambiente ou gelada. Se for manter na geladeira até a hora de servir recomendo que retire uns 30 minutos antes, pois o recheio fica mais cremoso se estiver menos gelado. Rende uma torta média, de 6 a 8 pedaços.

torta

Quando fizer essa receita, não esqueça de postar no instagram com a #ochefeachata pra gente ver! Aproveite pra se inscrever no canal e assistir aos videos primeiro. Ah, e lembro que temos outros 3 videos novos toda semana no canal do blog, se inscreva para assistir tudo ;D