Moda

A vez do color block minimalista

Vocês lembram que há mais ou menos dois anos bateu uma febre de cores na moda? O chamado color block vinha com tons super chamativos, como amarelo, rosa, vermelho, verde, azul e, muitas vezes, em um look só! É claro que a gente ainda vê muita cor por aí, mas parece que a onda da vez é escolher tons cada vez mais sóbrios, entrando na ideia do minimalista do cinza, branco, preto e caramelo.
min2
Eu sou bem suspeita para falar porque meu guarda-roupa é, basicamente, composto por essas cores. Acho que elas carregam um fator elegância que desbanca qualquer coisa coloridona. O minimalismo parece que bateu e ficou em diversas áreas da vida, da moda à tecnologia. Perceberam a quantidade de feeds bem braquinhos no seu Instagram? E as casas que estão cada vez mais cinzas em suas decorações?
Combinar cores minimalistas é até mais fácil do que tons chamativos, né? E acredito que também dá menos medo, afinal todas elas combinam muito bem entre si. A dúvida que fica muitas vezes é: será que meu look não vai ficar sem graça? Não vai não! Nessas horas o truque é aproveitar os acessórios que tem no armário, colocar um ponto de cor na bolsa ou sapato.
min3
Outro truque é procurar modelagens diferentes, como as mais retas em vestidos, por exemplo, e também brincar com camadas e texturas das peças que escolheu para a sua produção.
min4
Ah, e não é comum ver muitas estampas neste estilo. Elas até aparecem, mas aí vem seguindo o menos é mais, em listras, padronagens com linhas mais finas e discretas.
min1
O que mais me atrai nessa ideia, além da elegância, é a leveza que a produção final carrega. Parece que tudo faz parte de uma mesma unidade que não pesa ao olhar no espelho – pelo menos eu me vejo assim ao usá-la. Vocês também têm essa sensação? Me contem aqui nos comentários! =)

Gastronomia, O Chef e a Chata, publieditorial

Tortinhas de morango sem lactose – O Chef e a Chata

bmolico2
Sabe quando a gente tá firme na dieta e bate aquela vontade de comer um docinho? No episódio de hoje a gente ensina a receita de uma tortinha super leve e o melhor: sem lactose e sem glúten, ou seja, até os intolerantes podem aproveitar! Vem ver:

Ingredientes:

massa:
45 g (1/2 xícara) de farinha de amêndoas
35 g (1/2 xícara) de quinoa em flocos
½ colher (sopa) de açúcar mascavo
1 colher (sopa) de creme vegetal

recheio:
1 colher (sopa) de amido de milho
5 colheres (sopa) de MOLICO zero lactose em pó
240 ml (1 xícara) de água
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 colher (chá) de raspas da casca de uma laranja
2 colheres (sopa) de mel

montagem:
1 xícara de morangos
½ colher (sopa) de cacau em pó

Bmolico
Preparo:

Comece pela massa: pré-aqueça o forno a 180ºC. Misture todos os ingredientes até ficar homogêneo. Unte 4 forminhas de fundo removível de 6 a 7 cm de diâmetro com creme vegetal e, usando os dedos, esparrame a massa nelas. Leve ao forno por cerca de 15 minutos. Faça o recheio: coloque numa panela todos os ingredientes. Mexa tudo, dissolvendo antes de ligar o fogo. Ligue em fogo médio e vá mexendo até que engrosse. É importante mexer com constância pois o creme pode agarrar e queimar no fundo a partir do momento que começa a ferver e engrossar. Retire as bases das tortinhas da forma e recheie com o creme. Fatie os morangos e cubra as tortinhas com eles. Peneire um pouquinho de cacau em pó por cima e sirva a seguir. Dica: a massa fica bastante quebradiça, então não sugiro fazer uma torta grande, pois vai quebrar ao servir. Se você não tiver forminhas como as nossas, pode fazer tortinhas menores em forminhas de empadinhas, por exemplo. Rendimento: 4 tortinhas.

bmolico3

Quando fizer essa receita, não esqueça de postar no instagram com a #ochefeachata pra gente ver! Aproveite pra se inscrever no canal e também conhecer o canal, facebook e instagram de Molico para mais receitas leves ;D

Textos

O amor é um roteiro barato

IMG_4849
O amor está longe de ter cenas elaboradas.

Lembro de uma vez que ensaiei exatamente o que precisava dizer em uma “DR” para um namorado. Escrevi no papel, pedi para a amiga fingir que era ele e eu ensaiava, ensaiava… Quando ele estava na minha frente, cataploft. Falei o contrário, ou olhando hoje de uma melhor perspectiva: falei o que precisava ser dito e não foi nem ensaiado. O que disse sem pensar foi mais sincero.

Vou repetir o que já disse para vocês: o amor é “simplão”. É fácinho. Se está muito difícil não é mais amor. Pode ser outra coisa: admiração, carinho, comodismo. Mas amor não costuma ser não. Amor é easy easy igual decorar duas falas quando alguém faz uma participação especial na novela.

É aquela pessoa que você sente falta às duas da tarde quando está ocupado e não as duas da manhã quando está sozinho. É alguém que tenha cheiro de casa e em dias difíceis traz aconchego no abraço. É simples de sentir, por mais que seja tão difícil aprender a amar. Entende?

Relacionamentos nos filmes e em seriados que a gente costuma ver bastante, têm o enredo floreado demais. Esquecemos o mais importante: de um episódio para outro, pra gente se passaram apenas dois minutos, mas na trama podem ter se passado anos. Queremos que tudo aconteça rápido assim. Tanto o encontro quanto o desencontro e o encontro mais uma vez. Não é?

Esquece o filme. Abra bem os olhos para a vida e os olhares que você vai trocar até na fila do xerox da faculdade. Vai vir sem trilha sonora, de cara limpa. De fundo, não toca John Mayer, toca em repeat vário de pensamentos enquanto vocês se beijam ou durante aquele silêncio pós briga. O amor é um roteiro barato.

Beleza, Pele

Luz pulsada + Laser CO2 = BB Cream eterno!

Há duas semanas postei no meu Snao o live do tratamento que fiz lá na clínica da Dra Eveline Bartels. Nunca tinha feito laser antes e estava com medinho (heheh) e ao mesmo tempo curiosa com o processo. Dra Eveline me contou que esse combo (luz pulsada + laser CO2) ajuda no tratamento de manchas e vasinhos (que estavam me incomodando!) e também tem ótimos resultados em clareamento e rejuvenescimento (ele ameniza as linhas de expressão).

evelinelu

O processo foi assim: cheguei na clínica com meia hora de antecedência, tempo necessário para a ação do anestésico, um gel que foi aplicado no meu rosto. Depois dessa pausa o gel é retirado e começa a aplicação da luz pulsada. Ganhei óculos para proteger os olhos e a Dra Fernanda (quem faz a parte de lasers da clínica) começou. O que me lembro da sensação é do susto com a luz (ela bem avisa que é forte, kkk) e de sentir tipo um mini choquinho em algumas áreas, mas nada que incomode demais. Depois da luz pulsada veio o laser, que elas me explicaram que usariam uma intensidade bem leve no meu caso. O laser é mais tranquilo na hora da aplicação, mas depois de algum tempo a pele começa a arder, a sensação é de queimadura (e bem, é meio isso mesmo hahaha!), por isso tem um aparelhinho que fica soprando vento geladinho no rosto, alivia muito! Depois do laser elas passaram um creminho que aliviou bastante a sensação de ardor e fui pra casa.

A pele demora mais ou menos uma semana pra se recuperar do laser (e nesse período segui a risca as recomendações de produtos e cuidados), podendo ficar bem vermelha e inchada nesse período. Acordei no dia seguinte vermelhinha e achando muito engraçada a textura da pele, toda com micro furinhos (parece um tecido, kkk!). Já havia me programado pra não fazer nada nesses primeiros dias, e ainda bem, porque a gente fica bem esquisita! O inchaço durou uns três dias. Depois de uns cinco notei que a pele começou a descascar, saindo a textura diferente, e em uma semana já estava praticamente normal.

Mas foi dez dias depois da aplicação que pude começar a ver o resultado: minha pele agora parece estar eternamente de BB Cream! Minhas manchinhas foram suavizadas, as linhas também, a pele está muito mais macia e a maior parte dos vasinhos sumiu!! Fora que tenho a impressão de pele mais luminosa, a textura é outra! Estou APAIXONADA pelo resultado, hahah! Até minhas olheiras (nem tenho muita, mas né) estão mais suaves =D

Não sei quanto tempo dura essa mágica (Dra Eveline já me contou que preciso ser mega disciplinada com meus cremes, porque a tendência são as manchinhas irem voltando), mas tô tipo a louca do laser, recomendando pra todo mundo que converso, hahah!

Alguém aí já fez? Como foi o resultado? 

Links da Semana, Site Bacana

Links da semana: Millenials

Algumas gerações atrás a maioria das pessoas pensava em trabalhar duro durante anos para depois aproveitar o que a vida tem de melhor. Apesar de essa ser a realidade da maioria dos nossos pais, hoje em dia nós, jovens, queremos fazer tudo ao mesmo tempo: trabalhar com algo incrível e curtir a vida no meio do caminho. Você pensa assim?
L1
A vida acontece nos detalhes

L2
Viajar em família é maravilhoso

L3
A menina que formou estudando as Kardashians

L4
A geração Y não quer viver para trabalhar

L5
7 coisas que você não deve aceitar em um relacionamento

L6
21 detalhes que você pode ter pedido no final de Game of Thornes

L7
Tutorial de make com Kylie Jenner