Fast Fashion, Moda

Fast fashion: caramelo, flanela e militar

06-19-achados-zaraQue os anos 70 estão na moda todo mundo sabe, e a Zara super entrou na onda e fez uma super coleção inspirada na década. Tem peça mais democrática que a camisa? Eu adoro os modelos de flanela e a Zara tá cheia delas! A minha favorita foi essa branca e azul, e já fiquei doida pra usar igual a mocinha da esquerda, com a calça super alta de boca larga. Outras duas peças setentinhas que encontrei foram os dois vestidos, um mais arrumadinho P&B, e um jeans com bordado colorido. É quase uma bata mais compridinha, né? Além das peças anos 1970, a Zara continua com uma seleção de básicos não tão básicos: amei o tricot e o vestido P&B, e sem contar na jaqueta de “couro”, que é igualzinha a que comprei em NY no mês passado. E aqui fica um recado para as viajantes: comprei a minha por mais de R$300,00 lá fora e aqui ela está custando R$259,00. Vale ficar atenta porque não está valendo muito a pena comprar por lá, pelo menos na Zara.
06-19-achados-renner
Adoro a seleção de sapatos da Renner e até lá encontrei referências dos anos 1970, dessa vez nos sapatos. As três sandálias são lindas e tem um toquezinho da década, sem contar no conforto maravilha dos saltos mais grossos e anabelas. E seguindo a linha dos saltos grossos, uma botinha básica, porém fofa, para esse inverno que acabou de começar por aqui. Nas roupas o verde militar tá bombando (para a minha felicidade!!), e vi duas peças bem bonitas: a saia lápis com botões dourados, que dá para usar de um jeito mais arrumadinho ou então com tênis e camisetas, e o colete que também é uma graça!
06-19-achados-cea

Na C&A mais militarismo! Vi uma parka fofa de tudo, toda acinturada e feminina, sabe? Amo quando as marcas pensam nesses detalhes para deixar as peças mais arrumadinhas! Outra peça que gostei bastante foi a jaqueta jeans mais curtinha. Ainda para fugir do frio, mas de um jeito mais fofo, achei esse casaquinho de corações liiiiindo! E para terminar, vi essa bolsa-carteira, bem bonita e com preço digníssimo: R$99,00!

Quem aí gosta dessa moda setentinha?

Europa, França, Paris, Viagem

Fazendo compras pra casa em Paris

Meus primeiros dias em Paris foram dedicados à produção do que precisaríamos para gravar. Fomos atrás de utensílios e objetos bonitinhos pra enfeitar nossos episódios e por isso acabei conhecendo três lojas muito fofas pra quem está em busca de objetos pra casa. Se você vier pra cá e quiser voltar com um souvenir de decoração anota os endereços:
lojasparis
A Merci é super famosa e tem um conceito muito bonito: o lucro das vendas vai pra caridade! A loja tem três andares e dá pra achar de tudo: de cadeiras a pratos, passando por objetos de papelaria, acessórios como fones de ouvido, roupas, óculos… A loja é linda e dá pra passar um bom tempo lá dentro vasculhando cada cantinho.
lojasparis2
Minha loja favorita desse post é a Fleux. São várias unidades numa mesma rua (uma praticamente ao lado da outra, cada uma com um tipo de produto) e um mix absurdo de objetos: potes, almofadas, cestos, lustres, lâmpadas… Pra vocês terem ideia eu pirei em duas coisas: um escorredor de pratos (HAHAH) e uma coleção de canecas esmaltadas que era a coisa mais linda! Gente, o escorredor era rosé, minha cozinha ia ficar chiquérrima, kkk!! Mas tô bem contida e acabei não comprado nada (veremos como vai ser até o final da viagem!).
lojasparis3

E por fim a Bon Ton. Fomos até lá por conta do subsolo, que é cheio de objetos fofos para festas, tipo pratos descartáveis, canudinhos, essas coisas. O primeiro andar é uma loja e um salão infantil muito bonitinhos, com roupinhas e objetos fora do comum e uma coisa muito legal: uma vending machine de esmaltes!! Foi a primeira vez que vi esse tipo de máquina, achei a ideia muito divertida =)

Se alguém tiver dicas de outras lojas do mesmo estilo conta aqui embaixo ;D

Gastronomia, O Chef e a Chata

Como fazer feijão tropeiro – O Chef e a Chata

tropeiro1
A receita de hoje é uma das mais pedidas nos comentários do Youtube: feijão tropeiro!! A receita é da avó do Gui e apesar das muitas etapas é bem fácil de fazer e o resultado é delicioso! Vem ver:

Ingredientes

250 g de feijão carioquinha
1 maço de couve
300 g de lingüiça de porco
150 g de bacon
3 ovos
5 dentes de alho picados
1 cebola picada
salsinha e cebolinha picadas a gosto
sal
pimenta do reino
azeite de oliva
farinha de mandioca

tropeiro3
Preparo

Cozinhe o feijão por 20 minutos na panela de pressão após a válvula começar a apitar. O grande segredo é deixar ele num ponto mais firme, e escorrer bem todo o caldo, o que costuma acontecer apos esses 20 minutos. Ele precisa estar cozido, mas firme. Enquanto ele cozinha, prepare os outros ingredientes: Enrole as folhas lavadas de couve e pique-as finamente. Reserve. Asse ou frite a lingüiça, e em seguida corte em rodelas. Reserve. Com uma peneira ou escorredor, escorra o feijão do caldo, deixando que fique só os grãos cozidos. Numa frigideira com um fio de azeite faça os ovos, mexendo sempre, como se fossem ovos mexidos. Reserve também. Numa panela, coloque o bacon em fogo médio e deixe que ele frite em sua própria gordura. Se precisar escorra um pouco da gordura. Junte o alho e a cebola e refogue rapidamente, sem deixar o alho queimar. Adicione a lingüiça, a couve, o feijão e os ovos. Tempere com sal e pimenta e misture tudo bem, deixando refogar ali por cerca de 5 minutos. Adicione a farinha de mandioca, misturando bem. Não existe uma quantidade certa, se preferir um feijão tropeiro mais molhadinho coloque pouco ou coloque mais se preferir ele mais num estilo farofa. Sirva com salsinha, cebolinha e, se quiser, torresmo frito. Rende 4 a 6 porções.

tropeiro2

Quem fizer não esquece de marcar no instagram com a #ochefeachata pra gente ver! E aproveite pra se inscrever no canal e assistir aos videos primeiro.